Sei sulla pagina 1di 34

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

CURSO: FONOAUDIOLOGIA
DISCIPLINA: BIOQUÍMICA
PROFESSORA:VERA CRISTINA
ALUNOS: AMANDA
JULIANA
NATÁLIA
ROBÉLIA E
TÉRCIO

JUNHO DE 2009
HIPERCOLESTEROLEMIA
HIPERCOLESTEROLEMIAS

• As mais importantes geneticamente:

vDislipidemia familiar combinada


(FCHL)
vHipercolesterolemia autossômica
recessiva
vHipercolesterolemia familiar (FH)
ARTERIOSCLEROSE
• Quadro clínico

vArtérias coronárias
vArtérias carótidas
vArtérias do membro inferior
FATORES DE RISCO

• Idade - Predominante na faixa de 50 a 70


anos.
• Sexo - Predominante no sexo masculino.
FATORES DE RISCO

• Hiperlipidemia - Indivíduos que têm altos
níveis de gorduras circulantes no sangue,
sendo o colesterol a principal delas.
• Tabagismo - Os indivíduos que fumam têm
um risco nove vezes maior de desenvolver
a arteriosclerose que a população não
fumante.
FATORES DE RISCO
• Hipertensão - A hipertensão arterial
provoca alterações na superfície
interna das artérias, facilitando a
penetração das gorduras na parede
arterial.
• Sedentarismo - A atividade física
reduz os níveis de colesterol e
favorece a circulação.

FATORES DE RISCO
• História familiar - Assim como a
idade e o sexo, não podemos
mudar nossa herança genética, e
este é um fator também
importante, não devendo ser
negligenciado.
Diagnóstico
• Os profissionais de saúde:
v
vAngiologista
vClínico- vascular
vClinico geral
vEndocrinologista
vCardiologista
vNutricionista
vPreparador físico

 Formação da placa
arteriosclerótica.

Processo de Inflamação
Ø Interações entre células e moléculas;

Ø Ação das citoquinas;


Ø Partículas de LDL;

Ø Promoção da arteriosclerose;


PROMOÇÃO DA
ARTERIOSCLEROSE

q
vAcumulação de LDL;

vAção das moléculas de adesão;



v
v
v Secreção de substâncias químicas,
quemoquinas;

v Multiplicação e amadurecimento dos


monócitos;

v Transformação dos monócitos;


v Ação dos macrófagos;



Monócitos e Linfócitos
v
v
vParticipantes dos processos
inflamatórios;

vAção dos macrófagos no processo de


cicatrização;


v
vMorte de células espumantes;

vRedução do canal de passagem do


sangue: astenose;

vAngina pectoris;
Deslocamento de Placas

vCobertura fibrosa da placa: colágeno;


vAção dos mediadores do processo;
 e a formação de coágulos;
vProcesso de cicatrização;
•Tratamento
Quando e Como Tratar a
Hipercolesterolemia?


 O tratamento da hipercolesterolemia
tem por finalidade principal a
prevenção de doenças
cardiovasculares em pacientes com
vários fatores de risco (prevenção
primária) e prevenção secundária,
naqueles que já tem alguma doença
cardiovascular.
• Para a prevenção primária da
arteriosclerose, devem ser
atingidos valores de LDL menores
que 160mg/dL, na ausência de
outros dois ou mais fatores de risco
para a doença (como tabagismo,
hipertensão arterial, diabetes
mellitus e obesidade), e inferiores a
130mg/dL, na presença dos
mesmos.
Tratamento


 O tratamento deve ser iniciado com
medidas compatíveis com hábitos de
vida mais saudáveis, como alimentação
pobre em gorduras, emagrecimento,
prática de atividade física e combate ao
hábito de fumar. Se com esse controle
não forem atingidos os objetivos
propostos, deve ser considerado o início
Medicamentos
Quando houver a necessidade o
médico irá receitar.

 Estatinas: As Drogas mais


Promissoras

Essas drogas são consideradas


atualmente, como as mais promissoras.
Elas inibem uma enzima responsável
pela síntese intracelular do colesterol.
Diminuem os níveis de LDL, provocam
pequeno aumento do HDL e pequena
diminuição nos níveis de triglicerídeos.
Dietoterapia o profissional como o
nutricionista ou nutrólogo irá orientar.


 Dieta
A dieta deve ter o aumento de consumo de fibras,
diminuição de sódio e restrição do consumo de gorduras
saturadas e trans.
E a introdução de antioxidantes, como:

v Ômega 3 encontrado nas carnes de peixe e azeites virgem;


v Vitis Vinifera - um poderoso antioxidante obtido do extrato da
semente de uva;
v Antocianinas - um excelente antioxidante que realiza a
vasodilatação, ou seja, dilata os vasos sanguíneos.
Encontrado nas frutas como uvas, maças, açaí, etc.
•Prevenção
O risco de doenças do

coração está aumentando


v A arteriosclerose é a principal causa de morte no mundo ocidental.
Incidência média anual: 26 por 10.000 homens e 12 em 10.000 mulheres,

mostrando aumento com a idade.


v Apesar de serem conhecidas as causas e
 a necessidade da prevenção; infelizmente o risco
 de doenças do coração tem aumentado.
v Isto está ligado a falta de controle dos fatores de
 risco, de consciência sobre as mudanças de estilo
 de vida e aderência aos tratamentos prescritos.
Prevenção

v Pa ra e vita r a a rte rio scle ro se , d e ve m se r


e lim in a d o s o s fa to re s d e risco co n tro lá ve is: n íve is
sa n g ü ín e o s e le va d o s d e co le ste ro l, h ip e rte n sã o
a rte ria l, ta b a g ism o , o b e sid a d e e fa lta d e exe rcício .
Po rta n to , d e p e n d e n d o d o s fa to re s d e risco
p a rticu la re s a u m in d ivíd u o , a p re ve n çã o p o d e
co n sistir n a re d u çã o d o n íve l d e co le ste ro l, n a
re d u çã o d a p re ssã o a rte ria l, n a in te rru p çã o d o
ta b a g ism o , n a p e rd a d e p e so e n o in ício d e u m
p ro g ra m a d e exe rcício . Fe lizm e n te , a in stitu içã o d e
m e d id a s p a ra a tin g ir a lg u n s d e sse s o b je tivo s
a ca b a a u xilia n d o a a tin g ir o s o u tro s.
Prevenção

v O início de um programa de exercícios ajuda o indivíduo a
perder peso, o que, por sua vez, auxilia a reduzir o nível de
colesterol e a pressão arterial. A interrupção do tabagismo
também ajuda a diminuir o nível de colesterol e a pressão
arterial. Para os indivíduos que já apresentam um risco
elevado de cardiopatia, o tabagismo é particularmente
perigoso, pois o fumo diminui o nível do colesterol bom
(colesterol ligado a lipoproteína de alta densidade ou HDL-
colesterol) e aumenta o nível do colesterol ruim (colesterol
ligado à lipoproteína de baixa densidade ou LDL- colesterol).
Prevenção

v O tabagismo eleva o nível de monóxido
de carbono no sangue, o que aumenta o
risco de lesões do revestimento da
parede arterial e o fumo contrai as
artérias já estreitadas pela
arteriosclerose, comprometendo ainda
mais o volume de sangue que chega aos
tecidos. O risco de doença arterial
coronariana do tabagista está
diretamente relacionado ao número de
cigarros fumados diariamente.
Algumas medidas que podem prevenir a
Arteriosclerose
 -

v Comer um pouco ou moderada quantidade de gordura.


v Comer muito peixe e um pouco de carne vermelha.
v Comer uma boa quantidade de frutas e legumes por dia.
v Munição de um exercício diário da própria condição.
v Eliminar- stress na vida diária e no trabalho.

 *Em resumo, o melhor tratamento para a aterosclerose é a prevenção!


OBRIGADO