Sei sulla pagina 1di 11
UNIVERSIDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS RUA MANOEL BYRRO,241, BAIRRO VILA BRETAS CEP: 35032-620 – GOVERNDOR VALADARES (MG)
UNIVERSIDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS
RUA MANOEL BYRRO,241, BAIRRO VILA BRETAS
CEP: 35032-620 – GOVERNDOR VALADARES (MG)
FIBROMIALGIA
COMPONENTES: ELZES FLÁVIA
FERNANDA LIMA
NAIARA BARROS
GOVERNADOR VALADARES
FIBROMIALGIA (A doença invisível)
FIBROMIALGIA (A doença invisível)

Fibromialgia

Dor crônica que migra por vários pontos do

corpo

e

se

manifesta especialmente nos tendões e nas articulações.

A fibromialgia não provoca inflamações nem deformidades físicas, mas pode estar associada a outras doenças reumatológicas o que pode confundir o diagnóstico.

Sintomas

Dor generalizada; Fadiga; Sono superficial e não reparador; Depressão psíquica; Ansiedade; Dor de cabeça; Dormência de mãos e pés; Dor abdominal .

Perfil do Doente

Acomete predominantemente as mulheres com idade entre 30 e 55 anos. Os indivíduos portadores desta doença, geralmente, apresentam sinais, sintomas e patologias associadas como: alterações no padrão do sono, depressão, fadiga, ansiedade, parestesia nos membros, distúrbios intestinais, dentre outros.

Sua etiologia é desconhecida, porém, neuroimunoendócrinas.

acredita-se que ela origina-se por alterações

Diagnóstico

O diagnóstico é basicamente clínico, através do exame físico e da anamnese detalhada, observando-se dores difusas associadas à palpação digital de 18 possíveis pontos dolorosos, tender points.

A aplicação de escalas que avaliam o índice da dor e da gravidade dos sintomas, também podem ser utilizado como forma de diagnóstico.

Localização dos 18 pontos dolorosos (tender points). 1 Na inserção dos músculos suboccipitais. 2 Na borda
Localização dos 18 pontos dolorosos
(tender points).
1
Na inserção dos músculos suboccipitais.
2
Na borda anterior dos espaços intertranversais das vértebras C5-C6.
3
No corpo da borda superior do músculo trapézio.
4
Na origem do músculo supraespinal, acima da espinha da escápula.
5
Na segunda costela, junto à articulação costocondral.
6
Dois centímetros distalmente ao epicôndilo lateral.
7
No quadrante súperolateral da região glútea.
8
Imediatamente posterior ao grande trocânter do fêmur.
9
Na interlinha medial do joelho.

Tratamento do farmacêutico ao paciente

O

tratamento

é

um

desafio,

sendo

uma

mescla

de

técnicas

medicamentosas e não medicamentosas, com o objetivo de melhorar o quadro geral do paciente.

O farmacêutico através da atenção farmacêutica auxiliará o paciente quanto a medicação e os sintomas, avaliando o progresso do tratamento no dia-a-dia, de acordo com a necessidade, levando em consideração a opinião do paciente, alertando-o para a inexistência de cura e possíveis efeitos indesejáveis durante o tratamento

Tratamento Farmacológico

Uma grande variedade de medicamentos têm sido usados para

controlar

os sintomas da fibromialgia. Os mais eficazes agem no sistema nervoso

central,

como

os

antidepressivos

e

os

anticonvulsivantes.

Anti-

inflamatórios e analgésicos, são menos eficazes, porém, podem ser

usados em associação com os antidepressivos, potencializando seus

efeitos

contra

a

dor.

Conclusão

A longo prazo, a maioria dos pacientes com fibromialgia melhora e consegue manter uma vida ativa e com qualidade, entretanto, não existe cura fácil ou rápida .

Nota-se a necessidade de criar estratégias de promoção e prevenção de saúde capazes de auxiliar o portador da patologia a lidar com sua condição, aumentando a compreensão geral desta síndrome.

Referência Bibliográfica

http: / /www.minhavida.com.br/saude/temas/fibromialgia www.reumatoguia.com.br/interna.php?cat=34&id=119&menu=34 www.clinica-de-reumatologia.com.br/doencas/fibromialgia htt://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?200#ixzz2zZsrd9IN hppt://hdl.handle.net/123456789/182 tratamentodorcronica.com.br/fibromialgia/