Sei sulla pagina 1di 6

Descobrir

A TERRA
Cristina Antunes | Manuela Bispo | Paula Guindeira
a
FICHA DE AVALIAÇÃO FORMATIVA | 9.º ANO
Escola
Turma N.º Data    S
   E
   R
   O
   T
   I
   D
   E
   L
   A
   E
   R
   A
   ©

Grupo I

Documento I

É um serviço de atendimento telefónico


telefónico de Triagem, Acon-
selhamento e Encaminhamento, Assistência em Saúde Pública
e Informação Geral de Saúde, para todos os utentes do SNS.

Agora, o centro de atendimento do Serviço Nacional de


Saúde também apoia pessoas com excesso de peso. Para mais
informações: www
www.saude24.pt
.saude24.pt

Documento II

Id ad e s Vacinas e respetivas doenças


BCG (Tuberculose)
0 (nascimento)
VHB – 1.ª dose (Hepatite B)

VHB – 2.ª dose (Hepatite B)


Hib – 1.ª dose (Doenças causadas por Haemophilus influenzae  tipo
 tipo b)
2 meses
DTPa – 1.ª dose (Difteria, Tétano, Tosse Convulsa)
VIP – 1.ª dose (Poliomielite)
Hib – 2.ª dose (Doenças causadas por Haemophilus influenzae  tipo
 tipo b)
4 meses DTPa – 2.ª dose (Difteria, Tétano, Tosse Convulsa)
VIP – 2.ª dose (Poliomielite)

VHB – 3.ª dose (Hepatite B)


Hib – 3.ª dose (Doenças causadas por Haemophilus influenzae  tipo
 tipo b)
6 meses
DTPa – 3.ª dose (Difteria, Tétano, Tosse Convulsa)
VIP – 3.ª dose (Poliomielite)

MenC – 1.ª dose (Meningites e septicemias causadas pela bactéria


12 meses meningococo)
VASPR – 1.ª dose (Sarampo, Parotidite, Rubéola)

Hib – 4.ª dose (Doenças causadas por Haemophilus influenzae  tipo


 tipo b)
18 meses
DTPa – 4.ª dose (Difteria, Tétano, Tosse Convulsa)

DTPa – 5.ª dose (Difteria, Tétano, Tosse Convulsa)


5-6 anos VIP – 4.ª dose (Poliomielite)
VASPR – 2.ª dose (Sarampo, Parotidite, Rubéola)

10 -13 anos Td - Tétano e Dif teria

HPV* – 1.ª, 2.ª


2.ª e 3.ª doses (Infeções por Vírus do Papiloma Humano) – só
13 anos
para raparigas
Toda a vida
vida 10/1
10/10
0 anos
anos Td – Té
Tétano
tano e Difteri
Difteria
a

* A vacina pode ser administrada a raparigas ainda com 12 anos de idade, desde que façam os 13 anos nesse
ano civil.

As vacinas que fazem parte do PNV são gratuitas.

1
Descobrir
A TERRA
Cristina Antunes | Manuela Bispo | Paula Guindeira
a
   S
   E
   R
   O
   T
   I

1. Assinala a opção que permite completar corretamente as expressões dos itens de 1.1. a 1.10.    D
   E
   L
   A
   E
   R
   A
   ©

COTAÇÃO

6 1.1. Saúde é
(A) apenas a ausência de doença.
(B) o estado de bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença.

(C) apenas o estado de bem-estar físico e não a ausência de doença.

(D) apenas a ausência de enfermidades.

6 1.2. A sigla SNS significa


(A) Segurança Nacional de Seguros.
(B) Serviço Nacional de Salvamento.

(C) Serviço Nacional de Saúde.

(D) Serviço Nacional de Segurança.

6 1.3. Saúde 24 é
(A) um serviço de atendimento telefónico para todos os cidadãos portugueses.
(B) um serviço privado de saúde para todos os cidadãos portugueses.

(C) um serviço de saúde apenas para idosos.

(D) um serviço de saúde apenas para crianças.

6 1.4. O Serviço Nacional de Saúde existe


(A) em todos os países do mundo.

(B) na maioria dos países da UE.


(C) em todos os países do continente americano.

(D) em todos os países africanos.

6 1.5. O Plano Nacional de Vacinação


(A) dirige-se apenas a raparigas com 12 ou 13 anos de idade.

(B) é de iniciativa privada.

(C) dirige-se a parte dos cidadãos portugueses.

(D) faz parte dos planos do SNS.

6 1.6. A vacinação
(A) constitui o principal tratamento para doenças.
(B) constitui a principal medida de prevenção para doenças infeciosas.

(C) é uma medida curativa do SNS.

(D) constitui o principal tratamento para a tuberculose.

2
Descobrir
A TERRA
Cristina Antunes | Manuela Bispo | Paula Guindeira
a
   S
   E
COTAÇÃO    R
   O
   T
   I

6 1.7. As vacinas e a higiene    D


   E
   L
   A
   E
   R

(A) são as principais medidas preventivas contra as doenças infeciosas.    A


   ©

(B) são as principais medidas de combate contra todas as doenças.

(C) são as principais medidas curativas contra as doenças infeciosas.

(D) são as principais medidas curativas contra todas as doenças.

6 1.8. A vacina contra doenças causadas por  Haemophilus influenzae .


(A) não é importante na prevenção desta doença.
(B) não faz parte do PNV.

(C) faz parte do PNV.

(D) é administrada aos zero meses de idade.

6 1.9. A vacina contra o tétano é administrada


  (A) durante toda a vida.
(B) dos zero aos 13 anos.

(C) apenas uma vez durante a vida.

(D) duas vezes durante a vida.

6 1.10. As vacinas que constam do PNV


(A) nunca são retiradas deste plano.
(B) são sempre as mesmas independentemente dos conhecimentos da época.

(C) mantêm-se inalteradas no tempo e atendem às necessidades do momento.

(D) são adicionadas ou retiradas ao Plano conforme os conhecimentos e a necessidade


da época.

Grupo II

Documento I

O ser humano é, talvez, o maior enigma do Planeta onde vive e evolui há cerca de 2 milhões de anos.
No entanto, apesar de dotado de consciência, é constituído como qualquer outro animal por células,
tecidos e órgãos que, em conjunto, permitem o funcionamento desta enigmática máquina.
No organismo humano, para além do cérebro, o mais desconhecido dos órgãos, existem muitos outros
sem os quais a sobrevivência só é conseguida artificialmente.
 O funcionamento do sistema digestivo é, há muitas décadas, conhecido pelos especialistas e a pesquisa
dos fenómenos que envolvem a digestão e absorção é efetuada desde finais do século XIX. Assim, sabe-se,
por exemplo, que é no intestino delgado que têm lugar os principais fenómenos de digestão química e que
neste órgão existem mais bactérias do que estrelas na Via Láctea. Sabe-se ainda que algumas destas bac-
térias sintetizam vitaminas.

3
Descobrir
A TERRA
Cristina Antunes | Manuela Bispo | Paula Guindeira
a
   S
   E
   R
   O
   T
   I
   D
Documento II    E
   L
   A
   E
   R
   A
   ©

Observa a figura.

1 10

3 9
4 8

5 7

Figura 1

1. Assinala a opção que permite completar corretamente as expressões dos itens de 1.1 a 1.5.
COTAÇÃO

6 1.1. O ser humano pertence


(A) à ordem dos cetáceos.
(B) à classe dos mamíferos.

(C) à ordem dos mamíferos.

(D) à ordem dos primatas.

6 1.2. A figura 1 representa


(A) o ser humano.

(B) um conjunto de órgãos organizado com uma determinada função.

  (C) todo o organismo humano.

(D) um conjunto de células e tecidos com uma determinada função.

6 1.3. Atualmente, os médicos consideram que um ser humano está morto, quando
(A) o seu coração parou.

(B) os seus rinsdeixaram de funcionar.


  (C) deixou de respirar.

  (D) o seu cérebro deixou de funcionar.

4
Descobrir
A TERRA
Cristina Antunes | Manuela Bispo | Paula Guindeira
a
   S
   E
COTAÇÃO    R
   O
   T
   I

6 1.4. O percurso efetuado pelos alimentos/nutrientes no organismo é    D


   E
   L
   A
   E
   R

(A) 1, 10, 2, 3, 4, 9, 8, 5, 7, 6.    A


   ©

(B) 1, 10, 2, 9, 7, 5, 6.

  (C) 1, 2, 9, 5, 7, 10, 6.

(D) 1, 2, 9, 7, 5, 6.

6 1.5. Os órgãos assinalados pelos números 3, 4, 9 e 5 são respetivamente


(A) boca, reto, fígado e glândulas salivares.
(B) vesícula biliar, fígado, estômago e intestino grosso.

(C) fígado, vesícula biliar, estômago e intestino grosso.

(D) fígado, vesícula biliar, intestino grosso e estômago.

5 2. Estabelece a correspondência entre cada uma das funções que se seguem e o número do órgão que
lhe corresponde.
A – Ocorre grande parte da absorção.

B – Local onde ocorre a maior variedade das reações químicas.

C – Produz saliva.

D – Produz um líquido para emulsionar as gorduras.

E – Órgão onde se inicia a digestão.

F – Local de formação do quilo.

7 3. Com base no documento I, comenta a seguinte afirmação:

“ No intestino delgado existem mais bactérias patogénicas do que estrelas na Via Láctea ”.

5
Descobrir
A TERRA a
SOLUÇÕES
   S
   E
   R
   O
   T
   I
   D
Grupo I    E
   L
   A
   E
   R
   A
   ©

1.1. Opção (B).


1.2. Opção (C).
1.3. Opção (A).
1.4. Opção (B).
1.5. Opção (D).
1.6. Opção (B).
1.7. Opção (A).
1.8. Opção (C).
1.9. Opção (A).
1.10. Opção (D).

Grupo II

1.1. Opção (B).


1.2. Opção (B).
1.3. Opção (D).
1.4. Opção (D).
1.5. Opção (C).

2. A – 7; B – 7; C – 10; D – 3; E – 1; F – 7.

3. Na resposta a esta questão, os alunos devem referir que a afirmação é falsa, já que, segundo o texto, as bacté-
rias existentes no intestino, embora sendo muito numerosas, não são patogénicas. Para além de não serem
causadoras de doenças, ainda contribuem para o bom funcionamento do organismo humano sintetizando
vitaminas.