Sei sulla pagina 1di 13

IV E R E P E G

Universidade Regional do Cariri – URCA Crato/CE agosto de 2018


“Formação Docente e Avaliação em Geografia”

"Formação Docente Teoria e Prática em Geografia".

Helena Copetti Callai


UNIJUI- IJUI-RS
AVALIAÇÃO DE APRENDZAGEM:
FORMAÇÃO DOCENTE E AVALIAÇÃO EM GEOGRAFIA

• AVALIAÇÃO

1-AVALIAÇÃO DE APRENDIZAGEM

2- AVALIAÇÃO DO PROFESSOR
AVALIAÇÃO DO PROFESSOR

• Porque é importante?

• O que tem que se avaliar?


FORMAÇÃO DOCENTE TEORIA E PRÁTICA EM
GEOGRAFIA
“Ser professor e não “Ser professor e não
fazer a diferença, aprender, é uma
é uma contradição contradição
pedagógica” pedagógica”

“Ser professor e não “Ser professor e não


transformar, estudar, é uma
é uma contradição contradição
pedagógica” pedagógica”

Só uma formação forte e segura do professor


pode fazer a diferença na educação básica
FORMAÇÃO E ATUAÇÃO PROFISSIONAL DO
PROFESSOR
FORMAÇÃO CONTINUADA- EM QUE BASES:

Como prioridade:
• a) Deixar de lado as receitas, as grandes palestras
• b) Ter acesso a experiências de inovação e de
práticas cotidianas
• c) Construir bases teóricas que sustentem e
iluminem a discussão
FORMAÇÃO INICIAL
TEORIA

PRATICA
QUAL A PRATICA?

• A pratica do fazer o conteúdo ser o centro? Isso tem


significados- listar os temas, fazer as práticas de campo, que
conteúdos- aqueles dos livros didáticos que serão o ensino na
escola básica?

• ESTE NÃO SERIA O CAMINHO MAIS EFETIVO


PARA UMA FORMAÇÃO QUE SUSTENTE A
FORÇA DO PROFESSOR COMO SUJEITO
AUTONOMO QUE TEM A BASE NO
PENSAMENTO GEOGRAFICO
QUAL A PRATICA?

A pratica de viver a experiência profissional no contexto


da formação inicial?

• ESTE PODE SER UM CAMINHO MAS PARA TANTO É


FUNDAMENTAL A FORMAÇÃO DE UM PROFESSOR
COM AUTONOMIA DE PENSAMENTO

• E COM O PENSAMENTO GEOGRAFICO a sustentar o seu


aprendizado.
COMO FAZER ISSO?

Sustentação teórica a partir de:

Qual a ideia central do fazer geográfico?


Responder o
ONDE remete
ao LUGAR –
conceito chave
que diz do
ESPAÇO