Sei sulla pagina 1di 8

Tutoriais em Segurança da TI: Tutorial: Usando o TrueCrypt no Microsoft Windows

Pág. 1

PESQUISAR BLOG SINALIZAR BLOG Próximo blog» Criar um blog | Login Tutoriais em Segurança da TI
PESQUISAR BLOG
SINALIZAR BLOG
Próximo blog»
Criar um blog | Login
Tutoriais em Segurança da TI
Tutoriais, Perguntas e Respostas sobre Segurança da TI
Este site é um complemento do site Segurança da TI - por Vinícius Serafim
Os conteúdos criados por Vinícius Serafim estão licenciados sob uma Licença Creative Commons
Sexta-feira, 25 de Maio de 2007
Pesquisar
Tutorial: Usandoo TrueCrypt no Microsoft Windows
Este tutorial é direcionado aos usuários do Microsoft Windows, um
outro tutorial para usuários do Ubuntu será disponibilizado em
breve.
Por que e quem?
Este tutorial
explica
em
4
etapas como
utilizar
o
software
TrueCrypt para proteger seus arquivos de acessos indesejados
Sobre o Site
Sobre o Autor
Entre em Contato
nas mais diversas situações, eis alguns exemplos:
Caso você envie o seu computador para um procedimento de
assistência técnica você não precisa se preocupar com acessos
indevidos aos seus arquivos realizados por possíveis técnicos
de ética duvidosa; (leia Assistência técnica e a segurança das
informações)
Veja também
Segurança da TI
Blog Segurança da TI
Caso o seu notebook, ou mesmo desktop, seja furtado os seus
arquivos estarão protegidos contra acessos indevidos.
Arquivo
Você pode
proteger todo
o
tipo de
arquivo com
o TrueCrypt,
alguns exemplos:
▼ 2007 (6)
▼ Maio (6)
P&R: Escolhendo uma boa senha
Suas fotos pessoais; e
Documentos do trabalho
Tutorial: Usando o TrueCrypt no
Microsoft Windows
IMPORTANTE: no caso
do
uso
do
TrueCrypt
no
ambiente
corporativo deve-se atentar para recursos de recuperação de
P&R: Recuperação de arquivos
protegidos pelo TrueC...
P&R: SPAM e Anti-SPAM
casos em que
o usuário esquece a senha. O TrueCrypt fornece
P&R: Comprar de forma segura na
Internet
alguns como header backup. Para obter mais detalhes sobre isso
entre em contato. Escute ou leia a edição 1 do NetCast Sentinela
Security.
P&R: Proteção dos arquivos com
TrueCrypt
Sobre as etapas: após executar as etapas 1 e 2 uma vez, você
somente precisará repetir as etapas 3 e 4 para acessar os seus
arquivos regularmente.
Blog Segurança da TI
Etapa 1: Obtendo e instalando o TrueCrypt
O processo de instalação é bastante simples.
Acesse a página de download
do TrueCrypt e
faça
o
Um pouco sobre criptografia
Afinal o que é um Firewall?
P&R: Proteção dos arquivos com
TrueCrypt
Assistência técnica e a segurança das
informações
Quebras de confidencialidade "à luz do
dia"
download da versão para "Windows Vista/XP/2000/2003".
Descompacte o arquivo e execute TrueCrypt Setup.
Notícias selecionadas
TSGrinder - Brute Force Terminal
Services Server - 22/07/2008
Novo worm insere código em arquivos
mp3 para tentar infectar PCs
- 18/07/2008
Citibank A.T.M. Breach Reveals PIN
Security Problems - 01/07/2008

Tutoriais em Segurança da TI: Tutorial: Usando o TrueCrypt no Microsoft Windows

Pág. 2

PF inicia 'Operação I-COMMERCE 2' para combater pirataria online - 01/07/2008 Legislação Brasileira sobre Crimes Digitais
PF inicia 'Operação I-COMMERCE 2'
para combater pirataria online
- 01/07/2008
Legislação Brasileira sobre Crimes
Digitais
Como amplamente - 24/06/2008
Na tela de instalação basta clicar no botão Install.
Assim que
a
instalação
for
concluída
a
mensagem
"TrueCrypt has been successfully installed" será exibida,
apenas clique no botão Ok.
Uma outra
mensagem
será
exibida
em
seguida
oferecendo-lhe acesso a um tutorial, clique no botão Não.
Por fim clique no botão Exit.
Concluída a instalação. O seguinte ícone deve estar na sua área
de trabalho:
Etapa 2: Criando o volume cifrado
Uma vez concluída a instalação do TrueCrypt, temos que criar o
volume de dados onde serão mantidos os arquivos protegidos.
Esse volume de dados não é nada mais do que um arquivo do
TrueCrypt que será gravado em disco. Dentro desse arquivo é
que você vai armazenar os seus arquivos pessoais. O volume vai
ser como um disco - um pendrive por exemplo - virtual. Talvez
essa idéia lhe pareça um pouco estranha, porém acredito que ao
seguir os passos abaixo e a etapa 3 tudo ficará mais claro.
Execute o TrueCrypt clicando no ícone mostrado acima
que deve estar na sua área de trabalho. A tela principal
do TrueCrypt será exibida.

Tutoriais em Segurança da TI: Tutorial: Usando o TrueCrypt no Microsoft Windows

Pág. 3

Nesta tela clique no botão Create Volume. Será apresentada uma nova tela com o título: TrueCrypt
Nesta tela clique no botão Create Volume.
Será apresentada uma nova tela com o título: TrueCrypt
Volume Creation Wizard. Nesta tela basta clicar no botão
Next.
Na próxima tela, Volume Location, temos que informar o
nome do arquivo do TrueCrypt e o local onde o
mesmo
será armazenado. Clique no botão Select File. A seguinte
janela será apresentada:
Recomendo que você selecione Meus documentos como
local para criação do arquivo. No campo Nome do arquivo
utilizei o nome pessoal.tc. Você pode utilizar o nome que
desejar, apenas atente para colocar .tc no final (isso irá
facilitar o seu acesso ao arquivo mais tarde na etapa 3).
Para terminar esse passo basta clicar no botão Salvar.
Você voltará para a tela Volume Location, basta clicar em
Next.
Na próxima
tela,
Encryption
Options,
basta clicar
no
botão Next.
Agora vem
uma
decisão
importante,
o
tamanho
do
arquivo a ser criado (Volume
Size).
Se você
criar um
volume muito pequeno para as suas necessidades logo
ele ficará cheio e você terá que criar um novo volume
maior e passar os seus arquivos para ele. Se você criar
um volume muito grande, você pode tornar mais difícil
tarefas como backup e irá desperdiçar espaço em disco.
Aqui vão algumas recomendações de tamanho:
utilize até 1000 MB caso você pretenda armazenar
apenas documentos como arquivos de texto, planilas e
apresentações (ex. Microsoft Word, OpenOffice, Excel,
PowerPoint). Assim fica fácil até de copiar para um
pendrive, seja para backup ou mesmo para transportar
seus dados de forma segura.
caso você pretenda armazenar fotos, crie um volume
maior, de 2000 MB a 4000 MB.
Neste tutorial vou criar um volume de 100 MB, apenas
como exemplo. Então na tela Volume Size, preencha o
campo com o valor 100 e deixe a opção MB selecionada.
Clique no botão Next.
A próxima tela é a mais importante: Volume Password. É
nela que você irá informar a senha que protegerá os seus

Tutoriais em Segurança da TI: Tutorial: Usando o TrueCrypt no Microsoft Windows

Pág. 4

arquivos. O TrueCrypt recomenda uma senha de, no mínimo, 20 caracteres. Porém você pode utilizar menos
arquivos. O TrueCrypt recomenda uma senha
de,
no
mínimo, 20 caracteres. Porém você pode utilizar menos
se desejar. Escolha uma boa senha, misturando letras,
números e alguns caracteres
como
"]",
"%"
e
"!".
Preencha os campos Password e Confirm com a sua
senha e clique em Next.
Caso você
tenha utilizado uma senha
com menos de 20
caracteres o TrueCrypt irá gerar um alerta, neste caso
clique em Sim.
Na tela Volume Format, basta clicar no botão Format. O
TrueCrypt irá
formatar
o
volume.
Dependendo
do
tamanho que você escolheu esse processo pode tomar
alguns minutos.
Assim que
a formatação terminar a mensagem "The
TrueCrypt volume has been successfully created." será
exibida, basta então clicar em Ok e em seguida no botão
Exit.
Na tela principal do TrueCrypt clique em Exit também.
Volume criado, etapa 2 concluída. Agora vamos utilizar o nosso
"disco virtual".
Etapa 3: Utilizando o volume criado
Esta etapa e a etapa 4 são as únicas etapas que você irá repetir
regularmente para
armazenar
e
acessar
os
seus
arquivos
protegidos.
Dê um duplo-clique em Meus documentos na sua área de
trabalho, você deve encontrar lá o arquivo do TrueCrypt
criado na etapa anterior.
Dê um duplo-clique no seu arquivo, no caso deste tutorial
o arquivo é o "pessoal". A tela principal do TrueCrypt será
exibida.
Você deve primeiro escolher uma letra a ser associada ao
seu disco virtual. Qualquer letra pode ser escolhida, mas
procure utilizar sempre a mesma apenas por uma
questão de organização. Neste tutorial escolhi a letra p de
pessoal. Para escolher a letra basta clicar uma vez sobre
ela.
Escolhida a letra,
clique no botão Mount.
A
sua
senha
será requisitada, digite-a e clique em Ok. Você acabou de
montar o seu volume como um disco virtual.

Tutoriais em Segurança da TI: Tutorial: Usando o TrueCrypt no Microsoft Windows

Pág. 5

Note que agora, na frente da letra escolhida, aparecem outras informações. Isso indica que o seu
Note que agora, na frente da letra escolhida, aparecem
outras informações. Isso indica que o seu volume já está
disponível para uso.
Clique no
botão Exit
para fechar
a
tela
principal do
TrueCrypt.
Para ver seu "disco virtual", dê um duplo-clique em Meu
computador na sua área de trabalho, procure por um
disco que
tenha
a
letra que
você
determinou no passo
anterior. Perceba na figura abaixo a existência do "Disco
local (P:)"
Você pode usar esse disco exatamente como utiliza um
pendrive. Os arquivos que você gravar nele só estarão
disponíveis quando você montar o volume conforme foi
mostrado
nessa
etapa.
Montar
o
volume
seria
o
equivalente
à
conectar
o
seu
pendrive
no
seu
computador.
IMPORTANTE: Quando você terminar de utilizar os seus arquivos
protegidos, você deve desmontar o volume conforme mostrado
na próxima etapa. Enquanto o seu volume estiver montado
qualquer pessoa com acesso ao seu computador pode acessar os
arquivos protegidos.
Etapa 4: Desmontando o volume
Conforme destacado acima, é importante que você desmonte
(feche) o
seu
volume
que
contém
os
arquivos
a
serem
protegidos. Você pode desmontar um volume de duas maneiras:
Simplesmente desligando o computador;

Tutoriais em Segurança da TI: Tutorial: Usando o TrueCrypt no Microsoft Windows

Pág. 6

No caso de você não querer desligar o computador, pode- se utilizar o TrueCrypt conforme explicado
No caso de você não querer desligar o computador, pode-
se utilizar o TrueCrypt conforme explicado a seguir.
Eis os passos para desmontar o volume sem, necessariamente,
desligar o computador:
Clique no ícone
trabalho:
do TrueCrypt que
está
na
sua
área
de
A tela principal do TrueCrypt será exibida. Selecione a
letra do disco que deseja desmontar clicando apenas uma
vez nela.
Clique no botão Dismount.
Você somente deve desmontar o volume quando não estiver
utilizando mais nenhum arquivo que esteja armazenado nele.
Algumas recomendações finais
Procure fazer uma cópia
de segurança
(backup) do seu
arquivo. No caso deste tutorial o arquivo a ser copiado seria o
pessoal que
encontra-se dentro dos Meus documentos.
Lembre-se, antes de copiar esse arquivo, certifique-se de que
o mesmo não esteja montado. IMPORTANTE: a cópia de
segurança é essencial pois no caso de você apagar o arquivo
do TrueCrypt,
todos
os
seus
arquivos
protegidos serão
perdidos.
Não basta utilizar o TrueCrypt para garantir a segurança dos
seus arquivos, você deve ter um comportamento seguro ao
utilizar o seu computador. Leia "O que é um comportamento
seguro para um usuário?".
Mais informações sobre o TrueCrypt, escute ou leia a edição 1
do NetCast Sentinela Security.
Quaisquer dúvidas ou correções entre em contato.
Postado por Vinícius Serafim
Marcadores: criptografia, proteção de arquivos, truecrypt, windows
9 comentários:
Anônimo disse...
Muito bem feito o tutorial. Parabéns.Mais como faço quando quiser
mudar minha senha no TrueCrypt?
26 de Maio de 2007 13:02
Vinícius Serafim disse...
Fico feliz que tenhas gostado do tutorial.
Para trocar a senha do TrueCrypt basta iniciar com o mesmo
procedimento da etapa 3 do tutorial porém, antes de clicar no
botão Mount, você deve clicar no botão "Volume Tools", assim que
você fizer isso irá aparecer uma lista de opções, selecione a
primeira "Change volume
password...",
preencha o primeiro campo
Password com a sua senha atual, o segundo campo Password com
a nova senha e repita a nova senha no campo "Confirm Password".
Por fim basta clicar no botão Ok.
Observação: você só consegue alterar a senha se o volume estiver
desmontado.
26 de Maio de 2007 13:22

Tutoriais em Segurança da TI: Tutorial: Usando o TrueCrypt no Microsoft Windows

Pág. 7

Cristiano E. Krauspenhar disse... Na minha opinião é um excelente tutorial pois supriu minhas necessidades básicas
Cristiano E. Krauspenhar disse...
Na minha opinião é um excelente tutorial pois supriu minhas
necessidades básicas no que diz respeito a instalação do
TrueCrypt de uma maneira bem
para outras pessoas também.
didática...Com
certeza será útil
30
de Maio de 2007 13:16
Milton disse...
Olá, estou iniciando no mundo de arquivos criptografados e tenho
algumas dúvidas:
Se tiver com um volum montado e copiar um dos arquivos que
estejam nele para um pen drive, por exemplo, esse arquivo ainda
estará criptografado?
No True Crypt a criptografia se dá apenas no volume ou no volume
e nos arquivos?
Desculpe se estiver 'falando' besteira.
Muiot obrigado
10
de Junho de 2007 10:56
Vinícius Serafim disse...
Milton, desculpe-me pela demora em te responder. Qualquer
pergunta é importante e cada pergunta não feita é conhecimento
desperdiçado.
Os arquivos só ficam protegidos enquanto estiverem dentro do
volume do TrueCrypt. No momento em que você copia o arquivo
de um volume TrueCrypt para um pendrive, o arquivo é decifrado
e assim é armazenado em seu pendrive.
Abraço,
Vinícius Serafim
19
de Junho de 2007 22:09
yuri disse...
O turorial é muito
bom..mas
tem como eu descriptografar, para
usar o volume normalmente.
27
de Setembro de 2007 14:19
eder disse...
Muito bom o tutorial.
Na revista info eles falam que com o truecrypt posso criar uma
segunda senha, essa segunda senha daria acesso a apenas alguns
arquivos que eu seleciona-se, caso um sequestrador (por
exemplo) me forçasse a abrir a pasta eu poderia abri-la sem
mostrar todos os arquivos que quero proteger. você sabe como
faço isso?
Ah, e sera que a criptografia não pode ser quebrada? E se eu
utilizar os documentos desta pastas eles não ficariam disponiveis
em outros locais como documentos recentes (por exemplo)?
3 de Junho de 2008 13:07
Vinícius Serafim disse...
Yuri: para decifrar os teus documentos basta "montar" o volume
truecrypt e copiar os arquivos para uma área de disco fora do
volume.
Eder: na verdade a segunda senha é para proteger um volume
escondido. Então deves criar um volume normal do TrueCrypt e
então criar um volume escondido "hidden" dentro dele. Mas
cuidado: sempre ao montar teu volume normal deves indicar para
o TrueCrypt que existe um volume escondido, senão ele vai tratar
a área do volume escondido como espaço disponível e vai gravar
em cima.
Grande abraço,
Serafim
3 de Junho de 2008 17:38

Tutoriais em Segurança da TI: Tutorial: Usando o TrueCrypt no Microsoft Windows

Pág. 8

Anônimo disse... Gostei muito do TrueCrypt, mas achei meio inseguro usa-lo como uma pasta, pois da
Anônimo disse...
Gostei muito do TrueCrypt, mas achei meio inseguro usa-lo como
uma pasta, pois da pra apagar tudo com um simples delete, optei
por criar uma partição específica para ele, de modo que tenho
acesso a ela tanto do windows quanto do ubuntu, rodando em dual
boot.
7 de Julho de 2008 23:48
Postar um comentário
Postagem mais recente
Início
Postagem mais antiga
Assinar: Postar comentários (Atom)
Os conteúdos criados por Vinícius Serafim estão licenciados sob uma Licença
Creative Commons.