Sei sulla pagina 1di 8

LEI N.

º 459/88, DE 06 DE ABRIL DE 1988

Altera a estrutura básica da Prefeitura Municipal


de Poxoréo, cria cargos e dá outras providências.

O Prefeito do Município de Poxoréo faz saber que a Câmara aprovou e ele sanciona a seguinte
Lei:

Art. 1.º A estrutura básica da Prefeitura Municipal de Poxoréo passa a ser seguinte:

I – Gabinete do Prefeito;

II – Secretaria Municipal de Administração;

III – Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto;

IV – Secretaria Municipal de Saúde e Promoção Social;

V – Secretaria Municipal de Finanças;

VI – Secretaria Municipal de Viação, Obras Públicas e Serviços Urbanos;

VII – Assessoria de Planejamento;

VIII – Assessoria de Imprensa e Reclamações Públicas;

IX – Procuradoria Jurídica;

Art. 2.º Ficam criados os seguintes cargos públicos:

I – No gabinete do Prefeito:

01 Chefe de Gabinete;

01 Agente Administração;

01 Motorista;

II – Na Secretaria Municipal de Administração;

01 Secretário Municipal de Administração;

01 Chefe de Setor de Pessoal;

01 Chefe de Setor de Serviços Auxiliares;

01 Chefe de Setor de Material e Patrimônio;


05 Assistentes Administrativos;

04 Agentes de Portaria;

01 Motorista;

08 Auxiliares de Agentes Administrativos;

III – Na Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto:

01 Chefe de Setor de Assuntos Pedagógicos e Administrativos;

01 Chefe de Setor Assuntos Culturais;

01 Chefe de Setor de Assuntos Escolar;

01 Chefe de Setor de alimentação Escolar;

01 Secretário das Escolas Municipais;

01 Maestro;

03 Supervisores de Educação;

45 Professores;

05 Assistentes Administrativos;

08 Auxiliares de Agentes Administrativos;

IV – Na Secretaria Municipal de Saúde e Promoção Social:

01 Secretaria Municipal de Saúde e Promoção Social;

03 Agentes Administrativos;

09 Auxiliares de Agentes Administrativos;

11 Agentes de Portaria;

02 Motoristas;

02 Médicos;

02 Odontólogos;
01 Bioquímico;

01 Assistente Social;

V – Na Secretaria Municipal de Finanças:

01 Secretário Municipal de Finanças;

01 Diretor de Departamento Contábil Municipal;

01 Chefe de Setor de Processamento e Fiscalização;

03 Assistentes Administrativos;

11 Agentes Administrativos;

01 Motorista.

VI – Na Secretaria Municipal de Viação, Obras Públicas e Serviços Urbanos:

01 Secretário Municipal de Viação Públicas e Serviços Urbanos;

01 Chefe de Setor de Urbanismo;

01 Chefe de Setor de Transportes;

01 Chefe de Setor de Oficina Mecânica;

14 Agentes Administrativos;

70 Auxiliares Operacionais de Serviços Diversos;

14 Motorista;

12 Operadores de Máquinas;

03 Mecânicas;

14 Vigilantes;

02 Apontadores;

01 Borracheiro;

02 Pedreiros;

01 Engenheiro Civil;
01 Chefe de Setor de Vigilância Pública;

VII – Na Assessoria de Planejamento:

01 Assessor de Planejamento;

02 Topógrafos;

03 Desenhistas;

03 Agentes Administrativos;

04 Auxiliares Operacionais de Diversos.

VIII – Na Assessoria de Imprensa e Relações Públicas:

03 Agentes Administrativos;

01 Motorista.

IX – Na Procuradoria Jurídica:

01 Procurador Jurídico;

01 Agente Administrativo.

Art. 3.º Os cargos criados pelo artigo anterior classificam-se como de Provimento em Comissão
(CPC), Provimento Efetivo (CPE), Cargos de Direção Setorial (CDS) e Cargos Provimento
Contratual (CPC), enquadrando-se basicamente nos seguintes grupos:

Grupo I – Cargos de Provimento em Comissão (Direção e Assessoramento Superior):


- Secretário Municipal de Administração, Símbolo CPC/DAS-2
- Secretário Municipal de Educação, Cultura e Desportos, Símbolo CPC/DAS – 2
- Secretário Municipal de Saúde e Promoção Social, Símbolo CPC/DAS – 2
- Secretário Municipal de Finanças, Símbolo CPC/DAS – 2
- Secretário Municipal de Viação, Obras e Serviços Urbanos, Símbolo CPC/DAS – 2
- Chefe de Gabinete, Símbolo CPC/DAS – 2
- Diretor do Departamento Contábil Municipal, Símbolo CPC/DAS – 3
- Assessor de Planejamento, Símbolo CPC/DAS -4
- Assessor de Imprensa e Relação Públicas, Símbolo CPC/DAS – 4
- Procurador Jurídico Municipal, Símbolo CPC/DAS – 4

Grupo II – Cargos de Provimento Efetivo (Serviços Administrativos e Educacionais)


- Assistente Administrativo, Símbolo CPE/SAD – 1
- Agente Administrativo, Símbolo CPE/SAD – 2
- Auxiliar de agente Administrativo, Símbolo CPE/SAD – 3
- Supervisor de Educação, Símbolo CPA/SED – 1
- Professor, Símbolo SED – 2

Grupo III – Cargos de Provimentos Contratual (Serviços Técnicos Especializados):


- Médicos, Símbolo, CPC/STP – 1
- Odontólogos, Símbolo CPC/STP – 2
- Bioquímico, Símbolo CPC/STP – 2
- Assistente Social, Símbolo CPC/STP – 2
- Engenheiro Civil, Símbolo CPC/STP – 1
- Topógrafo, Símbolo CPC/STP – 3
- Desenhista, Símbolo CPC/STP – 4

Grupo IV – Cargos de Provimento Contratual (Outros serviços profissionais):


- Operador de Máquinas I, Símbolo CPC/OSP – 1
- Operador de Máquinas II, Símbolo CPC/OSP – 2
- Motorista, Símbolo CPC/OSP – 2
- Pedreiro, Símbolo CPC/OSP – 2
- Borracheiro, Símbolo CPC/OSP – 3
- Mecânica, Símbolo CPC/OSP – 2
- Apontador, Símbolo CPC/OSP – 3
- Vigilante, Símbolo CPC/OSP – 3
- Agente de portaria, Símbolo CPC/OSP – 4
- Auxiliar Operacional de Serviços Diversos, Símbolos CPC/OSP – 4

Grupo V – Cargos de Direção Setorial (Funções Gratificadas):


- Chefe do Setor de Transportes, Símbolo CDS – 1
- Chefe do Setor de Pessoal, Símbolo CDS – 1
- Chefe do Setor de Oficina Mecânica, Símbolo CDS – 1
- Chefe do Setor de Vigilância Pública, Símbolo CDS – 1
- Chefe do Setor de Serviços Auxiliares, Símbolo CDS – 1
- Chefe do Setor de Tributação e Fiscalização, Símbolo CDS – 1
- Chefe do Setor de Urbanismo, Símbolo CDS – 1
- Chefe do Setor de Processamento de Dados, Símbolo CDS – 1
- Chefe do Setor de Alimentação Escolar, Símbolo CDS – 1
- Chefe do Setor de Material e Patrimônio, Símbolo CDS – 1
- Chefe do Setor de Assuntos Pedagógicos e Administrativos, Símbolo CDS – 1
- Chefe do Setor de Assuntos Culturais, Símbolo CDS – 1
- Chefe do Setor de Assuntos Esportivos, Símbolo CDS – 1

Parágrafo 1.º Os cargos de provimento em Comissão (CPC), integrantes do Grupo I, Direção e


Assessoramento Superior (CPC/DAS), serão ocupados por profissionais de livre escolha do
Prefeito Municipal.

Parágrafo 2.º Os Cargos de Direção Setorial (CDS), integrantes do Grupo V, serão exercidos
cumulativamente por funcionários públicos municipais designados pelas chefias a que
subordinados.
Art. 4.º As nomeações para os cargos integrantes dos Grupos I e V, respectivamente, Cargos de
Direção e Assessoramento Superior, e Cargos de Direção Setorial, serão feitas pelo Prefeito
Municipal, através de Portaria logo após a vigência da presente Lei.

Art. 5.º Os cargos integrantes do Grupo II, Cargos de Provimento Efetivo (CPE), serão providos
mediante concurso público, nos termos da Lei n.º 199, de 18/09/70 (Estatuto dos Servidores do
Município de Poxoréo) e Estatuto do Magistério Público de Poxoréo.

Art. 6.º A lotação dos servidores nos diversos órgãos será feita por Decreto do Poder Executivo
Municipal, ficando o mesmo desde já autorizado a remanejar pessoal de um para outro órgão,
sempre que a necessidade primar.

Art. 7.º Os cargos integrantes dos Grupos III e IV serão providos nos termos da CLT
(Consolidação das Leis do Trabalho).

Art. 8.º Além dos Cargos previstos no artigo anterior, fica o Executivo Municipal autorizado a
contratar pessoal eventual ou variável nos seguintes casos:

I – Para o exercício de função técnica e especializada;

II – Para o exercício de funções de zeladoria, de vigilância, de caráter braçal, de execução e


conservação de obras públicas, bem como para desempenho dos trabalhos de oficina.

Parágrafo único. Em hipótese alguma se admitirá pessoal na forma deste artigo para o exercício
de funções burocráticas.

Art. 9.º Havendo vacância no cargo, fica o Executivo Municipal autorizado a nomear servidor
interinamente para ocupa-lo até que se realize concurso público para provimento da vaga.

Art. 10. Os ocupantes de cargos integrantes do Grupo V, Grupo de Direção Setorial (GDS),
farão jus a percepção de gratificação de 15% (Quinze por Cento) a 30% (Trinta por Cento),
variavelmente de acordo com a função, sobre a remuneração básica percebida mensalmente.

Parágrafo 1.º Os atuais servidores municipais amparados pela presente Lei, que prestarem o
concurso e forem aprovados, deverão ter seu tempo de serviço, prestado à Prefeitura Municipal
de Poxoréo, computados para efeito de promoção e outras vantagens estatutárias.

Parágrafo 2.º Será garantido para promoções referenciais aos servidores municipais estatutários
e celetistas, metade do tempo de serviço prestado à Prefeitura Municipal de Poxoréo.

Parágrafo 3.º Os motoristas que servem ao Gabinete do Prefeito e Gabinete dos Secretários
perceberão a gratificação de 20% (Vinte por cento) da remuneração básica percebida
mensalmente.

Art. 11. Os valores referenciais iniciais dos servidores municipais são os constantes da tabela
seguinte:
TABELA INICIAL DE VENCIMENTOS
Cargos/Símbolo Referências
CPC/DAS – 2 26
CPC/DAS – 3 24
CPC/DAS – 4 22
CPE/SAD – 1 15
CPE/SAD 2 09
CPE/SAD – 3 07
CPE/SED – 1 15
CPE/SED – 2 04
CPC/STP – 1 20
CPC/STP – 2 17
CPC/STP – 3 16
CPC/STP – 4 10
CPC/OSP – 1 11
CPC/OSP – 2 07
CPC/OSP – 3 03
CPC/OSP – 4 01

Art. 12. As promoções referenciais ocorrerão de doze em doze meses, a partir da vigência desta
Lei, e serão aplicadas através de Decreto do Poder Executivo Municipal.

Parágrafo único. A não regulamentação implica na promoção automática.

Art. 13. As promoções por merecimento ocorrerão nos termos do Estatuto dos Servidores
Públicos do Município de Poxoréo.

Art. 14. Para as promoções referenciais e outros efeitos tornar-se-á por base a seguinte tabela:

TABELA DE VALORES REFERENCIAIS


Ref. Valor em Cz$ Ref. Valor em Cz$
01 6.240,00 14 21.542,00
02 6.864,00 15 23.696,00
03 7.550,00 16 26.065,00
04 8.305,00 17 28.672,00
05 9.135,00 18 31.539,00
06 10.049,00 19 34.693,00
07 11.054,00 20 38.163,00
08 12.159,00 21 41.979,00
09 13.375,00 22 46.177,00
10 14.713,00 23 50.795,00
11 16.184,00 24 55.874,00
12 17.803,00 25 61.462,00
13 19.583,00 26 67.608,00

Parágrafo 1.º O acréscimo de outras referenciais far-se-á havendo necessidade, via Decreto do
Poder Executivo, usando os critérios estabelecidos no parágrafo único do artigo 15.
Parágrafo 2.º Para correção da Tabela de Valores Referenciais do presente artigo, tornar-se-á
por base o Piso Nacional de Salários, equivalentes a referencia 01; sobre ele aplicando-se 10%
(dez por cento), em escala sucessiva.

Art. 15. A Tabela de Valores Referenciais será corrigida via Decreto do Poder Executivo
Municipal, de acordo com o índice de reajuste do Piso Nacional de Salários.

Art. 16. A regulamentação da presente Lei, no que se fizer necessário, será feita por Decreto do
Poder Executivo no prazo de noventa (90) dias, a contar da vigência desta Lei.

Art. 17. A vigência da presente Lei retroage a 1.º de março de 1988.

Gabinete do Prefeito Municipal de Poxoréo-MT, 06 de abril de 1988.

Dr. Lindberg Ribeiro Nunes Rocha


Prefeito Municipal