Sei sulla pagina 1di 10

Instituto Bíblico

Princípios de Liderança Cristã

Apostila do Estudante

Rony Gabriel L. Fagundes Londres - 2010

Instituto Bíblico Princípios de Liderança Cristã

- O que é Liderança?

É o processo de conduzir um grupo de pessoas a um objetivo comum.

- O que é o Líder?

É aquele que recebe tal responsabilidade, assumindo o compromisso de levar o grupo àquele objetivo (o líder influencia).

Focos do Lider

Pessoas e Objetivos

- As pessoas são o alvo de liderança. Não se lidera coisas, e sim pessoas.

- Objetivos são a meta da equipe, em conjunto. O líder facilita para que os liderados alcances os objetivos.

Estilos de Liderança

- Autocrática

Decide tudo sozinho, foca nos resultados e não nas pessoas.

- Democrática

Não decide nada, deixa tudo para que os liderados decidam. Foca nas pessoas, não no objetivo.

- Volúvel

Vai de acordo com a onda, muda de objetivo de acordo com as “novidades”.

- Detalhista

Se perde em detalhes e perfeccionismos. Preocupa-se mais com os métodos do que com o objetivo.

- Responsável

Assume a responsabilidade da liderança, motivando o grupo a atingir o objetivo. Trabalha com foco nas pessoas, sem perder de vista o objetivo.

Técnicas de um Bom Líder

1 - Comunicar

Informar de maneira clara, direta e simples. Transmitir a visão da necessidade de conseguir o objetivo.

2 - Delegar

Acionar os recursos ou dons dos seus liderados na direção do objetivo comum, organizar tarefas e

funções, formar equipes.

3 - Inovar

Aceitar mudanças e novas idéias. A única coisa que o bom líder não cede, é quanto ao objetivo. No caso do líder cristão, ele não cede quanto à doutrina bíblica.

4 - Motivar

Incentivar novas lideranças, elogiar, estimular a participação dos liderados nos processos que levam ao objetivo final. Ser exemplo de conduta.

5 - Planejar

Ter uma visão de longo prazo, definindo prioridade. Treinar as lideranças, adotar métodos compatíveis com os objetivos.

Exemplo de Liderança Maior: JESUS

Objetivo de Jesus: Salvar os homens do pecado, do mal e da morte. Reconciliar o homem com Deus

1 - Ele Comunicou

Sua mensagem de amor e nova vida, na linguagem do povo daquela época (parábolas). Pregou em

aramaico, a lingua palestina naquela época.

2 - Ele Delegou

A missão de espalhar a mensagem de salvação por todo o mundo

3 - Ele Inovou

Rompendo com as arcaicas tradições religiosas da época. Ensinou ao ar livre, concedeu perdão à

prostitutas e cobradores de impostos, curou no sábado.

4 - Ele Motivou

Enviando seu Espírito Santo para que os seus discípulos saíssem dos seus esconderijos. Foi exemplo

de conduta em todas as áreas humanas.

5 - Ele Planejou

Dando ordem específicas, como por exemplo: “amai-vos uns aos outros”. Escolheu doze homens

para a liderança, treinando-os durante três anos.

As 10 Bem-Aventuranças de um Líder

1 - Bem-aventurado o líder que não busca posições elevadas, mas que foi convocado ao serviço pela sua habilidade e disposição de servir. Um bom líder tem coração de servo. Buscar posição depende de motivação correta, não por orgulho ou ostentação. Sempre lembrar que o primeiro ministério de um cristão é servir. Palavra chave:

humildade

2 - Bem-aventurado o líder que sabe para onde está indo e como chegar lá. É necessário saber bem seu objetivo, para saber onde se quer chegar com o grupo, e planejar para alcançar estes ideais.

3 - Bem-aventurado o líder que não fica desencorajado e que não apresenta alegações para isto Provérbios 24:10 diz: “Se te mostrares fraco no dia da angústia, é que a tua força é pequena.”

4 - Bem-aventurado o líder que sabe liderar sem ser ditador. Os verdadeiros líderes são humildes. Cristo disse em Lucas 22:26: “antes o maior entre vós seja como o menor; e quem governa como quem serve”.

5 - Bem-aventurado o líder que busca o melhor para seus liderados

6 - Bem-aventurado o líder que lidera conforme o bem da maioria e não segundo a gratificação

pessoas de suas próprias idéias Provérbios 2:27 diz: “Que um outro te louve, e não a tua própria boca;” Que o líder busque atender ao objetivo e ao seu grupo, não a si mesmo para sua exaltação

7 - Bem-aventurado o líder que desenvolve líderes ao liderar. O líder deve formar novos líderes que possam dar continuidade com o trabalho, mesmo em sua ausência. Uma boa formação de um novo líder fundamenta os objetivos e visões do grupo, e o novo líder de mesma forma continua o trabalho sem mudá-los drásticamente.

8 - Bem-aventurado o líder que marcha com seu grupo, ao longo do caminho, interpretanto corretamente os sinais que conduzem ao sucesso.

9 - Bem-aventurado o líder que tem sua cabeça nos céus, mas seus pés na terra Deve-se pensar grande, tendo fé Deus, pois Ele diz através de Isaías 55:9 o seguinte:

“Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos.” Mas de mesma forma, Cristo nos alerta ao planejamento em um fundamento sólido em Lucas 14:28-30:

“Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se assenta primeiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem com que a acabar? Para que não aconteça que, depois de haver posto os alicerces, e não a podendo acabar, todos os que a virem comecem a escarnecer dele, dizendo: Este homem começou a edificar e não pôde acabar.”

10 - Bem-aventurado o líder que considera a liderança como uma oportunidade de servir.

Barreiras e Erros na Liderança

Barreiras quanto à delegação de poder

Desejo de seguranças e “status”

Quanto um líder não dissemina seus conhecimentos e habilidades, ele deixa de se reproduzir.

O único verdadeiro líder é aquele que se reproduz.

Resistência à mudança

Falta de Auto-estima Como líder, descubra quem você é em Cristo Jesus. 2 Co 5:17 diz que “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.” Devemos saber que nova criatura nós somos.

Só líderes seguros são capazer de doar.

Nossa segurança deve ser Deus, não em nós mesmos. Sl 46:1 diz: “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.” Devemos depositar nossa segurança nEle para

que tenhamos segurança no restante dos assuntos relativos a nossa liderança e à nossa vida.

As melhores coisas acontecem somente quando você dá fama aos outros

É necessária a compreensão que o grupo alcança os objetivos juntos. Não é resultado apenas

do lider, não é resultado apenas dos liderados. O evangelho iniciou a ser espalhado pelo mundo não apenas por Cristo, e não foram os discipulos sozinhos que fizeram isso (eles tinha

o Espirito Santo com eles)

Características de um Líder Mediocre

1. O Líder está sempre Certo Ele necessita sempre ganhar as discussões, forçar as pessoas a concordarem com ele e faz tudo do seu jeito. O seu ego nunca permite que ele aceite estar errado, ou que cometeu algum deslize. Isto acaba destruindo qualquer possibilidade de criatividade ou inovação dentro da equipe.

A bíbliia fala em 1 Co 12:13 o seguinte; “Pois todos nós fomos batizados em um Espírito,

formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido

de um Espírito.” Ou seja, Deus não fala apenas com uma pessoa no grupo, mesmo ainda que todos tenham culturas, experiências e habilidades diferentes.

2. Perdem a calma com qualquer coisa A maioria dos líderes medíocres usará a sua raiva e temperamento explosivo para controlar ou intimidar os seus liderados Gálatas 5 levanta o assunto sobre como devemos nos comportar, através dos frutos da carne

e do espírito. E certamente agir com ira ou raiva junto aos seus liderados é atender às

vontades da carne. Isso afasta de Cristo, e impede a evolução do grupo, sem contar que destrói o vinculo do líder com os liderados.

3. Externa seus problemas jogando a culpa nos outros. Ao fazer isto, ao invés de ajudar a resolver o problema e evitar que ele ocorra novamente, este lider só consegue aumentar os ressentimentos e a desmotivação dentro da equipe.

É muito comum que se a equipe não tem alcançado seus objetivos corretamente, seja algum

problema na liderança do líder. Mateus 7:5 diz: “tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.”

4. Ele tem pouca tolerância e nenhuma paciência

Ele tende a desrespeitar ou diminuir a sua equipe, tornando bastante desagradável o ambiente de trabalho, matando o entusiasmo e a energia de todos.

O capítulo 3 de Tiago nos fala que controlar nossa lígua, e a maneira com que falamos,

demonstra quão profundo ou superfícial é nossa intimidade com Deus, e nossa determinação em sermos pessoas melhores, consequentemente líderes melhores.

5. Tem sérios problemas para se controlar

Eles estão permanentemente no controle. Sentem-se perdidos ou desconfortáveis quanto outra pessoa está no comando

É necessário entender que quem faz a obra é o Espírito Santo, ou seja, o controle exagerado

do líder não melhora os resultados (na verdade, tem muito mais chances de atrapalhar). Salmo 127:1 diz: “Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam;

se o SENHOR não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela.”

6. Tem medo de delegar Estão rodeados de pessoas parecidas com eles na forma de pensar, acreditar, comportar-se e até mesmo no modo de se vestir. Depois, tratam estas pessoas como se fossem escravos sem cérebro, que existem apenas para seguir as suas ordens e produzir os resultados adequados. Obviamente isso acaba matando a liberdade de expressão, a diversidade de idéias e qualquer possibilidade de mudança. Delegar é plano de Deus para o líder, assim como Jetro alerta Moisés em Exodo 18:17. Está fadado a falhar o líder que despreza a formação de novos líderes e a delegação de tarefas.

7. Não tem um propósito maior na vida A maioria dos líderes medíocres se preocupam mais com as estatísticas do que com as pessoas. Cobram sem parar, perturbam o ambiente de trabalho, ao invés de estimular as pessoas.

8. Não tem habilidade de reconhecer sinceramente os esforços dos seus liderados Eles não reconhecem os seus liderados pelos que eles são, mas somente por aquilo que produzem. Ao serem questionados sobre este assunto, já que existem benefícios comprovados em cuidar do lado humano da equipe, os líderes medíocres sentem-se altamente desconfortáveis, pois são incompetentes em lidar com suas próprias emoções e fraquezas, imagine então com as de seus liderados. Uma regra simples que ajuda a entender como funciona reconhecer os esforços dos liderados é seguir a segunda lei que Cristo nos deixou: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo.” - Mateus 22:39. Se você não tem mostrado felicidade em ver os esforços dos outros, será que não está valorizando demais seus próprios talentos e esforços?

9. Tem baixíssima capacidade emocional Muitos tem níveis altos de instrução e treinamento, com formação em diversas renomadas universidades e também muito conhecimento técnico, porém com carência de qualidades pessoais, de personalidade e de caráter, sendo estas qualidades fundamentais para um líder. Eclesiastes 12:12 fala que “não há limite para fazer livros, e o muito estudar é enfado da carne.” Assim, o estudo e a capacitação não podem tomar a maior parte do esforço do líder, mas sim o seu trato com os seus liderádos. Líderes não lideram coisas, mas pessoas. Técnicos

resolvem coisas, mas não lideram pessoas.

Estudo da 1ª Carta Timóteo

Capítulo 1

Fidelidade ao lider e aos seus liderados (ministério)

Advertencia contra falsas doutrinas; Zelo pela sã doutrina

Entendimento daquilo que estou fazendo ou falando

O lider é chamado por Deus

Cumprir o propósito que Deus determinou ao líder

Conservar a fé

Boa consciência

Capítulo 2

Vida de oração

Conduzir o povo em oração

Chamado, constituído e designado por Deus

Trajes descentes, com modéstia e bom senso

Boas obras, coração de servo

Autoridade

Vida santa, piedosa, e que agrada a Deus

Capítulo 3

Irrepreensível, não ter nada a se envergonhar

Esposo de uma só mulher

Temperante, vigilante

Hospitaleiro

Apto a ensinar

Sobrio

Modesto, honesto, simples

Não dado ao vinho

Não violento, espancador

Pacifico, cordato

Inimigo de contendas

Não avarento, ganancioso

Governe bem sua própria casa, criando os filhos sob disciplina

Não seja neófito, noviço na fé

Ter bom testemunho dos de fora

Respeitáveis

De uma só palavra

Não cobiçosos de sórdida ganância

Conservando o mistério da fé

Cosnciência limpa

Quanto às Mulheres

Respeitosas

Não mal-dizentes

Temperantes

Fiéis em tudo

Capítulo 4

Discernir o que é proveniente de Deus

Manter em vigilancia ao que ocorre no meio do povo

Ser grato a Deus por tudo

Se alimentar espiritualmente através da palavra de Deus e da oração

Se afastar de paganismos e crenças tolas

Firmar-se na sã doutrina

Expor toda doutrina, para não se firmar em doutrinas não-fundamentadas

Expor enganos e mentiras

Exercitar-se na piedade, tendo uma vida que agrada a Deus, lembrando dos dois mandamentos fundamentais deixados por Cristo

Trabalhe e se esforce bastante, tendo como alvo e esperança a vontade de Deus

Ordena e ensina

Autoridade, integridade, sobriedade

Confrontar os insubordinados e o erro

Ser padrão dos fiéis, modelo e exemplo, na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza, no espírito

Aplica-se à leitura, à exortação e ensino da palavra de Deus.

Não negligencie o dom e o chamado de Deus

Medita e seja diligente com tudo que se refere ao seu chamado e liderança, para que o seu progresso seja manifesto

Ten cuidado de si mesmo e com aquilo que ensina a outros

Capítulo 5

Exerça autoridade com amor, respeito e pureza com todos

Tem discernimento quanto às necessidades reais da igreja

Instrui os fiéis para que sejam irreprensíveis

Esteja atento ao testemunho de cada fiel

Não aceita acusações contra outro líder a nao ser que hajam mais testemunhas

Repreenda em público o que vive em pecado para que os outros tenham temor

Segue fielmente as instruções do seu líder sem usar de parcialidade ao julgar qualquer situação

Conserva-se puro

Busca direção de Deus antes de impôr as mãos sobre alguém

Capítulo 6

Ensinar e recomendar que todo cristão que é empregado honre seu patrão para que o nome de Deus e sua doutrina sejam respeitados

Também aqueles que tem patrão crente, que os respeitem ainda mais pois são irmãos em Cristo

Tenha o ensino de Jesus como padrão de fé

Saiba discernir os falsos mestres

Deve-se fugir de tudo que não condiz com a sã doutrina

Seguir a justiça, piedade, fé, amor, constância e a mansidão

Combata o bom combate da fé

Tome posse da vida eterna

Guarde seu chamado imaculado e irreprensível

Exorta os ricos a não serem orgulhosos, nem depositarem sua confiança nas fortunas que tem

Guardar o que lhe foi confiado

Evitar falatórios fúteis e profanos e contradições de saber

2ª Carta à Timóteo

Capítulo 1

Segundo o chamado de Deus,

Perseverante no propósito,

Consciência pura,

Sinceridade,

Comunicação do chamado,

Firme no propósito,no amor,ser equilibrado,

Não se envergonha do testemunho,

Participa das aflições,

Conserva o modelo original da sã palavra.

Capitulo 2

Forme discípulos,para que os mesmos formem outros líderes,

Sofre as aflições como um bom soldado de Cristo Jesus,

Não se embaraça com negócios desta vida,

Não prende a palavra de Deus,ainda que por isso sofra trabalhos e até prisões como um malfeitor,

Tudo sofre por amor de outras vidas,para que também elas alcancem a salvação em Cristo,

Deve ser aprovado,e não se envergonhar,manejar bem a palavra da verdade,

Evita os falatórios profanos,para que não produza maior impiedade,

Foge das coisas deste mundo,e segue a justiça,a fé,o amor e a paz,

Rejeita as questões loucas e sem instrução,

Evita a contenda,e seja o mesmo para com todos,apto para ensinar,sofrer.

Capítulo 3

Sermos atentos para os conceitos e costumes do mundo, para que não nos contaminemos com eles

Discernir atitudes que diferem de nossa fé mesmo com pessoas que dizerm ter crer em Cristo, e nos afastarmos destes.

Estar atento à pessoas que enganam e dominam pessoas mais fracas na fé, atrapalhando-as em seu crescimento espiritual

Ainda que por causa de Cristo sejamos perseguidos, podemos vencer através da fé, paciência, amor e perseverança.

Nos lembrar das lições aprendidas com nossos líderes, com a palavra de Deus, e com a fé em Cristo Jesus, para que não sejamos enganados e para que sejamos salvos.

A Bíblia é a fonte de discernimento e sabedoria, portanto busquemos nela direção para fazer o bem através de boas obras.

Capítulo 4

Pregue a palavra em todo tempo, e use-a para corrigir, repreender e exortar

Atentarmos para ensinamos não aquilo que as pessoas querem ouvir, mas sim a verdadeira mensagem de Cristo.

Busque excelência no trabalho para Deus

Insistamos e perseveremos para vencermos através da fé.

Embora tenhamos oposição, saibamos esperar em Deus pela sua justiça.

Que confiemos em Deus para nos dar força para nosso trabalho como líderes.