Sei sulla pagina 1di 1

Cuidados de enfermagem.

O papel do profissional da saúde.

O trabalho desenvolvido pelo profissional da saúde com o paciente que desenvolve TA é intenso e repleto
de desafios, é focada na dinâmica do paciente em relação a sua família e a seus elos sociais. Os fatores
psíquicos, neurológicos, endócrinos e imunológicos, peculiares na anorexia, propiciaram a elaboração de
um Processo de Enfermagem, que contribuiu de maneira positiva para a complementação da reabilitação
da saúde da mesma.

O programa é abrangente e com participação de equipe de multiprofissionais ( psicólogo, nutricionista,


endoclinologista, psiquiátrico).

Até a década de 80, o tratamento clínico dos transtornos alimentares incluía: uso de medicamentos como
antipsicóticos (clorpromazina) e antidepressivos prescritos por médicos e, também, a execução de normas
de conduta do pessoal de enfermagem, principalmente em relação à alimentação. Entretanto, desde a
década de 70, os cuidados de enfermagem incluem período de observação dos pacientes de uma hora,
posterior as refeições para evitar o vômito auto induzido; a prática de exercícios físicos ou automutilação,
em virtude do aumento da ansiedade e de sentimentos de culpa que ocorrem logo após a alimentação.

Fonte:

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/artigos/mundo_saude/anorexia_bulimia_corpo_perfeito_mort
e.pdf

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672011000100029

https://revista.pgsskroton.com/index.php/JHealthSci/article/viewFile/1081/1036