Sei sulla pagina 1di 29

TRANSPORTE URBANO

FERROVIÁRIO
PROF. ANA BEATRIZ SEGADILHA
ANA.SEGADILHA@UFMA.BR

2017
SUBSISTEMAS DE TRANSPORTE -
MOTORIZADO
Modos motorizados sobre pneus
TRANSPORTE COLETIVO URBANO
•  Tipos de veículos: Sobre pneus e Sobre trilhos

•  Tipo mais adequado depende de:


•  Caracteristicas de espaço urbano
•  Dimensão da demanda
CLASSIFICAÇÃO
Níveis de direito de tráfego (segregação)
•  Elevada, subterrânea, superfície e trincheira
Tipo de serviço prestado (intervalo)
Inserção no território (implantação)
•  Centrais, troncais e espalhados
Tecnologia de tração (tipo de combustível)
SUBSISTEMAS DE TRANSPORTE -
MOTORIZADO
Modos motorizados sobre trilhos
TRANSPORTE COLETIVO URBANO
•  Brasil – Estado de São Paulo – Jabaquara Saúde 1972
•  Comercialização 1974 - Jabaquara - Vila Mariana
•  Cidade que possuem sistema ferroviário urbano:
•  São Paulo – trem e metrô
•  Rio de Janeiro – trem e metrô
•  Recife
•  Belo Horizonte
•  Porto Alegre
•  Brasília
•  Salvador – trem e metrô
•  Fortaleza
•  Teresina
•  Maceió – trem
•  João pessoa – trem
•  Natal – trem
SUBSISTEMAS DE TRANSPORTE -
MOTORIZADO
Modos motorizados sobre trilhos
TRANSPORTE COLETIVO URBANO
CPTM:
•  Metro
•  5 linhas / 64 estações / 74,3 km
•  900 carros
•  4 milhões de pessoas /dia
•  Concessão – linha amarela –
•  PPP: Parceria publico privada
•  30 anos (operação e manutenção)
•  Trem
•  89 estações / 260,8km
•  22 municípios
•  2 milhões de pessoas /dia
SUBSISTEMAS DE TRANSPORTE -
MOTORIZADO
Modos motorizados sobre trilhos
TRANSPORTE COLETIVO URBANO
•  Faixa parcial ou totalmente segregada do tráfego geral
•  Vias específicas totalmente segregadas (no mesmo nível do
solo, subterrâneas, aéreas e em trincheira)
SUBSISTEMAS DE TRANSPORTE -
MOTORIZADO
Modos motorizados sobre trilhos
TRANSPORTE COLETIVO URBANO
•  Veículos
•  Material rodante: material de tração + carro de passageiros
•  Material de tração: uma ou mais locomotivas (qualquer tipo de
energia)
•  Trensurb e Metro BH: 2 motores + passageiros
SUBSISTEMAS DE TRANSPORTE -
MOTORIZADO
Modos motorizados sobre trilhos
TRANSPORTE COLETIVO URBANO
•  Veículos

BONDE

Movido por energia elétrica


Opera junto com o tráfego comun
Comprimento: entre 14 e 23 m
Capacidade: entre 100 e 210 pass
Opera normalmente em comboios 01
a 03 unidades
SUBSISTEMAS DE TRANSPORTE -
MOTORIZADO
Modos motorizados sobre trilhos
TRANSPORTE COLETIVO URBANO
•  Veículos
PRÉ-METRO (metrô leve)

Movido a energia elétrica


Tecnologia intermediária entre o
trem e o metrô
Implantado em faixas segregadas
Comprimento: entre 14 e 30 m
Capacidade: entre 110 e 280 pass
SUBSISTEMAS DE TRANSPORTE -
MOTORIZADO
Modos motorizados sobre trilhos
TRANSPORTE COLETIVO URBANO
•  Veículos
VLT – Veículo Leve sobre
Trilhos

Movido por energia elétrica +


diesel (subterrâneo)
Opera junto com o tráfego comum
Opera normalmente em comboios
01 a 04 unidades
Piso baixo – ou não
SUBSISTEMAS DE TRANSPORTE -
MOTORIZADO
Modos motorizados sobre trilhos
TRANSPORTE COLETIVO URBANO
•  Veículos
METRO

Movido a energia elétrica (3º trilho)


Opera em vias específicas
Rodas de ferro e borracha
Completamente isoladas
Opera normalmente em comboios
De 4 a 10 unidades
SUBSISTEMAS DE TRANSPORTE -
MOTORIZADO
Modos motorizados sobre trilhos
TRANSPORTE COLETIVO URBANO
•  Veículos
MONOTRILHO

Movido a energia elétrica (trilho)


Pneu + trilhos
Opera em vias específicas, eñevadas
Completamente isoladas
Opera normalmente em comboios 01 a 04
unidades
35 km/h a 80 km/h
SUBSISTEMAS DE
TRANSPORTE - MOTORIZADO
Modos motorizados sobre trilhos
TRANSPORTE COLETIVO URBANO
•  Veículos
TREM URBANO

Opera nas mesmas vias do transporte


ferroviário interurbano
Mesmos veículos do transporte de
passageiros interurbano
Opera normalmente em comboios
De 8 a 12 unidades
Elétricos ou disel-elétricos
SUBSISTEMAS DE
TRANSPORTE - MOTORIZADO
Modos motorizados sobre trilhos
TRANSPORTE COLETIVO URBANO
•  Veículos
APM – Automated People Mover

Circuitos fechados de pequena


extensão
Elevada frequencia
Segregação total
Veículo único
Aeromovel
COMPARATIVO -
OPERACIONAL
Modalidade Composição Capacidade de Capacidade da Distancia entre Headway (seg)
passageiros linha estações Hora pico
Trem 8 a 12 2.000 40.000 a 80.000 1500 a 2500 120 a 300
metropolitano

Metrô 4 a 10 720 a 2.500 40.000 a 80000 700 a 1200 90 a 180

Monotrilho - - 20.000 a 48.000 500 a 1000 180 a 480

APM 1 - 5.000 a 15.000 - 60 a 180

VLT 1a4 100 a 720 7.000 a 24.000 500 a 800 600 a 840

Bonde 1a3 100 A 300 10.000 a 20.000 - 480 a 840

BRT 1 80 a 180 6.000 a 24.000 300 a 800 120 a 1200

ônibus 1 80 a 125 3.000 a 6.000 150 a 500 720 a 2400


COMPARATIVO -
OPERACIONAL
COMPARATIVO -
OPERACIONAL
SUBSISTEMAS DE
TRANSPORTE - MOTORIZADO
Automatização das linhas
•  Sistema de controle automatizado
•  1960
•  EUA (13%); Europa(34%); Ásia (43%) e OM (10%)
•  Brasil – linha 04 amarela – 32.000 pass /h /sentido
•  Avaliação de automatização: condução, parada, fechamento
das portas e emergências.
•  Melhora da segurança
SUBSISTEMAS DE
TRANSPORTE - MOTORIZADO
Automatização das linhas
SUBSISTEMAS DE TRANSPORTE -
MOTORIZADO
Modos motorizados sobre trilhos
TRANSPORTE COLETIVO URBANO
•  Terminais
•  Estação (metro, trem ou VLT) individual ou integrada.
•  Plataforma ou prédio próximo a via ferroviária.
•  Se de apenas uma via férrea (ramal de ultrapassagem).
•  Vários níveis de solo.
SUBSISTEMAS DE TRANSPORTE -
MOTORIZADO
Modos motorizados sobre trilhos
TRANSPORTE COLETIVO URBANO
•  Eficiência dos modos de transporte
Tecnologias ferroviárias
Tecnologias rodoviárias
são mais eficientes
são adequadas para
atendendo a grandes
demandas pequenas e
demandas concentrada em
dispersas espacialemnte
corredores

O ônibus é a tecnologia mais utilizada nas cidades


Brasileiras
SUBSISTEMAS DE TRANSPORTE -
MOTORIZADO
Modos motorizados sobre trilhos
TRANSPORTE COLETIVO URBANO
•  Eficiência dos modos de transporte
Porque o ônibus predomina?
•  Flexibilidade – operam em qualquer via e em diversas
faixas de demanda
•  Investimento reduzido – não exigem infraestrutura espacial;
o custo da frota não é alto
•  Capacidade de transporte – modo mais econômico para
demandas reduzidas
SUBSISTEMAS DE TRANSPORTE -
MOTORIZADO
SUBSISTEMAS DE TRANSPORTE -
MOTORIZADO
Modos motorizados sobre trilhos
TRANSPORTE COLETIVO URBANO
Para um corredor de 10km, com capacidade de transportar 150mil passageiros/dia

Custos por km
Metrô: 201,0 milhões (36,5) BRT: 11,1 milhões (2)
VLT: 40,4 milhões (7,3) Ônibus: 5,5 milhões (1)
SUBSISTEMAS DE TRANSPORTE -
MOTORIZADO
Modos motorizados sobre trilhos
TRANSPORTE COLETIVO URBANO
•  Avaliação da qualidade do transporte coletivo
•  Acessibilidade (*)
•  Tempo de viagem
•  Confiabilidade
•  Necessidade de transferências (*)
•  Intervalo entre ônibus
•  Lotação
•  Características dos veículos
•  Características dos pontos de parada
SUBSISTEMAS DE TRANSPORTE -
MOTORIZADO
Modos motorizados sobre trilhos
TRANSPORTE COLETIVO URBANO
•  Configuração das linhas
SUBSISTEMAS DE TRANSPORTE -
MOTORIZADO
Modos motorizados sobre trilhos
TRANSPORTE COLETIVO URBANO
•  Configuração das linhas
•  Radiais
•  Diametrais
•  Inter-bairros
•  Circular
SUBSISTEMAS DE TRANSPORTE -
MOTORIZADO
Modos motorizados sobre trilhos
TRANSPORTE COLETIVO URBANO
REFERENCIAS
Vídeo
•  https://www.youtube.com/watch?v=6QG7SenFHXA
Referencias:
•  http://www.metro.sp.gov.br/obras/monotrilho-linha-15-prata/caracteristicas.aspx
•  https://www.metrocptm.com.br/mitos-e-verdades-sobre-o-monotrilho/
•  http://cms.cnt.org.br/Imagens%20CNT/PDFs%20CNT/2016%20CNT
%20Pesquisa%20Metroferrovi%C3%A1ria%20(web).pdf
•  RAIA, A. Material de apoio da disciplina de Transportes contemporâneos.
Engenharia Civil. UFSCar. 2012.
•  SANCHES. S.P. Material de apoio a disciplina de planejamento do transporte
Urbano. Engenharia Civil, UFSCar. 2013