Sei sulla pagina 1di 4

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO
DEPARTAMENTO DE ENGENHARIAS (DENGE)
DISCIPLINA: FUNDAÇÕES E ESTRUTURAS DE
CONTENÇÃO
DICENTE: LETICIA AZEVEDO DE FARIAS PEREIRA

TIPOS ESPECIAIS DE CONTENÇÃO

Mateus de Araújo Bastos1


Rogério Gondim de Sena Lima2
Sirleno Itamar Barbosa Pinheiro3
Túlio de Brito Batista 4

1. INTRODUÇÃO

2. MURO TERRAE

O sistema construtivo MUROS TERRAE foi desenvolvido no Rio de Janeiro


por três engenheiros egressos do curso de Mestrado em Geotecnia na Universidade
Federal do Rio de Janeiro. Entusiasmados pela geotecnia e com ideias
1
Bacharelando em Engenharia Civil pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido – Campus
Angicos. mateus.fla.araujo@gmail.com.
2
Bacharelando em Engenharia Civil pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido – Campus
Angicos. rg_40@hotmail.com
3
Bacharelando em Engenharia Civil pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido – Campus
Angicos. sirlenopinheiro@yahoo.com.br
4
Bacharelando em Engenharia Civil pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido – Campus
Angicos. tuliodebrito@hotmail.com
empreendedoras, os amigos Marcos Barreto de Mendonça, Paulo José Brugger e
Robson Palhas Saramago encontraram na Incubadora de Empresas da
COPPE/UFRJ a oportunidade para colocar em prática as suas ideias. Neste
ambiente foi criada, em 1996, a Terrae Engenharia Geotécnica Ltda, empresa
focada em geotecnia e no desenvolvimento de sistemas construtivos. Em 1997 a
empresa participou do Prêmio Inovação 97 - Projeto Alfa/RJ (Realização Faperj,
Sebrae e MCT) com o projeto de desenvolvimento tecnológico intitulado “Muro de
Contenção em Solo Reforçado com Face de Blocos Pré-Moldados Intertravados”.

Muros Terrae® é um sistema construtivo de muros de contenção composto


pela montagem de blocos pré-fabricados através de encaixe a seco, sem nenhum
tipo de argamassa ou concreto durante a execução da obra. Este sistema é possível
graças ao design exclusivo dos blocos, que se encaixam através de saliências sem
necessidade de pinos ou conectores. Os blocos são fabricados por meio de
prensagem e vibração, resultando em estruturas resistentes e duráveis.

A solução permite uma construção rápida e simples, utilizando o solo local


como material de aterro, diminuindo bota-fora e necessidade de importação de solo
na obra. Apresenta grande versatilidade na execução de patamares, curvas e
cantos, e oferece excelente opção de estética para a estrutura a ser construída.
Podem ser utilizados em projetos de contenções com grandes alturas ou em áreas
com relevos desafiadores.

Para esse método, pode ser uado o ForTerrae que é um programa


computacional desenvolvido para a analise e o dimensionamento de estruturas de
contenção em solo reforçado com Geogralhas Fortrac e face em blocos segmentais
Terrae, que foi desenvolvido pela empresa de software DynamicCAD.
Fonte: Sistema de Contenção em Blocos Segmentais e Geogrelhas Fortrac

Fonte: huesker.com

MURO DE SOLO REFORÇADO

O muro de solo reforçado se caracteriza pela implantação de reforços, que


são materiais com elevada resistência à tração, no interior de um maciço de solo
compactado. De forma análoga ao concreto armado, em que o concreto possui uma
elevada resistência à compressão, e a barra de aço, uma elevada resistência à
tração, propiciando ao conjunto um comportamento com melhores características
mecânicas, a estrutura de solo reforçado alia a boa resistência à compressão e ao
cisalhamento do solo com a resistência à tração do reforço.
O muro de solo reforçado atua como se fosse um muro de peso. A região
reforçada do solo compactado atua como se fosse um muro de peso estabilizando o
trecho não reforçado. Todas as verificações de estabilidade realizadas para um
muro de peso tradicional, como deslizamento, tombamento, capacidade de carga
das fundações e estabilidade global, precisam ser consideradas na elaboração do
projeto. Além delas, será necessário avaliar o equilíbrio interno (tensões nos
reforços).
Fonte: Escola engenharia (2019).

A ideia está longe de ser recente. Jones (1988) salienta que os princípios
básicos do muro de solo reforçado podem ser vistos na natureza, em técnicas
construtivas adotadas por animais e pássaros, assim como em descrições bíblicas
sobre técnicas construtivas de moradias com o uso de juncos, galhos e fibras
vegetais. Vários autores relatam também antigas estruturas, entre elas o Zigurate de
Ur (Iraque), templo com idade em torno de 5.000 anos, construído com reforço de
juncos e galhos atuando como reforços de camada argilosa.

REFERENCIAS
https://www.huesker.com.br/

https://static.komercialize.com.br/