Sei sulla pagina 1di 10

NE40-M2K-B

Configuração inicial e funções das licenças

Recife, 2 de outubro de 2019.


Direitos intelectuais

Documento confeccionado por colaboradores da empresa


Connectoway Soluções Inteligentes, sua veiculação é permitida
apenas mediante expressa autorização.
Índice
1.1 Configurando por console ………………………………… 4
1.2 Ativação nas portas 10GE ………………………………… 8
1.3 Ativação nas portas 40GE ………………………………… 9
Como fazer a configuração inicial

1.1 Configurando por console

Efetuando login em um dispositivo pela primeira vez:

Se um dispositivo estiver ligado pela primeira vez, você


deverá efetuar login no dispositivo através da interface do console.
Usar a interface do console para efetuar login em um dispositivo é
o pré-requisito de outros métodos de login. Por exemplo, um
endereço IP deve ser usado em um login do Telnet. Antes de
configurar o endereço IP, você deve efetuar login em um
dispositivo através da interface do console.

1. Verifique se todos os dispositivos estão ligados e realizam


com êxito a auto-verificação.

2. Conecte uma interface COM em um PC à interface do


console de um dispositivo através de um cabo configurado.

3. Habilite um programa de emulação de terminal (SecureCRT


da VanDyke Software, por exemplo) no PC. Estabeleça uma
conexão e selecione o protocolo serial, assim como mostra a
Figura 1.
Figura 1: Nova conexão.

4. Defina os parâmetros da porta de comunicação, conforme


mostrado na Figura 2.
Figura 2: Parâmetros da porta de comunicação.

5. Depois que a conexão for estabelecida, defina uma senha de


autenticação com base na seguinte mensagem. O dispositivo
salvará automaticamente a senha.
Clique OK. O dispositivo solicita que você defina uma senha. Em
seguida, o dispositivo exibe um prompt, por exemplo,
<HUAWEI>. A visualização do usuário é exibida. Na visualização
do usuário, insira linhas de comando para visualizar informações
do dispositivo, incluindo o status de execução. Para visualizar
informações de ajuda, insira um ponto de interrogação (?) Antes de
determinar qual palavra-chave inserir.

A partir de agora, os seguintes comandos são utilizados na


ativação:
1.2 Ativação nas portas 10GE

Para agregação de Portas Físicas em uma ETH-TRUNK e ativar


todas as portas de 10G, necessário ativar a licença Básica que
acompanha o equipamento, conforme exemplo abaixo:
1.3 Ativação de portas 40GE

Para ativação das portas de 40GE basta inserir uma QSFP+, que
automaticamente o equipamento reconhecerá. Conforme output
abaixo:

1.5 Ativação de portas 100GE

Para ativação das portas de 40GE para 100GE, se faz necessário a


licença de recurso de RTU para expansão para 100GE por porta.