Sei sulla pagina 1di 15

AGENTES

PÚBLICOS
– Conceitos Iniciais
• Agentes Públicos– expressão da vontade estatal
• Conceito – dado pela Lei de Improbidade
Administrativa (art. 2º): Art. 2º Reputa-se agente
público, para os efeitos desta lei, todo aquele
que exerce, ainda que transitoriamente ou sem
remuneração, por eleição, nomeação,
designação, contratação ou qualquer outra
forma de investidura ou vínculo, mandato,
cargo, emprego ou função nas entidades
mencionadas no artigo anterior
È toda pessoa física (natural) que
exerça, ainda que transitoriamente
ou sem remuneração, por eleição,
nomeação, designação,
contratação ou qualquer forma de
investidura ou vinculo, mandato,
cargo ou função pública;
 São todas as pessoas físicas, que
exercem função pública, atuando
como preposto do Estado;

 Sentido amplo – englobando todos os


indivíduos que, a qualquer título
exercem uma função públicca,
remunerada ou gratuita, permanente
ou transitória, política ou meramente
administrativa;
 # Servidor público (estatutário)
empregado público (celetista)
O Agente Público é a pessoa pela qual o
Estado se faz presente;
 O Agente manifesta a vontade, que é
imputada ao próprio Estado;
 Estão presentes nas 3 esferas de Governo:
União, Estados, Distrito Federal e
Municípios;
Essa função pode ser:
 Remunerada ou gratuita

 Política ou jurídica

 Efetiva ou transitória
 São agentes públicos desde
as mais altas autoridades da
República, como os Chefes
do Executivo e os membros
do Legislativo e do Judiciário,
até os servidores que
executam as mais humildes
tarefas.
 Lei 8.429/92 – Todos os
agentes das pessas
políticas de qualquer dos
Poderes
 Art. 2º, Lei n. 8429/92 – reputa-se
agente público, para os efeitos dessa
Lei, todo aquele que exerce, ainda
que transitoriamente ou sem
remuneração, por eleição,
nomeação, designação, contratação
ou qualquer forma de investidura ou
vínculo, mandato, cargo, emprego
ou função nas entidades
mencionadas no artigo anterior
O agente atua em nome
do órgão e sua atuação é
imputada à pessoa jurídica
a que o órgão pertence.
No âmbito do direito
administrativo, a CF
abandonou a expressão
“funcionário público”.
 Utilizada no âmbito do
Direito Penal com conceito
equivalente àquele
consolidado na doutrina
administrativista para
agente público.
 Art. 327, CP – Considera-se
funcionário público, para os
efeitos penais, quem, embora
transitoriamente ou sem
remuneração, exerce cargo,
emprego ou função pública.
Agente público
Adoção de Regime Único
para Contratação do Estado
 Art39 CF
Art. 39. A União, os Estados, o Distrito
Federal e os Municípios instituirão, no
âmbito de sua competência, regime
jurídico único e planos de carreira para
os servidores da administração pública
direta, das autarquias e das fundações
públicas. (Vide ADIN nº 2.135-4)
Art 39 caput CF (EC 19/1998
 Extinguiu a exigência de adoção do Regime
Jurídico Único;
 Possível a contratação, concomitante de
servidores públicos e de empregados
públicos pela Administração Direta,
Autarquias e Fundações Públicas de
qualquer ente federado;
 Agosto 2007 STF suspendeu sua eficácia pela
ausência de aprovação da EC em 2 turnos;
efetios ex nunc – prospectivos