Sei sulla pagina 1di 2

Tecnologias e Linguagens para Banco de Dados II Prof: Gilberto Braga de Oliveira

Projeto de Banco de Dados: Clinica Médica


Competências: Analisar e aplicar o resultado da modelagem
de dados; Habilidades: Implementar as estruturas modeladas usando
banco de dados; Bases Tecnológicas: Administração de banco de
dados; Ambientes/ferramentas de gerenciamento de bancos de dados.
(SQL Server 2005).
1) Criar em SQL Server 2005 o Projeto, o Script DDL e o Script DML para o
Modelo de Negócios a seguir:

Modelo de Negócio: Clinica Médica


O médico que atende na clínica é previamente cadastrado pelo número do CRM, (composto por 5
dígitos numéricos obrigatórios, deve ser um dado único e obrigatório para cada registro de
médico na clínica), pelo nome (campo indexado obrigatório para todos os registros), pelo
endereço (completo), por um número de celular (sem DDD) e pelo CPF (campo obrigatório e não
repetido composto por 11 dígitos numéricos obrigatórios). Cada médico “pode” consultar um ou
mais pacientes.

Cada consulta registrará a data (10/01/08), a hora (08:00), o valor da consulta, o diagnóstico
completo e se foi pedido exame ou não.

Os pacientes consultados na clinica são identificados pelo nome (campo “índice” obrigatório para
todos os registros), endereço, telefone (com DDD) e CPF, (campo índice não repetido composto
por 11 dígitos numéricos obrigatórios – ATENÇÃO pode existir pacientes sem CPF). Um
paciente “deve” ser consultado por um ou mais médicos.

As especialidades registram apenas a especialidade (Clinica Geral, Pediatria, Ortopedia, etc. Dado
obrigatório para cada registro de especialidade e que não pode ser repetido), atendida na
clinica. Um médico “deve” ter uma e somente uma especialidade. Enquanto uma especialidade
“pode” ser relacionada a um ou mais médicos.

Um paciente “pode” ser um e somente um paciente privado, isto é, possui convênio médico com
algum plano de saúde. Os pacientes privados são registrados pelo nome do plano (Golden Cross,
Unimed, etc. campo indexado e que permite repetição), pelo Número do Contrato (dado indexado
alfanumérico obrigatório que pode ser repetido, de 8 dígitos obrigatórios), e se o paciente é
Titular do plano de saúde (sim ou não). Um paciente privado “deve” ser um e somente um
paciente na clínica.

OBS: Campos com mais de sete caracteres não serão usados como chave primária. Campos
“criados” como identificadores únicos (chave primária) serão controlados automaticamente pelo
sistema, campos nativos NÃO serão preenchidos automaticamente.

Os dados da especialidade e do medico são de responsabilidade da diretoria do hospital,


enquanto os dados do paciente e da consulta são da competência do atendimento.

Rodovia Pref. Luiz Salomão Chamma, S/N Km 41 – Pouso Alegre – CEP 07895-340 1
Franco da Rocha – SP – Brasil - Telefones (11) 4443-6110/4449-3115
E-mail: etefrancodarocha@hotmail.com Site: http://www.etecfran.com.br/
Tecnologias e Linguagens para Banco de Dados II Prof: Gilberto Braga de Oliveira

PACIENTE_PRIVADO
1

1
N N N 1
PACIENTE Consulta MEDICO tem ESPECIALIDADE

Figura 1 – MER: Clinica Médica

ENTIDADE ATRIBUTOS RELACIONAMENTO


*#CRM
CodEspecialidade com Paciente 1:N
Nome Parcial
Medico
Endereco com Especialidade 1:1
Celular Total
#CPF
*CodEspecialidade com Medico 1:N
Especialidade
#Especialidade Parcial
com Medico 1:N
*CodPaciente
Total
Nome
com PacientePublico 1:1
Paciente Endereco
Parcial
Telefone
com PacientePrivado 1:1
#CPF
Parcial
*CodPaciente
#Plano com Paciente 1:1
PacientePrivado
NumeroContrato Total
Titular

RELACIONAMENTO ATRIBUTOS
*CodConsulta
CRM
CodPaciente
Data
Consulta
Hora
Valor
Diagnostico
Exame
Tabela 1 - Modelo Conceitual: Clinica Médica

Rodovia Pref. Luiz Salomão Chamma, S/N Km 41 – Pouso Alegre – CEP 07895-340 2
Franco da Rocha – SP – Brasil - Telefones (11) 4443-6110/4449-3115
E-mail: etefrancodarocha@hotmail.com Site: http://www.etecfran.com.br/