Sei sulla pagina 1di 2

PRESENT PERFECT

Conceito
O Present Perfect é um tempo verbal que não tem um equivalente em
português. Normalmente, indica ações que ocorreram no passado e perduram até
o presente, ações de um passado indeterminado e ações recentemente
concluídas. Observe os exemplos.

We have studied English since 1986 (Nós temos estudado Inglês desde 1986)

Analisando essa sentença temos:


We: Pronome pessoal ou sujeito da oração
Have: Verbo auxiliar utilizado na Gramática do Present Perfect
Estudied: Verbo TO STUDY no Past Participle (passado particípio)
since 1986: Complemento

Estrutura Sintática

O Present Perfect é um tempo composto por dois verbos: um auxiliar e


outro principal. O auxiliar é o verbo to have (no presente simples), ou seja:
have (para: I, you, we, they) ou has (para: he, she, it). O verbo principal
sempre deve estar no particípio.

A estrutura sintática das sentenças segue o modelo:


Sujeito + Verbo auxiliar have conjugado no presente + Verbo principal no
particípio + Complemento

Simple Past (Passado Simples – Pretérito Perfeito do Indicativo)

Os verbos no SIMPLE PAST são empregados para indicar uma ação


completamente terminada no passado ou uma ocorrência habitual de ações no
passado. O auxiliar utilizado para orações negativas e interrogativas é o DID.

Orações no simple past são normalmente acompanhadas por advérbios


ou locuções adverbiais que indicam tempo passado, como: yesterday, last +
advérbio de tempo (last night, last month, last year) e expressões compostas por
advérbio de tempo + ago (a year ago, a few hours ago, a month ago). Pode
aparecer também após alguns advérbios que funcionam como indicadores do
SIMPLE PRESENT (always, never, on weekends), mas para indicar uma
ocorrência habitual no passado.
Simple Past (Passado Simples – Pretérito Perfeito do Indicativo)

Os verbos no SIMPLE PAST são empregados para indicar uma ação


completamente terminada no passado ou uma ocorrência habitual de ações no
passado. O auxiliar utilizado para orações negativas e interrogativas é o did.

Orações no simple past são normalmente acompanhadas por advérbios ou


locuções adverbiais que indicam tempo passado, como: yesterday, last + advérbio
de tempo (last night, last month, last year) e expressões compostas por advérbio
de tempo + ago (a year ago, a few hours ago, a month ago). Pode aparecer
também após alguns advérbios que funcionam como indicadores do SIMPLE
PRESENT (always, never, on weekends), mas para indicar uma ocorrência
habitual no passado.

O simple past também é usado após as expressões as though e as if e o


verbo to wish. Nestes casos, se o verbo no passado for to be, todas as pessoas
deverão ser usadas na forma were (incluindo a 1.ª e a 3.ª pessoa do singular).

Sua estrutura é a seguinte:


· Para afirmação: SUJEITO + VERBO INFINITIVO (sem “to”) + ED

Exemplos: (to love)


I loved
He/She/It loved
You loved
We loved
You (plural) loved
They loved

· Para negação: SUJEITO + AUXILIAR + NOT + VERBO INFINITIVO (sem “to”)


Exemplo: (to love)

I did not love


He/She/It did not love UTILIZAMOS DID NOT OU DIDN’T
You did not love
We did not love
You (plural) did not love
They did not love

- Pode-se substituir did not por sua forma contraída: didn’t.

· Para interrogação: AUXILIAR + SUJEITO + VERBO INFINITIVO (sem “to”)


Exemplos: (to love)
Did I love?
Did you love?
Did he/she/it love?
Did we love?
Did you (plural) love?
Did they love?