Sei sulla pagina 1di 12

Prof.

Doutor Fausto Amaro


Atracção interpessoal
 As primeiras impressões
 Aprofundar o conhecimento
 Construção de expectativas
 Construção de um ideal comum
Porque casam as pessoas?
 Porque estão apaixonadas
 Porque querem ter uma companhia
 Segurança relacional e a convivência são necessidades do ser humano
 Para satisfazer expectativas previamente estabelecidas
 Influência social
Eça de Queiroz e Emília de Castro (esposa)
A mulher ideal
Em 1878, com 32 anos, Eça de Queiroz definia, assim, a mulher ideal:
 “Eu precisava de uma mulher serena, inteligente, com uma certa fortuna
(não muita), de carácter firme disfarçado sob um carácter meigo…que
me adotasse como se adota uma criança, me obrigasse a levantar a
certas horas, me forçasse a ir para a cama a horas cristãs – e não quando
os outros almoçam – me alimentasse com simplicidade e higiene, que
me
Mulher ideal
 impusesse um trabalho diurno e salutar e que, quando eu começasse a
chorar pela lua, ma prometesse – até eu a esquecer… Esta doce criatura
salvaria um artista de si mesmo (…). Mas, ai! Onde está esta criatura ideal?
Onde está a luz no mar, esta torre de segurança, esta fonte de caridade? A
não ser em algum romance inédito de Octávio Feuillet – em parte
nenhuma.”
 Carta a Ramalho Ortigão, datada de 8 de abril de 1878
 Eça de Queiroz casou 8 anos mais tarde (10 de fevereiro de 1886) com Emília de Castro, irmã do
5.º Conde de Resende, com quem viveu até à sua morte em 16 de agosto de 1900. Teve 4 filhos.
O amor romântico
 Crenças do amor romântico:
 O amor, o desejo e a paixão não vão terminar nunca
 Se o meu companheiro me ama de verdade ele sebe antecipar os meus
desejos e necessidades
 Se o meu companheiro me ama vai esforçar-se por me agradar
 Se há amor nunca há aborrecimento
 O amor, o carinho e o interesse pelo sexo não diminuirão nunca
Teoria triangular do amor
(Robert Sternberg)
Intimidade

+ +
Intimidade
Compromisso
Paixão

Compromisso Paixão

+
Tipos de relacionamento
 Gostar: Intimidade
 Companheirismo: Intimidade e compromisso
 Amor romântico: Intimidade e paixão
 Amor vazio: Compromisso
 Amor turbilhão: Compromisso e paixão
 Amor à primeira vista: Paixão
 Amor ideal: Intimidade, paixão e compromisso
Ciclo de vida do casal
Etapas segundo De Franck-Lynch:
1. Estádio de fusão (primeiros 10 anos)
2. Eu, Tu e Nós
3. Estádio realista
4. Nós, Eu e Tu
5. Estádio de reequilíbrio (mais de 20 anos)
Ciclo de Vida do casal (2)
 Em seis estágios:
1. Entre famílias: jovem adulto independente
2. Novo casal
3. Casal com filhos pequenos
4. Casal com filhos adolescentes
5. Casal após saída dos filhos de casa
6. Um só elemento do casal
Fases da evolução do casal
 Segundo Mucchielli:
1. Lua de mel
2. Conjugalidade comprometida (antes do nascimento dos filhos)
3. Busca de estabilidade a longo prazo (após nascimento dos filhos)
4. Maturidade e perspectiva de envelhecimento a dois
(após os 20 anos de casados)