Sei sulla pagina 1di 34

Gestão Democrática na

Escola Pública - MT
CONSTITUIÇÃO FEDERAL

 Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada


pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do
Distrito Federal, constitui-se em Estado
Democrático de Direito e tem como fundamentos:
 I - a soberania;
 II - a cidadania;
 III - a dignidade da pessoa humana;
 IV - os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa;
 V - o pluralismo político.
Bases Legais

 Princípio constitucional do Ensino Público, art. 206 ;


inciso VI ,da Constituição Federal de 1988;
VI – “gestão democrática do ensino público, na
forma da lei...”
 LDB (Lei nº 9.394/96), confirma esse princípio
(inciso VIII do art. 3º), e repassa, aos sistemas de
ensino, a definição das normas da gestão
democrática-;
 Lei de Gestão Democrática Nº 7040
LDB
TÍTULO II
Dos Princípios e Fins da Educação Nacional
Art. 3º O ensino será ministrado com base nos seguintes princípios:

I - igualdade de condições para o acesso e permanência na escola;


II - liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar a cultura, o pensamento, a arte
e o saber;
III - pluralismo de idéias e de concepções pedagógicas;
IV - respeito à liberdade e apreço à tolerância;
V - coexistência de instituições públicas e privadas de ensino;
VI - gratuidade do ensino público em estabelecimentos oficiais;
VII - valorização do profissional da educação escolar;

VIII - gestão democrática do ensino público, na forma


desta Lei e da legislação dos sistemas de ensino;

IX - garantia de padrão de qualidade;


X - valorização da experiência extra-escolar;
XI - vinculação entre a educação escolar, o trabalho e as práticas sociais
Lei 7.040 -
Art. 1º A Gestão Democrática do Ensino Público
Estadual ... Será exercida na forma desta lei,
obedecendo aos seguintes preceitos:
 Preceito - I - co-responsabilidade entre Poder Público
e sociedade na gestão da escola

Sucesso escolar
acesso

permanência
 Preceito-II –
autonomia pedagógica, administrativa e
financeira da Escola, mediante organização
e funcionamento dos Conselhos
Deliberativos da Comunidade Escolar, do
rigor na aplicação dos critérios
democráticos para escolha do diretor de
escola e da transferência automática e
sistemática de recursos às unidades
escolares.
Preceito -III
Transparência dos mecanismos administrativos,
financeiros e pedagógicos;

 ampliação da democracia participativa superando


a democracia representativa.

“Participação pressupõe:
 Espírito de troca e reciprocidade;
 Comprometimento com causas sociais;
 Solidariedade e ética;
 Discernimento e peserverança.”
(Lück)
Preceito IV –
Eficiência no uso dos recursos financeiros.

 PPP
 PDE
 PDDE
COLETIVOS DIVERSOS
Indígena 6 a 14 anos e matrículas nas redes

Estadual e Municipal –Mato Grosso 2008 a 2010.

 Fonte: INEP/Censo Escolar – Dados referentes a


matrículas
 FUNASA – Dados sobre a população
indígena.
Fo
Crescimento da população
escolarizável indígena 15 a 17 e matriculas.
Mato Grosso 2008 a 2009.

BFonte: INEP/Censo Escolar – Dados referentes a matrículas


FUNASA – Dados sobre a população indígena
Crescimento da Cobertura na Educação Infantil – 0 a 3 anos
Mato Grosso 2007 a 2010.
20
18 18.66
16
14
14,64 15,55
12 13,33
10
8
6
4
2
0

ANO 2007 ANO 2008 ANO 2009 ANO 2010


Crescimento da Cobertura na Educação Infantil – 4 a
6 anos, Mato Grosso 2007 a 2010.

80

70
73.34
60
63.48
54.36 57.99
50

40

30

20

10

ANO 2007 ANO 2008 ANO 2009 ANO 2010


Fonte: tabela elaborada a partir dos gráficos dos
Tabela:

estudos de BARROS et al. (2007)

Anos Iniciais Anos Finais


Educação Ensino
Grupo Ensino Ensino
Infantil Médio
Fundamental Fundamental
Negros 39,6 92,4 68 36,2
Brancos 40,8 96 83 58,2
Matrículas em escolas do campo,
por dependência administrativa,
faixa etária, modalidade e
cobertura. Mato Grosso, 2009
Matrículas populaç
pop. 6 pop. 15
Ensino cobertu MatrículasEns cobert Matrícul ão de 18 cobertur
dep. Adm. a 14 a 17
Fundament ra ino Médio ura as EJA a 24 a
anos ano
al anos
rede
19570 8499 3106
estadual
rede 83768 96,4 34770 24,62 51366 11,84
61182 60 2974
municipal
total 80752 8559 6080
Taxa de Analfabetismo Brasil, Região, Mato
Grosso, 2009. Fonte: MEC/SIMEC

12.0%
10.2% 9.7%
10.0%
8.0%
8.0%

6.0%

4.0% 2.5%
2.0%
1.2% 1.0%
0.0%

Mato Grosso Região Centro- Brasil (2009)


(2009) oeste (2009)
Taxa de Analfabetismo 10 a 14 anos
Taxa de Analfabetismo 15 anos ou mais
A fundamentação da gestão democrática
• constituição de um espaço público de direito para:
• promover condições de igualdade
•garantir estrutura material para a oferta de educação de
qualidade
• contribuir para a superação do sistema educacional
seletivo e excludente
• possibilitar a inter-relação desse sistema com:
1. o modo de produção e distribuição de riquezas,
2. Com a organização da sociedade,
3. com a organização política,
4. com a definição de papéis do poder público,
5. com as teorias de conhecimento, as ciências, as artes e
as culturas.
Democratizar o quê – para quem?

- Com qual finalidade pensamos a


democratização da Escola?
O que queremos com a Educação escolar?
- Qual é ou como se desenvolve a nossa
cultura democrática?
A gestão democrática se dá pela
legislação?
QUE EDUCAÇÃO QUEREMOS?
REALIDADE

TRANSFORMAÇÃO ?
MANUTENÇÃO ?

MUDANÇA ?
EDUCAÇÃO

SUBORDINAÇÃO ? EMANCIPAÇÃO ?
Mecanismos da Gestão Democrática
 Conferências da Educação;
 Conselhos Municipal e Estadual da Educação;
 Conselho do FUNDEB ;
 Eleições para diretores;
 Assembléia Geral Escolar;
 Conselhos de Escola;
 Grêmio Estudantil;
 (Rotatividade do quadro de diretores da escola).
Instrumentos Democratizantes de Gestão
Educacional:
 Plano Nacional da Educação
 Plano Estadual de Educação
 Planos Municipais de Educação

Articulados à Legislação Educa-


cional e às necessidades locais.
PPP
PDE
Dificuldades para a Gestão Democrática
Dificuldades Externas à Escola  a pequena
vontade política;
 contrariedade à
idéia de participação política;
Dificuldades Internas  resistência à socialização do
poder;
 visão patrimonialista;

Dificuldades Gerais  cultura democrática


ainda pouco consolidada nos diversos segmentos
da sociedade.
 dificuldades em entender a
importância do Controle Social.
A maior das dificuldades...

 “convivência contraditória de duas posturas


distintas: uma, autoritária, refletindo o modus
vivendi da sociedade brasileira, originária de uma
tradição cultural escravocrata e classista;

 outra, democrática, que ensaia ainda seus


primeiros passos e, como todas as práticas
inaugurais, cheia de ilusões ingênuas sobre
seu próprio poder de mudança...”(Artemis
Torres)
GESTÃO ....
Democratização da Gestão Escolar ...

 Não é um desafio tipicamente escolar ou técnico


pedagógico – os interesses , racionalidades as relações
de poder na escola não são redutíveis a um plano de
ação homogêneo e consensual;
...
“ A competência profissional não é algo que se
obtenha apenas através de programa de formação
profissional; envolve uma ‘alfabetização crítica’,
uma educação política e cívica dos próprios
educadores, uma aprendizagem da democracia
através do exercício de práticas democráticas...”
A democratização da Escola se expressa no
aprendizado de práticas democráticas, efetivando-
se como exercício permanente de formação de
sujeitos participativos.
Posturas Democráticas...
- A gestão democrática deve ser prática cotidiana
que contém o princípio da reflexão, da
compreensão e da transformação, exige a
formulação e execução de um PPP libertador.
“Minha presença no mundo
é a posição de quem se
insere e luta como sujeito
da história”

Paulo Freire
Muito Obrigada!!!
Contato:
catarina.cortez@seduc.mt.gov.br
65 -3613 6441