Sei sulla pagina 1di 2
FACULDADE MINEIRA DE DIREITO | PUC yns Aluno: J\yo. Carctine de Sovea Marchi S as campus Barreiro Direito Penal | GLOBAL Turma: 7 semesire Data: 05 78 [2013 Prova: [wy 25 pontos. NOTA: : Felipe Machado y (yy ‘ATENGAO! = Prova escrita total ou parcialmente a lapis ndo tera direito a solicitagao de revisdo. Prova individual e sem consulta. $6 serd permit Qualquer apareho eletronico devera ser desligado ¢ guardado, — A fundamentacdo é inerente a resposta. = Prova sem assinatura nao sera corrigida 4) (2,5 pontos) (CESPE - 2011 - DPE-MA - Defensor Piblico) Em relacao @ extraterritorialidade das normas previstas no CP assinale a op¢do correta Ficam sujeitos a lei brasileira, embora cometidos no estrangeiro, os crimes contra a vida do jidente da Repiiblica/exceto se o agente tiver sido b) Ficam sujeitos a lei brasileira, embora comet , 0s crimes contra a administracao publica praticados por quem esteja ao seu servicoyexceto se o agente for absolvido iro. c) Ficam sujeitos lei brasileira, embora cometidos no estrangeiro, os crimes de genocidio ticad6s por brasileiros natos, mas nao os praticados por estrangeiros, ainda que residentes no Is crimes praticados no estrangeiro, em embarcagdes brasileiras mercantes, ficam sujeitos & Brasileira, desde que, entre outras condigSes, nao sejam julgados no estrangeiro. © 2) (2,5 pontos) (CESPE - 2012 - TJ-AL - Auxiliar Judicidrio) Determinado cidadao brasileiro praticou delito de genocidio na Argentina, tendo matado membros de um grupo étnico daquele pals, onde foi condenado definitivamente pena maxima de oito anos de reclusdo, segundo a legisiacao argentina. Apés ter cumprido integraimente a pena, esse cidadao retomou a Maceid, cidade onde sempre estabeleceu domicilio. A partir dessa situaco hipotética, assinale a opcdo correta em relacao a extraterritorialidade da lei penal, a pena cumprida no estrangeio e a eficdcia da sentenca estrangeira a) A hipétese revela situacao de extraterritorialidade da lei penal brasileira, que seria aplicada apenas se o brasileiro no tivesse sido condenado na Argentina:< Bb) Se fivesse sido absolvido pela justica argentina, o brasileiro n&io deveria ser submetido a aplica€ao da lei penal brasileira, sob pena de violacdo do principio da anterioridade. DpXKNesse caso, o brasileiro podera ser condenado novamente pela justica do Brasil e, se a pena “aplicada no Brasil for superior aquela cumprida na Argentina, serd atenuada. A sentenca estrangeira, quando a aplicacao da lei brasileira produz na espécie as mesmas No pode ser homologada no Brasil para fins de reparago civil. €) Por se tratar de delito de genocidio, a utilzacao da lei penal argentina afasta a aplicagao da lei Penal brasileira, que s6 seria aplicada caso as vitimas fossem brasileirasi- 6 3) (4 pontos) Os irméos Metralha furtaram uma concessionaria de automéveis, extraviando para ‘813 (tr8s) veiculos automotores que foram vendidos para Dick Vigarista, quem "desmancharla” farro € venderia suas pecas. Apés a investigacdo criminal feita pela Policia Civil, os Imdos Metralha foram denunciados pelo Ministério Public, sendo que a eles o Parquet atribuiu as Condutas do art. 155 (fusto)' e 180 (receptag#o)", ambos do CPB. Durante a instrugo processual, "Art. 155 - Subtrair, para si ou para outrem, coisa alheia mével: Pena reciuso, de um a quatro anos, e mutta. (..)° ficar sobre a mesa lépis, lapiseira, corretivo, borracha, caneta e dculos. 08 réus confessaram os delitos, tendo sido condenados por ambas as condutas. A partir de seus conhecimentos sobre conflito aparente de normas, qual tese vocé, como defensor dos /rmdos Metralha, poderia apresentar em eventual recurso de apelacéo? = 5 A Gi > < Ses Grove que 0 oes clo) - eS w oe ) & ) 4) (5 pontos) Morena cometeu o crime de ato obsceno (art. 233, CPB) na Comarca de | Manga/MG, ao se despir em local piblico, onde estava, inclusive, Dona Florinda. Devidamente processa, Morena foi condenada, no dia 20.02.2012, a uma pena de 1 ano de detengo, deciséo esta que transitou em julgado no dia 28 do mesmo més, Um dia apds a formacéo da coisa julgada, Dona Florinda, senhora considerada o repositorio moral da comunidade manguense, ajuizou ago de indenizacéo contra Morena, sob o argumento de que haveria suportado danos morais provocados pela conduta criminosa. No dia 01.03.2012, entrou em vigor lei emanada do Congresso Nacional, revogando o art. 233, do CPB. A partir dos seus conhecimgntos sobre lei penal no tempo, analise a situacao narrada, pontu: i fido” além de dizer se a lei nova provocaria alguma(s) mudanga(s) na situagao juridica de Morena e, em caso de Tesposta afirmativa, qual(is) seriam. = Vge =e So case **Adt. 180 - Adquirir, receber, transportar, conduzir ou ocultar, em proveito proprio ou alheio, coisa que sabe ‘0u influir para que terceiro, de boa-fé, a adquira, receba ou oculte: um a quatro anos, e multa. (...)"