Sei sulla pagina 1di 4

Cirurgia Ocular e Trauma ocular

• Anatomia Ocular

• Via lacrimal
• Macrorregião=Região de cones
• Medicamentos Oculares
- Anestésicos = Uso restrito
- Corticoides = Associados ou não
- Em oftalmologia também são medicamentos muito usados em quadros como uveítes, em
algumas conjuntivites e em pós operatórios. Em oftalmologia, os corticoides utilizados na
forma de colírios são a prednisolona e a dexametasona. Vale ressaltar que só algumas
pessoas vão apresentar esses efeitos colaterais e que esses efeitos dependem do tempo de
uso e da dosagem usada. Quanto mais tempo usar, mais chance de desenvolver esses efeitos
colaterais.

- Facilita infecções oculares


• Antibióticos
Cirurgia Ocular
• Pterigío =O pterígio é uma membrana fibro-vascular que cresce sobre a córnea. Esta
membrana é muito parecida com a conjuntiva, a qual é a membrana que recobre a esclera (a
parte branca do olho) e a parte interna das pálpebras. O pterígio geralmente invade a córnea
por seu lado nasal (lado voltado para o nariz), mas pode ocorrer também do lado temporal
(na direção da orelha) ou em outras localizações

• Traumas
• Estrabismo – Desvio vertical
• Catarata Congênita
• Catarata Senil
• Entrópio= é uma doença em que a pálpebra se vira sobre si mesma contra o globo ocular. O
ectrópio é uma doença em que a pálpebra se vira para fora e não entra em contacto com o
globo ocular. Normalmente, as pálpebras superior e inferior fecham-se integralmente,
protegendo o olho de qualquer agressão e evitando a evaporação das lágrimas. Se a
extremidade de uma das pálpebras se dobrar para dentro (entrópio), as pestanas roçam o
olho, o que pode redundar numa ulceração e cicatrização da córnea. Se a extremidade de
uma pálpebra se dobrar para fora (ectrópio), ambas as pálpebras são incapazes de se fechar
corretamente e as lágrimas não se espalham pelo globo ocular. Estes processos são mais
frequentes nas pessoas de idade e naquelas que sofreram uma lesão na pálpebra com
formação de uma cicatriz. Em ambas as situações os olhos podem ficar irritados,
provocando lacrimejo e vermelhidão. Se for necessário, ambos os processos podem ser
tratados pela cirurgia.

• Triclíase = Cílios para dentro


• Retalho em caso de necrose escleral

Trauma Ocular
• Crianças e adultos
• 90% pode ser evitado
• Exame sistemático
• Não necessita de aparelhos específicos
• Medidas terapêuticas
• História da moléstia
• Exame ocular : De dentro para fora
• Cirurgia = de dentro para fora
• Abrir as pálpebras = apoiar a borda= reborda orbitária

• Contusão Palpebral
• Hifema = Sangue na câmara interior

• Hemorragia Subconjuntival
• Início Agudo/ Gerando unilateral
• Manobras de valsalva
• Trauma
• Hipertensão arterial
• Distúrbios de coagulação
• Evolução benigna com resolução em 14 dias

• Abrasão Corneana
• Lesão epitelial
• Unha
• Papel
• Cigarro
• Tratamento: - Eversão das pálpebras
- Oclusão com pomada epitelizante 24 h
- Analgésicos
• Laceração de Globo Ocular
• História de extravasamento de líquido e estrutura
• Dor
• Olho vermelho
• Diminuição da AV
• Herniação de estruturas intraoculares
• Hifemia
• Comunicar Oftalmo com urgência

• Lacerações Palpebrais
• Simples – Margem/Espessura
• Profunda – Sutura
- Preservar as estruturas
- Septo Orbital : Não suturar
• Reconstrução Palpebral
• 3 pontos na margem
• Seda 6-0
• Monogulhado
• Linha cinzenta
• Linha laminar
• Lacerações com perda de tecido
• Trauma em canto medial = reconstrução do canal lacrimal primeiramente