Sei sulla pagina 1di 18

Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos

Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos Professora Mestranda Elaine Araújo
Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos Professora Mestranda Elaine Araújo
Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos Professora Mestranda Elaine Araújo
Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos Professora Mestranda Elaine Araújo

Professora Mestranda Elaine Araújo

REQUISITOS DO CONTRATO: - CONSENSUAL; - SINALAGMÁTICO; - CONTINUIDADE; - SUBORDINAÇÃO; - ONEROSIDADE; - PESSOALIDADE;
REQUISITOS DO CONTRATO: - CONSENSUAL; - SINALAGMÁTICO; - CONTINUIDADE; - SUBORDINAÇÃO; - ONEROSIDADE; - PESSOALIDADE;

REQUISITOS DO CONTRATO:

- CONSENSUAL;

- SINALAGMÁTICO;

- CONTINUIDADE;

- SUBORDINAÇÃO;

- ONEROSIDADE;

- PESSOALIDADE;

- ALTERIDADE;

O OBJETO DO CONTRATO DE TRABALHO É A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS SUBORDINADO E NÃO EVENTUAL
O OBJETO DO CONTRATO DE TRABALHO É A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS SUBORDINADO E NÃO EVENTUAL

O OBJETO DO CONTRATO DE TRABALHO É A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS SUBORDINADO E NÃO EVENTUAL DO EMPREGADO AO EMPREGADOR, MEDIANTE PAGAMENTO DE

SALÁRIO.

OBJETIVO LICITO: Significa que o objeto do ato jurídico deve estar fundamentado no Direito.
OBJETIVO LICITO: Significa que o objeto do ato jurídico deve estar fundamentado no Direito.

OBJETIVO LICITO:

Significa que o objeto do ato jurídico deve estar fundamentado no Direito.

FORMA PRESCRITA OU NÃO DEFESA LEI : SIGNIFICA QUE O ATO JURÍDICO DEVE OBEDECER À
FORMA PRESCRITA OU NÃO DEFESA LEI : SIGNIFICA QUE O ATO JURÍDICO DEVE OBEDECER À

FORMA PRESCRITA OU NÃO DEFESA LEI:

SIGNIFICA QUE O ATO JURÍDICO DEVE OBEDECER À FORMA ESTABELECIDA OU

NÃO PROIBIDA PELA LEI.

QUANTO A FORMA DE CONTRATO - TÁCITO: FORMA INDEPENDENTEMENTE DA MANIFESTAÇÃO DA VONTADE DAS PARTES,
QUANTO A FORMA DE CONTRATO - TÁCITO: FORMA INDEPENDENTEMENTE DA MANIFESTAÇÃO DA VONTADE DAS PARTES,

QUANTO A FORMA DE CONTRATO - TÁCITO:

FORMA INDEPENDENTEMENTE DA

MANIFESTAÇÃO DA VONTADE DAS PARTES,

PELA SIMPLES EXECUÇÃO DO CONTRATO.

CONTRATO EXPRESSO: A RELAÇÃO JURÍDICA PODE SER FORMADA PELO AJUSTE EXPRESSO ESCRITO, PELO AJUSTE EXPRESSO
CONTRATO EXPRESSO: A RELAÇÃO JURÍDICA PODE SER FORMADA PELO AJUSTE EXPRESSO ESCRITO, PELO AJUSTE EXPRESSO

CONTRATO EXPRESSO:

A RELAÇÃO JURÍDICA PODE SER FORMADA

PELO AJUSTE EXPRESSO ESCRITO, PELO

AJUSTE EXPRESSO VERBAL OU PELO AJUSTE

TÁCITO.

POR PRAZO DETERMINADO POR PRAZO INDETERMINADO
POR PRAZO DETERMINADO POR PRAZO INDETERMINADO
POR PRAZO DETERMINADO POR PRAZO INDETERMINADO
POR PRAZO DETERMINADO POR PRAZO INDETERMINADO

POR PRAZO DETERMINADO POR PRAZO INDETERMINADO

CONTRATO POR PRAZO DETERMINADO: Por prazo determinado ocorre o ajuste entre empregado e empregador com
CONTRATO POR PRAZO DETERMINADO: Por prazo determinado ocorre o ajuste entre empregado e empregador com

CONTRATO POR PRAZO DETERMINADO:

Por prazo determinado ocorre o ajuste entre

empregado e empregador com relação ao termo final, pode ser a termo certo, quando possui

duração prefixada ou a termo incerto quando o seu

vencimento depende da execução de serviços especificados ou para a realização de certo acontecimento futuro.

ESTE CONTRATO É REGRA, O ESPIRITO É A MANUTENÇAO DO EMPREGO.
ESTE CONTRATO É REGRA, O ESPIRITO É A MANUTENÇAO DO EMPREGO.
ESTE CONTRATO É REGRA, O ESPIRITO É A MANUTENÇAO DO EMPREGO.
ESTE CONTRATO É REGRA, O ESPIRITO É A MANUTENÇAO DO EMPREGO.

ESTE CONTRATO É REGRA, O ESPIRITO É A

MANUTENÇAO DO EMPREGO.

O empregador empregado , sem sua não deve transferir o concordância ,para localidade diversa da
O empregador empregado , sem sua não deve transferir o concordância ,para localidade diversa da
O empregador empregado , sem sua não deve transferir o concordância ,para localidade diversa da
O empregador empregado , sem sua não deve transferir o concordância ,para localidade diversa da

O empregador

empregado , sem sua

não

deve

transferir

o

concordância ,para

localidade

diversa

da

que

resultar

que resultar

de

contrato, acarretando a mudança domicílio.
contrato, acarretando a mudança domicílio.

contrato, acarretando a mudança domicílio.

contrato, acarretando a mudança domicílio.

do

seu

TAMBÉM DENOMINADO DE PRÍNCIPIO DA SUPREMACIA DOS FATOS.É A PREPONDERÃNCIA DOS FATOS EM RELAÇÃO Á
TAMBÉM DENOMINADO DE PRÍNCIPIO DA SUPREMACIA DOS FATOS.É A PREPONDERÃNCIA DOS FATOS EM RELAÇÃO Á
TAMBÉM DENOMINADO DE PRÍNCIPIO DA SUPREMACIA DOS FATOS.É A PREPONDERÃNCIA DOS FATOS EM RELAÇÃO Á
TAMBÉM DENOMINADO DE PRÍNCIPIO DA SUPREMACIA DOS FATOS.É A PREPONDERÃNCIA DOS FATOS EM RELAÇÃO Á

TAMBÉM DENOMINADO DE PRÍNCIPIO DA SUPREMACIA

DOS FATOS.É A PREPONDERÃNCIA DOS FATOS EM

RELAÇÃO Á ESTRUTURA JURÍDICA EMPREGADA NA INTERPRETAÇÃO DOS NEGÓCIOS JURÍDICOS TRABALHISTAS.

É a dissolução do vínculo empregatício por iniciativa das partes, através do pedido de demissão
É a dissolução do vínculo empregatício por iniciativa das partes, através do pedido de demissão
É a dissolução do vínculo empregatício por iniciativa das partes, através do pedido de demissão
É a dissolução do vínculo empregatício por iniciativa das partes, através do pedido de demissão

É a dissolução do vínculo empregatício

por iniciativa das partes, através do pedido de demissão por parte do empregado,

pedido de

sem justa causa por parte do empregador.

aposentadoria ou

demissão

CONFERE AO EMPREGADO O EXERCÍCIO DE SEU TRABALHO NÃO PODENDO SER DISPENSADO OU DEMITIDO SEM
CONFERE AO EMPREGADO O EXERCÍCIO DE SEU TRABALHO NÃO PODENDO SER DISPENSADO OU DEMITIDO SEM
CONFERE AO EMPREGADO O EXERCÍCIO DE SEU TRABALHO NÃO PODENDO SER DISPENSADO OU DEMITIDO SEM

CONFERE AO EMPREGADO O EXERCÍCIO DE SEU TRABALHO NÃO PODENDO SER DISPENSADO OU DEMITIDO SEM JUSTA CAUSA

PARA TAL.

 Na prática 1 ) Estruture um roteiro para a realização de um processo de
 Na prática 1 ) Estruture um roteiro para a realização de um processo de

Na prática

1 ) Estruture um roteiro para a realização de um processo de recrutamento e seleção. Seguindo algumas premissas como:

Abertura da vaga; Análise da vaga; Divulgação e contato com as fontes, Recebimento dos currículos, Triagem de acordo com o perfil da oportunidade, Planejamento do processo seletivo (local, quantidade de entrevistas, individual x grupal), Agendamento com candidatos, Aplicação das avaliações, Análise dos candidatos,

Seleção dos perfis mais adequados,

Devolutiva aos participantes não selecionados e Agendamento para início com os escolhidos.

Bom trabalho!!!

 Na prática O turnover , ou rotatividade de pessoal, é um dos indicadores mais
 Na prática O turnover , ou rotatividade de pessoal, é um dos indicadores mais

Na prática

O turnover , ou rotatividade de pessoal, é um dos indicadores mais conhecidos e aplicados no RH das organizações quando se pretendem estabelecer metas para a área. Veja como calcular :

n° de afastamentos x 100 : média de empregados = % da rotatividade mensal

a) A Organização Y mantém uma média de 75 colaboradores em seu quadro funcional. Sabendo que no último mês, por conta de turbulências de mercado e processos de downsizing , a empresa teve que realizar 28 desligamentos, calcule o percentual de turnover da empresa.

Resposta: 37,33%

 Saiba mais Em um processo seletivo, a trajetória de vida de um profissional é
 Saiba mais Em um processo seletivo, a trajetória de vida de um profissional é

Saiba mais

Em um processo seletivo, a trajetória de vida de um profissional é contada através do seu currículo (ou curriculum vitae). Para que o candidato seja devidamente apresentado ao selecionador, quais itens devem constar em um currículo?

Veja o mais importante:

Dados pessoais, Objetivo, Experiência profissional, Escolaridade, Idiomas, Cursos e

Estágios.

 Na prática Veja as fórmulas de cálculo salarial e o valor a ser creditado
 Na prática Veja as fórmulas de cálculo salarial e o valor a ser creditado

Na prática

Veja as fórmulas de cálculo salarial e o valor a ser creditado junto ao FGTS pela empresa, calcule a seguir o valor da remuneração mensal líquida dos colaboradores (sem dependentes) e o respectivo depósito mensal de FGTS de cada um se suas remunerações brutas forem:

R$ 1.870,00

R$ 2.000,00 + R$ 1.750,00 de comissão mensal

R$ 510,00

R$ 2.827,43

Resposta:

 

A

B

C

D

Salário

1870,00

2000,00

510,00

2827,43

Comissão

0,00

1750,00

0,00

0,00

Base 2

1870,00

3750,00

510,00

2827,43

INSS

0,11

375,82

0,08

0,11

Base IR

1664,30

3374,18

469,20

2516,41

IR

124,82

759,19

0,00

377,46

dedução

112,43

505,62

0,00

280,94

efetivo

12,39

253,57

0,00

96,52

líquido

1651,91

3120,61

469,20

2419,89

FGTS

149,60

300,00

40,80

226,19

IR (faixa)

7,50%

22,50%

isento

15%