Sei sulla pagina 1di 3

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE QUÍMICA DISC: Química Analítica Quantitativa PROF a : Márcia Izabel Cirne França

VOLUMETRIA DE NEUTRALIZAÇÃO

A Volumetria de Neutralização refere-se ao método de análise titrimétrico que se

basea na reação entre uma espécie ácida e uma alcalina, gerando como principal produto

a água. Divide-se em Acidimetria e Alcalimetria.

ACIDIMETRIA - Titulações de espécies alcalinas com soluções padrões ácidas.

ALCALIMETRIA - Titulações de espécies ácidas com soluções padrões alcalinas.

Aspectos importantes

O titulante é sempre um ácido forte ou uma base forte.

O ponto final da titulação é, normalmente, sinalizado por um indicador ácido-

básico.

A escolha adequada do indicador é função da variação do pH nas

proximidades do ponto de equivalência.

Quando a titulação envolve um ácido forte e uma base forte o ponto de

equivalência está a pH neutro.

Quando o ácido ou base é um eletrólito fraco, o sal formado na reação de

neutralização sofre hidrólise e regenera o eletrólito fraco e, no ponto de equivalência, o pH

da solução será alcalino ou ácido, de acordo com a característica da solução forte.

Indicadores Ácido-Básicos

Os indicadores ácido-básicos ou indicadores de neutralização são, usualmente,

compostos orgânicos de elevada massa molecular, que se comportam em solução

aquosa como ácidos fracos (indicadores ácidos) ou bases fracas (indicadores básicos) e

mudam de coloração gradualmente numa faixa estreita da escala de pH, a zona de

transição ou zona de viragem do indicador.

Tabela 1 – Exemplos de indicadores ácido-básicos e suas zonas de transição.

INDICADOR

COR ÁCIDA

ZONA DE TRANSIÇÃO

COR BÁSICA

Metilorange (B)

Vermelho

3,1 – 4,4

Alaranjado

Fenolftaleína (A)

Incolor

8,3 – 10,0

Vermelho

Azul de bromotimol(A)

Amarelo

6,0 – 7,6

Azul

Vermelho de metila(A)

Vermelho

4,2 – 6,3

Amarelo

Timolftaleína (A)

Incolor

9,3 – 10,5

Azul

TEORIA DOS INDICADORES ÁCIDO-BÁSICOS

Teoria Iônica ou Teoria de Ostwald

indicadores ácido-básicos possuem

colorações diferentes conforme se encontrem na forma não ionizada ou na forma

ionizada. A espécie que predomina com sua respectiva coloração depende do pH do

meio.

Os

compostos

orgânicos

usados

como

Ex: Indicadores ácidos: HInd

HInd + H 2 O Ind - + H 3 O + (cor ácida) (cor
HInd
+
H 2 O
Ind -
+ H 3 O +
(cor ácida)
(cor básica)
Ka = [Ind - ].[ H 3 O + ]
[HInd]
pH
=
pKa
+
log [Ind - ] .
[HInd]

As formas nao ionizadas e ionizadas estao em equilibrio em toda a escala de pH e

a relaçao das respectivas concentraçoes varia com o pH, porém a sensibilidade do olho

humano só capta variações de coloração correspondentes a um excesso de dez vezes

na concentração de uma das formas comparando com a concentração da outra forma, ou

seja:

O indicador exibirá sua cor ácida quando:

[Ind - ] .

1/10

ou

pH = pKa -1

[HInd]

O indicador exibirá sua cor básica quando:

[Ind - ] . [HInd]

10/1

ou

pH = pKa +1

Logo:

pH = pKa ± 1

Indicadores Mistos

A mudança de coloração de alguns indicadores ácido-básicos não é muito facilmente observada. Em certos casos, é possível obter uma mudança de coloração mais nítida por meio da adição de um corante orgânico ao indicador. Essas misturas são chamadas Indicadores Mistos. A adição de um corante não modifica a zona de transição de um indicador; há apenas uma alteração de coloração em virtude da coexistência de uma outra substancia corada na solução.