Sei sulla pagina 1di 10

PLANO DE ENSINO ORGANIZAÇÕES E INSTITUIÇÕES INTERNACIONAIS Implantação 20181

CARGA HORÁRIA: 66h Teórica: 66h Prática: 00h

EMENTA
Apresenta e analisa os aspectos históricos, políticos, sociais, econômicos e jurídicos pertinentes a criação e funcionamento das Organizações
Internacionais. Identifica e compara os elementos constitutivos/funcionais e o desenho institucional de diferentes Organizações
Internacionais. Examina as condições que influenciam a dinâmica das Organizações Internacionais, como a interação com os atores não
estatais e a governança.

COMPETÊNCIAS
XI - Analista político - Analisar criticamente questões internacionais no seu contexto político, histórico, estratégico, jurídico, cultural e social.
XV - Investigação - Realizar pesquisas e análises nacionais e internacionais de temas de interesse da organização em que atua.
XVII - Analista de processos econômicos - Participar e interferir nos processos de importação, exportação e investimento, desde as sondagens
de mercado até o planejamento e finalização do processo.

OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM
1. Reconhecer os fatores históricos, geopolíticos e jurídicos que levaram ao surgimento das organizações internacionais compreendendo
a relevância da institucionalização das relações internacionais por meio de organismos interestatais;
2. Desenvolver um senso crítico acerca do âmbito político-institucional em que operam as organizações internacionais projetando ações
e políticas que levem em consideração a atuação dos organismos internacionais e aproveitem potenciais sinergias resultantes da
inserção em programas institucionais internacionais.:
3. Classificar as diversas espécies de organização internacional de acordo com os critérios consagrados na doutrina;
4. Analisar adequadamente os problemas e interesses que surgem no âmbito institucional das organizações internacionais; (v) avaliar a
relevância e o impacto das ações realizadas no âmbito das organizações internacionais na vida cotidiana;
5. Formular propostas em sintonia com as políticas emanadas dos organismos internacionais pertinentes.
ATIVIDADE PRÁTICA SUPERVISIONADA
Objetivos Atividades a serem desenvolvidas Avaliação
Elaborar um mapa mental ou um infográfico As atividades que serão desenvolvidas Os critérios de avaliação estão explícitos no
comparativo sobre a reforma do Conselho de pelos estudantes encontram-se ambiente virtual de aprendizagem (Blackboard) da
Segurança da Organização das Nações Unidas. detalhadas no ambiente virtual de disciplina.
aprendizagem (Blackboard) da disciplina.
CRONOGRAMA DE AULAS
Competências
Objetivos de Aprendizagem
Relacionadas
1. Identificar e descrever os principais elementos do Plano de Ensino da disciplina. I,II,III,IV,V,X,XIII,
1 – APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA E INTRODUÇÃO ÀS ORGANIZAÇÕES

2. Explicar as características das Organizações Internacionais. XIV,XVIII,XIX


Influência e Relevância das Organizações Internacionais

3. Analisar e avaliar o impacto das Organizações Internacionais na vida moderna.


Características das Organizações Internacionais

Estratégias de Ensino Avaliação Formativa Recursos


Aula expositiva dialogada – perguntas e Feedback formativo Vídeo:
respostas – mapa mental - vídeo Quizz https://www.youtube.com/watch?v=S
UEMM9wdTeI
Sequência sugerida:
 Apresentar o plano de aula.
INTERNACIONAIS

 Expor claramente os objetivos de


aprendizagem.
 Levantar conhecimentos prévios e
desenvolver diálogo, a partir de anotações
na lousa, acerca de situações nas quais as
organizações internacionais desempenhem
um papel relevante.
 Debater vídeo sobre OIs.
 Fazer perguntas e ouvir respostas para
estimular o raciocínio e desenvolver a
emissão de mensagens claras e

convincentes.

 Elaborar, de modo associativo, um diagrama


sistematizado das principais ideias discutidas
em sala de aula acerca dos elementos
constitutivos das organizações
internacionais e sua classificação.
 Indicar material de leitura para a próxima
aula.

Competências
Objetivos de Aprendizagem
Relacionadas
1. Descrever a origem histórica das Organizações Internacionais. I,II,III,IV,V,X,XIII,
O processo de institucionalização das Organizações Internacionais
2 – ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS: DEFINIÇÃO E HISTÓRIA

2. Analisar o processo de surgimento das Organizações Internacionais modernas. XIV,XVIII,XIX


3. Identificar os elementos constitutivos das Organizações Internacionais.
Estratégias de Ensino Avaliação Formativa Recursos
Definição de Organizações Internacionais

Aula expositiva dialogada – perguntas e respostas – Feedback formativo HERZ, Mônica; HOFFMAN,
aula expositiva interativa – mapa mental Quizz Andrea. Organizações
Minute paper Internacionais: história e
Sequência sugerida: práticas. Rio de Janeiro:
 Expor claramente os objetivos específicos de Elsevier, 2004. Capítulo 1.
aprendizagem da aula.
 Levantar conhecimentos prévios e desenvolver
diálogo, a partir de anotações na lousa, acerca da
determinação da personalidade jurídica das
organizações internacionais.
 Fazer perguntas para estimular o raciocínio e
desenvolver a emissão de mensagens claras e
convincentes.
 Mesclar a aula expositiva com pequenas
atividades interativas dos alunos, a fim de que

façam rápidas buscas na internet acerca dos


vários contextos em que ocorrem as tomadas de
decisões nas organizações internacionais.
 Elaborar, de modo associativo, um diagrama

sistematizado das principais ideias discutidas em


sala de aula acerca da organização internacional
como sujeito de direito internacional.
 Indicar material de leitura para a próxima aula.
Competências
Objetivos de Aprendizagem
3 –DESENHO INSTITUCIONAL DAS ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS

Relacionadas
1. Identificar e descrever as competências institucionais das organizações internacionais. I,II,III,IV,V,X,XIII,
2. Apresentar as fontes de recursos e a representação institucional dos membros. XIV,XVIII,XIX
Recursos e representação dos membros

Estratégias de Ensino Avaliação Formativa Recursos


Competências institucionais

Aula expositiva dialogada – perguntas e respostas – Feedback formativo SEITENFUS, Ricardo. Manual
fórum de discussão – mapa conceitual Quizz das Organizações
Minute paper Internacionais. Porto Alegre:
Sequência sugerida: Livraria do Advogado, 1997.
 Explicitar os objetivos específicos de Capítulo 3.
aprendizagem da aula.
 Levantar conhecimentos prévios e desenvolver
diálogo, a partir de anotações na lousa, acerca do
tema da aula.
 Fazer perguntas para estimular o raciocínio e

desenvolver a emissão de mensagens claras e


convincentes.
 Organizar um fórum de discussão acerca do tema

da aula, baseado em notícias recentes


relacionadas às Organizações Internacionais.
 Estruturar os principais conceitos abordados na
aula, de modo hierarquizado (do mais geral ao
mais específico), por meio de frases, verbos ou
proposições de ligação, a fim de destacar a
hierarquia desses conceitos.
 Indicar material de leitura para a próxima aula.

Competências
Objetivos de Aprendizagem
Relacionadas
1. Analisar os precedentes da ONU I,II,III,IV,V,X,XIII,
2. Identificar as principais características da ONU. XIV,XVIII,XIX
Atuação e elementos da ONU de acordo com a Carta

3. Analisar a forma de atuação da ONU conforme sua Carta.


Estratégias de Ensino Avaliação Formativa Recursos
4 – A ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS

Aula expositiva dialogada – perguntas e respostas – Feedback formativo SEITENFUS, Ricardo. Manual
Precedentes: Liga das Nações
Características Gerais da ONU

mapa mental – situação-problema Quizz das Organizações


Avaliação em pares Internacionais. Porto Alegre:
Sequência sugerida: Livraria do Advogado, 1997.
 Expor claramente os objetivos específicos de Capítulo 4
aprendizagem da aula.
 Levantar conhecimentos prévios e desenvolver CARTA DA ONU:

diálogo, a partir de anotações na lousa, acerca da HTTPS://NACOESUNIDAS.ORG/


distinção entre o regime interno da organização CARTA/
internacional e o ordenamento jurídico estatal.
 Fazer perguntas para estimular o raciocínio e Laboratório de Informática
desenvolver a emissão de mensagens claras e

convincentes. Site da Organização:


 Elaborar, de modo associativo, um diagrama http://www.un.org/en/index.ht
sistematizado das principais ideias discutidas em ml
sala de aula acerca do tema da aula.

 Organizar a sala em grupos, dividir partes da


Carta para cada grupo. Os alunos devem estudar
a Carta e destacar os pontos principais para
apresentarem para os demais colegas.
 Indicar material de leitura para a próxima aula.
Competências
Objetivos de Aprendizagem
Atuação e propostas de reforma do Conselho Econômico e Social
Reforma do Sistema das Nações Unidas – problemas e propostas

Relacionadas
1. Apontar e analisar os pontos relacionadas à atuação e reforma dos órgãos e agências da ONU. I,II,III,IV,V,X,XIII,
2. Atuação e propostas de reforma do Conselho Econômico e Social - ECOSOC XIV,XVIII,XIX
5 – REFORMA DA ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS

Estratégias de Ensino Avaliação Formativa Recursos


Aula expositiva dialogada – perguntas e respostas – Feedback formativo Laboratório de Informática
aula expositiva interativa – mapa mental Quizz
Minute paper Site ONU Brasil – Reforma da
Sequência sugerida: ONU
 Expor claramente os objetivos específicos de https://nacoesunidas.org/acao/
aprendizagem da aula. reforma-da-onu/
 Levantar conhecimentos prévios e desenvolver
diálogo, a partir de anotações na lousa, acerca do Site ECOSOC:
tema da aula. https://www.un.org/ecosoc/en
 Fazer perguntas para estimular o raciocínio e /home
desenvolver a emissão de mensagens claras e
convincentes. ALVES, Jose R. da C. A.. O
 Mesclar a aula expositiva com pequenas Conselho Econômico e Social
atividades interativas dos alunos, a fim de que das Nações Unidas e suas
façam rápidas buscas na internet acerca do tema Propostas de Reforma. Brasília:
da aula. Funag, 2013. Capítulo 2.
 Elaborar, de modo associativo, um diagrama Disponível em:
sistematizado das principais ideias discutidas em http://funag.gov.br/loja/downl

sala de aula. oad/1090-


 Indicar material de leitura para a próxima aula. Conselho_Economico_e_Social
_das_Nacoes_Unidas_e_Suas_
Propostas_de_Reforma.pdf

Competências
Objetivos de Aprendizagem
Relacionadas
1. Descrever a participação brasileira na ONU. I,II,III,IV,V,X,XIII,
2. Analisar a relevância da participação do Brasil na ONU. XIV,XVIII,XIX
3. Avaliar as propostas de reforma da ONU sob a perspectiva do Brasil.
A experiência brasileira nas Nações Unidas

Estratégias de Ensino Avaliação Formativa Recursos


Reforma da ONU sob a perspectiva do Brasil

Aula expositiva dialogada – perguntas e respostas – Feedback formativo SARDENBERG, Ronaldo Mota. O
mapa conceitual – ensino com pesquisa Auto avaliação Brasil e as Nações Unidas.
Checklist Brasília: Funag, 2013.
Sequência sugerida: Disponível em:
6 – A ONU E O BRASIL

 Expor claramente os objetivos específicos de http://funag.gov.br/loja/downl


aprendizagem da aula. oad/1045-o-brasil-e-as-nacoes-
 Levantar conhecimentos prévios e desenvolver unidas.pdf
diálogo, a partir de anotações na lousa, acerca do
tema da aula.
 Fazer perguntas para estimular o raciocínio e
desenvolver a emissão de mensagens claras e
convincentes.
 Estruturar os principais conceitos abordados na
aula, por meio de frases, verbos ou proposições

de ligação, a fim de destacar a hierarquia desses


conceitos.
 Alternativamente, desafiar o aluno (ou grupo de
alunos, a depender do tamanho da turma) a
investigar a expor, por grupo, cada capítulo do
livro.
 Indicar material de leitura para a próxima aula.
Competências
Objetivos de Aprendizagem
7 –ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS E SISTEMA DE SEGURANÇA COLETIVA

Relacionadas
1. Definir Sistema de Segurança Coletiva. I,II,III,IV,V,X,XIII,
2. Analisar a administração da segurança pela ONU durante a Guerra Fria. XIV,XVIII,XIX
3. Avaliar as principais mudanças do Sistema de Segurança Coletiva geradas a partir do final da Guerra
Fria.
Estratégias de Ensino Avaliação Formativa Recursos
Segurança Coletiva e Guerra Fira
Segurança Coletiva e Pós-Guerra Fria

Aula expositiva dialogada – perguntas e respostas – Feedback formativo HERZ, Mônica; HOFFMAN,
aula expositiva interativa – mapa mental – Quizz Andrea. Organizações
apresentação oral Minute paper Internacionais: história e
práticas. Rio de Janeiro:
Sequência sugerida: Elsevier, 2004. Capítulo 3.
 Expor claramente os objetivos específicos de
aprendizagem da aula.
 Levantar conhecimentos prévios e desenvolver
diálogo, a partir de anotações na lousa, acerca do
tema da aula.
 Fazer perguntas para estimular o raciocínio e
desenvolver a emissão de mensagens claras e

convincentes.

 Mesclar a aula expositiva com pequenas


atividades interativas dos alunos.
 Elaborar, de modo associativo, um diagrama
sistematizado das principais ideias discutidas em
sala de aula.
 Alternativamente, atribuir a cada estudante ou
grupo de estudantes um ponto da matéria a ser
preparado e apresentado oralmente na sala. O
professor deve dar instruções precisas, verificar o
material preparado antes da apresentação e
pedir que os alunos avaliem cada apresentação
dos seus colegas mediante uso de rubricas.
 Indicar material de leitura para a próxima aula.

Competências
Objetivos de Aprendizagem
Relacionadas
1. Descrever o funcionamento do Conselho de Segurança das Nações Unidas. I,II,III,IV,V,X,XIII,
2. Analisar as propostas de reforma do Conselho. XIV,XVIII,XIX
8 – O CONSELHO DE SEGURANÇA DAS NAÇÕES UNIDAS

3. Avaliar a atuação do Conselho de acordo com eventos contemporâneos da política internacional.


Estratégias de Ensino Avaliação Formativa Recursos
Aula expositiva dialogada – perguntas e respostas – Feedback formativo GARCIA, Eugênio Vargas.
Funcionamento do CSNU

mapa conceitual – situação-problema Quizzzz Conselho De Segurança Das


Avaliação em pares Nações Unidas. Brasília: Funag,
Reforma do CSNU

Sequência sugerida: 2013.


 Expor claramente os objetivos específicos de Disponível Em:
aprendizagem da aula. http://funag.gov.br/loja/downl
 Levantar conhecimentos prévios e desenvolver oad/1075-conselho%20-
diálogo, a partir de anotações na lousa, acerca do seguranca-das-nacoes-
tema da aula. unidas.pdf
 Fazer perguntas para estimular o raciocínio e

desenvolver a emissão de mensagens claras e Site do Conselho:


convincentes. http://www.un.org/en/sc/
 Estruturar os principais conceitos abordados na
aula, de modo hierarquizado (do mais geral ao
mais específico), por meio de frases, verbos ou
proposições de ligação, a fim de destacar a
hierarquia desses conceitos.
 Apresentar uma situação-problema para ilustrar
o funcionamento do CSNU.
 Indicar material de leitura para a próxima aula.
Competências
Objetivos de Aprendizagem
Relacionadas
1. Descrever e analisar o contexto histórico e institucional das missões de paz da ONU. I,II,III,IV,V,X,XIII,
2. Apresentar as formas de atuação das missões de paz da ONU XIV,XVIII,XIX
Condições para a atuação das missões de paz da ONU
Avaliação das atuações das missões ddp pp da ONU

3. Avaliar a atuação das missões de paz da ONU


Estratégias de Ensino Avaliação Formativa Recursos
Aula expositiva dialogada – perguntas e respostas – Feedback formativo
9 – MISSÕES DE PAZ DAS NAÇÕES UNIDAS

aula expositiva interativa – mapa mental – Quizzzz


apresentação oral Minute paper

Sequência sugerida:
 Expor claramente os objetivos específicos de
AGUILLAR, Sérgio L. C.
aprendizagem da aula.
Operações de Paz: novos
 Levantar conhecimentos prévios e desenvolver
mandatos e suas implicações
diálogo, a partir de anotações na lousa, acerca do
para os países contribuintes
tema da aula
com tropas. História e Cultura,
 Fazer perguntas para estimular o raciocínio e
v. 4, p. 254-276, 2015.
desenvolver a emissão de mensagens claras e
Disponível em:
convincentes.
https://periodicos.franca.unesp
 Mesclar a aula expositiva com pequenas
.br/index.php/historiaecultura/
atividades interativas dos alunos.
article/view/1485
 Elaborar, de modo associativo, um diagrama

sistematizado das principais ideias discutidas em


sala de aula acerca do tema da aula.
 Alternativamente, atribuir a cada estudante ou
grupo de estudantes um ponto da matéria a ser
preparado e apresentado oralmente na sala. O
professor deve dar instruções precisas, verificar o
material preparado antes da apresentação e
pedir que os alunos avaliem cada apresentação
dos seus colegas mediante uso de rubricas.
 Indicar material de leitura para a próxima aula.

Competências
internacional e a construção de Regimes Internacionais

Objetivos de Aprendizagem
Organizações Internacionais, promoção de cooperação

Relacionadas
1. Apresentar as tipologias de cooperação internacional I,II,III,IV,V,X,XIII,
10 – COOPERAÇÃO E ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS

2. Explicar a relação entre organizações internacionais, cooperação e regimes internacionais. XIV,XVIII,XIX


Cooperação funcional e temas sociais

2. Analisar a importância da cooperação funcional para a promoção de temas sociais.


Estratégias de Ensino Avaliação Formativa Recursos
Aula expositiva dialogada – perguntas e respostas – Feedback formativo
aula expositiva interativa – mapa mental Quizzzz HERZ, Mônica; HOFFMAN,
Auto avaliação Andrea. Organizações
Sequência sugerida: Internacionais: história e
 Expor claramente os objetivos específicos de práticas. Rio de Janeiro:
aprendizagem da aula. Elsevier, 2004. Capítulo 4.

 Levantar conhecimentos prévios e desenvolver


diálogo, a partir de anotações na lousa, acerca do
tema da aula.
 Fazer perguntas para estimular o raciocínio e
desenvolver a emissão de mensagens claras e
convincentes.
 Mesclar a aula expositiva com pequenas
atividades interativas dos alunos.

 Elaborar, de modo associativo, um diagrama


sistematizado das principais ideias discutidas em
sala de aula.
 Indicar material de leitura para a próxima aula.
Competências
Objetivos de Aprendizagem
Funcionamento, participação e balanço das suas atividades

Relacionadas
11 – A ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA EDUCAÇÃO,

1. Explicar a reforma da UNESCO e as alterações no sistema internacional. I,II,III,IV,V,X,XIII,


2. Avaliar a atualidade e a relevância da UNESCO. XIV,XVIII,XIX
Reforma e Relevância da UNESCO

Estratégias de Ensino Avaliação Formativa Recursos


Aula expositiva dialogada – perguntas e respostas – Feedback formativo DYTZ FILHO, Nilo. Crise e
aula expositiva interativa – mapa mental Quizzzz Reforma da Unesco:
Minute paper reflexões sobre a promoção
CIÊNCIA E CULTURA

Sequência sugerida: do poder brando do Brasil no


 Expor claramente os objetivos específicos de plano multialteral. Brasília:
aprendizagem da aula. Funag, 2014. Capítulos 1 e 3.
 Levantar conhecimentos prévios e desenvolver Disponível em:
diálogo, a partir de anotações na lousa, acerca do http://funag.gov.br/loja/dow
tema da aula. nload/crise-e-reforma-da-
 Fazer perguntas para estimular o raciocínio e unesco.pdf
desenvolver a emissão de mensagens claras e

convincentes.
 Mesclar a aula expositiva com pequenas
atividades interativas dos alunos.
 Elaborar, de modo associativo, um diagrama

sistematizado das principais ideias discutidas em


sala de aula acerca do tema da aula.
 Indicar material de leitura para a próxima aula.
Competências
ma

Rel

nai
cio
Int
úd

õe
da

na

ua

da
ORGANIZAÇ

co
Sa

çã

At

M
te

Objetivos de Aprendizagem
er
m

O
o

o
e

S
s

s
DA SAÚDE
MUNDIAL

Relacionadas
12 – A

ÃO

1. Analisar a saúde como tema das Relações Internacionais. I,II,III,IV,V,X,XIII,


2. Analisar a atuação da OMS em relação às pandemias. XIV,XVIII,XIX


Estratégias de Ensino Avaliação Formativa Recursos
Aula expositiva dialogada – perguntas e respostas – Feedback formativo SIMÕES, Mariangela Rebuá
mapa conceitual – situação-problema Quizzzz De Andrade. Organização
Avaliação em pares Mundial Da Saúde. Brasília:
Sequência sugerida: Funag, 2009.
 Expor claramente os objetivos específicos de Disponível em:
aprendizagem da aula. Http://Funag.Gov.Br/Loja/Do
 Levantar conhecimentos prévios e desenvolver wnload/582-Livro-Na-Rua-25-
diálogo, a partir de anotações na lousa, acerca do Oms-Reimpressao.Pdf
tema da aula.
 Fazer perguntas para estimular o raciocínio e Site da Organização:
desenvolver a emissão de mensagens claras e http://www.who.int/
convincentes.
 Estruturar os principais conceitos abordados na
aula, de modo hierarquizado (do mais geral ao
mais específico), por meio de frases, verbos ou
proposições de ligação, a fim de destacar a
hierarquia desses conceitos.
 Solicitar que os alunos, em grupos, pesquisem
sobra a atuação da OMS em relação às pandemias
mais recentes de H1N1, Ebola, Zika, etc.
 Indicar material de leitura para a próxima aula.
Competências
Objetivos de Aprendizagem
Relacionadas
O Sistema de Comércio Multilateral resolução de controvérsias
O Sistema Internacional de Patentes, Marcas, Desenhos e

1. Explicar o sistema de comércio multilateral. I,II,III,IV,V,X,XIII,


2. Analisar a atuação da OMC como organização internacional. XIV,XVIII,XIX
3. Avaliar o impacto da institucionalização do comércio internacional ocorrido por meio da OMC.
13 – A ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DO COMÉRCIO

Estratégias de Ensino Avaliação Formativa Recursos


Aula expositiva dialogada – perguntas e respostas – Feedback formativo MESQUITA, Paulo Estivallet
mapa conceitual – situação-problema Quizzzz de. A Organização Mundial
Denominação de Origem

Avaliação em pares do Comércio. Brasília: Funag,


Sequência sugerida: 2013. Disponível em:
 Expor claramente os objetivos específicos de Http://Funag.Gov.Br/Loja/Do
aprendizagem da aula. wnload/1081-
 Levantar conhecimentos prévios e desenvolver Organizacao_Mundial_Do_Co
diálogo, a partir de anotações na lousa, acerca do mercio.Pdf
tema da aula.
 Fazer perguntas para estimular o raciocínio e
desenvolver a emissão de mensagens claras e Site da Organização:
convincentes. https://www.wto.org/
 Estruturar os principais conceitos abordados na
aula, de modo hierarquizado (do mais geral ao
mais específico), por meio de frases, verbos ou
proposições de ligação, a fim de destacar a

hierarquia desses conceitos.


 Apresentar, em grupos, eventos atuais


envolvendo a OMC.
 Indicar material de leitura para a próxima aula.
Competências
14 – O SISTEMA DE SOLUÇÃO DE

Objetivos de Aprendizagem
O Brasil e o Sistema de
Sistema de Solução de
Controvérsias da OMC

Controvérsias da OMC

Relacionadas
Funcionamento do
CONTROVÉRSIAS DA OMC

1. Explicar o funcionamento do sistema de solução de controvérsias da OMC. I,II,III,IV,V,X,XIII,


Solução de

2. Analisar os casos referentes ao Brasil no sistema de solução de controvérsias. XIV,XVIII,XIX

Estratégias de Ensino Avaliação Formativa Recursos


Aula expositiva dialogada – perguntas e respostas – Feedback formativo BENJAMIM, Daniela Arruda
aula expositiva interativa – mapa mental Quizzzz (Org.). O Sistema De Solução
Minute paper de Controvérsias da OMC:

Sequência sugerida: Uma Perspectiva Brasileira.


 Expor claramente os objetivos específicos de Brasília: Funag, 2013. Parte I


aprendizagem da aula. – O Brasil E O Sistema De
 Levantar conhecimentos prévios e desenvolver Solução De Controvérsias Da
diálogo, a partir de anotações na lousa, acerca do Omc.
tema da aula. Disponível Em:
 Fazer perguntas para estimular o raciocínio e Http://Funag.Gov.Br/Loja/Do
desenvolver a emissão de mensagens claras e wnload/1053-
convincentes. Sistema_De_Solucao_Omc.Pd
 Mesclar a aula expositiva com pequenas f
atividades interativas dos alunos.
 Apresentar, em grupos, um dos estudos de caso
presentes do material da aula.
 Indicar material de leitura para a próxima aula.
Competências
Objetivos de Aprendizagem
Relacionadas
1. Identificar e descrever o histórico, objetivos e composição da FMI e do Banco Mundial. I,II,III,IV,V,X,XIII,
2. Analisar a funcionamento do FMI e do Banco Mundial nas suas respectivas áreas de atuação. XIV,XVIII,XIX
3. Avaliar o impacto do FMI e da Banco Mundial em questões relacionadas às suas respectivas
competências.
Estratégias de Ensino Avaliação Formativa Recursos
Aula expositiva dialogada – perguntas e respostas – Feedback formativo Site do FMI:
aula expositiva interativa – mapa mental Quizzzz http://www.imf.org/external
15 – AS INSTITUIÇÕES DE BRETTON WOODS

Minute paper /index.htm


Sequência sugerida:
 Expor claramente os objetivos específicos de Site do Banco Mundial:
FMI e Banco Mundial

aprendizagem da aula. http://www.worldbank.org/


 Levantar conhecimentos prévios e desenvolver
diálogo, a partir de anotações na lousa, acerca do
histórico, estrutura e objetivos do FMI e do Banco COZENDEY, Carlos Márcio B.
Mundial. Instituições de Bretton
 Fazer perguntas para estimular o raciocínio e Woods: Desenvolvimento e
desenvolver a emissão de mensagens claras e Implicações para o Brasil.
convincentes. Brasília: Funag, 2013.

 Mesclar a aula expositiva com pequenas Disponível em:


atividades interativas dos alunos, a fim de que http://funag.gov.br/loja/dow
façam rápidas buscas na internet acerca do nload/1079-instituicoes-de-
impacto do FMI e do Banco Mundial na vida bretton-woods.pdf
cotidiana.
 Elaborar, de modo associativo, um diagrama
sistematizado das principais ideias discutidas em
sala de aula acerca do histórico, objetivos e
composição da UNESCO e da OMS.
 Distribuir os capítulos do material da aula para os
grupos em sala para que eles possam apresentar
os pontos principais de cada capítulo.
 Indicar material de leitura para a próxima aula.
Competências
Objetivos de Aprendizagem
Atores da Sociedade Civil Global

Governamentais Internacionais

Relacionadas
1. Identificar e descrever a atuação da Sociedade Civil Global. I,II,III,IV,V,X,XIII,
16 – SOCIEDADE CIVIL GLOBAL

2. Analisar as funções e formas de atuação das Organização Não Governamentais Internacionais. XIV,XVIII,XIX
Organizações Não

3. Avaliar o impacto das Organização Não Governamentais Internacionais em suas respectivas áreas.
Estratégias de Ensino Avaliação Formativa Recursos
Aula expositiva dialogada – perguntas e respostas – Feedback formativo HERZ, Mônica; HOFFMAN,
aula expositiva interativa – mapa mental Quizzzz Andrea. Organizações
Minute paper Internacionais: história e
Sequência sugerida: práticas. Rio de Janeiro:

 Expor claramente os objetivos específicos de Elsevier, 2004. Capítulo 6.


aprendizagem da aula.
 Levantar conhecimentos prévios e desenvolver

diálogo, a partir de anotações na lousa, acerca do


tema da aula.
 Fazer perguntas para estimular o raciocínio e
desenvolver a emissão de mensagens claras e
convincentes.
 Mesclar a aula expositiva com pequenas
atividades interativas dos alunos.
 Elaborar, de modo associativo, um diagrama
sistematizado das principais ideias discutidas em
sala de aula acerca do tema da aula.
 Indicar material de leitura para a próxima aula.
17
18

Há 4 (quatro) unidades disponíveis para acomodar, não necessariamente nesta ordem:


- Aplicação da Prova Interdisciplinar
- Revisão ou reforço de conteúdos mediante avaliação da performance da turma
19

- Feriados e eventos fortuitos


20
21

Prova N2
22

Prova Substitutiva

AVALIAÇÃO
A Nota Final (NF) considera a composição entre:
- N1: obtida a partir de quatro avaliações continuadas ao longo do semestre, detalhadas abaixo.
- N2: prova.
Disciplinas majoritariamente práticas contam com Avaliação Prática compondo a Nota N2, com peso de 50%.

O estudante que não atingir a média final 6,0 (seis), poderá realizar uma Prova Substitutiva, cuja nota substituirá a nota da Prova N2 obtida,
caso seja maior.
A Nota Final é formada pela média ponderada das duas notas, N1 e N2, com peso, respectivamente de 40% e 60%, resultante da seguinte
equação: (N1 x 0,4) + (N2 x 0,6)

Para aprovação, a Nota Final deverá ser igual ou superior a 6,0 (seis), além da necessária frequência mínima a 75% das aulas.

NOTA N1 NOTA N2
PROVA PROVA N2
PROVA A CRITÉRIO DO DOCENTE APS
INTERDISCIPLINAR (substitutiva eventual)
Contendo questões
Individual contendo objetivas e/ou questões
questões objetivas cujo Individual contendo Trabalho ou outro Atividades práticas dissertativas.
propósito é avaliar o questões objetivas e recurso avaliativo, orientadas pelo docente, AVALIAÇÃO PRÁTICA N2
progresso do estudante dissertativas. individual ou em grupo. individual ou em grupo. Aplicável somente às
ao longo do curso. (peso: 3) (peso: 3) (peso: 1) disciplinas
(peso: 3) majoritariamente
práticas.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

ALVES, Jose Ricardo Da Costa Aguiar. O Conselho Econômico e Social das Nações Unidas e suas Propostas de Reforma. Brasília: Funag, 2013.
Disponível em: http://funag.gov.br/loja/download/1090
Conselho_Economico_e_Social_das_Nacoes_Unidas_e_Suas_Propostas_de_Reforma.pdf
SALLES, Fernanda Cimini. O papel da ONU e do Banco Mundial na consolidação do campo internacional de desenvolvimento. Contexto
Internacional, V. 37, Nº 2, p.347-373, maio-agosto, 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cint/v37n2/0102-8529-cint-37-02-
00347.pdf. Acesso em: 31 outubro 2018.
SARDENBERG, Ronaldo Mota. O Brasil e as Nações Unidas. Brasília: Funag, 2013. Disponível em: http://funag.gov.br/loja/download/1045-o-
brasil-e-as-nacoes-unidas.pdf. Acesso em 18 out 2019.
BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

BENJAMIM, DANIELA ARRUDA (ORG.). O SISTEMA DE SOLUÇÃO DE CONTROVÉRSIAS DA OMC: UMA PERSPECTIVA BRASILEIRA. BRASÍLIA:
FUNAG, 2013. DISPONÍVEL EM: HTTP://FUNAG.GOV.BR/LOJA/DOWNLOAD/1053-SISTEMA_DE_SOLUCAO_OMC.PDF
COZENDEY, CARLOS MÁRCIO B. INSTITUIÇÕES DE BRETTON WOODS: DESENVOLVIMENTO E IMPLICAÇÕES PARA O BRASIL. BRASÍLIA:
FUNAG, 2013. DISPONÍVEL EM: HTTP://FUNAG.GOV.BR/LOJA/DOWNLOAD/1079-INSTITUICOES-DE-BRETTON-WOODS.PDF
DYTZ FILHO, NILO. CRISE E REFORMA DA UNESCO: REFLEXÕES SOBRE A PROMOÇÃO DO PODER BRANDO DO BRASIL NO PLANO
MULTIALTERAL. BRASÍLIA: FUNAG, 2014. DISPONÍVEL EM: HTTP://FUNAG.GOV.BR/LOJA/DOWNLOAD/CRISE-E-REFORMA-DA-UNESCO.PDF
GARCIA, EUGÊNIO VARGAS. CONSELHO DE SEGURANÇA DAS NAÇÕES UNIDAS. BRASÍLIA: FUNAG, 2013. DISPONÍVEL EM:
HTTP://FUNAG.GOV.BR/LOJA/DOWNLOAD/1075-CONSELHO%20-SEGURANCA-DAS-NACOES-UNIDAS.PDF
MESQUITA, PAULO ESTIVALLET DE. A ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DO COMÉRCIO. BRASÍLIA: FUNAG, 2013. DISPONÍVEL EM:
HTTP://FUNAG.GOV.BR/LOJA/DOWNLOAD/1081-ORGANIZACAO_MUNDIAL_DO_COMERCIO.PDF

Desenvolvido por
Data
1ª Atualização
2ª Atualização