Sei sulla pagina 1di 15

EM BUSCA DE DEUS

Qual é o fim principal do homem?

O fim principal do homem é glorificar a


Deus, e alegrar-se nEle para sempre.

1Co 10.31
O fim principal do homem é glorificar a
Deus, AO alegrar-se nEle para sempre.
QUAL O SER MAIS FELIZ QUE EXISTE?

Salmos 115:3
No céu está o nosso Deus e tudo faz como lhe
agrada.

Salmos 33:10-11
O SENHOR frustra os desígnios das nações e anula
os intentos dos povos. 11 O conselho do SENHOR
dura para sempre; os desígnios do seu coração,
por todas as gerações.

Jó 42.2 – Seus planos não podem ser frustrados!


Salmo 63.1 – Davi ansiaria por um deus infeliz?
Mt 3.17 – Prazer de Deus em seu Filho.
Todas as pessoas buscam a felicidade. Não
há exceção para isso. Sejam quais forem os
meios diferentes que empreguem, todos
objetivam esse alvo. A razão de alguns irem
à guerra, e de outros à evitarem, é o mesmo
desejo em ambos, visto de perspectivas
diferentes. A vontade nunca dará o último
passo em outra direção. Esse é o motivo de
cada ação de todo ser humano, mesmo dos que
se enforcam!
- Blaise Pascal
Se hoje a noção de que é errado desejar a nossa
felicidade e esperar ansiosamente gozá-la esconde-se
na maioria das mentes, afirmo que ela surgiu em Kant
ou nos estóicos, mas não na fé cristã. Na realidade,
se considerarmos as promessas pouco modestas de
galardão e a espantosa natureza das recompensas
prometidas nos evangelhos, diríamos que nosso Senhor
considera nossos desejos não demasiadamente grandes,
mas demasiadamente pequenos. Somos criaturas
divididas, correndo atrás de álcool, sexo e
ambições, desprezando a alegria infinita que se nos
oferece, como uma criança ignorante que prefere
continuar fazendo bolinhos de areia numa favela,
porque não consegue imaginar o que significa um
convite para passar as férias na praia. Contentamo-
nos com muito pouco.
- C.S. Lewis
O homem já teve a verdadeira felicidade, da
qual agora resta nele apenas o sinal e o
espaço vazio, que ele tenta em vão
preencher com as coisas ao seu redor,
procurando em coisas ausentes a ajuda que
não obtém nas coisas presentes. Essas,
porém, são todas incapazes, porque o abismo
infinito pode ser preenchido somente por um
objeto infinito e imutável, ou seja, apenas
pelo próprio Deus.
- Blaise Pascal
Creio que gostamos de louvar o que nos
alegra porque o louvor não apenas expresas
mas completa a alegria; ele é sua
consumação pretendida.
- C.S. Lewis
Salmo 37.4; 42.1,2; 63.1; 36.8; 34.8

Nos salmos Deus é o objeto que a tudo


satisfaz!

Salmo 43.4; 16.11


Busca por felicidade não quer dizer que
Deus se torna um meio para ajudar-nos
a conseguir prazeres mundanos.

O prazer que o cristão busca é o que


está no próprio Deus!

Deus ordena que encontremos alegria


amando a Deus (Salmo 37.4) e as
pessoas (Romanos 12.8).
Mateus 13.44; 25.21,23
Romanos 12.8
Hebreus 10.34; 13.17
2 Coríntios 9.7; 2.3
1 Pedro 5.2

“Alegria é um componente essencial da


verdadeira virtude”.

Não é dizer: “Vamos ser bons porque


isso nos fará felizes”.
Catecismo de Heidelberg
6. Mas Deus criou o homem tão mau e
perverso?

R. Não, Deus criou o homem bom (1) e à


sua imagem (2) , isto é, em verdadeira
justiça e santidade, para conhecer
corretamente a Deus seu Criador, amá-
Lo de todo o coração e viver com Ele
em eterna felicidade, para louvá-Lo e
glorificá-Lo (3).
Catecismo de Heidelberg
90. O que é o nascimento do novo
homem?

R. É a alegria sincera em Deus, por


Cristo (1) , e o forte desejo de viver
conforme a vontade de Deus em todas
as boas obras (2).

(1) Is 57:15; Rm 5:1,2; Rm 14:17. (2) Rm


6:10,11; Gl 2:19,20.
1 - O anseio por ser feliz é uma experiência humana
universal, e é algo bom, não pecaminoso;

2 - Jamas devemos tentar negar ou resistir ao nosso


anseio por ser felizes, como se isso fosse um impulso
mau. Pelo contrário, devemos tentar intensificar esse
anseio e alimentá-lo com tudo que proveja à satisfação
mais profunda e permanente,

3 - A felicidade mais profunda e permanente encontra-


se apenas em Deus. Não com origem em Deus, mas em
Deus;

4 - A felicidade que encontramos em Deus atinge sua


consumação quando compartilhada com outros nos
multiformes caminhos do amor;

5 - Na mesma medida em que tentamos abandonar a busca


do prazer próprio, deixamos de honrar a Deus e de amar
as pessoas. Ou, para usar termos afirmativos: a busca
do prazer é parte necessária de toda adoração e
virtude.
Outros textos que revelam o dever da
alegria em Deus:
Dt 28.47; 1Cr 16.31,33; Ne 8.10;
Sl 32.11; 33.1; 35.9; 40.8,16; 42.1;
63.1,11; 64.10; 95.1; 97.1,12; 98.4;
104.34; 105.3; Is 41.16; Jl 2.23;
Zc 2.10; 10.7; At 20.35; Fp 3.1; 4.4