Sei sulla pagina 1di 5

Entrevista com o Rob – Rolling Stones

Como as fãs de Twilight é diferente dos Filmes de Harry Potter? Você


mencionou que até os gritos são diferentes.

É diferente porque eu acho que a maioria é unicamente meninas de uma certa


idade que tem um tom muito específico. Tem muito mais a ver com o aspecto da
sexualidade que ele tem. Muitas garotas fazem desses garotos o seu ideal, então
quando elas vêem você é como se uma energia diferente fosse projetada em você.
É uma experiência realmente estranha. Eu nunca estive uma experiência onde as
pessoas só querem tocar você - é como ser um menino de uma banda.

É estranho ter garotas que são tão novas que tem essa incrível 'atração
sexual' por você?

É estranho ter uma garota de oito anos que chega em você dizendo "Você pode me
morder? Eu quero que você me morda". É realmente estranho o quanto essas
garotas são novas, considerando que o livro é baseado nas virtudes de castidade,
mas eu penso que tem o efeito inverso nos leitores. (Risos)

Você pensa que para as garotas novas uma das coisas que deve fazer o
Edward tão atraente é porque você pode tê-lo em ambos os modos? Ele é
um menino mau, e alguém que você não deve gostar,mas que nunca iria te
prejudicar.

É exatamente isso. É um certo tipo de garota. Eu não sei o que é - mas quando
você olha os fansites você pode dizer - que definitivamente há uma frota de garotas
bem ampla, na verdade as Americanas, que querem esse tipo de garotos. No livro,
ela sabe o tempo todo que ele não vai machucá-la, mas Kristen e eu tentamos
torná-la não tão solidária, mas sim imprevisível. É isso que eu gosto da história -
ele está se controlando e se segurando a cada instante, e nunca pode 'relaxar'.

Ele é uma espécie de personagem cavalheiro, e Kristen e eu, realmente


ressaltamos isso, principalmente nas cenas mais intimidantes. Quando
'bloqueamos' as cenas em que nos beijávamos, estávamos indo mais longe do que
Cartherine pensava.

E por que você queria puxar isso nessa direção?

Eu acho que era para assustar as garotinhas e coisas do tipo.(Risos) Eu quero dizer,
pessoas que lêem o livro não estavam esperando isso, e, para uma pessoa mais
jovem do filme, é bastante chocante. Quando eu li a cena no livro eu pensei que
era uma coisa sexy, mas quando transferimos para o filme é um pouco fora e
diferente das séries de TV. Então eu pensei: "Como podemos fazer isso um pouco à
beira do errado?".

Eu acho que muitas pessoas já julgaram o filme antes até de começar a nos escalar
para o elenco, e eu não queria fazer parte de um filme que era apenas uma coisa
de cash. Então nós tentamos correr o máximo de riscos que conseguimos, e
tentamos fazer o filme um pouco mais sério do que esperavam. É realmente difícil
correr tantos riscos.

Havia alguns riscos que você queria correr que terminaram por que você
não foi capaz de fazer?

Edward está constantemente dizendo "Eu sou um monstro, eu sou um monstro, eu


sou um monstro.." e acaba que ele não é. Nós gravamos a última cena primeiro, e
eu queria que a luta não fosse apenas uma luta, mas em literalmente o transformar
em monstro. No livro ele realmente vem para salvar o dia e ser o herói, mas eu
percebi quando estávamos fazendo o bloco que era a primeira vez que ele via tanto
sangue dela - e eu pensei que isso seria interessante, para ele no início, querer
matá-la e lutar para impedir a si próprio.

Há uma parte que é significativamente reduzida na PG-13 - quando eu tenho que


começar a ganhar tem todos os esses truques, mas esses truques eram tão
prolongados que você não consegue chegar onde eu e Kristen queríamos, que era
literalmente tentar tirar a cabeça dele. É como se transformar nessa fera. E tem
uma cena no filme que eu tento atacar o meu pai quando ele me fala para parar.

Após esse ponto no filme, ele está certo de que após ela ter visto quem ele
realmente é, não haveria jeito de ter um final feliz. Eu meio que queria fazer isso
bem deprimente. E eu tenho me distanciado do livro cada vez e cada vez mais
como se eu o dividisse em pedacinhos.

Eu penso que as pessoas que gostam do livro e da história de amor no final vão
ficar bem perplexas com isso. Mas eu também penso que esse é o melhor tipo de
história de amor, que o tempo inteiro ele sabe o que está pensando, sabe que ele
tem tantas dúvidas, e que te tem fraquezas. Como, ele não conseguiria se matar
porque ele tem medo de não ter alma. Ele não consegue ser um bom vampiro
vegetariano, não consegue nem ser um bom vampiro real, não consegue ser um
verdadeiro homem, não consegue ser nada, e é como se ele fosse impotente sobre
tudo. Então ele acha essa única coisa que faz com que ele se sinta vivo, e ele não
pode ao menos projetar isso. Ele não consegue fazer nada. Ele acha que é muito
insignificante para ser um bom humano.

Certo.

E isso faz com que o segundo fique mais incrível quando ambos podem literalmente
morrer quando ficam separados, e eu queria fazer esse tipo de coisa relativo a
Opera Carmen. Ao mesmo tempo você tem que tentar e agradar as pessoas,
(Risos), e você não pode ir a um ponto tão sombrio por causa do livro.

Eu queria que eles tocassem três partes: quando ele salva a vida dela e machuca
tocar nela, quando eles tentam se beijar e ele tem a vontade de matá-la, e quando
ele está sugando o sangue dela e tentando matar, pois está com medo do que vai
acontecer. Então o diretor me deu a cópia do livro com esses destaques de todas as
vezes que sorriu e que o tocou. Então....

Stephenie Meyer falou sobre a influência da literatura Vitoriana, o que é


evidente em Twilight, mesmo com o fato de que o seu nome é Edward.
Você vê se tem alguma qualidade Vitoriana no Edward?

Sim, tem definitivamente muita coisa de Heathcliff.

O que você acha de atraente em um personagem que fez dele popular e


que é popular até agora?

É ser impossível de se ler. Como nas mulheres também é atraente, dando um ar


místico. É tão óbvio, mas apenas poucas pessoas o têm, especialmente em
personagens atuais nessa sociedade moderna onde há tantas celebridades.

Você está em uma posição que está interpretando um personagem que é


atraente por ser místico e que não tem essa luxúria.
Eu apenas desapareço. Eu realmente não faço nenhuma diferença. Mas eu não
quero interpretá-lo de uma forma antiquada; Eu tentei me prender em pequenos
elementos. Penso que há tão poucos personagens jovens em filmes modernos, que
ainda têm alguma forma de retenção, exceto se for um nerd.

Acho que o Edward seria o atleta em um tipo normal da história, e o atuando tão
são você não pode realmente tocar - tudo é muito subestimado.

Por que você acha que ele é atraído pela Bella?

Eu acho que é uma progressão. Do jeito que eu fiz, a coisa toda veio como uma
completa surpresa para ele. Ele tem tantas questões. Ele parou de matar pessoas
há 50 anos, ela chega e ele fica como: "Oh, eu não consigo me controlar". Eu penso
que um garoto ia somente pensar: "Essa maldita garota não vai acabar comigo".
Como, "Ela não é melhor do que eu, e eu posso controlar os meus instintos
básicos". E então a relação começa como um teste do seu próprio poder.

É como: "Eu posso me aproximar dela e ficar mais perto, mais perto, mais perto". E
então ele sentia uma alegria por isso e fica assim: "Viu, controlando os meus
instintos". Depois é engraçado pensar que querer matá-la fez ele se tocar de quê
estava vivo de alguma forma. E é por isso que ela se tornou tão importante, porque
a única coisa que ele queria antes era se tornar um humano e morrer.

Não há como fechar a história. Na realidade eu nunca entendia isso


completamente. Eu entendi o personagem Edward. Eu não entendi o que Bella era
realmente. Tentei mesmo, e eu estava trabalhando com Kristen para a idade. Tem
definitivamente algumas características de garotas novas que são muito, muito,
muito estranhas e que não são exploradas nos filmes. Adolescentes problemáticos,
principalmente as garotas em filmes, são apenas uma dimensão que se torna um
pouco ridícula, e eles tem sempre alguém para corrigi-los no final. Considerando
que em Twilight ela realmente não fica fixa, ela simplesmente pega essa
dependência.

Ela estava bem no começo, mas então de repente ela se torna uma completa
dependente; mesmo no final do filme ela está dizendo "Nunca diga que você vai me
deixar". É isso com que faz a história excepcional; quando você lê pelo valor
nominal você fica " Oh, é fácil de se ler". Você consegue ler em algumas horas, é
um tipo de piegas, mas quando você realmente olha para isso você tem que
assumir saltos enormes para juntar os pontos dos personagens. Então acabei
colocando toneladas de pensamentos nisso, só para fazer não ficar piegas, o que as
pessoas esperavam.

Você acha que é por isso que tem uma forte seqüência, por que ela não
visa o final e as pessoas se identificam com isso?

As pessoas desesperadamente querem ler o próximo livro porque ela é uma pessoa
diferente. Mesmo que tenha um final sólido, dá a impressão de que está faltando
alguma coisa. Eu sinceramente ainda não li quarto livro, então eu ainda não sei
como termina, mas eu realmente gostei da transição do primeiro para o segundo. O
segundo é o meu favorito - embora eu não apareça muito nele.

Você alguma vez passou por uma situação onde uma fã o mandou algo
muito estranho ou realmente extremo?

Eu recebo vários livros de Ciências de uma fã cientista. Na verdade é meio


engraçado, quase toda a série de Dianetics. Ela quer que eu seja um cientista. Mas
ela deve ter gastado muito dinheiro com todas as embalagens. E eu tenho recebido
todos esses livros com algumas mensagens típicas. Isso é incrível.

O que elas dizem?

Coisas similares como - "Quer casar comigo?".. esse tipo de coisa. Pensei que era
bastante incrível, assim como longo, centenas de páginas.

Você lê a coisa toda?

Ah, sim, bastante. Eu quero dizer, há tanta adoração para você receber antes de
pensar: "Um agradecimento é o suficiente ou eu tenho que realmente dizer sim a
essas pessoas?" (Risos)

Você acha que as pessoas têm problemas em distinguir você do


personagem?

Sim. Então eles sempre ficam envergonhados e dizem:" Desculpa! Eu o chamei de


Edward!". (Risos) Eu acho que as pessoas realmente precisam de algo para acabar
com as suas idéias. Na Itália, antes do filme lançar, eu estava literalmente por fora
do romance. Mas isso é provavelmente uma coisa boa.

Você disse que quando você lê os fan sites, todos parecem falar
similarmente.

Eu recebo um monte de e-mails do meu agente que os fãs mandaram, são queixas
sobre a minha segurança e coisas parecidas, mas estão profissionalmente escritas.
É algo como os fãs dos livros - eles são obviamente muito mais literais. Quando
você está em uma multidão todos ficam gritando: "Nós amamos você". Mas as
atuais cartas que recebo são incríveis, e essa é a maior surpresa de tudo isso. Elas
são surpreendentemente bem escritas, todos têm um ótimo vocabulário e eu não
encontro erros gramáticas e coisas do tipo. É meio engraçado.
Eu não sei como isso realmente defini o grupo de pessoas, mas você sempre pensa
"Você é um fã obsessivo, mas é também uma pessoa lógica, então eu não entendo
como as duas coisas andam juntas".

Algum adolescente gay tenta entrar em contato com você?

Não realmente. Aparecem cada vez mais meninos, mas não meninos gays - a
menos que o meu 'Gaydar' não esteja funcionando corretamente. Isso apenas
começou a acontecer recentemente. Eles todos ficam meio envergonhados com
isso, mas eles vêm até mim e querem ter o seu livro assinado ou algo do tipo. Eu
estou tão acostumado em escrever para meninas que escrevo algo como: "Amor,
romance e beijos, beijos, beijos", então eu tenho que acrescentar para eles: "Oh,
desculpa por isso".

Conte-me uma experiência onde você acabou encontrando alguém


escondido assistindo enquanto você estava no Set;

É estranho. Eu quero dizer de novo que eles realmente são pessoas legais. Parece
realmente lógico para eles o porquê de estar ali. "Nós gostamos. Todos nós
queremos ver". E eles são tão cegos quanto a isso. Eu penso que se estivéssemos
gravando agora, ia ser uma história completamente diferente. As multidões estão
ficando cada vez maiores enquanto gravávamos; eles provavelmente ficariam a
noite toda acompanhando as gravações.

Mas tem algo diferente para ser dito pelo grupo diferente das pessoas que
gritam no show dos Jonas Brothers.
Sim, e eles defendem isso, também. Eles não querem ser associados com outros
grupos. Você vê as pequenas coisas nas mensagens e nas coisas desse tipo -
mesmo que eu tenha qualquer publicidade negativa, você tem pelo menos 400
comentários apenas dizendo "Cale a boca! Você só está escrevendo isso para o bem
do seu site, porque as pessoas vão ler". Eu não sei. Eu nunca esperei isso desse
emprego. (Risos)

O que você pensa que é mais intenso, as mães de Twilight ou as meninas


mais novas?

As cartas e coisas mais intensas vem dos mais novos. As cartas "Eu vou me
matar.." Isso é sempre um pouco preocupante. Mas as mães de Twilight estão em
todos os lugares. É inacreditável. Toda vez que nós aparecemos em algum lugar,
elas estão na primeira fila tendo comprado os ingressos com certa antecedência. É
lindamente intenso. Elas são realmente legais, sabe; Não ficam loucas quando nos
conhecem. Elas simplesmente gostam dos livros.

Há muito poucos livros que visam as garotas, então esse se tornou sensacional e
muito bem sucedido. Há definitivamente um clã de mentalidade com os fãs, e as
pessoas querem fazer parte desse grupo. Eles gostam de defender isso, porque
várias pessoas pensam que é piegas, e eu penso que é uma visão de fora, uma
mentalidade de fora. - O livro inteiro, a todo tipo de gênero de fantasia..

Mas a visão de fora que não é realmente de fora.

Não mais. Quando a visão de fora se torna forte isso é incrivelmente poderoso.
Enquanto o filme está acontecendo e as revistas estão o cobrindo mais pessoas
pensam que é legítimo e mais pessoas compram os livros, tudo é meio arrebatado.
É por isso que eu não me sinto mal por ser uma sensação ou nada disso, porque
não tem ninguém forçando isso entrar na garganta de ninguém. A razão para
estarmos no VMA é porque todos esses fãs enviaram e-mails pedindo para que
fossemos. Não é ninguém que está pagando para isso - os fãs que causam tudo
isso então está fora do controle das mãos de qualquer pessoa.