Sei sulla pagina 1di 20

Infecções incomodas e resistentes

Causadas por mais de 100 espécies de fungos


São muitas vezes confundidas com alergias ou hanseníase
Se desenvolvem em condições propícias: alta umidade, calor ou
imunidade comprometida
Infecção superficial, mas podem atingir órgãos internos
Imunodeprimidos, portadores de HIV, pacientes internos em UTIs
são mais propensos
Fungos típicos da constituição normal do nosso corpo também
podem provocar micoses
Enxugar bem o corpo após o banho

Preferir usar roupas feitas com fibras naturais, como algodão, já que ele
não retém o suor; e calçado abertos, pelo mesmo motivo.
Usar luvas ao entrar em contato com o solo

Não entrar em contato com lesões micóticas de animais ou pessoas


infectadas

Não utilizar roupas, toalhas, materiais de manicure, dentre outros, que


não sejam de uso individual

Evitar andar descalço em pisos úmidos ou públicos


 Médico dermatologista
 Na maioria dos casos, apenas pelo aspecto em que se apresentam as lesões, a
infecção já é diagnosticada
 Há situações em que é necessário a análise da lesão e, para tal, é necessário que
se colha o material.

 Geralmente é demorado
 Pode ser requerido apenas o uso de pomadas locais.
 Pode necessitar de remoção cirúrgica em alguns casos.
o Micoses superficiais: localização nas camadas mais superficiais
da pele ou pêlos:
o Micoses cutâneas: localizada na pele, pêlo ou unhas e mucosas
em maior extensão
o Micoses subcutâneas: encontradas na pele e tecidos
subcutâneos
o Micoses sistêmicas: atingem profundamente órgãos internos e
vísceras (atingem muitos tecidos e órgãos diferentes)
Pitiríase versicolor (Malassezia furfur): Pano Branco

É uma lesão que ocorre mais comumente na parte superior do tronco.


Braços e abdome na forma de lesões maculada, hipo ou
hiperpigmentadas.
Descamam com facilidade, conferindo um aspecto seco e calcário à área
afetada.
Tinha nigra (Exophiala werneckii)

É uma micose assintomática em que as manifestações


clinicas consistem em lesões maculares escuras (marrom a
preto) e bem demarcada
Frequentemente observada nas palmas das mãos e planta
dos pés.
Piedra negra (Piedraia hortae)

 É uma infecção superficial dos pêlos.


 Consiste na presença de nódulos escuros, de consistência dura,
encontrados ao longo do pêlo.
Piedra branca (Trichsporon beigelii)

• É uma infecção que afeta os pêlos do couro cabeludo,


bigode e barba
• Caracterizada pelo desenvolvimento de crescimento de
consistência pastosa e mole de cor creme ao longo do pêlo
infectado.
o Estimulam várias respostas imunológicas celulares
o Causam alterações patológicas no hospedeiro
o Podem se manifestar em tecidos mais profundos da pele
o Agentes causadores chamados de dermatófitos
o As lesões assemelham-se a um verme escavando na borda, tem aspecto
serpigenosas(semelhantes a serpentes) e anelares (semelhantes a um anel
o Os principais gêneros envolvidos são: Microsporum, Trichosphyton,
Epidermophyton.
• Vivem em estado saprofítico no solo
• Sendo parasitas acidentais do homem e dos animais que
se infectam por traumatismo na pele
• Esse grupo de infecções possui vários aspectos em
comum (paciente lembra de algum incidente)
• As infecções ocorrem em parte do corpo mais sujeitas a
traumatismos (pés, pernas, mãos, braços e nádegas).
As síndromes clinicas são:

 Esporotricose: lesões nodulares e ulcerativas ao longo das glândulas


linfáticas

 Cromoblastomicose: nódulos verrucosos que aparecem no local de


inoculação, à medida que a infecção evolui ela ganha um aspecto de couve
flor.

 Feohifomicos: é um grupo heterogêneo de doenças cutâneas causadas por


vários fungos. Possui aspecto de um cisto (hiperplasia)

 Micetoma: lesões intumescidas, deformantes que contem numerosos trajetos


sinusiais de drenagem.
 Tem distribuição geográfica limitada
 Seus agentes etiológicos são encontradas no solo e em dejetos de
animais, sendo as vias aéreas superiores a sua principal porta de
entrada.

Atingem pacientes imunocomprometidos (câncer, diabetes, em uso de


imunossupressores). As infecções mais comum são a candidíase e a
aspergilose.
Pode ser isolada da boca, tubo digestivo, intestino, orofaringe e
pele na ausência de doença.
Na mucosa oral se apresenta como sapinho

Candidíase Sistêmica:
Grave
Possui difícil diagnóstico em vida (poliformismo das lesões,
variações do sinais e sintomas não específicos)
Pode acometer rins, cérebro, coração, trato digestivo, brônquios
e sangue
Candidíase vaginal: prurido, ardor, dispaurenia, corrimento em gromos
(esbranquiçado)

No órgão genital masculino: hiperemia da glande e prepúcio, pode haver lesões


avermelhadas e pruriginosas

Não é uma infecção exclusivamente sexual!


Aspergilose (Aspergillus)

É uma infecção adquirida de fontes exógenas

 O tipo da doença dependente do local atingido e da imunidade


do hospedeiro

O fungo não faz parte da microbiota normal

Atinge principalmente o pulmão