Sei sulla pagina 1di 5

Lei 8.

666/93 fácil PARA CONCURSOS


LICITAÇÕES PÚBLICAS – LEI 8.666, de 21 de junho de 1993 - obra; -serviços; -compras; -alienações; -concessões;
1. CONCEITO -permissões de serviço; -locações
Licitação é o procedimento de observância obrigatória para a Administração
Pública, em que observada a igualdade entre os licitantes, deve ser selecionada
2. FINALIDADES DA LICITAÇÃO
a proposta mais vantajosa dentre as apresentadas pelos interessados. • Selecionar a proposta mais vantajosa (que nem sempre coincide com a de
menor preço);
 ATENÇÃO: RESSALTE-SE que proposta vantajosa não quer dizer a • Cumprir o princípio constitucional da isonomia; e
mais barata! • Promover o desenvolvimento nacional sustentável, com a possibilidade de
imposição ao contratado que promova medidas de compensação comercial,
IMPORTANTE 1 Por ser um procedimento não confere ao vencedor nenhum industrial ou tecnológica. 
direito à celebração do contrato, mas, apenas, uma expectativa de direito.
IMPORTANTE 2: As licitações serão efetuadas no local onde se situar a  É possível estabelecer margem de preferência a produtos
repartição interessada, o que não impedirá a habilitação de interessados manufaturados e para serviços nacionais que atendam às normas
residentes ou sediados em outros locais técnicas brasileiras. 

1.2 FUNDAMENTO CONSTITUCIONAL 3. PRINCÍPIOS DA LICITAÇÃO


A obrigatoriedade de realização da licitação é regra CONSTITUCIONAL: O art. 3º da Lei n.º 8666/93 assim dispõe:
Art. 22. Compete privativamente à União legislar sobre: Art.  3o    A licitação destina-se a garantir a observância do princípio constitucional
XXVII - normas gerais de licitação e contratação, em todas as modalidades, para da isonomia, a seleção da proposta mais vantajosa para a administração e a
as administrações públicas diretas, autárquicas e fundacionais da União, promoção do desenvolvimento nacional sustentável e será processada e julgada
Estados, Distrito Federal e Municípios, obedecido o disposto no art. 37, XXI, e em estrita conformidade com os princípios básicos da legalidade, da
para as empresas públicas e sociedades de economia mista, nos termos do art. impessoalidade, da moralidade, da igualdade, da publicidade, da probidade
173, § 1°, III; administrativa, da vinculação ao instrumento convocatório, do julgamento
Art. 37 (...): objetivo e dos que lhes são correlatos.
XXI - ressalvados os casos especificados na legislação, as obras, serviços,
compras e alienações serão contratados mediante processo de licitação pública 3.1. Legalidade
que assegure igualdade de condições a todos os concorrentes, com cláusulas que O princípio da legalidade impõe ao administrador a observância fiel do disposto
estabeleçam obrigações de pagamento, mantidas as condições efetivas da em lei. Esse princípio vincula a Administração e os particulares às normas
proposta, nos termos da lei, o qual somente permitirá as exigências de previstas na Lei n.º 8.666/93.
qualificação técnica e econômica indispensáveis à garantia do cumprimento das 3.2. Impessoalidade
obrigações. O princípio da impessoalidade se relaciona diretamente ao princípio da
finalidade. Significa que a atuação da Administração deve buscar o bem comum.
Art. 173.(...) Em suas decisões a Administração deve observar critérios objetivos previamente
§ 1º A lei estabelecerá o estatuto jurídico da empresa pública, da sociedade de estabelecidos, afastando a discricionariedade e o subjetivismo.
economia mista e de suas subsidiárias que explorem atividade econômica de 3.3. Moralidade e Probidade Administrativa
produção ou comercialização de bens ou de prestação de serviços, dispondo Os princípios da moralidade e probidade referem-se à atuação ética do
sobre: administrador. Além do dever de seguir aquilo que está previsto na lei, cabe ao
(...) administrador portar-se de maneira ética, proba, honesta, justa.
III - licitação e contratação de obras, serviços, compras e alienações, observados 3.4. Igualdade entre os licitantes
os princípios da administração pública; A administração pública ao buscar a proposta mais vantajosa para a
Administração deve tratar de forma isonômica, igualitária todos os participantes
1.3 REGULAMENTAÇÃO LEGAL da licitação, vedada quaisquer discriminações no julgamento das propostas.
Regulamentando o disposto na Constituição Federal foi editada em 1993 a lei n.º Ressalte-se que o estabelecimento de requisitos para participação não viola o
8.666. A referida lei dispõe sobre normas gerais, de modo que cabe a cada princípio da igualdade entre os licitantes
Estado, DF ou Município editar suas leis específicas sobre licitações e contratos Em face do princípio da igualdade a lei veda:
administrativos. Podem assim, preencher os vazios da lei federal de normas I  -  admitir, prever, incluir ou tolerar, nos atos de convocação, cláusulas ou
gerais, com o objetivo de adequá-las às peculiaridades locais. condições que comprometam, restrinjam ou frustrem o seu caráter competitivo e
estabeleçam preferências ou distinções em razão da naturalidade, da sede ou
 TOME NOTA: A lei 8666 é uma lei de normas gerais que deve ser domicílio dos licitantes ou de qualquer outra circunstância impertinente ou
observada POR TODA ADMINISTRAÇÃO DIRETA E INDIRETA, inclusive irrelevante para o específico objeto do contrato;
pelos fundos especiais e entidades controladas pelo poder público. É II  -  estabelecer tratamento diferenciado de natureza comercial, legal,
uma lei federal de caráter NACIONAL. trabalhista, previdenciária ou qualquer outra, entre empresas brasileiras e
Todavia, não se pode esquecer que ESTADOS, DISTRITO FEDERAL e estrangeiras, inclusive no que se refere a moeda, modalidade e local de
MUNICÍPIOS DISPÕEM DE COMPETÊNCIA SUPLEMENTAR PARA EDITAR pagamentos, mesmo quando envolvidos financiamentos de agências
NORMAS ESPECÍFICAS SOBRE LICITAÇÕES E CONTRATOS. internacionais
TODAVIA, a lei estabelece como critério de desempate preferência,
1.4 ABRANGÊNCIA DA LEI sucessivamente, aos bens e serviços:
A Lei 8.666/93 abrange: I  -    produzidos no País;
-órgãos da Administração Direta II  -  produzidos ou prestados por empresas brasileiras.
- os fundos especiais III - produzidos ou prestados por empresas que invistam em pesquisa e no
- as autarquias desenvolvimento de tecnologia no País.
- as fundações IV - produzidos ou prestados por empresas que comprovem cumprimento de
- as empresas públicas reserva de cargos prevista em lei para pessoa com deficiência ou para
- as sociedades de economia mista reabilitado da Previdência Social e que atendam às regras de acessibilidade
- demais entidades direta ou indiretamente controladas pela União, Estados, previstas na legislação.
DF e Municípios.
 DICA DE PROVA: A LC 123/2006 prevê como critério de desempate
TOME NOTA: Em 2016 foi editada a lei n.º13.303 que dispõe sobre o estatuto preferência para MICRO EMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE
jurídico da empresa pública, da sociedade de economia mista e de suas (no caso de empate ou quando a proposta apresentada pela ME ou EPP
subsidiárias, no âmbito da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos for de até 10% das demais).
Municípios, regulamentando, dentre outros, assuntos a licitação para estas
entidades. 3.5. Publicidade
Todo o procedimento licitatório deve ser público, exceto no que se refere ao
1.5. OBJETO conteúdo das propostas que deve ser mantido em sigilo até a abertura delas.
A licitação é obrigatória para a realização de: 3.6. Sigilo na apresentação das propostas
Lei 8.666/93 fácil PARA CONCURSOS
O conteúdo das propostas é absolutamente sigiloso, com vistas a resguardar a 7. (CESPE/TCE-ES/Procurador/2009) A CF estabelece a regra da obrigatoriedade de
competitividade do procedimento, sendo públicas somente após a abertura das licitação para a administração pública direta e indireta de qualquer dos poderes da
propostas. União, dos estados, do DF e dos municípios. Nesse sentido, é constitucional a lei
3.7. Procedimento formal estadual que estabelece como condição de acesso à licitação pública, para aquisição
A licitação será sempre um procedimento vinculado ao procedimento formal, ou seja, de bens ou serviços, que a empresa licitante tenha a fábrica ou sede no estado-
deve ser seguido todo o procedimento licitatório prescrito, com todos os seus membro.
formalismos, não podendo haver dispensa de formalidades legalmente exigidas, a fim 8. (CESPE/TCE-RN/Inspetor/2009) Os estados, o DF e os municípios estão obrigados a
de garantir-se a máxima transparência no procedimento. seguir as normas da Lei n.º 8.666/1993 em seus procedimentos licitatórios, não
3.8. Vinculação ao instrumento convocatório dispondo de competência, mesmo que em caráter suplementar, para editar normas
O instrumento convocatório que é o meio pelo qual a Administração torna público o sobre o tema.
seu interesse em adquirir, contratar, construir, alienar, locar, etc., convocando os 9. (CESPE/TCE-RN/Assessor/2009) As casas legislativas, o Poder Judiciário e os TCs
interessados a participarem do procedimento licitatório. O instrumento convocatório estão obrigados a licitar, visto que são tidos como administração pública direta.
se materializa no edital de licitação ou na carta-convite (somente na modalidade 10. (CESPE/ANAC/Técnico/2009) O procedimento licitatório será sempre sigiloso,
licitatória convite). com exceção da fase de abertura das propostas, que deverá ser pública e acessível a
Tais instrumentos (edital e carta-convite) são considerados como a lei interna da todos os interessados.
licitação. A eles devem estar vinculados a Administração e os particulares. Das 11. (FUNRIO/Administrador SUFRAMA/2008) Em caso de empate entre duas ou mais
especificações e determinações contidas no instrumento convocatório não pode se propostas, estando assegurada a igualdade de condições, a Lei 8.666/93 define como
desviar nem a Administração e nem o particular. item preferencial do critério de desempate para aquisição de bens ou serviços
Tal princípio encontra-se expresso na Lei n.º 8666/93: A) o sorteio, em ato público, para o qual todos licitantes serão convocados.
Art. 41.  A Administração não pode descumprir as normas e condições do edital, ao B) os produzidos ou prestados por empresas que invistam em pesquisa e no
qual se acha estritamente vinculada. desenvolvimento de tecnologia no país.
3.9. Julgamento objetivo C) os produzidos no país.
O julgamento das propostas deve se basear nos critérios indicados no instrumento D) os produzidos ou prestados por empresas brasileiras.
convocatório e nos termos específicos das propostas. Esse princípio tem por objetivo E) os produzidos ou prestados por empresas brasileiras de capital nacional.
afastar a discricionariedade no julgamento. Deve se levar em consideração na hora 12. (FUNIVERSA/Analista Junior APEX/2006 ADAPTADA) Sobre Licitações, analise as
de analisar as propostas apenas os critérios previsto no edital, desconsiderando todos afirmações seguintes, Julgue os itens.
os demais critérios que nele não estejam presentes. (A) Em matéria de licitação, o princípio da legalidade impõe um procedimento
Para fins de julgamento objetivo, a lei estabelece tipos (critérios) de julgamento, tais inteiramente vinculado à lei.
com, menor preço, de melhor técnica, de técnica e preço e o de maior lance ou (B) Para fins de julgamento objetivo nos procedimentos licitatórios, a lei estabelece
oferta licitação por menor preço, de melhor técnica, de técnica e preço e o de maior lance
3.10. Adjudicação compulsória ou oferta.
Adjudicar significa atribuir, entregar. Este princípio determina que o objeto da 13. (CESPE/MMA – Analista-Técnico Administrativo/2009-adaptada) Acerca de
licitação deve ser compulsoriamente (obrigatoriamente) atribuído àquele que venceu licitações, julgue os itens que se seguem.
a licitação, não podendo a Administração contratar com o segundo ou terceiro a) As normas gerais sobre licitações estabelecidas na Lei n.º 8.666/1993 restringem-se
colocado na licitação. à União, aos estados e ao Distrito Federal.
Assim, uma vez escolhida a proposta mais vantajosa para a Administração, contrato 14. (CESPE/TRE-MA Analista Judiciário/2009-adaptada) Uma empresa pública abriu
deve ser firmado com o vencedor da licitação, aquele que apresentou a proposta licitação para a compra de grande quantidade de material permanente. A
mais vantajosa. Não significa que aquele que venceu a licitação tem direito ao objeto, concorrente vencedora apresentou certidões falsas, com a conivência do presidente
à contratação. Mas se tiver de ser feita a contratação deve ser atribuído o contrato ao da comissão de licitação. Contudo, a fraude veio a ser descoberta por meio de
vencedor da licitação. denúncia. Diante desse quadro, o presidente da empresa pública decidiu anular todo
Esse princípio também impede que se abra nova licitação enquanto valida a o processo licitatório. Acerca dessa situação hipotética, assinale a opção correta.
adjudicação anterior. a) A obrigatoriedade de que a administração realize licitação pública para celebração
A adjudicação é o ato final do procedimento licitatório. de seus contratos não é um princípio constitucional.
Nos termos do § 3º do art. 64 o licitante fica liberado do compromisso assumido (ou b) Por estarem equiparadas às sociedades de economia mista, as empresas públicas
seja, da contratação) após decorridos 60 dias sem que o contrato tenha sido firmado. somente estão obrigadas a realizar compras mediante licitação se o valor for superior
Logo, o vencedor da licitação está vinculado à contratar com a Administração, mas se a 3 milhões de reais.
decorridos 60 dias o contrato não for firmado, o particular está desobrigado de tal c) Excetuando-se os casos de dispensa de licitação previstos em lei, as empresas
compromisso. Nessa situação, quando o particular convocado não assinar o contrato, públicas são obrigadas a realizar licitações para aquisição de bens e serviços. Já as
a Administração poderá convocar os licitantes remanescentes, na ordem de sociedades de economia mista, por possuírem também capital privado, gozam de
classificação, para assinar o contrato nas mesmas condições propostas pelo primeiro maior flexibilidade e agilidade, estando dispensadas desse encargo.
colocado. 15. (TCU-ACE-2005) As sociedades de economia mista e as empresas públicas
3.11. Competitividade submetem-se às mesmas regras acerca de procedimento licitatório aplicáveis às
Trata-se de princípio de suma importância para a licitação. Conforme sobejamente autarquias e às fundações públicas.
dito, a licitação tem por objeto a escolha da proposta mais vantajosa e para isso é 16. (TCU-TCE-2007) O conceito de licitação pública remete à idéia de disputa
necessário que haja competitividade entre os licitantes para que a Administração isonômica entre as partes concorrentes ao fim da qual deve ser selecionada a
possa alcançar a proposta mais vantajosa. Os licitantes competirão entre sim com o proposta mais vantajosa para a administração pública, com vistas à celebração de um
objetivo de oferecer a melhor proposta. contrato administrativo.
SEM COMPETIÇÃO A LICITAÇÃO É CONSIDERADA INEXIGÍVEL 17. (TCU-TCE-2007) As normas gerais acerca de licitação e contratação pública podem
ser estabelecidas por meio de ato legislativo da União, dos estados, do Distrito
EXERCÍCIOS    Federal e dos municípios, de acordo com o âmbito de aplicação dessas normas.
1. (CESPE - 2013 - MPU - Técnico - Tecnologia da Informação e Comunicação) A 18. (TCU-TCE-2007) O estudo das licitações deve ter por base a Lei n° 8.666/1993, a
obrigatoriedade de licitar, princípio constitucional aplicável aos entes da qual estabelece, minuciosamente, as normas sobre licitações e contratos da
administração, se estende à administração pública indireta administração pública.
2. (CESPE/TJ-CE/Técnico/2008) O licitante deverá observar as normas e condições 19. (TCU-TCE-2007) Os princípios referentes às licitações públicas devem estar
estabelecidas no ato convocatório, todavia à administração pública é dado direito de, obrigatoriamente expressos em texto constitucional ou legal, em obediência ao
discricionariamente, não observar o objeto ou as condições contidas no edital, em principio da publicidade, que rege todos os procedimentos licitatórios.
virtude do seu poder de império. 20. Sobre o procedimento licitatório é incorreto afirmar que:
3. (CESPE/PGE-PI/Procurador/2008) O princípio do sigilo na apresentação das a) a licitação não será sigilosa, salvo quanto ao conteúdo das propostas apresentadas;
propostas foi implicitamente revogado com o advento da CF de 1988 e legislação b) as entidades da Administração Indireta também estão obrigadas a realizar
posterior, que determina que o procedimento licitatório será regido pelo princípio da procedimento licitatório;
publicidade. c) a licitação tem por finalidade assegurar a igualdade de tratamento aos que querem
4. (CESPE/TJ-CE/Técnico/2008) A sociedade de economia mista diferentemente das contratar com o Poder Público, assegurando ainda para a Administração Pública a
empresas públicas, não é obrigada a licitar. oportunidade de escolha da proposta mais vantajosa;
5. (CESPE/ANAC/Especialista/2009) Devem obediência à Lei de Licitações a União, os d) A Lei n.º 8.666/93 estabelece normas gerais sobre contratos e licitações, podendo,
estados, o Distrito Federal, os municípios, bem como os fundos especiais, as Estados e municípios estabelecerem normas específicas sobre a matéria;
autarquias, as fundações públicas, as empresas públicas, as sociedades de economia e) a Administração Pública ao contrário dos licitantes, não está vinculada aos termos
mista e demais entidades controladas direta ou indiretamente pelos órgãos da do edital por ela elaborado, podendo adotar providências e soluções não previstas no
administração pública. instrumento convocatório, desde que julgadas convenientes.
6. (CESPE – 2013 – ANTT - Técnico Administrativo) As empresas estatais 21. As sociedades de economia mista e empresas públicas exploradoras de atividade
exploradoras de atividade econômica estão dispensadas de observar os econômica não estão obrigadas a licitar.
princípios da licitação.
Lei 8.666/93 fácil PARA CONCURSOS
22. (ESAF/AFC CGU/2008) Em uma licitação na modalidade pregão, na forma c) Por força da Constituição Brasileira, as normas da lei n.º 8666/93, tanto as de
eletrônica, o pregoeiro um dia antes da abertura constatou um vício no edital. A caráter geral quanto as especiais, são de observância obrigatória por parte da União,
alteração necessária implicou alteração na formulação das propostas. Diante das dos estados e dos municípios.
circunstâncias, a autoridade superior recomendou-lhe que republicasse a licitação da 29. (CESPE/STF/Analista/2009) Em procedimentos licitatórios, o princípio da
mesma forma que a publicação original. A recomendação da autoridade superior se adjudicação compulsória ao vencedor impede que se abra nova licitação enquanto for
deu para que houvesse a observância do princípio da: válida a adjudicação anterior.
a) vinculação ao instrumento convocatório CESPE - 2012 - PRF - Agente Administrativo - Classe A Padrão I) Qualquer cidadão tem
b) moralidade legitimidade para acompanhar o desenvolvimento de licitação promovida por órgãos
c) imprevisão ou entidades públicas.
d) economicidade 31. (CESPE - 2012 - IBAMA - Técnico Administrativo) No edital, são definidas as
e) proporcionalidade normas do procedimento licitatório, com a determinação dos direitos e das
23. (FCC/Analista Judiciário/TRT/2004) No que diz respeito aos princípios da licitação, obrigações da administração e dos licitantes.
considere: 32. (CESPE - 2012 - TJ-RR - Auxiliar Administrativo) Adjudicação é a fase da licitação
I. A decisão das propostas há de ser feita de acordo com o critério fixado no edital, que libera os perdedores das suas propostas.
adotando-se o princípio do julgamento subjetivo. 33. (CESGRANRIO - 2012 - LIQUIGAS - Profissional Júnior - Direito) De acordo com a
II. O princípio da vinculação ao instrumento convocatório é dirigido tanto à Lei no 8.666/1993, no procedimento licitatório, vários atos administrativos são
Administração Pública, como aos participantes. encadeados em sequência lógica visando à seleção da proposta mais vantajosa para a
III. Pelo princípio da adjudicação compulsória, a Administração Pública, não pode, Administração Pública. Nesse contexto, o ato administrativo por meio do qual se
concluído o procedimento, atribuir o objeto da licitação a outrem que não seja o atribui ao licitante vencedor o objeto da licitação denomina-se
vencedor. a) homologação
IV. O princípio da ampla defesa não é cabível no procedimento licitatório em razão do b) encampação
relevante interesse público sobre o particular. c) convalidação
Nesses casos, está correto somente o que se contém em: d) adjudicação
a) II e III e) ratificação
b) I e II 34. (FUNCAB - 2012 - MPE-RO - Analista - Auditoria) Segundo a Constituição Federal,
c) I e III ressalvados os casos especificados na legislação, estão obrigados a contratar obras,
d) II e IV serviços, compras e alienações mediante processo de licitação pública apenas:
e) III e IV a) os órgãos da administração direta.
24. (FCC/Analista Judiciário TRT/2002) Em uma licitação do tipo menor preço, regida b) as empresas públicas e as autarquias.
pela Lei n.º 8.666/93, compareceram três licitantes. O licitante A foi classificado em c) as pessoas de direito público de capacidade política, bem como as autarquias, as
primeiro lugar, oferecendo o preço de R$ 300.000,00. Em segundo lugar foi empresas públicas, as sociedades de economia mista e as fundações governamentais.
classificado o licitante B, com preço de R$ 350.000,00 e em terceiro lugar, o licitante C d) as pessoas de direito público de capacidade política.
com preço de R$ 400.000,00. Regularmente convocado, dentro do prazo de validade e) as entidades da administração indireta.
das propostas, A recusa-se a assinar o termo de contrato por R$ 300.000,00, pois 35. (FUNCAB - 2011 - Prefeitura de Várzea Grande - MT - Auditor de Controle Interno)
alega ter errado em seus cálculos e ser seu preço correto R$ 340.000,00, ainda assim De acordo com o previsto na Lei n° 8.666/93, em um procedimento licitatório em
menor do que o de B. Nesse momento, C informa à Administração estar disposto a igualdade de condições, como critério de desempate será assegurada preferência,
modificar seu preço para R$ 330.000,00. Ante a recusa definitiva de A em contratar sucessivamente, aos bens e serviços:.
por R$ 300.000,00, e considerando que no caso não houve necessidade de a) produzidos ou prestados por empresas brasileiras; produzidos ou prestados por
atualização dos preços, a Administração poderá contratar empresas que invistam em pesquisa e no desenvolvimento de tecnologia no País,
a) B por R$ 350.000,00 produzidos pela empresa com maior percentual de capital nacional.
b) A por R$ 340.000,00 b) produzidos no País; produzidos ou prestados por empresas brasileiras; produzidos
c) C por R$ 330.000,00, independentemente de ouvir B. ou prestados por empresas que invistam em pesquisa e no desenvolvimento de
d) C por R$ 330.000,00, desde que B não aceite esse preço tecnologia no País.
e) B, desde que aceite o preço de R$ 300.000,00 c) produzidos ou prestados por empresas brasileiras de capital nacional; produzidos
25. (FUNIVERSA/IPHAN/2009) Com relação a licitações e contratos, de acordo com a no País; produzidos ou prestados por empresas brasileiras.
Lei n.° 8.666/1993, assinale a alternativa correta. d) produzidos ou prestados por empresas brasileiras de capital nacional; produzidos
(A) O princípio do sigilo na apresentação das propostas foi implicitamente revogado ou prestados por empresas brasileiras; produzidos no País.
com o advento da Constituição Federal de 1988 e legislação posterior, que determina e) produzidos ou prestados por empresas brasileiras de capital nacional; produzidos
que o procedimento licitatório será regido pelo princípio da publicidade. pela empresa com maior percentual de capital nacional; produzido com matéria-
(B) Segundo o princípio da adjudicação compulsória, a administração pública está prima nacional.
obrigada a atribuir o objeto da licitação ao vencedor, não sendo mais permitida, 36. (CESPE - 2013 - DPE-DF - Defensor Público) Julgue os itens que se seguem,
nessa fase, a revogação. relativos a licitação e ajustes administrativos.
(C) Conforme o princípio do julgamento objetivo, o julgamento das propostas deve Nos termos da Lei n.º 8.666/1993, a realização do procedimento licitatório serve-se
ser feito de acordo com os critérios fixados no instrumento convocatório. de três finalidades fundamentais: a busca da proposta mais vantajosa, o oferecimento
(D) De acordo com o princípio da moralidade, o vencedor da licitação tem direito de igualdade de oportunidade a todos os interessados e a promoção do
subjetivo à adjudicação do objeto licitado. desenvolvimento nacional sustentável.
(E) O princípio da vinculação ao instrumento convocatório destina-se exclusivamente 37. (CESPE - 2013 - Telebras - Nível Superior - Conhecimentos Básicos) As empresas
a garantir o direito dos licitantes perante a administração pública. estatais exploradoras de atividade econômica de produção ou comercialização de
26. (FUNIVERSA/Assistente Administrativo/2005- ADAPTADA) As licitações públicas bens ou de prestação de serviços podem dispor de procedimentos próprios para suas
destinam-se a garantir a observância do princípio constitucional da isonomia e a licitações, mas não são dispensadas de observar os princípios da licitação.
selecionar a proposta mais vantajosa para a Administração Pública. Julgue os itens. 38. (ESAF - 2012 - Receita Federal - Analista Tributário da Receita Federal - Prova 1 -
(A) Os princípios arrolados para o procedimento administrativo de licitação são: Gabarito 1) Não configura princípio norteador do procedimento licitatório
legalidade, impessoalidade, assertividade, igualdade (ou isonomia), publicidade, a) vinculação ao instrumento convocatório.
respeito administrativo, vinculação ao instrumento convocatório (ou Edital) e b) julgamento objetivo.
julgamento objetivo. c) probidade administrativa.
(B) O procedimento administrativo da licitação pode ser feito de várias maneiras, d) igualdade de condições a todos os concorrentes.
sendo não apenas formal, mas informal nos casos especificados no artigo 27 da Lei n. e) dispensa e inexigibilidade.3
8.666/93. 39. (COPESE - UFT - 2012 - DPE-TO - Analista em Gestão Especializado - Ciências
(C) O termo adjudicação é sinônimo de celebração do contrato, quando da realização Contábeis) Esta Lei estabelece normas específicas sobre licitações e contratos
de um processo licitatório. A adjudicação garante ao vencedor a celebração do administrativos pertinentes a obras, serviços, inclusive de publicidade, compras,
contrato relativo ao objeto da licitação, dentro dos prazos definidos em lei. alienações e locações no âmbito dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito
27. (IADES/CFA ANALISTA JURÍDICO/2010) Não subordinam-se ao regime desta lei as Federal e dos Municípios;
sociedades de economia mista. 40. (FUNIVERSA/Assistente Administrativo/2005- ADAPTADA) O termo adjudicação
28. (FUNIVERSA/MTUR/2010-adptada) A respeito da lei de licitações e contratos é sinônimo de celebração do contrato, quando da realização de um processo
administrativos (lei 866/93), julgue os itens: licitatório. A adjudicação garante ao vencedor a celebração do contrato relativo ao
a) Apenas pessoas jurídicas de direito público estão sujeitas aos procedimentos dessa objeto da licitação, dentro dos prazos definidos em lei.
lei. 41. (FUNIVERSA/MTUR/2010-adptada) A respeito da lei de licitações e contratos
b) O princípio mais importante na condução e no julgamento das licitações é o da administrativos (lei 866/93), julgue os itens:
economicidade, com base no qual a proposta de menor valor deve ser, a) Apenas pessoas jurídicas de direito público estão sujeitas aos procedimentos dessa
necessariamente, a escolhida pela comissão de licitação. lei.
Lei 8.666/93 fácil PARA CONCURSOS
b) O princípio mais importante na condução e no julgamento das licitações é o da 54. (CESPE – 2013 -  MJ -Analista Técnico - Administrativo) Cabe ao órgão licitante
economicidade, com base no qual a proposta de menor valor deve ser, garantir a igualdade entre os competidores durante todo o certame, a fim de
necessariamente, a escolhida pela comissão de licitação. assegurar a isonomia, que é um princípio basilar do processo licitatório.  
c) Por força da Constituição Brasileira, as normas da lei n.º 8666/93, tanto as de 55. (CESPE – 2015 -  STJ - Conhecimentos Básicos para o Cargo 17) O objetivo da
caráter geral quanto as especiais, são de observância obrigatória por parte da União, licitação pública é escolher a proposta mais vantajosa para o futuro contrato e
dos estados e dos municípios. fazer prevalecer o princípio da isonomia, visando à promoção do
42. (FUNIVERSA/IPHAN/2009) Com relação a licitações e contratos, de acordo com a desenvolvimento nacional sustentável.
Lei n.° 8.666/1993, assinale a alternativa correta. 56. (CESPE – 2015 -  STJ - Analista Judiciário - Contadoria) É vedado o
(A) O princípio do sigilo na apresentação das propostas foi implicitamente revogado estabelecimento de margens de preferência nos processos de licitação, salvo
com o advento da Constituição Federal de 1988 e legislação posterior, que determina nos casos de contratos para a aquisição de equipamentos de informática.
que o procedimento licitatório será regido pelo princípio da publicidade. 57. (CESPE – 2015 -  STJ - Conhecimentos Básicos para o Cargo 17) Embora vise
(B) Segundo o princípio da adjudicação compulsória, a administração pública está garantir a observância do princípio constitucional da isonomia, o processo
obrigada a atribuir o objeto da licitação ao vencedor, não sendo mais permitida, licitatório poderá, excepcionalmente, priorizar a proposta que promova em
nessa fase, a revogação. maior grau o desenvolvimento sustentável, em detrimento da proposta mais
(C) Conforme o princípio do julgamento objetivo, o julgamento das propostas deve vantajosa.
ser feito de acordo com os critérios fixados no instrumento convocatório. 58. (CESPE – 2015 – FUB - Administrador) No âmbito das licitações públicas, é
(D) De acordo com o princípio da moralidade, o vencedor da licitação tem direito permitido os editais estabelecerem normas que restrinjam a participação de
subjetivo à adjudicação do objeto licitado. concorrentes, de modo que se consiga a contratação de empresa específica.
(E) O princípio da vinculação ao instrumento convocatório destina-se exclusivamente 59. (CESPE – 2015 – TCU - Técnico Federal de Controle Externo - Conhecimentos
a garantir o direito dos licitantes perante a administração pública. Específicos) Dado o princípio da adjudicação compulsória, a administração não
43. (CESPE - 2012 - Banco da Amazônia - Técnico Científico - Direito) As empresas pode, concluída a licitação, atribuir o objeto desse procedimento a outrem que
estatais exploradoras de atividade econômica ou de produção ou comercialização não o vencedor
de bens ou de prestação de serviços estão dispensadas de observar os princípios 60. (CESPE – 2015 – FUB - Conhecimentos Básicos - Cargo 2) Com base na Lei de
da licitação. Licitações e Contratos e no Estatuto e Regimento Geral da Universidade de
44. (FUNIVERSA/Analista Junior APEX/2006 ADAPTADA) Sobre Licitações, analise as Brasília, julgue o item que se segue.
afirmações seguintes, Julgue os itens. Se, em determinado processo licitatório, houver empate e igualdade de
(A) Em matéria de licitação, o princípio da legalidade impõe um procedimento condições entre concorrentes, deverá ser dada preferência à concorrente que
inteiramente vinculado à lei. produzir bens e serviços no Brasil em detrimento da empresa que o fizer em
(B) Para fins de julgamento objetivo nos procedimentos licitatórios, a lei estabelece país estrangeiro
licitação por menor preço, de melhor técnica, de técnica e preço e o de maior lance 61. (CESPE – 2015 - TRE-GO - Técnico Judiciário - Área Administrativa) Critérios de
ou oferta. sustentabilidade ambiental devem ser observados no processo licitatório.
45. (FUNIVERSA/Assistente Administrativo/2005- ADAPTADA) As licitações públicas 62. (CESPE – 2015 -  MEC - Conhecimentos Básicos para os Postos 9,10, 11 e 16) Na
destinam-se a garantir a observância do princípio constitucional da isonomia e a administração pública, as normas de licitações devem privilegiar as empresas
selecionar a proposta mais vantajosa para a Administração Pública. Julgue os itens. de pequeno porte.
(A) Os princípios arrolados para o procedimento administrativo de licitação são: 63. (CESPE – 2016 – DPU - Conhecimentos Básicos - Cargos 3 e 8) A garantia do
legalidade, impessoalidade, assertividade, igualdade (ou isonomia), publicidade, princípio da isonomia, a seleção da proposta mais vantajosa para a
respeito administrativo, vinculação ao instrumento convocatório (ou Edital) e administração pública e a promoção do desenvolvimento nacional sustentável
julgamento objetivo. são objetivos da licitação.
(B) O procedimento administrativo da licitação pode ser feito de várias maneiras, 64. (FGV – 2016 – IBGE - Analista - Auditoria) A licitação busca a proposta mais
sendo não apenas formal, mas informal nos casos especificados no artigo 27 da Lei n. vantajosa para a Administração Pública, motivo pelo qual a Lei nº 8.666/93
8.666/93. dispõe que é vedado aos agentes públicos admitir, prever, incluir ou tolerar,
(C) O termo adjudicação é sinônimo de celebração do contrato, quando da realização nos atos de convocação, cláusulas ou condições que comprometam, restrinjam
de um processo licitatório. A adjudicação garante ao vencedor a celebração do ou frustrem o seu caráter competitivo. Trata-se especificamente do princípio: 
contrato relativo ao objeto da licitação, dentro dos prazos definidos em lei. a) isonomia; 
46. (CESPE - 2013 - TRT - 10ª REGIÃO (DF e TO) - Analista Judiciário - Tecnologia da b) do julgamento objetivo; 
Informação) Uma entidade controlada indiretamente por município da Federação que c) da desvinculação ao instrumento convocatório;
pretenda alugar um imóvel para nele funcionar estará dispensada da observância das d) da competitividade; 
normas gerais sobre licitações e contratos administrativos impostas pela lei em e) da impessoalidade. 
questão, devido ao fato de esta lei ser um diploma federal, não alcançando, portanto, 65. (FCM – 2016 - Prefeitura de Barbacena – MG - Agente Administrativo) São
a esfera da municipalidade princípios previstos de forma expressa na Lei de Licitações n.º 8.666/93:
47. (CESPE - 2013 - TRT - 10ª REGIÃO (DF e TO) - Analista Judiciário - Tecnologia da a) Moralidade, juiz natural, julgamento objetivo, intervenção mínima.
Informação) A licitação objetiva garantir o princípio constitucional da isonomia, b) Legalidade, intervenção mínima, primazia da realidade e julgamento objetivo.
selecionar a proposta mais vantajosa para a administração e promover o c) Igualdade, vinculação ao instrumento convocatório, primazia da realidade, juiz
desenvolvimento nacional sustentável. natural. 
48. (CESPE – 2015 – TCU AUDITOR) Dado o princípio da isonomia, é vedado atribuir d) Publicidade, probidade administrativa, vinculação ao instrumento convocatório e
preferências para bens e serviços produzidos e prestados no Brasil, ou por empresas julgamento objetivo. 
brasileiras, mesmo que se trate de critério de 66. (FCC – 2017 - TRE-SP - Técnico Judiciário - Enfermagem) Atenção : A questão,
desempate em procedimentos licitatórios, situação que deverá ser resolvida por refere-se ao conteúdo de Noções de Direito Administrativo.
sorteio. Dentre os entes que integram a Administração pública e a obrigatoriedade de
CESPE – 2015 - TRE-GO - Técnico Judiciário - Área Administrativa) Com exceção das submissão ao princípio licitatório e ao regime da Lei nº 8.666/93,
sociedades de economia mista, que — devido à participação da iniciativa a)as autarquias e fundações, porque integrantes da Administração pública indireta,
privada em seu capital — seguem regras próprias, os órgãos da administração submetem-se a licitações apenas para a contratação de aquisição de bens e serviços,
indireta estão sujeitos à regra de licitar. não para alienação de bens que integram seu patrimônio.
50. (CESPE – 2014 - TJ-SE - Técnico Judiciário - Área Judiciária) O princípio da b)as autarquias e fundações submetem-se ao regime de licitações para a celebração
vinculação ao instrumento convocatório faculta à administração pública e aos de contratação de aquisição de bens e serviços, bem como para alienação de seus
participantes do certame licitatório a observância das normas e das condições bens.
presentes no edital. c)a Administração direta e indireta subordina-se à lei de licitações para contratação
CESPE – 2014 - SUFRAMA - Agente Administrativo) Considerando que a SUFRAMA, de serviços e alienação de bens, estando a aquisição de bens elencada dentre as
autarquia vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio hipóteses de dispensa de licitação, razão pela qual prescinde de certame.
Exterior, pretenda contratar serviços de consultoria para auxiliar na elaboração d)empresas estatais e fundações integrantes da Administração indireta não se
do Plano Diretor Plurienal da ZFM, julgue os itens a seguir.   submetem ao regime licitatório quando da celebração de contratos, tendo em vista
Sendo uma autarquia, a SUFRAMA não é obrigada a realizar prévio que observam as mesmas regras e parâmetros aplicáveis aos contratos firmados pela
procedimento de licitação para contratar o serviço. iniciativa privada, a fim de preservar a competitividade.
52. (CESPE – 2013 - TRT - 17ª Região (ES) - Técnico Judiciário - Área Administrativa) e)a Administração direta submete-se ao regime licitatório para celebração de
Em atenção ao princípio da publicidade, as licitações não podem ser sigilosas, contratos em sentido estrito, ou seja, contratos administrativos, não se aplicando a
sendo públicos e acessíveis os atos de seu procedimento, com exceção do obrigação de realização de certame para outros instrumento
conteúdo das propostas, que devem permanecer em sigilo até a respectiva 67. (FCC – 2016 - Prefeitura de Teresina – PI - Técnico de Nível Superior - Analista em
abertura. Gestão Pública) Segundo dispõe a Lei no 8.666/93, é caraterística de um
53. (CESPE – 2013 – ANCINE - Analista Administrativo - Área 1) O sigilo das processo licitatório
propostas revela-se como uma mitigação ao princípio da publicidade. a)a possibilidade de ser estabelecida margem de preferência a produtos
manufaturados e para serviços nacionais que atendam às normas técnicas brasileiras. 
Lei 8.666/93 fácil PARA CONCURSOS
b)o sigilo das propostas até a adjudicação do objeto licitado.  72. (IADES – 2017 - CRF – DF - Analista l - Administrador) O artigo 3º , parágrafo 1º ,
c)a impossibilidade de imposição ao contratado que promova medidas de inciso I da Lei nº 8.666/1993 afirma que é vedado aos agentes públicos admitir,
compensação comercial, industrial ou tecnológica.  prever, incluir ou tolerar, nos atos de convocação, cláusulas ou condições que
d)a impossibilidade de restrição a bens e serviços com tecnologia desenvolvida no comprometam, restrinjam ou frustrem o caráter competitivo da licitação,
país. inclusive nos casos de sociedades cooperativas, e estabeleçam preferências ou
e)a restrição do acompanhamento do seu desenvolvimento à comissão de licitação e distinções em razão da naturalidade, da sede ou do domicílio dos licitantes ou
às empresas interessadas de qualquer outra circunstância impertinente ou irrelevante para o específico
FCC – 2015 - DPE-RR - Administrador) As contratações de obras, serviços, compras objeto do contrato. O dispositivo legal apresentado é corolário do princípio
e alienações levadas a efeito pela Administração pública, conforme determina a do(a) a)julgamento objetivo.  
Constituição Federal, devem, como regra, ser precedidas de processo de b)eficácia administrativa.  
licitação pública. Nos termos do que estabelece a Lei Geral de Licitações, o c)obrigatoriedade.  
procedimento licitatório destina-se a garantir a  d)adjudicação compulsória.  
a)melhor contratação para a Administração, considerada aquela de menor preço, e)igualdade. 
independentemente da observância do princípio constitucional da isonomia, isso em 73. (IADES – 2015 -RC-MG - Contador) Em alterações posteriores da Lei n°
razão da positivação dos princípios da eficiência e da economicidade. 8.666/1993, foi prevista a criação de margem de preferência para produtos
b)melhor contratação para a Administração, considerada aquela de menor custo e manufaturados e para serviços nacionais que atendam a normas técnicas
melhor técnica, independentemente da observância do princípio constitucional da brasileiras. Com base no exposto, assinale a alternativa que corresponde a uma
isonomia, isso em razão da positivação do princípio da promoção do desenvolvimento previsão legal a esse respeito. 
nacional sustentável.  a)Será estabelecida com base em estudos revistos periodicamente, em prazo não
c)seleção da proposta mais vantajosa para a Administração e a promoção do superior a quatro anos.  
desenvolvimento nacional sustentável, com a observância do princípio constitucional b)Poderá ser estendida, total ou parcialmente, aos bens e serviços originários dos
da isonomia, devendo, ainda, ser processada e julgada em estrita conformidade com países latino-americanos.  
os princípios constitucionais básicos regedores do agir administrativo e com os c)Não prevalecem sobre as demais preferências específicas previstas na legislação
princípios da vinculação ao instrumento convocatório e do julgamento objetivo.  quando estas forem aplicadas sobre produtos ou serviços estrangeiros. 
d)seleção da proposta mais vantajosa para a Administração e a promoção do d)Aplica-se o mesmo limite legal aos produtos manufaturados e serviços nacionais
desenvolvimento nacional sustentável, o que pode implicar a não observância do resultantes de desenvolvimento e inovação tecnológica realizados no País.
princípio constitucional da isonomia, bem como a desobrigação de seu e)Essas margens de preferência serão definidas pelo Poder Executivo federal, não
processamento em conformidade com os princípios da vinculação ao instrumento podendo a soma delas ultrapassar o montante de 25 por cento sobre o preço dos
convocatório e do julgamento objetivo.  produtos manufaturados e serviços estrangeiros.
e)melhor contratação para a Administração, considerada aquela de menor preço, 74. (IADES – 2014- CONAB - Assistente Administrativo) A Lei nº 8.666/1993
independentemente da qualidade dos produtos e serviços, isso em razão do princípio estabelece uma série de princípios com o objetivo de reger as contratações
que veda a preferência de marcas.  governamentais. 
FCC – 2017 - TRE-SP - Técnico Judiciário - Enfermagem) Atenção : A questão, refere- Considerando essa informação, assinale a alternativa cujo princípio não está
se ao conteúdo de Noções de Direito Administrativo. presente na referida lei.
A realização de licitação visa, precipuamente, ao estabelecimento de condições a)Legalidade.
de competitividade em caráter isonômico, de forma a ser apurada a melhor b)Celeridade.
proposta para a Administração pública. É vedado, assim, o estabelecimento de c)Igualdade.
preferência em relação aos competidores, salvo, d)Impessoalidade.
a)entre empresas brasileiras e estrangeiras, vez que as primeiras possuem primazia e)Publicidade.
em relação às segundas, como forma de proteger a indústria nacional.
75. (CESPE – 2018 - TCE-PB - Agente de Documentação) Nas licitações públicas, de
b)na preferência de contratação de cooperativas perante sociedades com intuito
lucrativo, tendo em vista o caráter social com que atuam e como forma de reduzir a acordo com o princípio do julgamento objetivo,
desigualdade econômica entre aqueles atores. a)comprovado o melhor interesse da administração, os critérios de julgamento
c)como critério de desempate, primeiro em favor de bens produzidos no país ou, se poderão incluir fatores subjetivos.
não houver, produzidos ou prestados por empresas brasileiras. b)concluído o procedimento, a administração estará impedida de atribuir o objeto da
d)como critério de desempate, em favor de empresa brasileira e para aquela que licitação a outrem que não o licitante vencedor.
tenha o maior número de empregados permanentes. c)o julgamento do certame deve nortear-se pelo critério previamente fixado no
e)em favor da empresa que garanta a criação do maior número de empregos no país, instrumento convocatório, observadas todas as normas a seu respeito. 
desde que a diferença em relação à proposta mais vantajosa seja no máximo de 5% d)a administração poderá cobrar do licitante qualquer qualificação, ainda que não
(cinco por cento) e que aceite assumir essas condições para formalização do contrato. inserida no edital, desde que a exigência tenha nexo relacional com o objeto da
FCC – 2017 - TRE-SP - Analista Judiciário - Assistência Social) Atenção:  A questão a contratação.
seguir, refere-se ao conteúdo de Noções de Direito Administrativo.  e)o julgamento do certame deve realizar-se segundo razões de conveniência e
A vedação à alteração das condições de participação na licitação, bem como das oportunidade do gestor.
cláusulas que constarão do contrato, cuja minuta integrou o edital, é expressão GABARITO
do princípio 
1-V 2-F 3-F 4-F 5-V 6-F
a)do julgamento objetivo da licitação, tendo em vista que eventuais alterações
7-F 8-F 9-V 10-F 11-c 12-V,V
interfeririam no resultado do certame, salvo se restasse demonstrada concordância
dos demais licitantes.  13-F 14-F,F,F 15-F 16-V 17-F 18-F
b)da vinculação ao instrumento convocatório, que se dirige somente aos licitantes, 19-F 20-e 21-F 22-a 23-a 24-e
para que esses saibam os termos e condições que regerão a relação jurídica, cuja 25-c 26-F,F,F 27.E 28.E,E,E 29.V 30-C
alteração não poderão propor.  31.C 32.C 33.d 34.c 35. b 36.c
c)da adjudicação compulsória, que possibilita que o licitante vencedor exija a 37.c 38.e 39.E 40.E 41.E,E,E 42.C
assinatura do contrato nos estritos termos que constaram do edital, no prazo de 48 43.E 44.C,C 45.E,E,E 46.E 47.C 48.E
horas após a divulgação do resultado do certame.  49.E 50.E 51.E 52.C 53.C 54.C
d)da vinculação ao instrumento convocatório, pois as propostas foram apresentadas 55.C 56.E 57.E 58.E 59.C 60.C
com base nas condições que constavam do edital, de forma que eventual alteração 61.C 62.C 63.C 64.a 65.d 66.b
violaria a igualdade que deve reger a competição.  67.a 68.c 69.c 70.d 71.c 72.e
e)do julgamento objetivo da licitação, que depende da igualdade de participação 73.e 74.b 75.c
entre os participantes, de forma que eventual alteração demandaria reabertura do
certame, ainda que já findo.
71. (FCC – 2016 - PGE-MT - Técnico - Técnico Adminstrativo) O princípio do
julgamento objetivo, nas licitações públicas, significa que o julgamento do
certame deve realizar-se
a)segundo o melhor entendimento da comissão julgadora, ainda que dissociado do
instrumento convocatório.
b)segundo as melhores práticas do mercado, independentemente do instrumento
convocatório. 
c)segundo critérios objetivos, previstos no instrumento convocatório. 
d)segundo razões de conveniência e oportunidade do gestor.  
e)em função dos objetivos da contratação.