Sei sulla pagina 1di 33

A AMÉRICA PRÉ-COLOMBIANA

 PRÉ-HISTÓRIA AMERICANA:
• Origens:
• A- Teoria de Clóvis: travessia asiática por
Bering entre 10 e 30.000 aC
• B- Hipótese malaio-polinésia: chegada de
asiáticos pelos oceanos entre ilhas da
Polinésia ao Peru
• C- Hipótese
australiana:
navegação de
cabotagem até
chegada na
Terra do Fogo
(Argentina)
 PRÉ-HISTÓRIA AMERICANA:
• Periodização:
• Período paleoíndio – chegada dos primeiros
humanos até 8.000 aC
• Período Arcaico – 8.000 a 2.000 aC
• Período Formativo – 2.000 até chegada
dos Europeus (1492)
 OS ASTECAS
• Origem lendária ou factual?
• Migração a partir de Aztlan, onde hoje os
territórios supostamente seriam nos EUA
• Povo guiado pela divindade Huitzilopochtli
• Sinal: uma águia
carregando uma
cobra teria
indicado o local
ideal para fixação
nas ilhas e
pântanos do lago
Texcoco
 OS ASTECAS
• Fundação de Tenochtitlan, em 1325
 OS ASTECAS
• Poder concentrado na nobreza e conduzido
pelo rei Tlatoani  "aquele que fala”, com
poderes ilimitados
• Imposição de tributos aos
povos dominados: penas
raras (como as do
pássaro quetzal), pedras
preciosas (jade, por
exemplo), alimentos
(milho e cacau) e pessoas
para serem oferecidas ao
sacrifício
 OS ASTECAS
• Crises internas: subordinação da região e
de outros reinos  resistência de dinastias
dominadas
• Vitória de Tenochtitlan e
aliadas sob reinado de
Itzcoatl
• Desenvolvimento de uma
liga de cidades indígenas
liderada por Tenochtitlan e
composta por Texcoco e
Tlacopán = formação da
Confederação Mexica = o
Império Asteca
 OS ASTECAS
• Século XVI = Tenochtitlan era uma das
maiores cidades do mundo, com população
em torno de 200 mil a 1 milhão de pessoas
(Sevilha tinha cerca de 60 mil habitantes e
Paris, uma das maiores cidades da Europa,
tinha 200 mil habitantes, aproximadamente).
• Submissão e
vassalagem de
ex-aliados =
ampliação
imperial
 OS ASTECAS
• Sociedade de castas  Guerreiros =
reconhecimento social
• Século XV: fim das conquistas e início da
“guerra florida”  demonstrações de poder e
apreensão de povos dominados para
sacrifícios religiosos
 OS ASTECAS
• Massas trabalhadoras  prestação de serviços
militares, serviços em obras públicas
• Artesãos  reconhecimento e boa remune-
ração
• Comerciantes (putchecas)  controle de
monopólios e caravanas comerciais
• Nobres e sacerdotes  isentos de impostos
• Escravos
 OS ASTECAS
• Religião politeísta
• Huitzilopochtli – deus da guerra
• Tlaloc – deus das chuvas
• Chalchihuitlicue – deusa das águas e
fertilidade – personagem de dilúvio mítico
• Quetzalcoatl – serpente com plumas
presente em toda região mesoamericana
 OS ASTECAS
• Sacrifícios humanos:
• retirada do coração
ainda pulsante
• fogueiras
• esfolamento vivo
e uso da pele da
vítima como
vestimenta ritual
• morte de crianças
clamando por
chuvas
 OS ASTECAS
 OS ASTECAS
• Cultura: Elaborado sistemas matemáticos e
escrita codificada, bibliotecas, astronomia e
astrologia, escolas destinadas à elite
(transmissão de saberes matemáticos,
científicos, letras, códices, calendários e
preparação para o sacerdócio) e a populares
(preparação militar e disciplinamento)
• Poligamia com casamentos de esposas ainda
crianças e punições aos solteiros que
recorressem ao álcool e a busca por
mulheres
 OS ASTECAS
• Bebida: pulque, fermentado a partir do cacto
agave
• Chocolate: bebida espumosa feita de pó de
cacau, milho e água
• Consumo de cogumelos alucinógenos com
fins religiosos
• Desporto: jogo com bola de borracha
 OS ASTECAS
• Conquista pelos espanhóis:
• 1519: expedição de Hernán
Cortez (11 navios, 100
marinheiros, 600 soldados,
10 canhões e 16 cavalos)
• Primeiros contatos: espanto  Cavalo e
cavaleiro: criatura de duas cabeças! 
Armas de fogo: propriedades mágicas
• Espionagem e articulação espanhola com
povos submetidos e insatisfeitos com
domínio asteca
 OS ASTECAS
• Ingresso em Tenochtitlan  Recepção a
Cortez e formação de aliança  Convivência
“desconfiada” entre Cortez e Montezuma II
• Tramas entre comandados de Cortez =
assassinato de Montezuma em
pronunciamento público após massacre de
6000 pelos espanhóis sem razão aparente e
sem autorização de Cortez  Fuga dos
espanhóis em 1520
• Retorno de Cortez em maio de 1521 com
efetivo de 80 mil índios aliados – inimigos
dos astecas
 OS MAIAS
• Surgimento por volta de 1800 aC
• Origens nômades de povos que fixaram-se
posteriormente na península de Yucatán (sul
do México e atuais Belize, Honduras,
Guatemala e El Salvador)
• Fases históricas:
• Período pré-clássico – 1800 aC até 250 dC =
formação
• Fixação de povos originários do atual
território dos EUA
• Desenvolvimento de comunidades
dependentes da caça, pesca e cultivo do
milho
 OS MAIAS
• Assimilação de influência olmeca = cons-
trução de pirâmides e obras em grande
escala
• Período clássico – 250 até 900 = esplendor
• Grande desenvolvimento urbanístico e
organização das cidades-Estado
• Construção de
pirâmides como
a Grande
Jaguar, em
Tikal, túmulo
de AhCacao –
Guatemala
 OS MAIAS
• Mais cidades Uxmal, com importante centro
cerimonial e Etzná, com avançado sistema de
canais e captação de água pluvial
• Atividade comercial intensa  Moeda:
sementes de cacau  Produção têxtil,
agrícola, pelas, extração de obsidiana, sal,
etc.
• Ciência: Matemática com noção do zero  A
mais avançada escrita pré-colombiana 
Astronomia avançada  Medição precisa do
ciclo solar: ano com 365 dias e calendário
solar cotidiano  Conhecimento preciso
sobre ciclo lunar e calendário lunar
ritualístico  13 signos do zodíaco
 OS MAIAS
• Período pós-clássico – 900 até 1500 = fase
de declínio
• Decadência por causas desconhecidas,
cidades abandonadas, invasão de vários
povos, principalmente toltecas  Século
XV: dispersão
 OS MAIAS
• Sociedade e religião
• Chefe político e religioso: halac-uinic
• Nobreza e grandes comerciantes
• Guerreiros e artesãos
• Camponeses e trabalhadores urbanos
pobres
• Escravos
• Religião
• Politeísmo
• Itzam Na = deusa que simbolizava o céu e
a Terra / Ixchel = deusa da Lua / Chaac =
divindade da chuva
• Práticas de sacrifícios
 OS MAIAS
• Origens
• Andes Bolivianos ao sul do lago Titicaca
• Até séc. XII mais uma entre várias tribos
da região / Constantes invasões = fuga
para depressão andina do Vale de Cuzco /
Subordinação inicial a povo de origem
quéchua
• Século XIV: ascensão e hegemonia em
federação de tribos andinas
• Organização exército e serviço militar
obrigatório = força entre povos da região
• Conquistas, domínio e subjugação dos
antigos aliados = formação do império
 OS INCAS
• Século XVI: mais de 1 milhão de km2 em
territórios dos atuais Peru, Equador, Bolívia,
Colômbia, Chile e Argentina = mais de 10
milhões de habitantes e mais de 100 povos
distintos
• Cuzco = “umbigo do mundo” = centro
principal do império
• Estrutura de poder
• Sapa Inca = “único Inca” ou Intip Cori =
“filho do Sol”  soberano
• Auxílio de conselho familiar / Auxílio de
conselho familiar / Governadores de
províncias / Curacas  líderes de etnias
dominadas e a serviço do império
 OS MAIAS
• População predominante: lavradores
• Atividade predominante: agricultura  milho,
batata doce, batata, abacate, amendoim /
Cada trabalhador recebia do curara lotes de
terra após casamento / Obrigatoriedade de
trabalho nos lotes do Sapa Inca e em obras
públicas, além do serviço militar
• Aldeias: ayllu  Lotes individuais e coletivos
para criação de alpacas e lhamas
 OS MAIAS
 OS INCAS
• Parte da colheita utilizada como tributos
• Técnicas de desidratação para estoque de
produção durante inverno
• Dotação de sistema de estradas com cerca de
50000 km  Postos de correios ao longo das
estradas
• Sem utilização de uma escrita formal e
contabilidade feita por um sistema simples
que empregava feixes de cordas com
tamanhos, cores e quantidades distintas de
nós
 OS MAIAS
• Artes: ourivesaria, produção com cobre e
platina (desconhecida na Europa)
• Destaque: Machu Pichu
 OS MAIAS
 OS INCAS
• Decadência e domínio espanhol
• 1519: fundação da cidade do Panamá
• 1522: expedição de Francisco Pizarro para
averiguar riqueza dos incas
• 1529: população inca contagiada por varíola
• Aproveitando-se de crise sucessória, ataque
espanhol e prisão do rei Atahualpa sob
exigência de resgate em ouro  Quebra de
acordo espanhol: recebimento de resgate não
impediu novos ataques nem o assassinato
(degolamento) do rei
 OS INCAS
• Ascensão de Manco
Capac, que revoltou-se
contra espanhóis, que
decidiram pelo
extermínio indis-
criminado da população
• Até a morte do último rei
inca, Tupac Amaru, em
1572, cerca de 8 milhões
de incas foram mortos