Sei sulla pagina 1di 24

Medidas de Posição e Dispersão

Estatística I
Prof(a): Luciana

Credibilidade e Compromisso

Estatística I – Prof. Luciana Martinho


1
Credibilidade e Compromisso

O que foi feito até o momento?

 Aprendemos a construir uma tabela de


distribuição de frequência
 Construir gráficos para esta distribuição

Estatística I – Prof. Luciana Martinho


2
Credibilidade e Compromisso

O que iremos aprender?

 Analisar os dados calculando :


– medidas de tendência central
– medidas de dispersão

 Qual a finalidade?
Para ressaltar as tendências característica
de cada distribuição

Estatística I – Prof. Luciana Martinho


3
Credibilidade e Compromisso

Medidas de tendência central

 Média aritmética
 Mediana
 Moda
– Separatrizes (mediana, quartil, percentil)

Estatística I – Prof. Luciana Martinho


4
Credibilidade e Compromisso

Média Aritmética

 Dado que representa a distribuição


 Definições :
– _
x
 x i
μ
 x i

n N

Amostra População

Estatística I – Prof. Luciana Martinho


5
Credibilidade e Compromisso

Mediana

 Divide um conjunto ordenado de dados ao meio

Md

0% 50 % 100 %

Estatística I – Prof. Luciana Martinho


6
Credibilidade e Compromisso

Moda

 Valor que mais aparece na distribuição


Tipos de moda:
 Conjunto de dados apresenta um único valor com maior freqüência (moda)
Exemplo: para a série de dados 7, 8, 9, 10, 10, 11, 12, 13, 15 tem-se a
moda com valor 10, ou seja, mo=10.
 Conjunto de dados não apresenta valor com maior freqüência (amodal)
Exemplo: 3, 5, 8, 10, 12, 13 (amodal, não apresenta moda)
 Conjunto de dados apresenta dois valores com maior freqüência (bimodal)
Exemplo: 2, 3, 4, 4, 4, 5, 6, 7, 7 ,7, 8, 9 (bimodal, apresenta duas
modas 4 e 7)

Estatística I – Prof. Luciana Martinho


7
Credibilidade e Compromisso

As separatrizes

 Quartil- divide a distribuição em 4 partes


– 25%; 50% (mediana); 75% e 100%
 Percentil- divide a amostra em 100 partes
– 1%,2%,...,100%

Estatística I – Prof. Luciana Martinho


8
Credibilidade e Compromisso

Medidas de Variabilidade

 Amplitude
 Variância
 Desvio-padrão

Estatística I – Prof. Luciana Martinho


9
Credibilidade e Compromisso

Amplitude

 Diferença entre o maior e menor valor da


distribuição

Estatística I – Prof. Luciana Martinho


10
Credibilidade e Compromisso

Variância e desvio-padrão

 Medidas que não se deixam influenciar por


valores extremos
 Definições

s s 2
σ σ 2

População Amostra

Estatística I – Prof. Luciana Martinho


11
Credibilidade e Compromisso

Exemplo

Uma transportadora de encomendas estabeleceu como


meta passar a resolver no prazo máximo de cinco dias as
reclamações de seus clientes, até o fim do semestre.
Para isto a empresa resolveu caracterizar o desempenho
do serviço de atendimento às reclamações, o qual vinha
sendo executado há dois anos pelos técnicos
responsáveis pelo serviço. Os dados referentes ao tempo
para o atendimento das reclamações recebidas nos
últimos quatro meses estão apresentados na tabela 1.
Nesse período foram atendidas trinta reclamações
referentes a extravio ou roubo da mercadoria
transportada e a ocorrência de danos às mercadorias
durante o seu transporte.

Estatística I – Prof. Luciana Martinho


12
Tabela : Medidas de tempo para a resolução de Credibilidade e Compromisso

reclamações recebidas por uma empresa transportadora


de encomendas

Tempo de Resolução
(em dias)
1 4 5
2 4 5
2 5 5
3 5 5
3 5 6
3 5 6
4 5 6
4 5 6
4 5 7
4 5 7 Estatística I – Prof. Luciana Martinho
13
Credibilidade e Compromisso

Distribuição de frequência sem classe

dias frequência fr(%)


1 1 3,33
2 2 6,67
3 3 10,00 80%
4 6 20,00
5 12 40,00
6 4 13,33
20%
7 2 6,67
amostra 30 100,00

Estatística I – Prof. Luciana Martinho


14
Credibilidade e Compromisso

Perguntas

 Construa um histograma para os dados apresentados na


tabela e calcule a média, a mediana e o desvio-padrão destes
dados
 A partir da análise do histograma, você considera que será
necessário alterar o procedimento operacional padrão
atualmente seguido, com o objetivo de que a meta de melhoria
possa ser atingida?
 Quais seriam as duas possíveis alterações na distribuição das
medidas do tempo para o atendimento das reclamações que a
empresa poderia almejar alcançar, com o objetivo de atingir a
meta estabelecida?

Estatística I – Prof. Luciana Martinho


15
Credibilidade e Compromisso

Exercício sobre a transportadora:histograma e


medidas(média, mediana e desvio-padrão)

Distribuição de frequência para o tempo de resolução de reclamações recebidas


LE=5

10
frequencia

0
média=4,53
1 2 3 4 5 6 7
mediana=5 dias
desvio-padrão=1,41 Estatística I – Prof. Luciana Martinho
16
Credibilidade e Compromisso

Conclusões

 Média está deslocada para o limite superior


 Os dados estão muito dispersos
 Rever o procedimento procurando diminuir o
tempo médio de atendimento e a
variabilidade deste processo

Estatística I – Prof. Luciana Martinho


17
Credibilidade e Compromisso

Problema dos Azulejos


Uma fábrica de azulejos nos últimos meses passou a
receber reclamações de seus clientes. A maioria das reclamações
eram relativas aos seguintes problemas:
– O assentamento dos azulejos, quando era utilizada
argamassa, não produzia um resultado uniforme em relação
ao nível da parede.
– Os azulejos, ao serem manuseados, quebravam-se facilmente
Devido a esta situação, a indústria resolveu formar um grupo
de trabalho para resolver este problema. Os técnicos
desconfiados, achavam que a produção de azulejos com
espessura inadequada poderia estar provocando as reclamações
dos clientes, Esta conclusão resultou do conhecimento dos
seguintes fatos:

Estatística I – Prof. Luciana Martinho


18
Credibilidade e Compromisso

Problema dos azulejos

 Azulejos com espessura muito fina quebram-se facilmente;


 A falta de uniformidade na espessura dos azulejos provoca
dificuldades durante o seu assentamento.
Para avaliar se estavam ocorrendo problemas com a
espessura dos azulejos produzidos, o grupo decidiu retirar
uma amostra aleatória dos azulejos fabricados pela
empresa, medir a espessura destes azulejos e comparar os
resultados obtidos com as especificações. Como a empresa
empregava duas turmas de trabalho (turma A e B) e poderia
haver diferença na qualidade dos azulejos produzidos por
cada turma, foi utilizada a estratificação, sendo então
retirada uma amostra de 80 azulejos para cada turma. Os
dados estão na tabela 2.

Estatística I – Prof. Luciana Martinho


19
Credibilidade e Compromisso

Medidas da espessura (mm) de 160 azulejos do


estoque da empresa

Turma A Turma B
4,2 2,6 4,3 3,5 5,3 5,8 6,0 5,7
3,0 5,4 3,3 3,1 5,9 5,5 6,9 5,3
3,5 3,3 3,6 4,0 6,5 6,3 5,3 5,1
3,7 4,6 3,6 4,0 5,7 5,7 6,2 5,5
4,3 4,7 5,6 3,4 6,4 6,0 5,7 6,1
5,6 2,8 3,9 2,4 6,4 5,8 6,7 5,7
5,4 3,9 4,5 3,4 5,7 6,0 5,9 5,9
3,8 3,9 2,9 3,8 6,1 5,7 5,6 5,8
4,9 4,7 4,5 4,1 6,3 7,0 5,3 5,7
4,1 2,8 5,9 4,0 5,9 5,7 6,6 5,8
3,0 5,5 3,5 3,7 6,7 5,9 6,1 5,8
4,1 2,9 3,1 2,3 5,7 5,7 6,5 5,6
4,9 4,0 4,5 2,9 5,8 6,1 5,4 6,4
3,8 2,4 4,5 3,1 6,4 6,7 6,3 6,8
4,3 3,7 3,0 4,0 6,0 5,8 6,2 5,0
4,4 3,1 3,5 4,6 6,5 4,9 5,4 5,4
4,2 3,7 2,4 4,5 5,4 4,9 5,7 5,7
3,1 3,5 2,7 4,4 5,6 5,8 5,3 5,1
2,8 2,7 3,5 5,2 6,1 6,2 5,9 6,5
5,7 4,2 5,1 3,1 5,1 5,3 6,2 5,4

Estatística I – Prof. Luciana Martinho


20
Credibilidade e Compromisso

Perguntas
 Construa um histograma por turma
 Sabendo que os limites de especificação para a espessura dos
azulejos são (51,5)mm, você considera que “ a espessura não
adequada dos azulejos” pode estar provocando as
reclamações dos clientes?
 Você considera que as duas turmas trabalham do mesmo
modo ou existe diferença entre a qualidade dos azulejos
produzidos pelas duas turmas? Justifique sua resposta.
 O problema de quebra dos azulejos parece ser comum aos
azulejos produzidos por ambas as turmas ou parece estar
associado a uma turma específica? Por quê?
 O problema de falta de uniformidade no assentamento dos
azulejos parece ser comum aos azulejos fabricados por ambas
as turmas ou parece estar associado a uma turma específica?
Por quê?
Estatística I – Prof. Luciana Martinho
21
Credibilidade e Compromisso

Histograma Turno A

Histograma para a turma A


LIE LSE

10
Frequency

0
média=3,85
2 3 4 5 6 7
mediana=3,8 Turno 1
desvio-padrão=0,87
Estatística I – Prof. Luciana Martinho
22
Credibilidade e Compromisso

Histograma turno B

Histograma para a turma B


LIE LSE
20
Frequency

10

0
média=5,87
5,0 5,3 5,6 5,9 6,2 6,5 6,8 7,1
mediana=5,8 Turno 2
desvio-padrão=0,48

Estatística I – Prof. Luciana Martinho


23
Credibilidade e Compromisso

Conclusões

 Turno A- média deslocada para o limite


inferior- azulejo muito fino
 Turno B- média deslocada para o limite
superior- azulejo muito grosso
 Turno A- produz azulejos menos uniformes
(maior desvio-padrão)
 Turno B- produz azulejos mais uniformes
(menor desvio-padrão)

Estatística I – Prof. Luciana Martinho


24