Sei sulla pagina 1di 12

52 QUESTÕES DE CONCURSO VOL.

CONCURSEIRO 52 QUESTÕES
ESTATÍSTICO PROBABILIDADE I

ANSELMO ALVES DE SOUSA


A série de 52 Questões de Concursos representa o esforço de produzir um material de
qualidade específico na área de estatística. Outras profissões têm cursinhos
especializados em diversas áreas do conhecimento, notadamente aquelas voltadas
para direito e concursos jurídicos em geral, quando se trata de seleções no serviço
público.

A partir desta série não somente os estatísticos dispõem de um material bem


direcionado, mas também todos os concurseiros que enfrentarão estatística ou
probabilidade nas provas de concursos.

Bons estudos e boa sorte nos concursos!

Anselmo Alves de Sousa

Conheça os outros volumes da série!

www.concurseiroestatistico.blogspot.com.br

www.fb.com/ConcurseiroEstatistico

BB Ag. 5766-5 CC 18889-1


Itau Ag. 5658 CC 25275-3
Bradesco Ag. 6761 CC 1712-4
1 Vol. R$ 50, 2 Vol. R$ 90, 3 Vol. R$ 125
52 Questões de Concursos Vol. 3 - PROBABILIDADE Anselmo Alves de Sousa

1. (Marinha - PS/T - Estatístico - 2011) Considere ε um experimento, e S um espaço amostral associado a


ε. A cada evento X será associado um número representado por P (X), e denominado probabilidade de X , que
satisfaça as seguintes propriedades:
I- 0 ≤ P (X) ≤ 1
II- P (S) = 1
III- Se X e Y forem eventos mutuamente excludentes, então P (X ∪ Y ) = P (X) + P (Y )
n n
IV- Se X1 , X2 , . . . , Xn , forem, dois a dois, eventos mutuamente excludentes, então P ( ⋃ Xi ) = ∑ P (Xi )
i=1 i=1

Coloque V (verdadeiro) ou F (falso) nas armativas abaixo, em relação às propriedades enumeradas acima,
assinalando, a seguir, a opção correta.
( ) Se ∅ for o conjunto vazio, então P (∅) > 0.
( ) Se W for o evento complementar de X , então P (X) = 1 − P (W ).
( ) Se X e Y forem dois eventos quaisquer, então P (X ∪ Y ) = P (X) + P (Y ) − P (X ∩ Y ).
( ) Se X , Y e Z forem três eventos quaisquer, então P (X ∪ Y ∪ Z) = P (X) + P (Y ) + P (Z) − P (X ∩ Y ∩ Z).
( ) Se X estiver contido em Y , então P (X) ≤ P (Y ).

(A) (F) (V) (V) (F) (V)


(B) (F) (F) (V) (V) (V)
(C) (V) (F) (V) (V) (F)
(D) (V) (V) (F) (F) (V)
(E) (F) (V) (F) (F) (V)

2. (Cesgranrio - IBGE/Estatístico - 2013) Seja ω = {−2, −1, 0, 1, 2} um espaço amostral para um dado experi-
mento. A menor σ -álgebra F de subconjuntos de Ω para que X(ω) = ω 2 seja uma variável aleatória denida no
espaço de probabilidade (Ω, F, P ) é dada por:
(A) F = {∅, Ω}
(B) F = {A ∶ A ⊂ Ω}
(C) F = {{0}, {1}, {2}}
(D) F = {∅, {0}, {1}, {2}, Ω}
(E) F = {∅, {0}, {−1, 1}, {−2, 2}, {−1, 0, 1}, {−2, 0, 2}, {−2, −1, 1, 2}, Ω}

Considerando os axiomas de Kolmogorov, julgue os itens que se seguem.


3. (CESPE/UNB - ECT - Estatístico - 2011) Se A e B forem eventos disjuntos de um espaço amostral S e
A ∪ B = S , então, como consequência dos axiomas de Kolmogorov, P (B) = 1 − P (A).
4. (CESPE/UNB - ECT - Estatístico - 2011) Se E1 , E2 , . . . é uma sequência innita de eventos disjuntos,
então é possível que P (Ei ) > 0 para todo i = 1, 2, . . . .

5. (FGV - Defensoria/RJ - 2014) Dois eventos de um mesmo espaço amostral são tais que P (A) = 0, 34 e
P (B) = 0, 28. Além disso, sabe-se que a probabilidade de que apenas o evento B ocorra é de 0, 15. Então
(A) os eventos A e B são independentes.
(B) os eventos A e B são mutuamente exclusivos.
(C) P (B ∩ A) = (0, 13).
(D) P (B C ∣A) = (0, 21).(0, 28).
(E) P (A ∪ B) = 0, 51.

Estatística 1
52 Questões de Concursos Vol. 3 - PROBABILIDADE Anselmo Alves de Sousa

6. (Inst. AOCP - EBSERH/HC-UFMG -Analista Adm. Estatístico - 2014) Analise as assertivas a seguir
e assinale a alternativa correta, sabendo que A e B são eventos mutuamente exclusivos.

I. P (A∣B) = P (A).
II. P (A∣B) = P (B).
III. P (A ∪ B∣C) = P (A∣C) + P (B∣C).
IV. P (A ∩ B) = P (A)P (B).
V. P (A) = P (B) = 0.

(A) A relação I é verdadeira.


(B) A relação II é verdadeira.
(C) A relação IV é verdadeira.
(D) A relação III é verdadeira.
(E) A relação V é verdadei ra.

7. (Inst. AOCP - EBSERH/UFS - Analista Adm. Estatístico) Uma lial de uma cadeia de restaurantes
precisa contratar cozinheiros para dar início a suas atividades. Os 100 primeiros candidatos que se inscreveram
estão assim distribuídos: 40 possuem experiência anterior (A), 30 possuem um certicado prossional (B) e 20
possuem tanto experiência quanto certicado prossional e foram incluídos na contagem dos dois grupos. Qual
a probabilidade de que um candidato escolhido aleatoriamente, entre os 100 primeiros, tenha experiência ou
certicado, mas não ambos?
(A) P (A ou B, mas não ambos) = 0, 70.
(B) P (A ou B, mas não ambos) = 0, 50.
(C) P (A ou B, mas não ambos) = 0, 80.
(D) P (A ou B, mas não ambos) = 0, 30.
(E) P (A ou B, mas não ambos) = 0, 10.
8. (FGV - Defensoria/RJ - 2014) Sejam A, B e C eventos de um espaço amostral S , com A e C mutuamente
1
exclusivos e tais que P (A∣B) = 2/3, P (C∣B) = 3/4 e P (B ∩ (A ∪ C)) = . Então as probabilidades permitem
3
concluir que P (B) é
(A) 3/5.
(B) 12/17.
(C) 4/17.
(D) 3/17.
(E) 15/51.
9. (Inst. AOCP - EBSERH/UFS - Analista Adm. Estatístico) Em uma companhia de cereais, o processo de
empacotamento foi ajustado de maneira que cada pacote de cereal seja preenchido com uma média de µ = 1, 0 kg
de cereal. Sabemos que nem todos os pacotes têm precisamente 1, 0 kg devido às fontes aleatórias de variabilidades
no processo de empacotamento. A melhor medida dessa variação é o desvio-padrão (S ). Suponha que o desvio-
padrão calculado de uma grande quantidade de pacotes preenchidos por esse processo de empacotamento seja
0, 05 kg . Qual é o peso limite de 90% dos pacotes de cereal? (P (Z < 1, 28) = 0, 90)
(A) x = 1, 064.
(B) x = 1, 280.
(C) x = 1, 045.
(D) x = 1, 900.
(E) x = 1, 286.

Estatística 2
52 Questões de Concursos Vol. 3 - PROBABILIDADE Anselmo Alves de Sousa

10. (FCC - TRT-19ª Região - Anal. Jud. - Estatística - 2014) A quantia (em milhões de reais) gasta
anualmente em suprimentos de papelaria em um determinado órgão governamental é uma variável aleatória X
⎧ ⎫
⎪K(4x − 1) se 0, 5 < x < 1 ⎪
⎪ ⎪
com função densidade de probabilidade dada por f (x) = ⎨ ⎬, onde K é uma constante

⎪0, caso contrário ⎪

⎩ ⎭
apropriada para garantir que f(x) seja uma função densidade de probabilidade. Nessas condições o valor de K é
igual a
1
(A) .
5
(B) 1.
2
(C) .
5
1
(D) .
6
(E) 2.
11. (IDECAN - Col. Pedro II - Estatístico - 2014) Uma variável aleatória contínua X tem função densidade
dada por
⎧ 1


⎪ , se 0 < x ≤ 2;


⎪14
f (x) = ⎨ , se 2 < x ≤ 6;


⎪ 8

⎩0 , caso contrário.

É correto armar que o valor do terceiro quartil correspondente é

(A) 1, 5
(B) 3, 0
(C) 3, 5.
(D) 4, 0.
(E) 5, 0.

12. (FGV - INEA-RJ-Estatístico - 2013) Uma variável aleatória X tem função de distribuição acumulada dada
por
F (x) = 0, se x < 1;
F (x) = 0, 2, se 1 ≤ x < 3
F (x) = 0, 4, se 3 ≤ x < 4
F (x) = 0, 7, se 4 ≤ x < 6;
F (x) = 0, 8, se 6 ≤ x < 9
F (x) = 1, se x ≥ 9
Nesse caso, a probabilidade P [5 ≤ X < 9] e igual a

(A) 0, 1
(B) 0, 3
(C) 0, 4.
(D) 0, 5.
(E) 0, 7.

Estatística 3
52 Questões de Concursos Vol. 3 - PROBABILIDADE Anselmo Alves de Sousa

13. (IADES - GDF - Estatístico - 2014) Uma variável aleatória contínua tem a sua função densidade de proba-
bilidade dada por:

⎪1, 5(2x − x2 ), se 0 ≤ x ≤ 1

f (x) = ⎨

⎪0, se x < 0 ou x > 1

Com base nas informações apresentadas, assinale a alternativa que indica a P (0 ≤ x ≤ 0, 5).

(A) 0, 3125
(B) 0, 2125
(C) 0, 1125.
(D) 0, 0125.
(E) 0, 0025.

14. (IADES - GDF - Estatístico - 2014) Em uma indústria, uma máquina automática enche recipientes com
peso distribuído normalmente, com média de 990 kg e desvio-padrão de 10 kg. Com base nesses dados, assinale
a alternativa que apresenta a probabilidade de um recipiente pesar menos que 976 kg.
Dado: P (0 ≤ Z ≤ 1, 4) = 0, 419243

(A) 0, 580757
(B) 0, 419243
(C) 0, 838486.
(D) 0, 080757.
(E) 0, 919243.

15. (Marinha - PS/T - 2007 - Estatístico) Observe a expressão a seguir

K
P (x) = para x = 2, 3, 5, 7.
x

Uma variável aleatória discreta X tem a distribuição de probabilidade dada pela expressão acima apresentada.
Qual o valor de K ?

(A) 209/247
(B) 210/247
(C) 211/247
(D) 212/247
(E) 213/247

16. (ESAF - SUSEP - An. Técnico- Área Atuárial - 2010) Considere um grupo de 15 pessoas dos quais 5
são estrangeiros. Ao se escolher ao acaso 3 pessoas do grupo, sem reposição, qual a probabilidade de exatamente
uma das três pessoas escolhidas ser um estrangeiro?

(A) 45/91.
(B) 1/3.
(C) 4/9.
(D) 2/9.
(E) 42/81.

Estatística 4
52 Questões de Concursos Vol. 3 - PROBABILIDADE Anselmo Alves de Sousa

17. (ESAF - SUSEP - An. Técnico- Área Atuárial - 2010) Qual o limite de f (x) = Cn,x px (1 − p)n−x , onde
x = 0, 1, 2, . . . n, quando n → ∞, p → 0, e np → λ?
(A) f (x) = (2π)1/2 exp(−(x − λ)/2).
(B) f (x) = e−λ λx /x!.
(C) f (x) = e−x/λ /λ.
(D) f (x) = λe−λx .
(E) f (x) = exp(−λ)xλ /x!.

18. (FGV - SUDENE - Estatístico - 2013) Se X e Y são independentes e identicamente distribuídas normal
padrão, então a variável aleatória W = X/Y tem distribuição

(A) Cauchy com parâmetros 0 e 1.


(B) N (0, 1).
(C) t-Student com 1 grau de liberdade.
(D) Beta com parâmetros 1 e 2.
(E) Lognormal com parâmetros 0 e 1.

Considere que o tempo de duração (X , em horas) de uma viagem por via ferroviária seja uma variável aleatória
com função de densidade de probabilidade expressa por f (x) = 2e−2(x−5) em que x ≥ 5 horas. Com base nessas
informações, julgue os próximos itens.

19. (CESPE-UNB - ANTT - Esp. Regulação - 2013) Na situação em questão, é impossível observar o evento
[X < 2].
20. (CESPE-UNB - ANTT - Esp. Regulação - 2013) Se uma amostra aleatória simples for retirada dessa
distribuição, então o coeciente de assimetria produzida por essa amostra será negativo.

21. (CESPE-UNB - ANTT - Esp. Regulação - 2013) Se {X1 , X2 , . . . , X100 } forem cópias estocásticas inde-
pendentes de X , então a mediana amostral desse conjunto será igual a 0, 5 ln 2.

22. (CESPE-UNB - ANTT - Esp. Regulação - 2013) A moda da distribuição X é superior a 6 horas.

23. (CESPE-UNB - ANTT - Esp. Regulação - 2013) O tempo médio de duração da viagem em questão é de
5, 5 horas.

Pedro e João são os ociais de justiça no plantão do fórum de determinado município. Em uma diligência
distribuída a Pedro, X é a variável aleatória que representa o sucesso (X = 1) ou fracasso (X = 0) no cumprimento
desse mandado. Analogamente, Y é a variável aleatória que representa o sucesso (Y = 1) ou fracasso (Y = 0) de
uma diligência do ocial João.
Com base nessa situação hipotética e considerando a soma S = X + Y , e que P (X = 1) = P (Y = 1) = 0, 6 e
E(XY ) = 0, 5, julgue os itens que se seguem, acerca das variáveis aleatórias X , Y e S .
24. (CESPE-UNB - STF/Estatístico - 2013) A variância da soma aleatória S é igual a 0, 48.

25. (CESPE-UNB - STF/Estatístico - 2013) A correlação linear entre as variáveis X e Y é superior a 0,6.

26. (CESPE-UNB - STF/Estatístico - 2013) A variável aleatória S segue uma distribuição binomial com parâ-
metros n = 2 e p = 0, 6.

27. (CESPE-UNB - STF/Estatístico - 2013) A média da distribuição S é igual a 1, 2.

Estatística 5
52 Questões de Concursos Vol. 3 - PROBABILIDADE Anselmo Alves de Sousa

Seja (Ω, A, P ) um espaço de probabilidade, em que Ω é um conjunto (não vazio) que denota o espaço amostral,
A é uma classe de subconjuntos de Ω e P representa uma medida de probabilidade. Considerando que os eventos
aleatórios B ∈ A e C ∈ A sejam independentes e que P (B) = 0, 4 e P (C) = 0, 6, julgue os itens subsequentes.

28. (CESPE-UNB - FUB/Estatístico - 2013) P (B∣C) < P (C∣B).

29. (CESPE-UNB - FUB/Estatístico - 2013) Como P (B) < P (C), é correto concluir que B ⊂ C , ou seja, o
evento B implica C .

30. (CESPE-UNB - FUB/Estatístico - 2013) Os eventos B e C são partição do espaço amostral Ω, pois
P (A ∪ C) = 1.

31. (CESPE-UNB - FUB/Estatístico - 2013) Sabendo-se que P (B) = 1 − P (C), é correto concluir que C
representa o evento "não B ", de modo que C é o complementar do evento B relativamente ao espaço amostral
Ω.

32. (ESAF - MinTur- Estatístio - 2014) Quando Maria vai visitar sua família, a probabilidade de Maria encontrar
sua lha Kátia é 0, 25; a probabilidade de Maria encontrar seu primo Josino é igual a 0, 30; a probabilidade de
Maria encontrar ambos  Kátia e Josino  é igual a 0, 05. Sabendo-se que, ao visitar sua família, Maria encontrou
Kátia, então a probabilidade de ela ter encontrado Josino é igual a:

(A) 0, 30
(B) 0, 20
(C) 0, 075.
(D) 0, 1667.
(E) 0, 05.

33. (ESAF - MinTur- Estatístio - 2014) Beto e Bóris são grandes amigos e moram em cidades diferentes. Durante
uma viagem que realizaram ao Rio de Janeiro para participar de um congresso, Beto cou devendo a Bóris 500
dólares. Bóris, um rico empresário, disse a Beto que não se preocupasse com a dívida, pois assim teria um motivo
para viajar até a cidade de Beto, tantas vezes quantas forem necessárias, para cobrar a dívida. Como Beto reside
sozinho e costuma sair muito, Bóris só poderá cobrar a dívida se encontrar Beto em sua casa. Sabe-se que a
probabilidade de Beto ser encontrado em casa é 1/5. Então, a probabilidade de Bóris ter de ir mais de 2 vezes à
casa de Beto para cobrar a dívida é dada por:

(A) 1/8
(B) 4/25
(C) 9/25.
(D) 3/16.
(E) 16/25.

34. (Inst. AOCP - EBSERH/HC-UFMG - Analista Adm. Estatístico) Um laboratório de análises clínicas
tem uma tradição de eciência de 95% no diagnóstico de uma doença, quando essa doença realmente existe.
Entretanto, apresenta resultado positivo (na verdade falso) em 1% das pessoas sadias examinadas. Sabendose
que 0, 5% da população tem essa doença, qual é a probabilidade de uma pessoa ter essa doença sabendo-se que
o resultado de seu exame foi positivo?

(A) 0, 9950
(B) 0, 0050
(C) 0, 0100.
(D) 0.0147.
(E) 0, 3230.

Estatística 6
52 Questões de Concursos Vol. 3 - PROBABILIDADE Anselmo Alves de Sousa

35. (Marinha - CP/T - 2012 - Estatístico) Uma Organização Militar (OM) possui duas escoterias onde são
armazenadas munições e armamentos. Na escoteria A, estão armazenados 3 fuzis e 2 pistolas e, na escoteria
B, 4 fuzis e apenas 1 pistola. Inopinadamente, o Ocial de Serviço dessa OM decidiu vericar a situaçao do
armamento, selecionando uma das escoterias e retirando da mesma um fuzil para vericação. A probabilidade
de a escoteria A ter sido escolhida é de:

(A) 7/10
(B) 3/10
(C) 3/5
(D) 4/7
(E) 3/7

36. (Inst. AOCP - EBSERH/HUSM-UFSM - Analista Adm. Estatístico - 2014) Suponha que um
estudante seja submetido a um exame de múltipla escolha. Cada questão tem 5 respostas possíveis, das quais
exatamente uma é correta. O estudante seleciona a resposta correta se ele sabe a resposta. Caso contrário, ele
seleciona ao acaso uma resposta dentre as 5 possíveis. Suponha que o estudante saiba 70% das questões. Se o
estudante escolhe a resposta correta para uma dada questão, qual a probabilidade de que ele sabia a resposta?

(A) 0, 760
(B) 0, 700
(C) 0, 920.
(D) 0, 008.
(E) 0, 200.

⎧ (t − 1)
, se 2 < t ≤ 10



f (t) = ⎨ 40

⎩0

⎪ , caso contrário

Com base na função acima, que representa a função densidade de probabilidade referente ao tempo t, em anos,
que uma empresa leva, desde a sua criação, até conseguir inserir-se no mercado internacional, julgue os itens
subsequentes.

37. (CESPE-UNB - INPI/Estatístico - 2013) Considere que, após uma atualização da distribuição de probabili-
dade apresentada acima, o modelo tenha sido acrescido de uma constante igual a 0,5. Nessa situação, a variância
da nova função será exatamente igual à variância da antiga função.

38. (CESPE-UNB - INPI/Estatístico - 2013) A função densidade de probabilidade em questão é bimodal.

39. (CESPE-UNB - INPI/Estatístico - 2013) A probabilidade de uma empresa com um ano de criação inserir-se
no mercado internacional é superior a 0,00001.

40. (CESPE-UNB - INPI/Estatístico - 2013) A probabilidade de uma empresa com até dois anos de criação
inserir-se no mercado internacional é superior a 0,025.

41. (CESPE-UNB - INPI/Estatístico - 2013) As empresas demoram, em média, mais de seis anos para se
inserirem no mercado internacional.

Estatística 7
52 Questões de Concursos Vol. 3 - PROBABILIDADE Anselmo Alves de Sousa

42. (FCC - TRT19-An.Jud-Estatística - 2014) Suponha que o número de consultas a um banco de dados,
disponível em um Tribunal Regional do Trabalho, tenha distribuição de Poisson com taxa média de 4 consultas
por hora. A probabilidade de, na próxima meia hora, ocorrer mais de uma consulta, sabendo-se que na próxima
meia hora é certa a ocorrência de, pelo menos, uma consulta é

Dados e−2 = 0, 135


e−4 = 0, 018

65
(A)
173
119
(B)
173
473
(C) .
491
108
(D) .
173
227
(E) .
491
43. (FGV - INEA-RJ-Estatístico - 2013) Suponha que o número de pessoas que se dirigem a um caixa eletrônico
siga um processo Poisson com uma taxa média de uma pessoa por minuto. A probabilidade de que, num intervalo
de dois minutos, menos de duas pessoas se dirijam ao caixa é igual a

(A) exp(−2)
(B) 2 exp(−1)
(C) 3 exp(−2).
(D) 5 exp(−1).
(E) 5 exp(−2).

44. (FGV - INEA-RJ-Estatístico - 2013) Um estudo mostrou que, de 100 produtos pesquisados num determinado
mês, 50 tiveram aumento de preço ao consumidor em relação ao mês anterior, 30 mantiveram seus preços e 20
apresentaram redução de preço. Se quatro desses produtos forem aleatoriamente escolhidos, com reposição, a
probabilidade de que ao menos três tenham apresentado aumento de preço no período é igual a

(A) 0, 0625
(B) 0, 125
(C) 0, 1875.
(D) 0, 25.
(E) 0, 3125.

Estatística 8
52 Questões de Concursos Vol. 3 - PROBABILIDADE Anselmo Alves de Sousa

45. (Cesgranrio - IBGE- Estatístio - 2013) Um shopping possui duas entradas, A e B. Frequentadores do
shopping entram pela entrada A segundo um processo de Poisson com taxa média de 10 pessoas por minuto.
Pela entrada B, entram pessoas segundo outro processo de Poisson, independente do primeiro, a uma taxa média
de 6 pessoas por minuto. Qual a probabilidade de que o primeiro usuário a entrar no shopping após sua abertura
o faça pela entrada A?

(A) 10e−15
(B) (1 − e−10 )
1
(C) .
2
5
(D) .
8
3
(E) .
5
46. (ESAF - MinTur- Estatístio - 2014) Considerando a variável aleatória contínua bidimensional denida por
f (x, y) = 6xy para 0 ≤ x ≤ 1 e 0 ≤ y ≤ 1, então a probabilidade de conjuntamente ocorrer 0 ≤ x ≤ 0, 5 e 0 ≤ y ≤ 0, 5,
ou seja, P (x ≤ 0, 5, y ≤ 0, 5) é igual a:

(A) 2/3
(B) 1/8
(C) 3/62.
(D) 3/32.
(E) 1/6.

47. (FGV - FIOCRUZ - 2010) Considere um par de variáveis aleatórias contínuas (X, Y ) com função de densidade
de probabilidade conjunta dada por

⎪x + y
⎪ , se 0 < x < 1 e 0 < y < 1
f (x, y) = ⎨

⎪0 , nos demais casos

A probabilidade de que X seja maior do que 0,5 é igual a

(A) 35, 5%
(B) 42, 0%
(C) 50, 0%.
(D) 62, 5%.
(E) 75, 0%.

A distribuicão conjunta de dois indicadores de qualidade do ar, X e Y , e expressa por f (x, y) = αxy , em que
0 ≤ x ≤ 1, 0 ≤ y ≤ 1 e α > 0. Para outros valores de x e de y , f (x, y) = 0. Com base nessas informacões, julgue os
proximos itens.

48. (CESPE/UNB - MPU - Estatístico - 2013) A distribuicão condicional Y ∣X = 0, 5 é uniforme no intervalo


(0, 1).
49. (CESPE/UNB - MPU - Estatístico - 2013) É correto armar que α é um parâmetro da distribuicão que
pode assumir qualquer valor real positivo, e, a partir de uma amostra aleatoria simples, esse parâmetro pode ser
estimado pelo metodo dos momentos.

α
50. (CESPE/UNB - MPU - Estatístico - 2013) Os indicadores X e Y possuem medias iguais a .
2

Estatística 9
52 Questões de Concursos Vol. 3 - PROBABILIDADE Anselmo Alves de Sousa

[X − Y ]2
51. (CESPE/UNB - MPU - Estatístico - 2013) O valor esperado de é igual a variancia de X .
2
52. (CESPE/UNB - MPU - Estatístico - 2013) Como 0 = f (0, 0) < f (1, 1) = α, e correto armar que X e Y se
correlacionam positivamente.
João 3:16

Estatística 10