Sei sulla pagina 1di 18

A Escola que Queremos:

O Papel da Tecnologia

Eduardo O C Chaves
Consultor – IAS
Professor Titular – UNICAMP
eduardo@chaves.com.br
http://escola2000.net/4pilares/
O Nosso Desafio
Todos buscamos melhorar a qualidade
da educação escolar brasileira
Esse fato demonstra que não estamos
satisfeitos com a escola que temos
Para conseguir melhorar a qualidade
da educação escolar é preciso saber:
 Quais as características da escola que
temos que são inaceitáveis
 Quais as características da escola que
queremos que precisamos promover
 Como chegar da escola que temos até a
escola que queremos – com “o bonde
andando” (isso é “competência”)
A Escola que Temos
Objetivo: transmissão de informações
Currículo: disciplinas e séries
Método: ensino
Professor: transmissor de informações
Aluno: platéia passiva
Gestão: hierárquica e autoritária
Espaço e tempo: sala de aula e aula
Estrutura: linear, em séries
Atitude: fechada em si mesma
Tecnologia: apoio ao ensino
As Mudanças na Sociedade
Passamos da Sociedade Industrial
para a Sociedade da Informação
O principal motor da mudança foi a
tecnologia digital
O papel das novas tecnologias de
informação e comunicação
Essas tecnologias produzem enorme
sobrecarga de informação
Não faz sentido manter a escola para
continuar transmitindo informações
Resultados das Mudanças
A escola se tornou ineficaz: não faz “a
coisa certa”
A maior parte do tempo, a escola é
também ineficiente: “não faz a coisa
certo” (nem mesmo a “coisa errada”
que está fazendo)
Não é possível melhorar a qualidade
da escola mexendo apenas no plano
dos meios, sem tocar no plano dos
fins
O que é Preciso Fazer?
Reconceituar a educação e reinventar
a escola
A educação deve ter como objetivo e
foco o desenvolvimento humano
A reinvenção da escola precisa ser
feita:
 com reconhecimento do fato de que a
escola perdeu o quase monopólio que
tinha na tarefa educacional
 com conhecimento das características da
Sociedade da Informação e do papel da
tecnologia na educação que tem como
foco o desenvolvimento humano
Uma Nova Educação
O objetivo último da educação é o
desenvolvimento humano
“Ninguém educa ninguém ... ninguém
se educa a si mesmo: os homens se
educam em comunhão, mediatizados
pelo mundo” (P. Freire)
É pela educação que a gente se
desenvolve de modo a se tornar capaz
de projetar e construir a própria vida
É pela educação que a gente se torna
capaz de sonhar os próprios sonhos e
de transformá-los em realidade
Educação
O ser humano nasce inacabado, com
o potencial de ser racional e livre - de
pensar e decidir (escolher)
O projeto de vida de cada um é de
sua responsabilidade, como o é a
obtenção da capacitação necessária
para transformá-lo em realidade
A educação é algo que a própria
pessoa faz (não que adultos fazem
com crianças basicamente passivas)
A educação é algo que acontece de
dentro para fora e de baixo para cima
A Nova Escola
Objetivo: o desenvolvimento humano
Currículo: competências e habilidades
Método: projetos de aprendizagem
Aluno: protagonista e ativo
Professor: orientador e facilitador
Gestão: democrática e participativa
Espaços e tempos: diversificados e
flexíveis
Estrutura: em rede, aberta, sem
séries
Atitude: aberta para a vida e o mundo
Tecnologia: apoio à aprendizagem
A Nova Escola - Tecnologia
 Na nova educação a tecnologia deve ser
usada como ferramenta estratégica que
ajude a promover a aprendizagem
 A tecnologia mais abrangente hoje são
computadores em rede, que podem ser
usados, dentro e fora da escola, para:
 Acesso a informações
 Comunicação (interação entre pessoas)
 Disseminação de experiências
 Aprendizagem colaborativa
 Esses podem ser vistos como os “quatro
pilares” da tecnologia na educação
Acesso a Informações
É essa “face” dos computadores que
explodiu com a visão tradicional do
papel da escola
Não é função da escola transmitir
informações - mas é essencial que ela
forneça acesso a informações
Esse acesso pode se dar através de:
 Busca intencional (mecanismos de busca)
 Encontro acidental (ambientes ricos em
informação de vários tipos e
modalidades)
Comunicação - 1
Na educação formal presencial
 Na escola tradicional a aula congrega uma
turma, e raramente há comunicação entre
turmas e entre pessoas de idades
diferentes
 Na nova escola, não havendo salas de
aula e classes, e não havendo séries, a
comunicação entre a comunidade escolar
é mais essencial e, em escolas grandes,
só pode ser feita pela tecnologia
Comunicação - 2
Na educação formal a distância
 Devemos tirar de nossa mente a idéia de
que educação a distância se limita a
ensino a distância
 Educação a distância é primordialmente
aprendizagem colaborativa mediada pela
tecnologia
Comunicação - 3
Na educação não formal mediada pela
tecnologia
 No trabalho
 No lazer
 Nos grupos de interesse comum
 Nas interações interpessoais
Disseminação de
Experiências
A tecnologia criou possibilidades antes
inexistentes de protagonismo juvenil
na área de disseminação
Hoje todos podemos ter uma editora,
um jornal, um meio de comunicação
Em pouco teremos emissoras de rádio
e televisão via Internet – o fim da
unidirecionalidade
Rádios Comunitárias: “Cala Boca Já
Morreu”
O “Jornal Virtual do PSE”
Blogs
Aprendizagem Colaborativa
As três funções da tecnologia podem
ser reunidas para trabalho, lazer ou
aprendizagem
Na aprendizagem, ela cria ambientes
virtuais em que podemos aprender
através da colaboração uns com os
outros (troca de idéias, discussão,
crítica)
Para isso precisamos de eficientes
ferramentas de comunicação, acesso
a informações, e disseminação de
informações e experiências
Papel Subversivo da
Tecnologia
Podemos, mas não devemos, usar a
tecnologia para dar uma sobrevida à
escola que temos
Devemos usar a tecnologia para
subverter a escola que temos naquilo
que ela precisa ser transformada
 Para que vai ser usada a tecnologia?
 Como vai ser usada a tecnologia?
 Quem vai gerir e coordenar o uso da
tecnologia?
Trazer a tecnologia para dentro da
escola ou usar a tecnologia para levar
a escola para fora de seus muros?
Educação
Oswaldo Montenegro:
 “...O pescador que se encanta mais com
a rede que com o mar... “
Michael Hammer:
 “Nossa educação é o que resta quando a
gente se esquece daquilo que nos foi
ensinado”