Sei sulla pagina 1di 5

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS

DISCIPLINA: Física e Química - A


11º
Actividade laboratorial nº 1.4 – Satélite geostacionário ANO
AGRUPAMENTO DE
ESCOLAS IBN MUCANA Nome - _________________________________________________________Nº - ______ T - __
ANO LECTIVO
2010/2011

I Parte
Questão-problema: Um satélite geostacionário descreve uma órbita aproximadamente circular à altitude de 35
880 km e com um período de 24 horas, independentemente da sua massa.
Confrontar esta situação com a de uma rolha de borracha presa a um fio de nylon e na outra extremidade um corpo
metálico

Introdução:
Diz-se movimento circular aquele em que o corpo tem como trajectória uma circunferência. Se, além disso, descrever
arcos iguais em tempos iguais, o movimento será circular e uniforme.
Há centenas de satélites em órbita em torno da Terra, os quais executam, fundamentalmente, dois tipos de órbitas:
órbita polar ou órbita geostacionária.

Órbita polar Órbita geostacionária


●É, normalmente, usada pelos satélites de ●É, normalmente, utilizada pelos satélites de
reconhecimento, de meteorologia, de oceanografia e de comunicação.
cartografia. ● Estes satélites encontram-se a cerca de 35 786 km,
● Estes satélites encontram-se a cerca de 1000 km em em relação à superfície terrestre, no plano do equador.
relação à superfície terrestre. ● Os satélites demoram cerca de 24 h a orbitar a Terra.
● Orbitam a Terra cerca de 14 vezes por dia, Deslocam-se para Este, acompanhando o movimento
observando e registando áreas diferentes. de rotação da Terra, surgindo sempre na mesma
posição, relativamente à superfície terrestre.

Material e equipamento necessários:


● uma rolha de borracha. ● fio de nylon. ● cronómetro. ● fita gomada
● um tubo de plástico. ● fita métrica. ● massas marcadas. ● balança.

Questões pré-laboratoriais:
A figura 1 mostra uma representação estroboscópica do movimento de um corpo que descreve uma trajectória
circular.

Figura 1

-1-
1. Que se pode concluir da análise da representação estroboscópica do Movimento? Em que sentido se move o
corpo?

2. Que relação posicional há entre a direcção e o sentido do vector velocidade e a trajectória?

3. Indique as características do vector velocidade linear?

4. Embora o valor da velocidade linear se mantenha constante, o movimento circular e uniforme tem aceleração
constante, não nula. Porquê?

5. Indique as características do vector aceleração centrípeta.

6. Quanto tempo demora o corpo a descrever uma volta completa?

7. Qual é o período do movimento? E a frequência do movimento?

8. Qual é o raio da trajectória descrita pelo corpo?

9. Qual o ângulo descrito pelo vector posição do corpo numa volta completa, expresso em radianos? E em grau?

-2-
II Parte

Modo de proceder
- Pese a rolha de borracha.
- Faça passar o fio de nylon através do tubo de plástico.
- Numa das extremidades do fio de nylon, prenda a rolha de borracha e na outra extremidade um corpo metálico,
com a massa de 100 g.
- Com fita gomada, marque o ponto do fio que está junto ao tubo, para definir o raio de rotação de 1,00 m.
- Faça rodar o corpo num plano horizontal acima da sua cabeça, para que o movimento seja uniforme.
- Accione o cronómetro e meça o tempo que o corpo demora a descrever 10 voltas completas.
- Repita os procedimentos atrás referidos, mas com um corpo de massa 200 g e de 500 g

Registo de resultados:
1. Complete o quadro seguinte:

Massa do corpo metálico Raio da trajectória Tempo de 10 voltas


m (g) r (cm) t (s)

-3-
Tratamento de resultados:
1. Complete o quadro seguinte:
Período Frequência Velocidade angular Velocidade linear Aceleração centrípeta Força centrípeta
-1 -1 -2
T (s) f (Hz) W (rads ) v (ms ) a (ms ) F (N)

Cálculos efectuados:

1. Identifique as características da resultante das forças (força centrípeta) responsável pelo movimento da rolha de
borracha em torno do eixo central.

2. Que semelhança e diferença há nas resultantes das forças que actuam sobre a rolha de borracha em movimento
em torno o eixo central e sobre o satélite geostacionário em movimento em torno do centro da Terra?

3. Aplicando a 2ª Lei de Newton – Lei Fundamental da Dinâmica, calcule a aceleração da rolha de borracha
(aceleração centrípeta) em movimento em torno do eixo central.

4. Os satélites geostacionários encontram-se a uma altura de, aproximadamente, 35 786 km, em relação à
superfície terrestre, no plano do equador. Deslocam-se para Este, acompanhando o movimento de rotação da
Terra.

-4-
4.1. Identifique as características da força gravítica que actua sobre um satélite geostacionário de massa, msatélite=
600 kg

5. Deduza a expressão que permita calcular a velocidade orbital de um satélite geostacionário que orbita a Terra e
calcule-a para o satélite de massa msatélite= 600 kg
5.

6. Responda agora à questão problema estabelecendo as semelhanças e as diferenças entre o movimento circular
uniforme descrito por uma rolha de borracha e o movimento de um satélite geostacionário em torno da Terra.

-5-