Sei sulla pagina 1di 25
FIPAQ ® Ferramentas Integradas do Planejamento Avançado da Qualidade do Produto V9 GuiadeReferênciaRápida ISOQualitas

FIPAQ ®

Ferramentas Integradas do Planejamento Avançado da Qualidade do Produto

V9

GuiadeReferênciaRápida

Ferramentas Integradas do Planejamento Avançado da Qualidade do Produto V9 GuiadeReferênciaRápida ISOQualitas ® ®

ISOQualitas ®®

Indice

03

Registro de licença de uso do FIPAQ 03

04

Cadastro das informações da empresa 04

Iniciando o FIPAQ

Acesso ao FIPAQ

Cadastro de Usuários

05

Cadastro de Clientes

05

Cadastro de Peças

06

Cadastro de Características

06

Cadastro de Operações

07

Cadastro de Famílias de Produtos 07

Inspeção de Layout

07

Estudos de Tempos e Custos

08

Cronograma do APQP

09

Notificador de Atividades do APQP

09

Documentos.do APQP

10

Imagens e Desenhos

10

FMEA de Projeto

11

Comprometimento de Viabilidade da Equipe 11 Diagrama de Fluxo de.Processo 12

Matriz de Caracteristicas

12

FMEA de Processo

13

Plano de Controle de Processo 14

Checklist do APQP

14

Instruções do Operador

15

Cadastro dos Instrumentos de Medição 16

17

Estudo de Estabilidade e Tendência 18 Estudo de R&R (Variáveis & Atributos) 19

Estudos de Capabilidade Preliminar de Processo 20 Relatórios Dimensional/Material/Desempenho 20 Certificado de Sumissão de Peças.(PSW) 21 Relatório de Aprovação de Aparência 21

22

Checklist de Materiais a Granel 22 Enviando de Dados de uma Peça 23 Recebendo Dados de uma Peça 23

24

Cópia de uma Peça Existente 24 Exportação de Documentos em outros Formatos 24

Backup e Restauração de Dados 25

Estudo de Linearidade

Sumário de Aprovação do APQP

Impressão Automática do PPAP

2

Guia de Referência do FIPAQ ®

©1998 - 2010 - ISOQualitas

Iniciando o FIPAQ

Iniciando o FIPAQ Se você estiver no período de avaliação do FIPAQ click diretamente sobre o

Se você estiver no período de avaliação do

FIPAQ click diretamente sobre o botão Entrar. Após a aquisição do FIPAQ, click no botão

Registrar Agora e siga as instruções

apresentadas no tópico a seguir.

Registro de licença de uso do FIPAQ

no tópico a seguir. Registro de licença de uso do FIPAQ Para obter o Código de

Para obter o Código de desbloqueio para

licença definitiva, siga as instruções guiaixo:

1 - Preencha o campos do formulário de registro.

2 - Click no botão Salvar e de um nome ao

arquivo para enviar o formulário de registro para comercial@isoqualitas.com.br 3 - Em poucas horas, após o recebimento da requisição de registro, a ISOQualitas fornecerá o Código de desbloqueio que deverá ser inserido no campo indicado Se você deseja alterar o seu cadastro, clique no botão Editar, faça as alterações e salve- as clicando o botão Salvar.

©1998 - 2010 - ISOQualitas

Guia de Referência do FIPAQ ®

3

Acesso ao FIPAQ

Acesso ao FIPAQ Para acessar o FIPAQ é necessário entrar com o nome do usuário e

Para acessar o FIPAQ é necessário entrar com o

nome do usuário e a senha.

Para acessar o FIPAQ pela primeira vez (antes

de registar qualquer usuário), digite FIPAQ no

nome do usuário e FIPAQ para a senha de

entrada e click no botão OK.

Se o usuário já foi inserido na lista de usuários

(ver Passo 6) , então o usuário já pode entrar

com o próprio nome de usuário e senha.

Cadastro das Informações da Empresa

de usuário e senha. Cadastro das Informações da Empresa 1-Selecione Informações da Empresa no menu Admistração

1-Selecione Informações da Empresa no menu

Admistração. 2- Click no botão Editar para habilitar a edição

dos campos. 3- Entre com as Informações da empresa. 4-Click o botão Abrir arquivo e selecione o

arquivo (preferencialmente no formato JPG ) que

contêm o seu logotipo. 5- Click no botão Salvar.

NOTA: Enquanto as informações da empresa

não estiverem sido inseridas no FIPAQ (Passos

4 e 5), a tela de Informações da Empresa

aparecerá automaticamente quando o usuário

4

Guia de Referência do FIPAQ ®

©1998 - 2010 - ISOQualitas

Cadastro de Usuários

Cadastro de Usuários Neste módulo são inseridos os usuários do FIPAQ com seus respectivos niveis de

Neste módulo são inseridos os usuários do FIPAQ com seus respectivos niveis de acesso. Para inserir um novo usuário no FIPAQ, deve se proceder da seguinte forma:

1 - No menu “Administração”, selecione o item “Usuários”.

2.Clique sobre o botão “Novo” e preencha todas as informações do usuário. 3. Na tabela de “Nível de Acesso”, defina os direitos de uso deste usuário para cada módulo do FIPAQ. 4. Após concluir o cadastro, clique sobre o botão “Salvar”. Para inserir um usuário copiando os dados de Nível de Acesso de um usuário existente no FIPAQ , proceda da seguinte forma:

1- Efetue os passos 1 e 2 acima 2- Clique sobre o botão Copiar. 3- Escolha o nome do usuário que se deseja copiar os acessos.

4 - Clique no botão “Salvar”

Se você deseja alterar o seu cadastro, clique no botão Editar, faça as alterações e salve-as

clicando o botão “Salvar”.

Cadastro de Clientes

clicando o botão “ Salvar ”. Cadastro de Clientes 1. Selecione o item Clientes Administração .
clicando o botão “ Salvar ”. Cadastro de Clientes 1. Selecione o item Clientes Administração .

1. Selecione o item Clientes

Administração.

2. Para adicionar um novo cliente, clique o

botão Novo e preencha os campos do cliente.

do menu

Para definir os símbolos das características identificadas pelo cliente, de um duplo-clique sobre o quadro do símbolo e escolha o símbolo correspondente na biblioteca de simbologia e preencha o texto com a descrição da característica. Ao finalizar o cadastro, clique no botão Salvar.

NOTA: É obrigatório o cadastro do cliente antes de cadastrar as peças deste cliente. Atenção: Se deletar um cliente, todos seus documentos também serão removidos.

©1998 - 2010 - ISOQualitas

Guia de Referência do FIPAQ ®

5

Cadastro de Peças

Cadastro de Peças Este é o primeiro passo no desenvolvimentoAPQP. Na guia Peça, preencher os dados
Cadastro de Peças Este é o primeiro passo no desenvolvimentoAPQP. Na guia Peça, preencher os dados

Este é o primeiro passo no desenvolvimentoAPQP. Na guia Peça, preencher os dados da peça, conforme os seguintes passos:

menu

Administração ou do Grupo Cadastro da Barra de Atalhos.

2. Clique no botão Novo para adicionar uma nova

peça.

3. Para editar uma peça existente, clique no botão

Editar

Os campos Número Interno e Revisão Interna, não podem sofrer alterações. Para criar novas revisões de um documento, ou para copiar os dados desta peça para outra, clique o botão Copiar. Nota: Ao selecionar um número de peça, a tela do cadastro e os ícones do APQP serão preenchidos com revisão mais atual da peça Para acessar uma revisão mais antiga, selecione-a na lista de Revisão Interna.

Na

os

1.

Selecione

o

item

Peças

do

guia

Estrutura,

podem

ser

incluídos

componentes ou materias-primas que fazem parte de uma peça, conjunto ou sub-conjunto. Caso um componente de uma peça tenha sido desenvolvido no FIPAQ, basta marcar no botão FIPAQ e escolher a peça na caixa de seleção Peça N , ou então incluir peças compradas de terceiros marcando o botão Fornecedor e preencher os dados relativos ao fornecedor, produtos adquiridos e quantidade utilizada no conjunto ou sub-conjunto.

o

Cadastro de Características

no conjunto ou sub-conjunto. o Cadastro de Características Sem o Cadasro de características os seguintes documentos

Sem o Cadasro de características os seguintes documentos não poderão ser preenchidos:

Plano de Controle, Instrução do Operador, Estudos de R&R e Capabilidade e Relatórios de Dimensional, Material e Desempenho.

do menu

Administração ou do Grupo Cadastro da Barra deAtalhos.

2. Clique o botão Novo para adicionar uma nova

característica.

3. Para editar uma característica, clique sobre a

mesma na tabela para selecioná-la e em seguida

clique o botão Editar. NOTA: No FIPAQ as características estão dinamicamente ligadas. Isto significa que a alteração em uma característica é refletida em todos os documentos onde ela aparece, garantindo a consistência de toda a documentação.

1.Selecione o item Características

6

Guia de Referência do FIPAQ ®

©1998 - 2010 - ISOQualitas

Cadastro de Operações

Cadastro de Operações Neste módulo são cadastrados os dados de todas as etapas do processo, as

Neste módulo são cadastrados os dados de todas as etapas do processo, as quais serão utilizadas em todos os documentos do APQP que serão elaborados ao longo do desenvolvimento do produto.

do menu Administração ou do

Grupo Cadastro da Barra deAtalhos. 2-Clique o botão Novo para adicionar uma Operação. Sugerimos que a sejam utilizados zeros antes do número das operações, ex. 010, 020, 035. 3-Preencha os campos e defina o Tipo da Operação. São 6 tipos oferecidos: Operação, Operação/Inspeção, Inspeção, Estocagem, Transporte e Decisão. NOTA: No FIPAQ as operações estão dinamicamente ligadas. Isto significa que a alteração em uma operação é refletida em todos os documentos onde ela aparece, garantindo a consistência de toda a documentação.

1-Selecione o item Operações

Cadastro de Famílias de Produtos

o item Operações Cadastro de Famílias de Produtos Neste módulo pode-se definir as famílias de produtos

Neste módulo pode-se definir as famílias de produtos para facilitar a organização por similaridade de produtos e processos. Para inserir uma nova famíla de peças siga o procedimento abaixo:

1- Clique no botão Novo

2 - Preencha os campos de dados da nova famíla.

3 -Selecione na caixa de escolha Peça No: as peças que fazem

parte desta família. 4-Clicar no botão Salvar. NOTA: No momento do cadastro da peça, é possível incorporar uma peça a uma família que já esteja cadastrada.

para inserir uma nova família de peça.

Inspeção de Layout

inserir uma nova família de peça. Inspeção de Layout Neste módulo pode-se realizar as Inspeções de

Neste módulo pode-se realizar as Inspeções de Layout (Dimensional, Material e Desempenho) segundo a os requisitos da ISO/TS 16949:2009 - Cláusula 8.2.4.1.

siga o procedimento

Para inserir uma nova inspeção de layout abaixo:

1- Escolha o tipo de inspeção a ser realizada.

2- Clique no botão Novo

3 - Preencha os campos de data e local de inspeção.

das

4-Clique

para iniciar a nova inspeção.

Preenchimento

no

botão

Automático

características a serem inspecionadas.

campos

correspondentes. 6- Clicar no botão Salvar. NOTA: É possível realizar diversas tipos inspeções em várias datas distintas de um mesmo produto.

5-Preencher

os

resultados

da

inspeção

nos

©1998 - 2010 - ISOQualitas

Guia de Referência do FIPAQ ®

7

Estudos de tempos e Custos

Estudos de tempos e Custos O módulo de estudos de tempos e custos de processo é
Estudos de tempos e Custos O módulo de estudos de tempos e custos de processo é
Estudos de tempos e Custos O módulo de estudos de tempos e custos de processo é

O módulo de estudos de tempos e custos de

processo é dividido en 4 guias.

Guia Totais

Nos campos da Guia Totais devem ser

inseridos os dados relativos à quantidade anual

de peças especificadas no contrato, projeção da

quantidade diária, lote mínimo de produção, a

taxa de produção estimada por hora, preço de

venda, etc A

automaticamente a medida em que os dados de tempos e custos sejam inserídos para cada operação do processo.

Guia Operações

Para preencher os dados de tempos e custos nos campos desta guia, siga os passos a abaixo:

tabela de totais será preenchida

1-

Selecionar a operação que será estudada.

2-

Clicar sobre o botão Editar.

3-Selecionar ou digitar na caixa de seleção Linha de produção onde a operação é realizada.

4-Preencher os dados em cada campo do formulário e os cálculos serão efetuados automaticamente.

5- Clicar sobre o botão Salvar

Atenção: Nos campos Minutos disponíveis por día, Capacidade diária estimada, % Utilização, Ferramental (Hora e Peça) e todos os elementos da coluna Custos / Peça são calculados automaticamente.

Guia Impressão

Para imprimir ou ver os resultados pode-se escolher 4 formatos de relatórios. Para selecionar o formato desejado , siga os passos:

1-

Clicar na opção do relatório desejado

2-

Clicar no botão Visualizar ou Imprimir

Guia Conversão

Nesta guia pode-se converter as unidades de tempo em Horas > Minutos > Segundos para Minutos e Décimos de Minutos e vice-versa.

8

Guia de Referência do FIPAQ ®

©1998 - 2010 - ISOQualitas

Cronograma do APQP

Cronograma do APQP No cronograma serão definidos os responsáveis por cada atividade, junto com seu ínicio
Cronograma do APQP No cronograma serão definidos os responsáveis por cada atividade, junto com seu ínicio

No cronograma serão definidos os

responsáveis por cada atividade, junto com seu ínicio e prazo. A partir das informações do cronograma serão geradas pendências para os usuários.

A medida que as atividades vão sendo

executadas/ concluídas, as datas e percentual

de andamento devem ser atualizadas. Para as

atividades desenvolvidas, no FIPAQ, o percentual é atualizado automaticamente. Para adequar as atividades cronograma aos procedimentos da sua empresa, utilizar os

botões Iserir/ Remover Linha.

NOTA: Sugerimos que o cronograma não seja aprovado logo no início do desenvolvimento, pois este será atualizado automaticamente pelo FIPAQ e esta atualização só pode ser feita se o cronograma não está aprovado.

Notificador de Atividades do APQP

não está aprovado. Notificador de Atividades do APQP Quando um usuário tiver pendências , uma tela

Quando um usuário tiver pendências, uma tela de notificação de pendências será mostrada quando este usuário acessar o FIPAQ. Caso o prazo esteja expirando nos próximos 7 dias, esta atividade aparecerá em Amarelo.

Se o prazo de uma atividade já estiver expirado,

esta aparecerá em Vermelho.

A tela de Pendências mostra apenas as

atividades pendentes do usuário conectado ao sistema. Para controlar as pendências de todos os usuários, utilize o relatório de Atividades em Atraso (menu Relatórios). NOTA: As atividades serão consideradas pendentes enquanto estiverem com um % completo menor de 100% e o prazo estiver vencido ou vencendo nos próximos 7 dias. As informações que geram as pendências vêm do Cronograma.

©1998 - 2010 - ISOQualitas

Guia de Referência do FIPAQ ®

9

Documentos do APQP

Documentos do APQP O Cadastro de Documentos serve para anexar documentos relacionados ao APQP e que
Documentos do APQP O Cadastro de Documentos serve para anexar documentos relacionados ao APQP e que

O Cadastro de Documentos serve para anexar

documentos relacionados ao APQP e que foram desenvolvidos fora do FIPAQ. Podem ser registrados documentos em papel ou em arquivos. Após registrar um arquivo, é possivel visualizá-lo usando o aplicativo de origem. Para cadastrar um novo documento:

1-

Clique o botão Novo.

2-

Selecione o arquivo desejado.

3-

Salve o documento.

4-

Caso queira altera-lo, clique no botão Editar.

Para visualizar o arquivo, clique o botão

Visualizar.

NOTA: Para utilização do FIPAQ em rede, sugerimos que seja clicado botão Copiar para o Servidor para disponibilizar o arquivo para outras estações de trabalho

Imagens e Desenhos

para outras estações de trabalho Imagens e Desenhos 1- Clique no botão Novo . 2- Selecione
para outras estações de trabalho Imagens e Desenhos 1- Clique no botão Novo . 2- Selecione

1-

Clique no botão Novo.

2-

Selecione o arquivo de desenho e coloque a

descrição deste desenho.

3- Clique no botão Salvar.

Para visualizar o desenho clique o botão Visualizar. Os seguintes formatos de arquivos são suportados pelo visualizador de imagens do FIPAQ: DWG, DXF, DWF, JPG, GIF, WMF e BMP.

NOTA: Ao registrar um desenho, uma cópia do arquivo original é feita na pasta DWG. Assim, alterações no arquivo original não são refletidas nos documentos registrados.

10

Guia de Referência do FIPAQ ®

©1998 - 2010 - ISOQualitas

FMEA de Projeto

FMEA de Projeto A FMEA de Projeto do FIPAQ atende aos requisitos do Manual de Referência

A FMEA de Projeto do FIPAQ atende aos

requisitos do Manual de Referência da FMEA 4ª

Edição.

formulário da FMEAna guia Cabeçalho. Neste módulo há 2 guias: Cabeçalho eTabela.

1. Clique no botão Editar.

2. Preencha os campos solicitados.

3. Clique no botão Salvar.

Selecione um dos 7 formatos do

NOTA: Selecione a coluna que deseja preencher na tabela e tecle F1 para obter ajuda sobre os requisitos dessa coluna.

Comprometimento de Viabilidade da Equipe

dessa coluna. Comprometimento de Viabilidade da Equipe Este módulo foi desenvolvido de acordo com os requisitos

Este módulo foi desenvolvido de acordo com os requisitos do Apêndice G do Manual de Referência do APQP. Neste módulo ficam registradas todas as considerações com relação a viabilidade do desenvolvimento de produtos.

A aprovação eletrônica do documento é dada por cada usuário que deve acessar o FIPAQ com sua própria senha e clicar no botão “Aprovar” localizado na guia de aprovação.

©1998 - 2010 - ISOQualitas

Guia de Referência do FIPAQ ®

11

Diagrama de Fluxo de Processo

Diagrama de Fluxo de Processo Existem duas maneiras de gerar o Diagrama de Fluxo. A primeira

Existem duas maneiras de gerar o Diagrama de Fluxo. A primeira é a geração automática. Para utilizá-la clique no botão Automático. Será gerado um fluxo com todas as operações cadastradas.

A outra opção é criar manualmente o fluxo, para tal, siga os passos abaixo:

1. Escolha com o mouse a célula que deseja

preencher.

2. Depois selecione uma das setas de ligação

ou selecione uma operação da lista.

NOTA: Para alterar a descrição ou número da operação entre no cadastro de operações, selecione a operação que deseja alterar e faça as alterações necessárias.

Matriz de Características

as alterações necessárias. Matriz de Características A Matriz de característica é utilizada para conectar cada

A Matriz de característica é utilizada para conectar cada operação do processo de manufatura com as respectivas características e as interações destas ao longo de ciclo do processo. Para inserir os dados, siga os seguintes passos:

1 - Selecione uma operação, clicando sobre a seta da caixa de seleção “Operação,

2 – Clicar sobre o botão “Editar”, em seguida

click sobre a seta da caixa de seleção “Característicase selecione a(s) característica(s) gerada(s) e/ou utilizada(s) nesta operação.

3 – Definir a interação das características com a

operação com um click na coluna respectiva .

4 – Clicar sobre o botão “Gravar”.

12

Guia de Referência do FIPAQ ®

©1998 - 2010 - ISOQualitas

FMEA de Processo

FMEA de Processo A FMEA de Processo do FIPAQ atende aos requisitos do Manual da FMEA
FMEA de Processo A FMEA de Processo do FIPAQ atende aos requisitos do Manual da FMEA
FMEA de Processo A FMEA de Processo do FIPAQ atende aos requisitos do Manual da FMEA
FMEA de Processo A FMEA de Processo do FIPAQ atende aos requisitos do Manual da FMEA

A FMEA de Processo do FIPAQ atende aos

requisitos do Manual da FMEA 4ª Edição. Selecione um dos formatos 9 formatos de formulários da FMEAna guia Cabeçalho. Na guia Cabeçalho, preencha as informações gerais sobre a FMEA de Processo , salvando-as em seguida.

Na guia Tabela, deve ser editado os dados da FMEAde Processo seguindo os passos:

1-

Selecionar a operação

2-

Clicar no botão Editar.

3-Selecionar

os

requisitos

relacionados

à

operação

4-Preencher cada coluna de acordo com o estudo da PFMEA. Salve seu trabalho, selecione outra operação e repita este mesmo procedimento para quantos processos a serem incluídos na PFMEA.

NOTAS:

- Para facilitar o preenchimento dos dados da

tabela, é possível copiar dados de outra peça / operação. Para isso, basta clicar o botão Copiar

de

e selecionar a peça+operação de origem

da

cópia.

- Na coluna Notificar deve-se escolher o

responsável pela ação recomendada e

respectivo prazo e desta forma o FIPAQ passará

a controlar esta atividade automaticamente,

gerando notificações aos usuários e relatórios

de acompanhamento contínuo das ações.

- Na guia Relatórios, são gerados os relatórios

de análises de riscos de falhas de acordo com o

QSB Quality System Basic.

©1998 - 2010 - ISOQualitas

Guia de Referência do FIPAQ ®

13

Plano de Controle de Processo

Plano de Controle de Processo Na guia Cabeçalho, preencha as informações gerais sobre o Plano de
Plano de Controle de Processo Na guia Cabeçalho, preencha as informações gerais sobre o Plano de

Na guia Cabeçalho, preencha as informações gerais sobre o Plano de Controle, salvando-as em seguida. Na guia Tabela, os dados do plano de controle devem ser preenchidos em cada coluna correspondente, conforme o procedimento a seguir:

1- Selecione uma operação na caixa de escolha Operação e clique o botão Editar. 2- Selecione as características na na caixa de escolha Característica. 3- Preencha as colunas de técnica de medição, métodos de controle, amostragem e plano de reação.

4- Clique no botão Salvar, selecione outra operação

e repita o mesmo procedimento.

NOTAS:

- Para imprimir um Plano de Controle de uma operação específica, selecione a operação e clique o botão Imprimir (ao lado direito da lista de Operação).

- Se a Matriz de Características já foi desenvolvida, então clique no botão com o ícone da Matriz de Característica na guia Cabeçalho e as operações e características de controle serão preenchidas automaticamente. Neste caso os passos 1 e 2 acima descritos serão desnecessários.

- Para gerar um Plano de Controle segundo o ANPQP

(Renault-Nissan) entre no menu lateral Específicos e clique sobre o ícone Plano de Controle ANPQP e siga o mesmo procedimento acima descrito.

Checklists do APQP

siga o mesmo procedimento acima descrito. Checklists do APQP Os checklists do APQP, de acordo com

Os checklists do APQP, de acordo com os apêndices A1 a A8 do Manual de Referencia do APQP podem ser utilizados para cada peça desenvolvida. Para utilizar qualquer checklist siga o procedimento a seguir:

1- Escolha o Checklist que deseja na lista e este aparecerá abaixo na tela. 2- Clique no botão Editar e responda as questões apresentadas. 3- Clique no botão Salvar Nota:

Pode-se utilizar qualquer checklist em branco para cada produto desenvolvido e as respostas e ações propostas ficarão registradas para cada revisão do produto

14

Guia de Referência do FIPAQ ®

©1998 - 2010 - ISOQualitas

Instruções do Operador

Instruções do Operador As instruções do operador são divididos em 4 Procedimento e Controles. C a
Instruções do Operador As instruções do operador são divididos em 4 Procedimento e Controles. C a
Instruções do Operador As instruções do operador são divididos em 4 Procedimento e Controles. C a
Instruções do Operador As instruções do operador são divididos em 4 Procedimento e Controles. C a

As instruções do operador são divididos em

4

Procedimento e Controles.

C a b e ç a l h o ,

G u i a s :

I m a g e m ,

Para cada operação é possivel gerar várias instruções, portanto pode-se criar uma instrução de setup e outra de processo, incluindo planos de reação, etc

Para criar uma Instrução do Operador, proceda os seguintes passos:

1. Selecione uma Operação

seleção Operação.

2. Clique no botão Novo.

3. Na

campos de dados.

4. Na guia ”Imagem /Desenho: selecione o

guia Cabeçalho” preencha os

na caixa de

arquivo

(preferível

JPG)

da

imagem

desejada.

5. Na guia Procedimento preencha cada

linha da tabela com a descrição de cada atividade a ser realizada na operação selecionada. (para cada tipo de atividade pode-se escolher um icone associado).

6. Na Guia Controles selecione as

características que são controladas (as características especiais que aparecem no Plano de Controle estarão marcadas na coluna PC e serão preenchidas automaticamente na coluna de métodos de controle.

7. Clique no botão Salvar.

Na ficha “Impressão” selecione o formato desejado para a impressão da Instrução do Operador.

©1998 - 2010 - ISOQualitas

Guia de Referência do FIPAQ ®

15

Cadastro de Sistemas de Medição

Cadastro de Sistemas de Medição O módulo de cadastro de sistemas de medição de medição é
Cadastro de Sistemas de Medição O módulo de cadastro de sistemas de medição de medição é
Cadastro de Sistemas de Medição O módulo de cadastro de sistemas de medição de medição é
Cadastro de Sistemas de Medição O módulo de cadastro de sistemas de medição de medição é

O módulo de cadastro de sistemas de medição

de medição é divido em 4 guias, tais como descritos a seguir:

Guia Detalhes

Nesta

principais do intrumento.

Para

proceder da seguinte forma:

nos

guia

inserir

devem

dados

ser

inseridos

os

campos

dados

deve-se

1-

Clicar no botão Novo

 

2-

Inserir

os

dados

do

instrumento

nos

respectivos campos. 3 - Clicar sobre o botão Salvar

Guia Utilização Nesta tela pode-se associar o instrumento escolhido com as peças que o mesmo seja utilizado para controlá-las. Para preencher os dados desta tela, deve-se proceder da seguinte forma:

1- Clique sobre o número da peça que será controlada com o instrumento escolhido na caixa de escolha Código do Instrumento na guia Detalhes e clique no botão Acrescentar e preencha o campo da Descrição Genérica de Utilização.

2- Clique no botão Salvar.

Guia Estudos Nesta tela pode-se obter a informação de todos os estudos de análises de sistema de medição realizados no instrumento / sistema de medição selecionado.

Guia Histórico Nesta tela são apresentados todos os eventos com as respectivas datas de ocorrências do instrumento de medição / sistema de medição.

16

Guia de Referência do FIPAQ ®

©1998 - 2010 - ISOQualitas

Estudo de Linearidade

Estudo de Linearidade O Instrumento / Sistema de Medição é dividido em 3 abas, conforme descrição
Estudo de Linearidade O Instrumento / Sistema de Medição é dividido em 3 abas, conforme descrição
Estudo de Linearidade O Instrumento / Sistema de Medição é dividido em 3 abas, conforme descrição

O

Instrumento / Sistema de Medição é dividido em 3 abas, conforme descrição a seguir:

Guia Estudo Para inserir os dados para realização dos estudos Linearidade, deve-se proceder da seguinte forma:

1 Selecione o instrumento / sistema de medição

clicando na seta da caixa de escolha Número do

Disp. de Medição.

2 Clique sobre o botão Editar.

3 Preencha os dados relacionados ao estudo.

4 Clique sobre o botão Salvar.

do

módulo

de

estudo

da

Linearidade

Guia Resultados Nesta aba estarão todos os cálculos para determinação da Linearidade do instrumento / sistema de medição. Para dar a disposição do estudo de Linearidade, deve-se proceder da seguinte forma:

1- Clicar sobre o botão Editar. 2- Clicar sobre o botão Aprovarou Rejeitar de acordo com a decisão tomada 3- Clicar sobre o botão Salvar

Guia Gráfico Nesta guia pode ser visualizado o gráfico do ajuste da reta de regressão da linearidade.

©1998 - 2010 - ISOQualitas

Guia de Referência do FIPAQ ®

17

Estudo de Estabilidade e Tendência

Estudo de Estabilidade e Tendência O módulo de estudo de Estabilidade e Tendência do Instrumento /
Estudo de Estabilidade e Tendência O módulo de estudo de Estabilidade e Tendência do Instrumento /
Estudo de Estabilidade e Tendência O módulo de estudo de Estabilidade e Tendência do Instrumento /
Estudo de Estabilidade e Tendência O módulo de estudo de Estabilidade e Tendência do Instrumento /

O módulo de estudo de Estabilidade e Tendência do Instrumento / Sistema de Medição é dividido em 3 guias, conforme descrição a seguir:

Guia Estudo

Para inserir os dados para realização dos estudos de estabilidade e tendência, deve-se proceder da seguinte forma:

1-Selecione o instrumento / sistema de medição clicando na seta da caixa de escolha Número do Disp. de Medição.

2- Clique sobre o botão Editar.

3-Preencha os dados relacionados ao estudo.

4- Clique sobre o botão Salvar.

Guia Estabilidade

Nesta aba estarão todos os cálculos para determinação da estabilidade e os gráficos de Média xAmplitude.

Para dar a disposição do estudo de Estabilidade, deve-se proceder da seguinte forma:

1- Clicar sobre o botão Editar.

2- Clicar sobre o botão Aprovar ou Rejeitar de acordo com a decisão tomada

3- Clicar sobre o botão Salvar

Guia Tendência

Nesta aba estarão todos os cálculos para determinação da Tendência do instrumento / sistema de medição.

Para dar a disposição do estudo da Tendência, deve-se proceder da seguinte forma:

1- Clicar sobre o botão Editar.

2- Clicar sobre o botão Aprovar ou Rejeitar de acordo com a decisão tomada

3- Clicar sobre o botão Salvar

NOTA:

Para realizar estudos de tendência em um

mesmo

valores de referência VR, escolha um número de

Índice na guia Estudo.

sistema

de

medição

com

distintos

18

Guia de Referência do FIPAQ ®

©1998 - 2010 - ISOQualitas

Estudo de R & R (Variáveis)

Estudo de R & R (Variáveis) Os cálculos do R&R são realizados de acordo com o
Estudo de R & R (Variáveis) Os cálculos do R&R são realizados de acordo com o

Os cálculos do R&R são realizados de acordo com o Manual de Referência do MSA3a. Edição. Os Estudos R&R possuem 3 partes: Estudo, Resultados e Sumário. 1- Selecione a na caixa de escolha Característica qual será a característica da peça a ser estudada.

2- Clique no botão Editar para completar os

campos. 3- Clique no botão Salvar.

Após a tabela estar completa clique na guia Resultados para obter os resultados dos cálculos referentes a este estudo.

Nota: Somente as características marcadas como Característica Especial no cadastro de características serão apresentadas caixa de seleção.

Estudos de R&R (Atributos)

caixa de seleção. Estudos de R&R (Atributos) Os cálculos do R&R por atributo são realizados pela
caixa de seleção. Estudos de R&R (Atributos) Os cálculos do R&R por atributo são realizados pela
caixa de seleção. Estudos de R&R (Atributos) Os cálculos do R&R por atributo são realizados pela

Os cálculos do R&R por atributo são realizados

pela metodologia da Tabela Cruzada de acordo com o Manual de Referência do MSA3a. Edição.

atributos

O módulo

dos

Estudos

R&R

por

possuem

3

guias:

Estudo,

Resultados

e

Sumário.

Para realizar um estudo de R&R por atributos siga os passos abaixo:

1- Selecione a característica da peça a ser

estudada clicando sobre a seta na caixa de

listagem Característica.

2- Clique no botão Editar para completar os

campos.

3- Clique no botão Salvar.

Após a tabela estar completa clique no botão de resultados para obter os resultados dos cálculos e gráfico referentes a este estudo.

NOTA:

Na caixa de listagem Característica somente

aparecerão as características que foram definidas como Características Especiais no cadastro de características.

©1998 - 2010 - ISOQualitas

Guia de Referência do FIPAQ ®

19

Estudos de Capabilidade Preliminar de Processo

Estudos de Capabilidade Preliminar de Processo Os estudos de capabilidade são realizados de acordo com o
Estudos de Capabilidade Preliminar de Processo Os estudos de capabilidade são realizados de acordo com o
Estudos de Capabilidade Preliminar de Processo Os estudos de capabilidade são realizados de acordo com o

Os estudos de capabilidade são realizados de

acordo com o Manual do CEP 2a. Edição. Este módulo é dividido em 4 guias:

Estudos, Resultados, Gráficos e Sumário.

Para iniciar um estudo de capabilidade de processo siga o procedimento abaixo:

1- Selecione na caixa de escolha

Característica qual será a característica da peça a ser estudada.

2- Clique no botão Editar para preencher os

campos.

3- Clicar no botão Salvar.

Após a tabela estar completa clique na guia Resultados para obter os seguintes resultados:

- Estudo de Estabilidade do processo;

- Avaliação da Normalidade da amostra;

- Estudo da capabilidade de curto e longo Pp, PpK, Cp, CpK e Cm e CmK. NOTA:

Para realizar estudos de capabilidade em uma mesma característica tenha várias cavidades ou variações do processo, escolha um número de Índice na guia Estudo.

Relatórios de Resultados Dimensional / Material / Desempenho

de Resultados Dimensional / Material / Desempenho Existem duas maneiras de gerar os Relatórios de Ensaios.

Existem duas maneiras de gerar os Relatórios

de Ensaios.

A

primeira é a geração automática. Para utilizá-

la

clique no botão Automático. Será gerado um

relatório de validação com todas as características do tipo escolhido (Dimensional, Material ou Desempenho).

A outra opção é selecionar manualmente as características.

A seguir preencha a coluna de resultados

encontrados e salve os dados.

Para alterar as informações de uma

e n t r e n o c a d a s t r o

c a r a c t e r í s t i c a ,

Característica”, selecione a característica que deseja alterar e faça as alterações necessárias.

20

Guia de Referência do FIPAQ ®

©1998 - 2010 - ISOQualitas

Certificado de submissão de peças

Certificado de submissão de peças Este módulo possui 6 guias: - Informações da Peça, - Dados
Certificado de submissão de peças Este módulo possui 6 guias: - Informações da Peça, - Dados
Certificado de submissão de peças Este módulo possui 6 guias: - Informações da Peça, - Dados

Este módulo possui 6 guias:

- Informações da Peça,

- Dados do Fornecedor,

- Informações da Submissão,

- Nível de Submissão

-Aprovação do Fornecedor

- Disposição do Cliente.

Clique no botão Editar

campos, selecionar opções e também para fazer alterações.

Na guia Aprovação do Fornecedor é onde é d a d a a a p r o v a ç ã o d o P S W e consequentemente do PPAP da peça, indicando que a submissão ao cliente já pode ser feita.

para preencher os

Clique no botão Salvar antes de sair deste módulo.

NOTAS:

1 - Após a aprovação do PPAP, não será

permitida a edição dos documentos da peça, assim, só aprove o PPAP após ter revisado e aprovado toda a documentação.

2 - Para emissão do PPAP na Quarta Edição,

basta marcar no botão de escolha na tela do cadastro de peça.

Relatório de Aprovação de Aparência

cadastro de peça. Relatório de Aprovação de Aparência Este módulo está dividido em 2 guias: -

Este módulo está dividido em 2 guias:

- Cabeçalho

-Avaliação de Cor.

Para desenvolver o relatório de aprovação de aparência siga o procedimento abaixo:

1- Clique no botão Editar.

2- Preencha os campos das guias do cabeçalho e avaliação de cor.

3- Clique no botão Salvar

©1998 - 2010 - ISOQualitas

Guia de Referência do FIPAQ ®

21

Sumário de Aprovação do APQP

Sumário de Aprovação do APQP Este módulo foi desenvolvido conforme os requisitos doApêndice F do Manual

Este módulo foi desenvolvido conforme os

requisitos doApêndice F do Manual doAPQP.

Este módulo está dividido em 4 guias: duas de

questionário, uma de plano de ação e outra de

aprovações.

1- Clicar no botão Editar.

2- Preencher os campos.

3- Na guia Aprovação clicar no botão Aprovar

4- Clicar sobre o botão Salvar.

Checklist de Materiais a Granel

sobre o botão Salvar . Checklist de Materiais a Granel Para preencher os requisitos, clique no

Para preencher os requisitos, clique no botão Editar. Atabela tem 5 colunas:

1-Prazo (data prevista para a conclusão do elemento ou preencha com "NR" para Não Requerido);

2-Responsabilidade do Cliente (nome ou cargo o indivíduo que analisará e aprovará o elemento.

3-Responsabilidade

do

Fornecedor

(indivíduo

que

reunirá

e

assegurará

a

completeza do elemento a ser analisado);

4- Comentários/Condições

(informações

ou

referências

a

documentos

anexados

que

fornecem informação relativa ao elemento);

5-Aprovado

por

/

Data

(as

iniciais

do

representante

do

cliente

que

analisou

criticamente e aceitou o elemento.)

22

Guia de Referência do FIPAQ ®

©1998 - 2010 - ISOQualitas

Enviando dados de uma peça

Enviando dados de uma peça Para enviar dados de uma peça, siga as instruções: 1- Selecione

Para enviar

dados

de

uma

peça,

siga

as

instruções:

1- Selecione a peça a ser enviada no módulo de

Cadastro de Peças 2- No menu Dados, e scolha a opção

Enviar

Dados paraArquivo 3- Clique em abrir arquivo e atribua um nome

ao arquivo a ser enviado. 4- Selecione quais documentos que devem ser

enviados.

5-

os

documentos que estavam marcados serão

enviados.

Clique

no

botão

Confirma

e

todos

Recebendo dados de uma peça

no botão Confirma e todos Recebendo dados de uma peça Se você receber um arquivo do

Se você receber um arquivo do FIPAQ com a

disposição do PPAP do seu cliente (gerado pelo

FIPAQ Cliente), você deve receber este arquivo

para que seus documentos de submissão sejam

atualizados com a disposição do cliente. 1- Selecionar a opção Receber dados de no

menu Dados. 2- Click no botão Abrir arquivo para selecionar

o arquivo a ser recebido. 3- As informações da peça e os documentos

contidos serão apresentados. 4- Click no botão Ok para receber o arquivo.

©1998 - 2010 - ISOQualitas

©1998 - 2010 - ISOQualitas

®

Guia de Referência do FIPAQ

Guia de Referência do FIPAQ ®

23 23

Impressão Automática do PPAP

Impressão Automática do PPAP 1- Selecione a Peça para a qual deseja imprimir os documentos do

1- Selecione a Peça para a qual deseja imprimir

os documentos do PPAP.

opção

ImpressãoAutomática do PPAP 3- Selecione quais documentos que devem ser

2-No

menu

Relatórios,

selecione

a

impressos. 4- Clique no botão Imprimir.

Cópia de um APQP de uma peça existente

botão Imprimir . Cópia de um APQP de uma peça existente 1- Selecione a peça a

1- Selecione a peça a ser copiada no módulo de Cadastro de Peças 2- Clique o botão Copiar para acessar a tela de cópia 3- Preencha as informações da peça para qual se deseja copiar, definindo para onde a cópia será feita. 4- Selecione os documentos que deseja copiar. 5- Clique no botão Confirma e todos os documentos que estavam selecionados serão copiados.

Exportação de documentos em outros formatos

copiados. Exportação de documentos em outros formatos Qualquer documento gerado pelo FIPAQ, pode ser exportado em

Qualquer documento gerado pelo FIPAQ, pode ser exportado em vários formatos de arquivos eletrônicos (PDF, DOC, RTF, HTML, XML, etc ).

Para

procedimento abaixo:

1- Selecione a peça de interesse. 2- Clique sobre o módulo desejado.

3-

situado na parte inferior da tela. 4- Na tela de visualização do documento clique no botão Relatório de Exportação (Ícone de envelope).

Impressão

documento siga o

exportar

um

Clique

no

botão

Visualizar

5- Escolha o formato desejado e exporte ao arquivo em uma pasta de destino .

24

Guia de Referência do FIPAQ ®

©1998 - 2010 - ISOQualitas

Backup dos Dados

A única maneira de garantir que informações não sejam perdidas, caso algo ocorra com a base de dados do FIPAQ, é manter backups das bases de dados. A frequência com que estes backups são gerados depende da intensidade de uso do sistema. Quanto mais intenso o uso, mais frequentes devem ser os backups. Caso a base de dados seja danificada e a sua empresa não tiver backups disponíveis, a ISOQualitas não tem nenhuma responsabilidade sobre as informações perdidas. Bases de Dados:

Para fazer backups das bases de dados do FIPAQ basta manter cópias de seguraça dos arquivos FIPAQ.MDB, FIPAQOPE.MDB e LOGFPQF.MDB. Em instalações em rede, estes arquivos geralmente ficam no servidor, e se possível utilize as ferramentas de backup do sistema operacional da rede ou aplicativos para backups para criar as cópias de segurança destes arquivos. Desenhos:

Para fazer backup dos desenhos registrados no FIPAQ (módulo Desenhos), faça uma cópia de segurança do subdiretório DWG. Documentos:

Para fazer backup dos documentos registrados no FIPAQ (módulo Documentos), faça uma cópia de segurança do subdiretório DOCS. Restauração:

Caso seja necessária a restauração de um backup, basta copiar os arquivos das bases de dados do FIPAQ sobre os existentes no diretório compartilhado do servidor que o FIPAQ utiliza, ou em instalações mono-usuário, estes arquivos ficam geralmente no diretório C:\FIPAQF. Se algum problema ocorrer em uma estação de trabalho, basta reinstalar o FIPAQ a partir do CD, escolhendo a opção de instalação Estação de Trabalho. Copie também os backups dos diretórios DWG e DOCS sobre os existentes. Se houver qualquer dúvida referente aos processos de backup ou restauração, entre em contato com o suporte técnico da ISOQqualitas.

Backup dos Dados - VERSÃO SQL-Server

A única maneira de garantir que informações não sejam perdidas caso algo ocorra com a base de dados do FIPAQ é manter backups das bases de dados. A frequência com que estes backups são gerados depende da intensidade de uso do sistema. Quanto mais intenso o uso, mais frequentes devem ser os backups. Caso a base de dados seja danificada e a sua empresa não tiver backups disponíveis, a ISOQualitas não tem nenhuma responsabilidade sobre as informações perdidas.

Bases de Dados:

O backup de uma base de dados do SQL Server ou MSDE deve ser realizado através de serviços do próprio mecanismo da base de dados. Se sua empresa utiliza o SQL Server, utilize as ferramentas de backup/restauração do Enterprise Manager para agendar e executar os backups da base de dados chamada FIPAQF. Se o MSDE (SQL Server 2000 Personal Edition) for o sistema gerenciador da base de dados, então utilize a ferramenta de administração da base de dados do FIPAQ no SQL Server (aplicativo FIPAQSQLADMIN.EXE) para gerar uma agenda de backups. Neste caso os backups gerados por este aplicativo são backups completos da base de dados realizados diariamente. O arquivo dos dados do backup é salvo no diretório BACKUP do FIPAQ. Este diretório, junto com os outros identificados abaixo, deve fazer parte do backup realizado pelo seu sistema operacional ou por suas rotinas de backup. Isso é necessário caso haja a necessidade de restaurar dados anteriores ao último backup. Desenhos:

Para fazer backup dos desenhos registrados no FIPAQ (módulo Desenhos), faça uma cópia de segurança do subdiretório DWG. Documentos:

Para fazer backup dos documentos registrados no FIPAQ (módulo Documentos), faça uma cópia de segurança do subdiretório DOCS. Restauração:

Se estiver usando o SQL Server Enterprise Manager para gerar os backups, utilize as ferramentas de restauração deste aplicativo. Caso esteja utilizando o MSDE, utilize o aplicativo de administração da base de dados do FIPAQ no SQL Server (aplicativo FIPAQSQLADMIN.EXE) para restaurar o backup do arquivo que está no caminho indicado no aplicativo. Copie também os backups dos diretórios DWG e DOCS sobre os existentes. Se houver qualquer dúvida referente aos processos de backup ou restauração, entre em contato com o suporte técnico da ISOQualitas em suporte@isoqualitas.com .

©1998 - 2010 - ISOQualitas

©1998 - 2010 - ISOQualitas

®

Guia de Referência do FIPAQ

Guia de Referência do FIPAQ ®

23 25