Sei sulla pagina 1di 13

Flambagem de Colunas

Introdução:

Flambagem de Colunas I n t r o d u ç ã o : Típica estrutura

Típica estrutura onde as colunas devem ser projetadas para resistir o efeito da flambagem

devem ser projetadas para resistir o efeito da flambagem Projeto mecânico: De modo sucinto, ao projetar

Projeto mecânico: De modo sucinto, ao projetar um elemento deve-se satisfazer as condições de:

Resistência – satisfazer tensões limites para a falha; Deslocamentos limites; Estabilidade.

Exemplos de falha por perda da estabilidade

Estabilidade. Exemplos de falha por perda da estabilidade Falha por compressão e por torção em um

Falha por compressão e por torção em um tubo, Popov (1978).

13.1 – O conceito da Carga Crítica - Colunas

13.1 – O conceito da Carga Crítica - Colunas A carga crítica é definida como a

A carga crítica é definida como a

máxima carga que a estrutura, no

caso a coluna, suporta na iminência

da falha por flambagem.

P P Falha por Flambagem

cr

falha por flambagem. P ≥ P − Falha por Flambagem cr Inicialmente, para analisar o fenômeno

Inicialmente, para analisar o fenômeno da instabilidade vamos considerar a seguinte analogia com uma coluna articulada presa a uma mola.

Repouso

Pequena perturbação lateral

Pequena perturbação lateral Três casos possíveis: P < kL →   4 P = kL

Pequena perturbação lateral

Três casos possíveis:

P

<

kL

 

4

P

=

kL

 

4

P

>

kL

4

= kL →   4 P > kL → 4 Equilíbrio : ∑ F x =

Equilíbrio :

F

x

=

0

2

P

tan

θ

=

F

=

Para

θ pequenos

2 P

θ

=

k

θ

L

2

:

tan

θ

θ

P

=

kL

 

4

k

e

∆ =

L

θ

2

DCL nó A

Equilíbrio estável

Equilíbrio neutro

Equilíbrio instável

Diagrama de equilíbrio:

L θ 2 D C L – n ó A Equilíbrio estável Equilíbrio neutro Equilíbrio instável

13.2– Coluna ideal apoiada por pinos

13.2– Coluna ideal apoiada por pinos P ≥ P cr Da equação da linha elástica :

PP

cr

13.2– Coluna ideal apoiada por pinos P ≥ P cr Da equação da linha elástica :
13.2– Coluna ideal apoiada por pinos P ≥ P cr Da equação da linha elástica :

Da equação da linha elástica :

EI

d

2

v

dx

2

=

M

d

2

v

dx

2

+

P

 

EI

ou

 

v = 0

EI

d

2

v

dx

2

= −

Pv

  EI ou    v = 0 EI d 2 v dx 2

Equação diferencial de segunda ordem com coeficientes constantes.

Seção a uma distância x da extremidade superior

→ ∑ F = 0 x ∑ M = 0
∑ F
=
0
x
M
= 0

Do equilíbrio :

N

=

P

M

= −

Pv

A solução para este tipo de equação é do tipo:

v

=

C

1

sin

P

EI

x

  P   + C cos  x  2 EI  
P
+
C
cos
x
2
EI

Quais são as condições de contorno

x = 0 v = 0

0 = C

C

1

= 0

2

sin

(

0

)

+ C

2

x = L v = 0

cos 0 ( )  P C sin  0 1 EI  L 
cos 0
(
)
P
C
sin
0
1
EI
L   =

Da análise deste resultado:

C

1

sin

Carga P é dada por:

2 2 n π EI P = 2 L
2
2
n
π
EI
P =
2
L

=

 

menor carga P n=1. Logo:

π 2 EI = P cr 2 L
π
2 EI
=
P cr
2
L

Carga

de

Euler.

Já a equação da linha elástica fica:

π

x

L

v (

x

)

= C 1 sin

onde C 1 é a deflexão máxima transversal na coluna.

0

P

EI

v

=

0

ou

L =

0

SoluçãoTrivial

P

EI

L

=

π

n

para n

=

1,2,3

Repare que a equação da carga crítica é função do

momento de inércia da seção transversal. Suponha que a viga em análise tenha uma seção retangular. Sobre qual eixo vai acontecer a flambagem ???

transversal. Suponha que a viga em análise tenha uma seção retangular. Sobre qual eixo vai acontecer

Diagrama de equilíbrio:

Diagrama de equilíbrio: T e n s ã o c r í t i c a

Tensão crítica:

σ

cr

=

π

2

EI

2

L A

Tensão crítica de Euler:

Raio de giração:

r =

I A
I
A

σ cr

=

π

2 E

(

L

/ r

)

2

As curvas só tem validade até o limite elástico do materia:
As curvas só tem validade
até
o
limite elástico do
materia:

L / r é conhecido como índice de esbeltez.

O segundo modo de flambagem ocorre quando n=2.

Carga crítica : π 2 EI P n = 2 cr = 4 = 4
Carga crítica :
π
2 EI
P
n = 2
cr
=
4
=
4
P
2
cr
L
O segundo modo de flambagem ocorre quando n=2. Carga crítica : π 2 EI P n

13.3– Coluna com vários tipos de apoios

Colunas engastadas em uma extremidade e livres na outra.

Colunas engastadas em uma extremidade e livres na outra. Equilíbrio : M = P ( δ
Equilíbrio : M = P ( δ − v 2 2 d v d v
Equilíbrio : M
=
P
(
δ −
v
2
2
d
v
d
v
EI
=
M
EI
2
2
dx
dx
2
d
v
P
P
v =
δ
2 +
dx
EI
EI

)

=

P

(

δ

v

)

Equação diferencial de segundo grau não homogênea com coeficientes constantes. Esta equação possui solução do tipo:

v = v

h

+ v

p

Solução:

 P   P  v = C sin  x  + C
P
P
v
=
C
sin
x
+
C
cos
x
+
δ
1
2
EI
EI

Condições de contorno:

 

x

=

0

v

=

0

e

C

0 = sin

1

(

0

)

+

C

2

(

cos 0

)

+

δ

 

C

2

= −

δ

x =

0

dv

=

0

 

dx

 

C

1

P EI
P
EI

(

cos 0

)

C

2

 

P

EI

sin

(

0

)

C

1

=

0

A equação da linha elástica fica:

 
   

 

 

x





 

 

v

= −

δ

cos

 

P

EI

x

+

δ

=

δ

1

cos

 

P

EI

       

Análise do deslocamento na parte superior da coluna: x = L v = δ

superior da coluna: x = L → v = δ δ cos  P  EI

δ cos

 P  EI 
P
EI

L =

0

δ = 0 SoluçãoTrivial

ou

 P P n π cos  L EI    =  0
P
P
n
π
cos
L
EI
  =
0
L
=
EI
2

A menor carga crítica acontece para n=1, isto é:

P

cr

=

π

2 EI

2

4 L

Comprimento Equivalente

Comprimento Equivalente O comprimento equivalente: L e = KL Carga crítica de Euler: 2 2 π
Comprimento Equivalente O comprimento equivalente: L e = KL Carga crítica de Euler: 2 2 π
Comprimento Equivalente O comprimento equivalente: L e = KL Carga crítica de Euler: 2 2 π
Comprimento Equivalente O comprimento equivalente: L e = KL Carga crítica de Euler: 2 2 π

O comprimento equivalente:

L

e

= KL

Carga crítica de Euler:

2 2 π EI π EI P = = cr 2 2 L ( KL
2
2
π
EI
π
EI
P
=
=
cr
2
2
L
(
KL
)
e

Tensão crítica de Euler:

2 π E σ = cr 2 ( KL / r )
2
π
E
σ
=
cr
2
(
KL
/
r
)

Flambagem excêntrica – Fórmula da Secante

Flambagem excêntrica – Fórmula da Secante Modelo:

Modelo:

Flambagem excêntrica – Fórmula da Secante Modelo:

Análise do modelo

Análise do modelo Seção para análise
Análise do modelo Seção para análise

Seção para análise

Análise do modelo Seção para análise