Sei sulla pagina 1di 22

Motivação

Luciano Thomé e Castro


Evolução do Pensamento

• Critica à escola das relações humanas: relação entre as


variáveis “satisfação das necessidades psicossociais dos
empregados” e aumento da produtividade” não é tão
simples assim.

• Não é somente clima social e filiação que importa.

• Muito embora a escola das Relações Humanas tenha sido


um avanço continuava a considerar o trabalhador um ser
passivo que responde de forma padronizada a estímulos
(visão científica).
2
Significado da Motivação

• A palavra motivação indica as causas ou motivos


que produzem determinado comportamento.

• 3 propriedades da motivação:
– Direção: a pessoa está motivada para fazer o quê?
– Intensidade: quão motivada a pessoa está?
– Permanência: durante quanto tempo a pessoa ficou
motivada?

• Em administração: Alto grau de disposição para


realizar uma tarefa ou atividade de qualquer
empresa.
3
• Como se dá o processo de motivação?

4
Teorias sobre o Processo de Motivação

Modelo do Comportamento

• Todo comportamento é motivado


(internamente ou externamente) por algum
estímulo;
• O comportamento é orientado para a realização
de algum objetivo;
• Este comportamento pode ser perturbado por
conflito, frustração ou ansiedade.
5
Teorias sobre o Processo de Motivação

Teoria da Expectativa
Pessoas se esforçam para alcançar resultados ou
recompensas e evitam resultados indesejáveis.

Estímulo Pessoa Objetivo

Esforço
Expectativa de
Influenciado pelo Desempenho
receber a
valor atribuído à
recompensa
recompensa

Entrar na Programa de Passar


6
Universidade Estudos no vestibular
Teorias sobre o Processo de Motivação:
Expectativas
• Valor dos resultados: qual é o valor ou
importância da recompensa para a pessoa?
• Desempenho e resultado: A pessoa acredita que
seu desempenho permite alcançar os resultados?
• Situação 1: Para você é importante ser promovido. Você acredita que
estudar bastante é necessário para ser bem avaliado e ser promovido.
Você irá fazer todo esforço para estudar o necessário para ser bem
avaliado e promovido.

• Situação 2: Para você é importante ficar com a família. Você acredita


(por experiência própria ou observação) que as pessoas que são
promovidas têm que se dedicar mais ao trabalho e são obrigadas a
ficar longe da família. Você deixará de se esforçar para ser promovido,
porque ficar longe da família para você é um resultado indesejável.
7
Teorias sobre o Processo de Motivação
Behaviorismo

• Condicionante operante: Comportamento


aprendido por experiência que tende a se repetir
• Reforço positivo: Estímulos ou recompensas.
Contínuo ou intermitente.
• Punição: Consequência desagradável

8
Teorias sobre o Processo de Motivação
Teoria da Equidade

• Crença de que as recompensas devem ser


proporcionais ao esforço e iguais para todos.

• Ausência de equidade têm consequências


negativas para comportamentos esperados / não
esperados dos funcionários

9
Qual o Conteúdo da Motivação? O que Motiva?

10
A ênfase em diferentes momentos

• Administração Clássica: Homo Economicus

• Relações Humanas: Homo Socialis

• Motivação e Liderança: Homo Complexus

11
Homo Complexus

Necessidades múltiplas e complexas

Necessidades mudam ao longo do tempo

Desejo de autodesenvolvimento e
realização

Trabalho fornece sentido à sua existência

Autonomia de pensamento
12
Hierarquia de Necessidades de Maslow

5
Auto-
Realização
( desenvolvimento e
realização pessoal)
Estíma
4 (auto-estima,
reconhecimento, status)
Necessidades Sociais
3 (sensação de pertencer)
Necessidade de Segurança
2
(segurança, proteção)
Necessidades Fisiológicas
1 (comida, água, abrigo)
Teoria X e Teoria Y de McGregor

Teoria X Teoria Y

• As pessoas são • As pessoas gostam do


preguiçosas e trabalho que exercem e
indolentes. são esforçadas e
• As pessoas tendem a dedicadas.
evitar o trabalho. • As pessoas consideram o
• As pessoas evitam a trabalho como algo
responsabilidade para se natural a ser realizado.
sentir seguras. • As pessoas podem se
• As pessoas são ingênuas controlar e assumir
e sem iniciativa. responsabilidades.
• As pessoas são criativas
e competentes.
14
Teoria X e Teoria Y de McGregor

Teoria X: estilo de gestão Teoria Y: estilo de gestão

• Centralizadora • Estímulo ao
• Controle autoritário para autodesenvolvimento,
eficiência dedicação e participação
• Foco na base da Pirâmide • Objetivo é criar condições
de Maslow: necessidades físicas e de clima para que
básicas e de segurança as pessoas possam atingir
• Critica: “Profecia que se seus objetivos pessoais,
auto realizava” contribuir ao máximo com
os objetivos
organizacionais
• Administrar significa
encorajar pessoas e
remover barreiras
15
Fatores Higiênicos e Motivacionais de
Herzberg
• Divide os fatores motivacionais em extrínsecos
(higiênicos) e intrínsecos (motivacionais)
• Bases da teoria do comportamento humano de
Herzberg, tem os seguintes princípios:
– Manifestação: necessidades emergem em ordem crescente. As
secundárias e terciárias não se manifestarão se as primárias não
estiverem satisfeitas.
– Dominância: uma vez satisfeita uma necessidade ela deixa de ser
uma fonte de motivação.
– Frustração: uma necessidade básica mal satisfeita impede o alcance
de uma necessidade de nível superior.
– Insaciabilidade: aspiração e exigências vão aumentando conforme
as necessidades são alcançadas.
– Identificação: normas sociais interferem nas necessidades.
16
Fatores Higiênicos e Motivacionais de
Herzberg
Fatores Higiênicos ou Fatores Motivacionais ou
Extrínsicos Intrínsicos
• Ambiente do trabalho. • Conteúdo do trabalho.
• Dependem de características
• Condição necessária mas específicas de cada indivíduo
não suficiente para manter a ou grupo organizacional.
produtividade. • Fatores particulares.
• Ligados à auto-realização e
• Atendem a necessidade à auto-estima.
básica do indivíduo. • Plano de carreira e
• Salários treinamentos são exemplos.
• Máquinas e equipamentos • Retém indivíduos na
• Ambiente aceitável organização.
• Benefícios mínimos
17
Teoria da Contingência da Motivação de
McClelland

Teoria da Contingência
da Motivação

Necessidade de Necessidade de Poder Necessidade de


Realização (Power) Afiliação
(Achievement) (Affiliation)
O Trabalho de Agryris: Ideia de Adaptar
estruturas organizacionais
Modelo A Modelo B

• Centralização vertical do • Participação de


poder. indivíduos nos processos
• Pouco conhecimento do decisórios.
trabalho desenvolvido • Visão integrada das
nos outros setores. diversas partes da
• Baixa integração organização.
horizontal. • Conhecimento dos
• Individuo voltado para objetivos da
atingimento de metas de organização.
unidade ou depto. • Integração horizontal.
• Privilegia-se o curto • Foco no médio e longo
prazo. prazo.
19
Alguns movimentos na consolidação de
uma área de GESTÃO DE PESSOAS
• Job enrichment – enriquecimento do cargo
• Controle delegado à própria pessoa (Drucker e
Administração por objetivos)
• Uma corrente de democracia industrial – a
organização como ambiente político – valores de
comunidade, igualdade, debate e consenso
• Implementada na Volvo nos anos 60 na Suécia:
grupos autônomos de produção, co-gestão, rodízio
de tarefas e negociação
• Influencia e é influenciada pelo movimento da
Toyota
20
• https://www.youtube.com/watch?v=F12DAS-ZNDY

• Pergunta pra discussão: Como motivar a geração Y?


É possível?

21
Grupos do Trabalho
Renata Pivi Pedro Antônio Fabio L. Aude
Mariana Lacerda Luiz Paulo Pedro Balbo
Thaís Pupim Nina Palma Luccas Amin
Fernanda Pagin Guilherme Naves Rafael Fabrício
Vitória Salvador Mateus Priolli Gustavo Nardini
Júlia Detilio Victor Hugo Conrado Pegoraro

João Gabriel Aline Costa Vinícius Gabriel


Lucas Panicio Carolina Gevenez Leonardo Galdiano
Felipe Gerardi Bárbara Chiaretti Gabriel Costa
Gabriel Aguiar Luciana Souza Thiago Aleixo
Yuri Cunha Marcus Vinicius Raphael Otávio
Matheus Goes Victor Godoy João Victor de Lucca

Anne-Sophie de Carvalho
Bárbara Barrachi
Fernando de Medeiros
Gabriela Aparecida
Giovanni Braz
Pedro Vitor Brabo
22