Sei sulla pagina 1di 1
SIMULADÃO
SIMULADÃO
SIMULADÃO
SIMULADÃO
SIMULADÃO
SIMULADÃO

SIMULADÃO

3) Do 31 o em diante a cobrança é feita por interva- los de seis segundos, ou fração deles, ao valor de R$ 0,08 o intervalo. Juliana pretendia conversar exatos 47 segundos com sua amiga, mas, por ineficiência da compa- nhia, sua ligação foi interrompida por duas vezes. Na primeira ligação, ela falou por 37 segundos, na segunda falou mais seis segundos e somente na terceira completou a conversa. As interrupções causaram a Juliana um aumento, sobre os custos normais da tarifa, de aproximadamente

a) 12%.

 

b) 28%.

c) 45%.

d) 58%.

e) 86%.

 

49

(UFPE-2003) – O gráfico abaixo mostra a

posição, em razão do tempo, de três car- ros que se movem no mesmo sentido e na mesma estrada retilínea.

se movem no mesmo sentido e na mesma estrada retilínea. O intervalo de tempo que o

O intervalo de tempo que o carro Z leva entre alcançar o carro X e depois alcançar o carro Y é de

a) 10s.

 

b) 15s.

c) 20s.

d) 25s.

e) 30s.

 

50

Lembrança de Morrer

 

No more! Oh never more! Shelley

Quando em meu peito rebentar-se a fibra, Que o espírito enlaça à dor vivente, Não derramem por mim nem uma lágrima Em pálpebra demente.

E nem desfolhem na matéria impura

A flor do vale que adormece ao vento:

Não quero que uma nota de alegria

Se cale por meu triste passamento. Eu deixo a vida como deixa o tédio Do deserto, o poento caminheiro

Como as horas de um longo pesadelo

Que se desfaz ao dobre de um sineiro;

[

]

Nas três estrofes iniciais desse poema, Álvares de Azevedo aborda, como o próprio título indica, a morte. Assinale a alternativa em que as expressões transcritas se referem, respectivamente, à vida e ao corpo morto do poeta.

a) “Fibra” – “espírito”.

b) “Em meu peito” – “dor vivente”.

c) “Longo pesadelo” – “matéria impura”.

d) “Dor vivente” – “adormece ao vento”.

e) “Tédio” – “longo pesadelo”.

 

51

Foi realizada uma experiência sobre diges-

tão na qual cinco tubos contendo quanti- dades iguais de clara de ovo foram tratadas como indica a tabela abaixo, que também mostra os resultados obtidos.

a tabela abaixo, que também mostra os resultados obtidos. Com base nesses dados, pode-se afirmar que

Com base nesses dados, pode-se afirmar que

a)

a ação da pepsina e da pancreatina depende do pH

do meio;

 

b)

a pancreatina é mais eficiente que a pepsina à

mesma temperatura;

c)

pepsina e pancreatina agem na digestão das

gorduras;

 

d) pepsina e pancreatina só agem em solução aquosa;

e) a cada aumento de 10°C na temperatura, a

intensidade da atividade enzimática duplica.

 

52

Quanto aos habitantes das regiões con-

quistadas, em geral podiam manter pro- priedades, seus costumes ea própria adminis- tração, ficando os dirigentes reduzidos a exercer apenas funções civis. Em troca, pagavam impos- tos, na maior parte entregues aos árabes. Torna- se, então, evidente que a Guerra Santa, na reali- dade, não era impulsionada pela idéia de conver- são aos preceitos islâmicos, mesmo porque não havia a obrigatoriedade de adesão ao Islamismo:

embora as práticas religiosas não-islâmicas ficassem restritas às sinagogas ou templos, os vencidos podiam manter suas crenças, desde que pagassem um imposto.

É certo, porém, que o número de conver- sões ao Islamismo tendeu a crescer, inclusive porque muitos dos novos adeptos viam na con- versão à religião dos conquistadores um meio

para ascender aos postos dirigentes e para obter

a

isenção de impostos que os crentes desfru-

tavam. Por isso, os mawali (ou clientes), como

foram chamados os novos muçulmanos, não tive- ram um tratamento e uma posição equivalente à dos árabes muçulmanos.

 

(AQUINO, Denise e Oscar)

Com base na leitura do texto, podemos concluir que

a)

o processo de crescimento das conversões ao

islamismo estava associado apenas a elementos de natureza religiosa;

b)

a expansão islâmica visava a controlar a totalidade

dos elementos culturais, econômicos e sociopolíticos dos conquistados;

c)

a Jihad ou Guerra Santa, apesar de seus propalados

interesses religiosos, freqüentemente se subordinava a objetivos econômicos;

d)

a conversão ao islamismo era obrigatória para os

povos conquistados;

e)

os mawali eram tratados como os árabes

muçulmanos e tinham a mesma condição social que esses últimos.

 

53

(FMTM-MG-2003)

O

Eco

O

menino pergunta ao eco

onde é que ele se esconde.

Mas o eco só responde: “Onde? Onde?”

O

menino também lhe pede:

“Eco, vem passear comigo!” Mas não sabe se o eco é amigo

ou inimigo. Pois só lhe ouve dizer:

“Migo!”

 

(Cecília Meireles)

Admita que

a velocidade de propagação do som no ar seja 340 m/s;

o menino encontra-se a 17m de uma parede perfei- tamente refletora de ondas sonoras;

os diferentes sons do verso “Eco, vem passear comi-

go!” – o que o menino ouve de sua própria fala e o que ele ouve devido ao eco – estão distribuídos temporal- mente no eixo representado na figura.

temporal- mente no eixo representado na figura. Pode-se dizer que o tempo decorrido na emissão integral

Pode-se dizer que o tempo decorrido na emissão integral do verso “Eco, vem passear comigo!” é, em s,

a) 0,8.

 

b) 0,9.

c) 1,1.

d) 1,7.

e) 3,4.

 

54

O comprimento total do DNA de uma

célula é de cerca de 1 metro e o diâmetro da dupla hélice é de cerca de 2 nanômetros. Se

o

DNA fosse aumentado de tal forma que o seu

diâmetro se igualasse ao de um fio elétrico, que

de 5 milímetros, que tamanho ele teria de uma extremidade a outra?

é

a) 2,5 metros.

b) 25 metros.

c) 250 metros.

d) 2.500 quilômetros.

e) 25.000 quilômetros.

 

55

Padrão de qualidade do ar primário (PQAR Primário) corresponde à concentração-limi-

 

te de determinado poluente que, se atingida, causa problemas à população. A Cetesb de São Paulo atribui a cada concentração um índice numérico de qualidade do ar. O ozônio danifica objetos de borracha, corantes, causa envelhecimento precoce, afeta as plantas.

O

gráfico apresentado a seguir relaciona a concen-

tração de ozônio aos valores dos índices de quali- dade do ar adotados pela Cetesb-SP.

84 ENEM 2007 | GUIA DO ESTUDANTE

GUIA DO ESTUDANTE | ENEM 2007

85

EENEM_SIMULADAO_01.inddNEM_SIMULADAO_01.indd

84-8584-85

44/19/07/19/07

66:36:33:36:33 PMPM

Interessi correlati