Sei sulla pagina 1di 1

Escola

Ficha de Trabalho 30
Nome N.º
Turma do 8.° ano Data – – Professor

2. Fenómenos óticos

DPA8EMAOL © Porto Editora


2.5. O olho humano e alguns defeitos de visão
Responde às seguintes questões consultando o teu manual. [Págs. 122-124]

1. Preenche o crucigrama, que diz respeito ao 6 3


olho humano. [Pág. 122] C I
1. Líquido incolor constituído essencialmente por Ó R
água e alguns sais dissolvidos. 7 R E T I N A
2. Material transparente e gelatinoso que mantém a 4 5 N S
forma quase esférica do olho. P C E
3. Estrutura que serve de diafragma, controlando a 1 H U M O R A Q U
O S O
quantidade de luz que penetra no interior do P I
olho. I S
4. Abertura por onde penetra a luz no interior do L T
olho. A A
5. Estrutura transparente que muda a sua curvatura L
para conseguir focar a imagem dos objetos. 2 H U M O R V I T R E O
6. Estrutura transparente que funciona como se N
fosse uma lente convergente e onde os raios O
6. luminosos sofrem a primeira e mais importante refração.
7. Fina camada de células recetoras de luz onde se formam as imagens.

2. Na figura podes ver uma imagem do olho humano onde


se utiliza uma lente para compensar uma anomalia na
refração ocular. [Pág. 124]
Indica, em cada uma das seguintes frases, qual dos termos
alternativos torna a frase correta.
(A) 
O defeito de visão apresentado é miopia/hipermetropia.
(B) 
O defeito de visão apresentado deve-se a uma refração muito/pouco convergente ou a
um globo ocular demasiado longo/curto.
(C) 
Na ausência de lente, o feixe de raios paralelos converge/diverge num ponto à frente/
para além da retina.

3. Na figura podes ver uma imagem do olho humano que


apresenta uma anomalia na refração ocular. [Pág. 124]
Indica, em cada uma das seguintes frases, qual dos termos
alternativos torna a frase correta.
(A) 
O defeito de visão apresentado é miopia/hipermetropia.
(B) 
O defeito de visão apresentado deve-se a uma refração muito/pouco convergente ou a
um globo ocular demasiado longo/curto.
(C) 
O defeito de visão apresentado é compensado utilizando uma lente convergente/divergente.