Sei sulla pagina 1di 20

Lição 6

Mateus
Alvo da lição

Saber Identificar as especificidades do Evangelho


de Mateus; Encontrar os temas mais
importantes ensinados por Jesus.

Sentir Apreciar a importância de toda a Bíblia para


provar quem é Jesus.
Agir Usar os ensinamentos dos sermões de Jesus
como regra para a vida.
Introdução
Mateus é o livro que abre o grupo dos quatro
Evangelhos. Isso porque é visto como uma ponte
entre o AT e o NT, entre os judeus e os gentios.
Sua forma literária, com características objetivas
à cultura judaica, facilita a transição entre os dois
pactos da Bíblia (AT e NT) e “fala” diretamente ao
coração dos judeus, apresentando Jesus como o
Messias esperado por eles.
1. Visão panorâmica
1.1 Informações básicas
a. Grupo: Evangelhos sinóticos
b. Autor: Mateus (publicano, coletor de impostos)
c. Data: 60-70 d.C.
d. Local: Antioquia da Síria
e. Alvo: Judeus cristãos
f. Versículos-chave: Mt 28.18-20
g. Expressão-chave: Messias (Rei Ungido)
1. Visão panorâmica
1.2 Esboço

Mt 1.1-4.11 A vinda do Messias e Seu preparo


para o ministério
O ministério do Messias em palavra
Mt 4.12-7.21 e ação

Mt 17.22-20.34
Instrução dos discípulos pelo Messias
com vista à cruz
Mt 21.1-28.20 Os últimos eventos no ministério
do Messias na terra
1. Visão panorâmica
1.3 Mateus em uma sentença
Mateus mostra Deus agindo na história por meio
de Jesus, Rei, e apresenta ensinamentos do
próprio Mestre, aplicando-os ao contexto
judaico.
2. Temas em destaque
2.1 Evangelho dos sermões
Por volta do 2º século da era cristã, ficou
reconhecido que o evangelho estava dividido
propositalmente pelo autor em cinco seções.
Cada seção se abre com atividades ministeriais
de Jesus seguidas de um sermão e se fecha com
o uso de expressões conhecidas como colofão.
Vejamos essa estrutura no quadro a seguir:
Atividades Sermões Colofões
Sermão do
Mt 3-4 monte (Mt 5-7) “quando Jesus acabou”
(Mt 7.28)
Comissão da “tendo acabado Jesus”
Mt 8-9 graça (Mt 10) (Mt 11.1)
Mt 11-12 Sete(Mt
parábolas “tendo Jesus proferido”
13) (Mt 13.53)
Conduta da “concluindo Jesus”
Mt 14-17 igreja (Mt 18) (Mt 19.1)
Últimas coisas “tendo Jesus acabado”
Mt 19-22 (Mt 5-7) (Mt 26.1)
2. Temas em destaque
2.2 Evangelho do Rei
A repetição frequente das palavras “reino” e
“reino dos céus” revelam outro tema importante
do registro de Mateus.
2. Temas em destaque
2.3 Evangelho da igreja
Entre os quatro evangelhos, o escrito por Mateus
é o único que apresenta a expressão “igreja” em
seu conteúdo (Mt 16.18; 18.17). Nas duas vezes,
são palavras de Jesus trazendo a ideia de igreja
como aspecto futuro. As passagens identificam a
igreja como corpo de Cristo.
2. Temas em destaque
2.4 Evangelho da autoridade messiânica
A mensagem do Evangelho de Mateus é valorosa
para toda a humanidade, mas o propósito inicial
de sua escrita foi alcançar os judeus em
particular. A intenção de ser dirigido aos judeus
é vista pelo seguinte fato: Mateus faz cerca de
sessenta citações do AT.
3. As parábolas do reino
Uma clara intenção de Cristo, nas parábolas, era
tornar conhecidos e simples os mistérios do
reino àqueles que estavam prontos para ele,
assim como tornar obscuros os mesmos
mistérios aos rebeldes. Vejam o quadro resumo
das parábolas de Mateus 13.
Texto Título Mensagem
Vários tipos de ouvintes Pr D
Mt 13.3-8, O
18-23 semeador para a mensagem do on es
Reino un ti
Mt Resposta verdadeira e ci na
O trigo e ad da
13.24-30,
o joio resposta falsa no trigo e
36-43 no joio as s
ju às
O grande crescimento do nt m
Mt O grão de
13.31-32 mostarda reino depois de um o ul
pequeno começo ao ti
Mt 13.33
O Forças do reino m dõ
fermento comparadas ao fermento ar es
Texto Título Mensagem
D
Mt 13.44 O tesouro es
O grande custo da Pr ti
edificação do reino on
Mt na
13.45-46 A pérola un da
ci s
ad
Mt O duplo destino daqueles ao
A rede as
13.47-50 que são tocados por ele e s
di
m scí
Mistura de elementos ca
O chefe novos e velhos em seu pu
Mt 13.52 sa
de família ensino lo
s
4. A rejeição ao Rei
A maior parte do Evangelho de Mateus retrata a
trágica rejeição ao Rei. Só a narrativa da morte e
ressurreição de Cristo ocupa 25% do livro. À
medida que Cristo Se identificava com fatos e
feitos que se chocavam com as tradições
judaicas, a liderança se opunha ainda mais a Ele,
não O reconhecendo como Messias e Rei.
Texto Rejeição ao Rei
Rejeição identificada à medida que as
Mt 11.2- reivindicações do Rei se chocavam com as
13.53 tradições judaicas
Mt 13.54- Preparação para a rejeição definitiva ao
19.2 Rei
Mt 19.3- Rejeição definitiva ao Rei
25.46
Mt 26.3- Evidência final da rejeição ao Rei
28.20 (crucificação)
5. Mateus na prática
Embora Mateus tenha escrito aos cristãos
judeus, seu evangelho também é um livro que
apresenta valores práticos para a igreja do nosso
tempo. Vejamos alguns deles.
• um livro de prática de evangelismo;
• um livro que identifica o valor do AT para o cristão;
5. Mateus na prática
• um livro que mostra a prioridade do reino na vida
do cristão;
• um livro que apresenta um reino vindouro como
herança aos filhos de Deus;
• um livro que ensina o valor da Bíblia como palavra
de Deus;
• um livro que alicerça a ideia de que estamos sob o
reinado de Cristo, mas ainda esperamos pelo
reinado glorioso.
Conclusão
O evangelho escrito por Mateus nos apresenta
Jesus Cristo como Rei e Messias prometido no AT e
cumprido do NT. Ensina, de maneira temática e
prática, o valor e os fundamentos do cristianismo.
Tristemente relata como o povo de Deus rejeitou a
Jesus, mas também mostra quão importante é o
Reino de Cristo na vida dos que creem em Seu
nome.