Sei sulla pagina 1di 19

MFSZ

INSTRUÇÕES DE USO
(BA)

MFSZ 2003
SISTEMA DE TECÇÃO PRECOCE DE FOGO
VERSÃO 2.10

Monitoração de Temperatura
em Compartimentos do
Motor

Edição Fevereiro 2004

portugiesisch
MFSZ i

ÍNDICE
ÍNDICE ...................................................................................................................................i
1 GENERALIDADES.............................................................................................................1
1.1 INTRODUçãO..............................................................................................................1
1.2 RESUMO .....................................................................................................................2
1.3 Resumo dos elementos de comando, indicação e de alerta........................................3
1.3 Resumo dos elementos de comando, indicação e de alerta (continuação). ...............4
1.3 Resumo dos elementos de comando, indicação e de alerta (continuação). ...............5
1.3 Resumo dos elementos de comando, indicação e de alerta (continuação)................6
1.3 Resumo dos elementos de comando, indicação e de alerta (continuação)................6
2 DESCRIÇÃO DO SISTEMA ...............................................................................................8
2.1 COLOCAÇÃO EM FUNCIONAMENTO .......................................................................8
2.2 FUNÇÃO PRÉ-ALARME .............................................................................................8
2.3 FUNÇÃO ALARME ......................................................................................................8
2.4 Função Avarias do Sistema .......................................................................................10
2.4.1 Avaria Parcial do Dispositivo ...............................................................................10
2.4.2 Avaria Total do Dispositivo..................................................................................10
3 dados técnicos .................................................................................................................11
3.1 dados tÉCNICOS DO APARELHO MFSZ .................................................................11
3.2 Medidas da caixa do Aparelho MFSZ.......................................................................13
3.3 dados técnicos dos cabos de conexÃo entre o aparelho MFSZ e os sensores de
Temperatura ....................................................................................................................14
4 manutenÇÃo ....................................................................................................................15
4.1 verificação diária........................................................................................................15
4.2 Verificação mensal ....................................................................................................15
4.3 Verificação após um incêndio ....................................................................................15

- IFE, Feb. 04 -
MFSZ 1

1 GENERALIDADES

1.1 INTRODUÇÃO
Sistemas para detecção precoce de fogo dificultam o alastramento ou início de um
incêndio.
100% de proteção nunca poderá ser atingida. Assim, observe atentamente as
instruções destas instruções de funcionamento, para minimizar possíveis perigos.

- IFE, Feb. 04 -
2 MFSZ

1.2 RESUMO
No compartimento do motor podem ser medidos e avaliados valores absolutos da
temperatura atual (temperatura real) em no máximo 8 (oito) pontos.
Quando o valor limite para a fase de pré-alarme é ultrapassado em um dos pontos
de medição, é indicado por meio de um LED e um contato de comutação de
potencial livre.
A ultrapassagem do valor limite para a fase de alarme também é indicada por um
LED e um contato de comutação de potencial livre bem como pela ativação de um
zunidor (buzzer).
Os valores limite para cada uma das 8 (oito) temperaturas das fases de pré-alarme
e de alarme podem ser ajustados independentemente uns dos outros utilizando-se
para isto o "software" (cada sensor de temperatura possui seu próprio valor limite de
pré-alarme e alarme).
Para facilitar a localização do ponto de medição em que ocorreu a respectiva fase
de pré-alarme ou alarme foram instalados 2 (dois) LEDs amarelos e 2 (dois) relés
para a fase pré-alarme e 2 (dois) LEDs vermelhos e 2 (dois) relés para a fase de
alarme.
Com isto é possível dividir o compartimento do motor p.ex. em dois circuitos de
medição.
Com o “software” fornecido pode-se coordenar cada um dos 8 (oito) sensores de
temperatura a um dos dois circuitos ou desativá-los.
O exemplo a seguir mostra uma das possíveis configurações dos pontos de
medição.
Também é possível qualquer outra combinação.

Sensor de Temperatura 1 Circuito de Medição 2


Sensor de Temperatura 2 Circuito de Medição 1
Sensor de Temperatura 3 Circuito de Medição 2
Sensor de Temperatura 4 Circuito de Medição 2
Sensor de Temperatura 5 Desativado
Sensor de Temperatura 6 Circuito de Medição 1
Sensor de Temperatura 7 Circuito de Medição 2
Sensor de Temperatura 8 Desativado

Problemas são acusados por 1 (um) LED amarelo e por 1 (um) contato de potencial
livre (relé), sendo que cada um dos circuitos de medição utiliza os mesmos recursos
(LED e relé).
Outras condições de funcionamento são indicadas por um LED verde e utilizado
pelos dois circuitos de medição.
O zunidor para informação acústica de uma fase de alarme é utilizado pelos dois
circuitos de medição. Pode ser desligado pelo botão de quitação (reset) por um
certo tempo programado através do “software” fornecido.
- IFE, Feb. 04 -
MFSZ 3

Todos os dados relevantes da eletrônica MFSZ encontram-se à disposição na


interface RS232C e podem ser apresentados pelo programa do computador (valores
atuais de medição, valores limite atuais para as fases de pré-alarme e alarme bem
como atribuição dos sensores de temperatura e dos circuitos de medição, etc).

1.3 RESUMO DOS ELEMENTOS DE COMANDO, VISUALIZAÇÃO E DE ALERTA


Vide também Nota 1, Página 7

Elemento Função
LED Pronto
- Pisca quando o sistema todo cai ou quando pelo menos
Cor: verde
um dos seguintes fatores surgir:
Símbolo: 1 0
- Erro de adição de teste em EEPROM
- Todos os 8 sensores estiverem desativados
- Todos os sensores ativados apresentarem defeito
(curto-circuito ou danos no cabo elétrico)
- Brilha se, pelo menos um dos sensores estiver
funcionando, ou seja, se pelo um dos sensores estiver
ativo e funcionado corretamente.

LED Avaria
- Brilha se o sistema tiver caído totalmente, ou seja, se
Cor: amarelo
surgir pelo menos uma das situações.
- Erro de adição de teste em EEPROM
- Todos os 8 sensores estiverem desativados
Símbolo: - Todos os sensores ativados apresentarem erro
(curto-circuito ou danos no cabo elétrico)
- Pisca, se o sistema tiver caído parcialmente, ou seja, se
o sistema tiver caído parcialmente, ou seja, se pelo
menos um dos sensores ativados (mas não todos)
estiver com defeito (curto-circuito ou danos no cabo
elétrico).
- Desligado quando o sistema está em perfeitas condições
de funcionamento.

LED Alerta Circuito 1


- Brilha se pelo menos um dos sensores de temperatura
Cor: Amarelo
ativados, atribuídos ao circuito de medição 1, atingir ou
ultrapassar os valores da fase de pré-alarme.
- Desligado, se todos os sensores de temperatura
ativados, atribuídos ao circuito de medição 1, estiverem
Símbolo: com os valores abaixo dos da fase de pré-alarme.
Quando a fase de alarme houver sido atingida, tem-se
que acionar o botão de quitação para desligar esta
indicação, mesmo quando os valores da temperatura já
estiverem abaixo dos da fase de alerta.

- IFE, Feb. 04 -
4 MFSZ

1.3 Resumo dos Elementos de Comando, Visualização e Alerta (continuação).


vide também Nota 1, Página 7

Elemento Função

- Brilha se pelo menos um dos sensores de temperatura


ativados, atribuídos ao circuito de medição 2, atingir ou
LED Alerta Circuito 2 ultrapassar os valores da fase de pré-alarme.
Cor: Amarelo - Desligado, se todos os sensores de temperatura
ativados, atribuídos ao circuito de medição 2, estiverem
com os valores inferiores aos da fase de pré-alarme.
Quando a fase de alarme houver sido atingida, tem-se
Símbolo: que acionar adicionalmente o botão de quitação para
desligar esta indicação, mesmo quando os valores da
temperatura já estiverem abaixo dos da fase de alerta.

- Brilha se pelo menos um dos sensores de temperatura


ativados, atribuídos ao circuito de medição 1, tiver
LED Alarme Circuito 1 atingido ou ultrapassado os valores da fase de alarme.
Cor: Vermelho - Desligado, se todos os sensores de temperatura
ativados, atribuídos ao circuito de medição 1, estiverem
com os valores abaixo dos da fase de alarme.
Quando a fase de alarme houver sido atingida, tem-se
Símbolo: que acionar adicionalmente o botão de quitação para
desligar esta indicação, mesmo quando os valores da
temperatura já estiverem abaixo dos da fase de alarme.

- Brilha se pelo menos um dos sensores de temperatura


ativados, atribuídos ao circuito de medição 2, tiver
LED Alarme Circuito 2 atingido ou ultrapassado os valores da fase de alarme.
Cor: Vermelho - Desligado, se todos os sensores de temperatura
ativados, atribuídos ao circuito de medição 2, estiverem
com os valores abaixo dos da fase de alarme.
Quando a fase de alarme houver sido atingida, tem-se
Símbolo: que acionar adicionalmente o botão de quitação para
desligar esta indicação, mesmo quando os valores da
temperatura já estiverem abaixo dos da fase de alarme.

- IFE, Feb. 04 -
MFSZ 5

1.3 Resumo dos Elementos de Comando, Visualização e Alerta (continuação).


vide também Nota 1, Página 7
Elemento Função

- Ligado (contato fechado), se pelo menos um dos


sensores de temperatura ativados, atribuídos ao
circuito de medição 1, tiver atingido ou ultrapassado os
valores da fase de alarme.
- Desligado (contato aberto), se todos os sensores de
Relé Alerta Circuito 1 temperatura ativados, atribuídos ao circuito de medição
1, estiverem com os valores abaixo dos da fase de pré-
alarme.
Quando a fase de alarme houver sido atingida, tem-se
que acionar adicionalmente o botão de quitação para
desligar o relé, mesmo quando os valores da
temperatura já estiverem abaixo dos da fase de alerta.

- Ligado (contato fechado) se pelo menos um dos


sensores de temperatura ativados, atribuídos ao
circuito de medição 2, tiver atingido ou ultrapassado os
valores da fase de pré-alarme.
- Desligado (contato aberto), se todos os sensores de
Relé Alerta Circuito 2 temperatura ativados, atribuídos ao circuito de medição
2, estiverem com os valores abaixo dos da fase de pré-
alarme.
Quando a fase de alarme houver sido atingida, tem-se
que acionar adicionalmente o botão de quitação para
desligar o relé, mesmo quando os valores da
temperatura já estiverem abaixo dos da fase de alerta.

- Ligado (contato fechado) se pelo menos um dos


sensores de temperatura ativados, atribuídos ao
circuito de medição 1, tiver atingido ou ultrapassado os
valores da fase de alarme.
- Desligado, se todos os sensores de temperatura
Relé Alarme Circuito 1 ativados, atribuídos ao circuito de medição 1, estiverem
com os valores abaixo dos da fase de alarme.
O botão de quitação deve ser acionadoadicionalmente,
mesmo quando os valores da temperatura já estiverem
abaixo dos da fase de alarme.

- IFE, Feb. 04 -
6 MFSZ
1.3 Resumo dos Elementos de Comando, Indicação e Alerta (continuação)
vide também Nota 1, Página 7

Elemento Função

- Ligado (contato fechado) se pelo menos um dos


sensores de temperatura, atribuídos ao circuito de
medição 2, tiver atingido ou ultrapassado os valores da
fase de alarme.
- Desligado, se todos os sensores de temperatura
Relé Alarme Circuito 2 ativados, atribuídos ao circuito de medição 2, estiverem
com os valores abaixo dos da fase de alarme.
O botão de quitação deve ser acionado, mesmo quando
os valores da temperatura já estiverem abaixo dos da
fase de alarme.

- Ligado (contato fechado), se o sistema estiver em


perfeitas condições de funcionamento.
- Desligado (contato aberto) se o sistema estiver caído
parcial ou completamente, ou seja, se surgir pelo menos
uma das seguintes condições:
Relé Defeito
- Erro de soma de teste em EEPROM
- Se todos os 8 sensores estiverem desativados
- Se pelo menos um dos sensores ativados apresentar
defeito (curto-circuito ou danos no cabo elétrico)

- Ligado (pulsos por segundo) quando o circuito de


medição 1 estiver em fase de alarme e o zunidor não
estiver desativado para este circuito de medição.
Ligado (pulsos por segundo) quando o circuito de
medição 2 estiver em fase de alarme e o zunidor não
Zunidor(Buzzer) estiver desativado para este circuito de medição.
- Ligado (em pulsos por segundo) nos primeiros 5
segundos após se estabelecer a tensão de alimentação,
porém apenas se este teste de funcionamento estiver
ativado (pelo programa do computador).

1.3 Resumo dos elementos de comando, indicação e de alerta (continuação)


vide também Nota 1, Página 7
Elemento Função

- IFE, Feb. 04 -
MFSZ 7

Com o acionamento do botão são possíveis as seguintes


funções:
- Desligar o LED de alarme do circuito 1.
O LED só é desligado assim que os valores de medição
dos sensores de temperatura, atribuídos ao circuito de
medição 1, estiverem abaixo dos valores de alarme.
- Desligar o LED de alarme do circuito 2.
Botão de Quitação O LED só é desligado assim que os valores de medição
dos sensores de temperatura, atribuídos ao circuito de
medição 2, estiverem abaixo dos valores de alarme.
- Desativar o zunidor (buzzer) para o circuito de medição
1, se o valor de medição de pelo menos um sensor de
temperatura, atribuído ao circuito de medição 1. tiver
atingido ou ultrapassado a fase de alarme.
A desativação do zunidor (buzzer) é suprimida após um
certo tempo, conforme programado no computador.
- Desativar o zunidor (buzzer) para o circuito de medição
2, se o valor de medição de pelo menos um sensor de
temperatura, atribuído ao circuito de medição 2. tiver
atingido ou ultrapassado a fase de alarme.
A desativação do zunidor (buzzer) é cancelada após um
certo tempo, conforme programado no computador.
- Desativar o zunidor (buzzer) para os circuitos de
medição 1 e 2 quando o botão é acionando por no
mínimo 3 segundos.
A desativação do zunidor (buzzer) é cancelada após um
certo tempo, conforme programado por computador.
- Terminar imediatamente o teste de funcionamento após
o aparelho ter sido ligado (vide Nota 1, Página 7).

Nota 1: Após o aparelho haver sido ligado, todos os LEDs, relés e zunidores também
são ligados por aproximadamente 5 segundos para testar se funcionam
perfeitamente.
O acionamento do botão de quitação termina este teste de funcionamento
imediatamente.
Este teste de funcionamento por ser desativado através do programa do
computador ,

- IFE, Feb. 04 -
8 MFSZ

2 DESCRIÇÃO DO SISTEMA

2.1 COLOCAÇÃO EM FUNCIONAMENTO


O botão de ligar e desligar está provido de uma trava para evitar o acionamento não
intencional do mesmo.
Para mudar a posição do botão, este deve ser primeiro empurrado para frente e
depois deitado.
Tão logo a corrente de alimentação tenha sido estabelecida, o aparelho MFSZ
realiza um teste interno (Memória RAM, memória EEPROM) eu liga todos os LEDs,
relés e o zunidor por aprox. 5 minutos para que o operador possa verificar o
funcionamento destes.
Esta função de teste pode ser cancelada imediatamente, acionando-se o botão de
quitação.
Após isto todos os sensores de temperatura são controlados e ciclicamente
avaliados.
Depois todos os sensores de temperatura do aparelho MFSZ são lidos e analisados
ciclicamente.
Dependendo do amplitude de entrada são ativados os LEDs, relés e zunidores.
Paralelamente a isto é acionada a interface RS232C .

2.2 FUNÇÃO PRÉ-ALARME


A fase pré-alarme é atingida em um (dos dois) circuitos de medição se, pelo menos
1 (um) sensor de temperatura, atribuído àquele circuito de medição, fornecer um
valor
que atinge ou ultrapassa o valor limite da fase alerta por um certo período.
Com a ajuda do programa do computador pode-se estabelecer um valor limite
separado para a fase alerta.
Ao atingir a fase de alerta, de acordo com a atribuição dos sensores de temperatura
aos circuitos de medição, são ligados o LED alerta e o relé alerta do circuito de
medição 1 bem como o LED alerta e o relé alerta do circuito de medição 2.
A fase alerta de um circuito de medição só é abandonada quando todos os sensores
de temperatura do circuito de medição correspondente apresentarem um valor
Inferior ao valor limite de alerta.
Se o circuito de medição atingir o estado de alarme, tem-se que acionar também o
botão de quitação para se abandonar o estado de alerta.

2.3 FUNÇÃO ALARME


A fase alarme é atingida em um (dos dois) circuitos de medição se, pelo menos
1 (um) sensor de temperatura, atribuído àquele circuito de medição, fornecer um
valor que atinge ou ultrapassa o valor limite da fase alarme por um determinado
período.

- IFE, Feb. 04 -
MFSZ 9

Com a ajuda do programa do computador pode-se estabelecer para a fase alarme


um valor limite separadamente para cada sensor de temperatura.

Ao atingir a fase de alarme, de acordo com a atribuição dos sensores de


temperatura aos circuitos de medição, são ligados o LED alarme e o relé alarme do
circuito de medição 1 e, respectivamente, o LED e o relé alerta do circuito de
medição 2.
O zunidor é ligado como sinal acústico, não importando qual dos circuitos de
medição se encontra em fase alarme, desde que não tenha sido desativado para o
circuito de medição em questão.

A fase de alarme é mantida até que o botão de quitação tenha sido acionado.
Isto desliga o zunidor interno para o correspondente circuito de medição, mas o
sinal ótico (conforme respectivo circuito de medição, LED alarme circuito de
medição 1, LED alarme circuito de medição 2) e os contatos de comutação (cada
um de acordo com o circuito de medição LED alarme circuito 1, LED alarme circuito
2) só serão desligados quando todos os sensores de temperatura, correspondente
ao respectivo circuito de medição fornecer valores inferiores ao valor limite do
alarme.

Caso após um determinado tempo, programado mediante computador, a fase


alarme não tenha sido abandonada, o zunidor interno voltará a ligar-se. Este só
poderá ser desligado mediante novo acionamento do botão de quitação.

Indicação:
Para deixar a fase alarme o botão de quitação deve ser acionado e todos os
sensores de temperatura de um circuito de medição devem fornecer valores que
fiquem abaixo do limiar de alarme.

- IFE, Feb. 04 -
10 MFSZ

2.4 FUNÇÃO AVARIAS DO SISTEMA


O aparelho MFSZ vigia continuamente as ligações entre os sensores e a central e
acusa eventuais erros por meio do LED avarias e relé avarias sendo que, um
contato de relé aberto representa avaria.
Diferencia-se, em princípio, entre avaria parcial e avaria total das condições de
funcionamento do dispositivo.

2.4.1 Avaria Parcial do Dispositivo


Ocorre uma avaria parcial quando pelo menos um dos sensores (mas não todos)
fornece um valor dentro dos limites válidos (danos no cabo, curto-circuito).
Neste estado o LED avaria pisca com aprox. 0.5 Hz. O relé avaria está desligado
(contato de comutação aberto)

2.4.2 Avaria Total do Dispositivo


Cada uma das seguintes situações representa uma avaria total:
• Todos os sensores de temperatura ativados fornecem valores que se
encontram foram das faixas válidas (danos no cabo, curto-circuito)
• Nenhum dos 8 sensores de temperatura está ativado.
• Erro de soma de teste na memória EEPROM (memória não volátil para o
parâmetro).
A avaria total é acusada pelo LED avaria ligado e pelo relé avaria desligado (contato
de comutação aberto).

- IFE, Feb. 04 -
MFSZ 11

3 DADOS TÉCNICOS

3.1 DADOS TÉCNICOS DO APARELHO MFSZ


Parâmetros Texto Valores
Proteção de polaridade existente, porém
Alimentação de tensão 8 VDC bis 32 VDC
sem função quando de polarização errada.
Ambos circuitos de medição em modo de
menor 100 mA
vigilância.
Consumo de corrente
Ambos circuitos de medição em modo de
menor 220 mA
alarme

Temperatura ambiente no Temperatura de funcionamento -25 °C bis +40°C


aparelho MFSZ Temperatura de armazenagem -40 °C bis +70 °C
260 x 160 x 90 mm
Caixa
cor: vermelho
Tipo de proteção IP 42
Contato de potencial livre fase alerta
2.0 A /30 VA
circuito de medição 1
Contato de potencial livre fase alerta
2.0 A /30 VA
circuito de medição 2
Contato de potencial livre alarme circuito
2.0 A /30 VA
de medição 1
Contato de potencial livre alarme circuito
2.0 A /30 VA
Interfaces de medição 2
Contato de potencial livre para avaria 2.0 A /30 VA
RS232C
9600 Bit/s
1 Startbit
Interface de dados em série
8 bits de dados
1 Stopbit
nenhum Paritybit
Número de Sensores de
máx. 8
Temperatura
Tipo de Sensores de
PT500
Temperatura
Uso em ferrovias
Normas Instalações elétricas de veículos EN 50155
ferroviários.
Clima IEC 60068

- IFE, Feb. 04 -
12 MFSZ

EMV
O aparelho não se destina a
funcionamento em cabines de condutores EN 50121-3-2
ou de passageiros ou externamente ao
veículo (telhado, leito)
Vibração/choque IEC 61373
CE - Conformidade atendida

3.1 Dados Técnicos do Aparelho MFSZ (Continuação)


Parâmetro Texto Valores
Co: amarelo
LED Fase alerta
circuito de medição 1
Símbolo:
Cor: amarelo
LED Fase alerta
circuito de medição 2
Símbolo:
Cor: vermelho
LED Fase alerta
circuito de medição 1
Símbolo:
Cor: vermelho
Indicadores LED Fase alerta
circuito de medição 2
Símbolo:
Cor: amarelo
LED Avaria
Símbolo:
Cor: verde
Símbolo: nenhum
LED Pronto Localização ao
lado do botão
liga/desliga
Zunidor
Símbolo:
Botão Liga/Desliga 1
Elementos de comando 0

Botão de quitação
Símbolo:
Nos bornes do circuito impresso (não +/- 1.0 °C
Resolução de medição
foram consideradas resistências de
- IFE, Feb. 04 -
MFSZ 13

dos sinais PT500 potência)


A resolução de medição é válida para
sensores de temperatura PT500 que
apresentam, quando de corrente de
medição de aprox. 1mA, um
aquecimento próprio < 1°C.
Faixa de medição -50 °C bis 500 °C

3.2 MEDIDAS DA CAIXA DO APARELHO MFSZ

1 Botão Liga/Desliga (com trava) 8 Zunidor

2 LED verde "Pronto"


9 Botão de quitação

10 Atarraxamento de cabos Pg 9;
3 LED amarelo "Avaria" Entrada de Tensão de Alimentação.

4 LED Fase alerta


11 Aparusamento da blindagem SHVE 9;
8 entradas dos sensores de
circuito de medição 1 temperatura.

5 LED Fase alerta


12 Atarraxamentos de Cabos PG13;
Saída Avaria e Alarme.
circuito de medição 2

- IFE, Feb. 04 -
14 MFSZ

6 LED Fase alarme

13 Pino de aterramento
circuito de medição 1

7 LED Fase alarme

circuito de medição 2 14 Furos para fixação ∅ 8mm (4x)

3.3 DADOS TÉCNICOS DOS CABOS DE CONEXÃO ENTRE O APARELHO MFSZ E


OS SENSORES DE TEMPERATURA

Cabo de silicone flexível,


resistente a temperaturas e SiFCuSi 3 x 0.75 mm2
blindado
Temperatura permanente máx. +190 °C
Valores de Temperatura Variação de temperatura de curta
máx. +250 °C
duração

- IFE, Feb. 04 -
MFSZ 15

4 MANUTENÇÃO
O aparelho MFSZ não necessita manutenção. Por motivos de segurança deveria, no
entanto, ser verificado o seguinte:

4.1 VERIFICAÇÃO DIÁRIA


A cada colocação em funcionamento ou, pelo menos uma vez ao dia, constatar a
prontidão para funcionamento tomando as seguintes medidas:
• Ligar e desligar o aparelho.
Nos primeiros 5 segundos todos os LEDs serão ligados, o zunidor será
comandado em ciclos de segundos e todos os contatos dos relés serão
fechados.
• Quando em funcionamento o LED "Pronto" (verde) tem que estar ligado, o
LED "avaria" (amarelo) desligado e o relé de contato "avaria” fechado.

4.2 VERIFICAÇÃO MENSAL


• Verificar o aparelho MFSZ quanto à sua funcionalidade pelo menos uma vez
ao mês aquecendo-se cada um dos sensores na ponta do tubo de imersão
(dos sensores a serem detectados) com, por exemplo, um secador de ar
quente.
• A resposta correta às fases de alerta e de alarme deve ser controlada (vide
2.2 e 2.3).

ATENÇÃO:
Não utilize para aquecimento dos sensores, sob hipótese alguma, maçarico ou
qualquer outra fonte de calor que possa fazer com que sejam ultrapassados
os valores máximos permitidos válidos para o sensor em questão.

4.3 VERIFICAÇÃO APÓS UM INCÊNDIO


• Os sensores de temperatura devem ser substituídos por novos após a
ocorrência de um caso de alarme confirmado.
• O estado das conexões dos sensores de temperatura ao aparelho MFSZ
deve ser verificado cuidadosamente, em todo o seu comprimento, quanto a
danos por pessoal qualificado. Cabos danificados devem ser substituídos.
• Por fim, devem ser efetuadas as inspecções conforme 4.1 e 4.2.

- IFE, Feb. 04 -