Sei sulla pagina 1di 16

PSICOLOGIA DO EXERCÍCIO:

COMO TRABALHAR SEM ANSIEDADE NOS


ESPORTES

Equipe:
Felipe Gomes
Gabriel Queiroz
Moises Silva
Neomides Neto
Otávio Sampaio
Rafael Vieira
O QUE É ANSIEDADE?
 Ansiedade é uma reposta psicofisiológica a uma situação interpretada como
estressante.

 Relação entre medo e ansiedade

 Devemos entender que ansiedade não é necessariamente ruim. É


importante para o indivíduo reconhecer momentos estressantes onde o alto
rendimento é necessário, como saber distinguir o ambiente de treino do
ambiente de competição.

 A teoria em psicologia do esporte propõe que a alta performance ocorre


num ponto de ansiedade ideal. Esta é conhecida como a teoria do U
invertido

 Sendo assim, do ponto de vista da psicologia do esporte, tanto a alta como


a baixa ansiedade podem ser prejudiciais à performance.
SINTOMAS DA ANSIEDADE
SINTOMAS PSICOLÓGICOS DA ANSIEDADE:

● CONSTANTE TENSÃO OU NERVOSISMO


● SENSAÇÃO DE QUE ALGO RUIM VAI ACONTECER
● DIFICULDADES PARA DORMIR
● PREOCUPAÇÃO EXAGERADA
● PROBLEMAS DE CONCENTRAÇÃO
● MEDO CONSTANTE
SINTOMAS DA ANSIEDADE
SINTOMAS FÍSICOS DA ANSIEDADE:

● DOR OU APERTO NO PEITO


● AUMENTO DAS BATIDAS DO CORAÇÃO
● RESPIRAÇÃO OFEGANTE
● TREMORES NAS MÃOS E OUTRAS PARTES DO CORPO
● TENSÃO MUSCULAR
● DOR DE BARRIGA OU DIARREIA
● SENSAÇÃO DE FRAQUEZA OU CANSAÇO
● NÁUSEA
QUAIS SÃO AS CONSEQUÊNCIAS DIRETAS DO
EXCESSO DE ANSIEDADE?

 A ansiedade em excesso tem consequências


psicológicas e fisiológicas que podem prejudicar a
performance do atleta.
E QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS DIRETAS DA
FALTA DE ANSIEDADE?

A baixa ansiedade, por outro lado, pode ser caracterizada


como um estado psicofisiologico de relaxamento
excessivo.
COMO O INDIVÍDUO PODE TENTAR ENCONTRAR O
"PONTO IDEAL" DE ANSIEDADE?

 “Na medida em que se aprende a


controlar o nível de ansiedade, o
atleta pode também aprender a
interpretar a ansiedade como um
motivador.” - William Falcão
Temos inúmeros exemplos de atletas que depois de anos
de experiência competindo em nível internacional,
relatam continuar sentindo “um frio na barriga” antes da
competição. Este “frio na barriga” se torna um motivador
ou um gatilho que os preparam para superar seus
próprios limites. Seu corpo e mente interpretam este
estímulo como um alerta para se preparar para a
atividade.
 Pré-competição;

 Competição.
BENEFÍCIOS CIENTÍFICOS
 Aumento do foco, concentração e atenção;

 Amenização de sintomas depressivos e ansiosos;

 Maior recuperação muscular;

 Aumenta de células do sistema imune (maior


imunidade).
FUNCIONAMENTO DA TÉCNICA.
 A técnica de mentalização utilizada em atletas,
consiste em fazê-lo “vivenciar” mentalmente
diversas vezes uma situação real de jogo
(geralmente estressante ou desafiante).

 Por exemplo: Atletas de futebol que se sentem


muito inseguros em bater pênaltis em momentos
decisivos. Deve-se solicitar que ele imagine essa
situação diversas vezes em sua cabeça,
dessensibilizando o atleta ao estresse no
momento de jogo.
TÉCNICA BOX – COMO FUNCIONA?
 A técnica proveniente da Yoga, consiste numa
respiração “fechada” (por isso a denominação
“box” ou “caixa”);

 Basicamente se solicita ao atleta (ou pessoa em


episódio de ansiedade) que se respire por 4
segundos, contenha sua respiração pelo mesmo
período de tempo, após expire contando
novamente até 4 e contenha-se sem oxigênio por
mais 4 segundos.