Sei sulla pagina 1di 42

FOLHAS

Professora Fiorella Chalco

São órgãos vegetativos, geralmente

laminares, que formam a parte

aérea da planta;

Tem

origem

primários,

nos

meristemas

protuberâncias

arredondadas do eixo caulinar

chamados de primórdios foliares;

MORFOLOGIA DA FOLHA

Cada espécie possui folhas de formato e tamanho particulares, que são elementos fundamentais para a sua

identificação e classificação.

FOLHAS INCOMPLETAS

Séssil (desprovida de pecíolo e bainha, o limbo insere-se diretamente no caule);

Peciolada

(desprovida

de

pecíolo

é

bem

bainha, o desenvolvido

e diretamente no caule);

insere-se

Invaginante

(folha

sem

pecíolo,

desenvolvido, abraçando o caule);

mas

com

o

limbo bastante

Filódio (folha sem limbo, mas com o pecíolo achatado e expandido lateralmente, cumprindo as funções do limbo).

A configuração geral do limbo, permite reconhecer dois grandes grupos de folhas:

Folhas simples (com limbo simples, inteiro e um pecíolo primário);

Folhas compostas (com limbo decomposto

em lâminas menores, os folíolos e com pecíolo primário ramificado em pecíolos

secundários, terciários, etc.).

São classificadas considerando-se alguns

detalhes da morfologia externa:

  • a) Forma do limbo;

  • b) Forma da margem do limbo;

  • c) Disposição das nervuras.

MORFOLOGIA DA FOLHA

Classificação-Forma do Limbo

1. Folha Capilar (diâmetro muito reduzido);

  • 2. Folha Linear (longa e estreita);

  • 3. Folha Acicular (longa, delgada e pontiaguda como uma agulha);

  • 4. Folha Ovalada (em forma de ovo);

  • 5. Folha Oblonga (com diâmetro maior no meio do limbo);

  • 6. Folha Elíptica (com contorno de uma elipse);

  • 7. Folha Lanceolada (com a forma dos ferros de lança);

  • 8. Folha Orbicular (com contorno circular);

  • 9. Folha Peltada (de contorno variado, mas com o pecíolo inserido no meio do limbo);

MORFOLOGIA DA FOLHA

Classificação-Forma do Limbo

  • 10. Folha Cordiforme (com a forma de um coração);

  • 11. Folha Rômbea (com a forma rômbica);

  • 12. Folha Reniforme (com o aspecto de um rim);

  • 13. Folha Deltóide (com a forma de um delta, triangular);

  • 14. Folha Espatulada (com sua extremidade alargada como uma espátula);

  • 15. Folha Sagitada (com o aspecto da ponta de uma flecha);

  • 16. Folha Cletrada (grandes com amplas perfurações no limbo);

  • 17. Folha Assimétrica (com um desenvolvimento desigual das duas metades do limbo, separadas pela nervura central).

MORFOLOGIA DA FOLHA

Classificação - Forma da Margem do Limbo

1. Folha Inteira (lisa, sem reentrâncias ou recortes);

  • 2. Folha Ondulada (com ondulações pouco pronunciadas);

  • 3. Folha Denteada (com dentes triangulares);

  • 4. Folha Serrada (com dentes triangulares e inclinados);

5.Folha

Crenada

uniformes);

(com

projeções

semicirculares

em

séries

  • 6. Folha Aculeada (com projeções pontiagudas, retas ou curvas);

MORFOLOGIA DA FOLHA

Classificação - Forma da Margem do Limbo

7. Folha Pectinada (com projeções regulares como os dentes de um pente);

8. Folha

Lobada (com recortes profundos que no entanto não

ultrapassam os quartos laterais do limbo);

9. Folha Digitilobada (com recortes alongados em forma de dedo);

10. Folha Fendida (com recortes laterais que ultrapassam os quartos laterais do limbo, sem tocarem a nervura central);

11. Folha Partida (com recortes profundos que quase atingem a nervura central).

MORFOLOGIA DA FOLHA

Classificação - Disposição das Nervuras

1. Uninérvea (com uma única nervura central);

  • 2. Multinérvea (com mais do que uma nervura);

  • 3. Paralelinérvea (com diversas nervuras que percorrem, paralelamente, em sentido longitudinal, toda a extensão do limbo);

  • 4. Peninérvea (com nervuras ramificadas, partindo de uma nervura central mais espessa, lembrando a morfologia de uma pena de ave);

  • 5. Curvinérvea (com várias nervuras que partem da base da folha e se reúnem, outra vez, no ápice, percorrendo o limbo em curvas paralelas);

  • 6. Palminérvea (com várias nervuras que partem, radialmente, da base do limbo);

Classificação das Folhas Compostas

São classificadas

de acordo com a disposição

e

o

número

de

folíolos

que

integram

o

limbo

composto:

Com

folíolos

em toda

a

extensão

do

pecíolo

principal;

Com folíolos apenas

na zona

final

do pecíolo

principal;

Duplamente composta ou recomposta.

 

Folíolos em toda a extensão do pecíolo principal

1. Paripenada (com número par de folíolos); 2. Imparipenada (com número ímpar de folíolos).

Folíolos apenas na zona final do pecíolo principal.

1. Bifoliolada (com apenas dois folíolos); 2. Trifoliolada (com três folíolos); 3. Polifoliolada (com mais do que três folíolos).

Duplamente Composta ou Recomposta

Ocorre

quando

houver

pecíolos

secundários,

ramificados do pecíolo principal, com folíolos em

disposição penada.

MORFOLOGIA DA FOLHA

Folíolos apenas na zona final do pecíolo principal.

MORFOLOGIA DA FOLHA Folíolos apenas na zona final do pecíolo principal.

Folhas Modificadas

1.

Esporófilos

(são

folhas

que

produzem

os

alternante da reprodução vegetal);

esporos

no

ciclo

  • 2. Gavinhas (podem ser folhas modificadas, originadas pelo alongamento do pecíolo e da nervura central, servindo para a fixação de muitos caules de trepadeiras);

  • 3. Espinhos (são folhas que reduziram a sua superfície como proteção contra a transpiração excessiva e cuja extremidade pontiaguda constitui eficiente proteção contra os animais);

  • 4. Antófilos (são folhas mais ou menos modificadas na forma, na cor e nas dimensões, constituem as unidades dos diversos verticilos florais);

  • 6. Espata (é a grande lâmina foliar branca ou pigmentada que proteje as inflorescências em forma de espiga);

  • 7. Catáfilos (são folhas geralmente incolores e carnosas, que

cobrem os bulbos-escamosos e tunicados e que protegem as

gemas axilares de muitas plantas);

  • 8. Carnívoras ou insetívoras (mostram diversas adaptações para a captura de insetos, ora trata-se de folhas em forma de urna,

ora trata-se de folhas dotadas de cerdas ou tentáculos

secretores);

  • 9. Coletoras (são características em vegetais como bromélias e outras epífitas de cisterna cuja disposição das folhas carnosasas forma uma roseta);

10. Cotilédones (são folhas modificadas originadas de estruturas embrionárias e possuem, em seu interior, as reservas

nutritivas necessárias ao desenvolvimento do embrião

durante o período de germinação).

MORFOLOGIA DA FOLHA Folhas Modificadas - Esporófilos

MORFOLOGIA DA FOLHA Folhas Modificadas - Esporófilos

MORFOLOGIA DA FOLHA Folhas Modificadas - Gavinhas

MORFOLOGIA DA FOLHA Folhas Modificadas - Gavinhas

MORFOLOGIA DA FOLHA Folhas Modificadas - Espinhos

MORFOLOGIA DA FOLHA Folhas Modificadas - Espinhos

MORFOLOGIA DA FOLHA Folhas Modificadas - Antófilos

MORFOLOGIA DA FOLHA Folhas Modificadas - Antófilos

MORFOLOGIA DA FOLHA Folhas Modificadas - Brácteas

MORFOLOGIA DA FOLHA Folhas Modificadas - Brácteas

MORFOLOGIA DA FOLHA Folhas Modificadas - Espata

MORFOLOGIA DA FOLHA Folhas Modificadas - Espata

MORFOLOGIA DA FOLHA Folhas Modificadas - Catáfilos

MORFOLOGIA DA FOLHA Folhas Modificadas - Catáfilos

MORFOLOGIA DA FOLHA Folhas Modificadas - Carnívoras

MORFOLOGIA DA FOLHA Folhas Modificadas - Carnívoras

MORFOLOGIA DA FOLHA Folhas Modificadas - Coletoras

MORFOLOGIA DA FOLHA Folhas Modificadas - Coletoras

MORFOLOGIA DA FOLHA Folhas Modificadas - Cotilédones

MORFOLOGIA DA FOLHA Folhas Modificadas - Cotilédones

Disposição ou Inserção das Folhas ao longo do caule

Obedece à semelhança da ramificação

dos caules, a esquemas pré-

determinados, fixos e hereditários nos diversos tipos de vegetais;

A classificação é feita na filotaxia.

Disposição ou Inserção das Folhas ao longo do caule

1. Disposição Oposta;

  • 2. Disposição Oposta - Cruzada;

  • 3. Disposição Verticilada;

  • 4. Disposição Espiralada.

Disposição Oposta

Encontra-se duas

folhas em cada nó do caule, uma colocada

em posição

diametralmente

oposta à outra.

Disposição Oposta - Cruzada

Os

pares de folhas de

cada nó, alternam de posição com ângulos de

90 graus, desta forma

tem-se dois planos longitudinais - verticais

perpendiculares entre

si, contendo os pares de folhas.

Disposição Verticilada

Encontra-se mais

do

que duas

folhas

inseridas

em

um

mesmo

nó.

Disposição Espiralada

As folhas se sucedem ao longo do caule como se tivessem inseridas sobre uma linha imaginária

ascendente de percurso helicoidal;

O número de folhas inseridas em

cada

rotação

helicoidal

(360

cria

possibilidades.

graus)

da

diversas

Disposição Espiralada As folhas se sucedem ao longo do caule como se tivessem inseridas sobre uma

Heterofilia

Ocorre quando dois ou mais tipos de folhas se formam sobre o mesmo vegetal ou quando

se formarem diferentes tipos de folhas em

sucessivas fases de desenvolvimento da planta;

A consistência da folha ou a textura de sua

superfície

permite

morfológicos.

distinguir

vários

tipos