Sei sulla pagina 1di 4

1.

As reações adversas relacionadas ao uso de medicamentos estão relacionadas como causas


de internação hospitalar, bem como prolongamento da internação e aumento de custos dos
tratamentos, além dos danos causados aos pacientes. Eritema e “flushing” intenso na face, no
tronco e membros, com progressão para dispneia, dor torácica e hipotensão, além de dores e
espasmos musculares no dorso e peito podem estar relacionados a uma reação adversa
comum do uso de um medicamento de administração intravenosa. O nome conhecido da
reação, o medicamento relacionado e as características de causalidade da reação são,
respectivamente:

a) síndrome do pescoço vermelho; gentamicina; pode ocorrer logo após a infusão do


medicamento ou após alguns dias de uso, com infusão rápida.

b) síndrome do pescoço vermelho; vancomicina; pode ocorrer logo após a infusão do


medicamento com infusão rápida.

c) reação anafilática; gentamicina; pode ocorrer logo após a infusão do medicamento com
infusão rápida.

d) síndrome do homem vermelho; vancomicina; pode ocorrer logo após a infusão do


medicamento ou após alguns dias de uso, com infusão lenta ou rápida

2. Os sistemas informatizados e automatizados são ferramentas que estão sendo cada vez
mais utilizadas nos hospitais para auxiliar na segurança do paciente. São benefícios da
automação, exceto:

a) Rastreabilidade do medicamento.

b) Eliminação de qualquer tipo de erro de medicação.

c) Simplificação e maior eficiência no controle de validades.

d) Liberação do farmacêutico para atividades clínicas

e) Maior agilidade aos processos da farmácia aumentando a produtividade

3. Assinale a alternativa correta conforme a lista dos medicamentos potencialmente


perigosos (MPP) recomendada pelo Instituto para Práticas Seguras no Uso de medicamentos
(ISMP):

a) MPP de uso hospitalar incluem: antirretrovirais, antiarrítmicos endovenosos, cloreto de


potássio concentrado injetável e vasopressina injetável.

b) MPP de uso ambulatorial incluem: quimioterápicos orais incluindo os agentes hormonais,


opioides em todas as apresentações e vias de administração, Metotrexato de uso oral (uso não
oncológico) e Varfarina.

c) MPP de uso hospitalar incluem: agonistas adrenérgicos endovenosos, contrastes


radiológicos endovenosos, sulfato de magnésio injetável e carbamazepina.

d) MPP de uso ambulatorial incluem: hipoglicemiantes orais excluindo metformina,


imunossupressores, heparina (incluindo a não fracionada e a de baixo peso molecular) e
varfarina.
e) MPP de uso hospitalar incluem: medicamentos na forma lipossomal, soluções para diálise
peritoneal e hemodiálise, epinefrina subcutânea e glicose hipertônica.

4. Assinale a alternativa que relaciona corretamente o sistema de distribuição e suas


características:

I - É o mais simples dos sistemas e o primeiro a ser implantado nos hospitais.

II - Em alguns casos, na prática, costuma ocorrer com mais frequência o fornecimento de


medicamentos fracionados para as formas farmacêuticas de sólidos orais.

III – uma das grandes desvantagens desse sistema é a ausência do envolvimento do


farmacêutico, onde a assistência ao paciente fica prejudicada pela não participação do
farmacêutico na revisão e análise da prescrição médica.

IV - Os medicamentos são fornecidos em embalagens, dispostos segundo horário de


administração constante na prescrição médica, individualizados e identificados para cada
paciente.

V - Os medicamentos são distribuídos para uma unidade de internação e/ou serviço a partir de
uma solicitação de enfermagem, e na maioria das vezes em suas embalagens secundárias.

VI - Este sistema se divide em indireto e direto. No sistema direto a farmácia trabalha com a
cópia da prescrição médica enquanto no indireto ocorre a transcrição da prescrição médica.

a) Sistema coletivo – I, III, V / Sistema individualizado – II, IV, VI.

b) Sistema coletivo – I, II, IV / Sistema individualizado – III, V, VI.

c) Sistema individualizado – III, IV, V / Sistema coletivo – I, II, VI.

d) Sistema individualizado – II, IV, VI / Sistema coletivo – I, III, V.

e) Sistema coletivo – III, IV, V / Sistema individualizado – I, II, VI

5. Considerando o Protocolo de segurança na prescrição, uso e administração


de medicamentos do Ministério da Saúde, analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa
correta:

I. As prescrições verbais devem ser restritas às situações de urgência/emergência, devendo ser


imediatamente escritas no formulário da prescrição, após a administração do medicamento.

II. Realizar a antissepsia do local da aplicação para administração de medicamentos por via
parenteral.

III. Não deverão ser administrados medicamentos em casos de prescrições vagas como: “fazer
se necessário”.

a) I, II e III estão corretas

b) I, II e III estão incorretas

c) Apenas I e II estão corretas

d) Apenas II e III estão corretas

e) Apenas III está correta


6. Com base no Protocolo de segurança na prescrição, uso e administração de medicamentos,
do Ministério da Saúde (2013), é correto afirmar que:

a) a farmácia deve seguir as Boas Práticas de Armazenamento de Medicamentos e possuir


padrões atualizados que definam as regras para o armazenamento sempre por ordenamento
alfabético e/ou por forma farmacêutica.

b) o sistema de distribuição de medicamentos coletivo é caracterizado pela distribuição de


medicamentos por unidade de internação ou serviço, mediante a solicitação de enfermagem
para todos os pacientes da unidade. Este sistema de distribuição é considerado inseguro, mas
o seu uso é recomendável nos estabelecimentos de saúde.

c) as prescrições verbais são inaceitáveis, mesmo em situações de urgência/emergência,


devendo ser escritas no formulário de prescrição sempre antes da administração do
medicamento.

d) para garantir que os erros de administração de medicamentos sejam totalmente abolidos,


deve-se seguir os nove “certos” para administração de medicamentos: paciente certo,
medicamento certo, via certa, hora certa, dose certa, registro certo, ação certa, forma certa e
resposta certa.

e) a lista de medicamentos potencialmente perigosos ou de alta vigilância que constam na


relação de medicamentos padronizados da instituição de saúde deve ser divulgada, indicando
as doses máximas, a forma de administração, a indicação e a dose usual. As doses devem ser
conferidas com dupla checagem na fase dos cálculos para prescrição e análise farmacêutica da
prescrição para dispensação.

6. Com base no Protocolo de segurança na prescrição, uso e administração de medicamentos,


do Ministério da Saúde (2013), é correto afirmar que:

a) a farmácia deve seguir as Boas Práticas de Armazenamento de Medicamentos e possuir


padrões atualizados que definam as regras para o armazenamento sempre por ordenamento
alfabético e/ou por forma farmacêutica.

b) o sistema de distribuição de medicamentos coletivo é caracterizado pela distribuição de


medicamentos por unidade de internação ou serviço, mediante a solicitação de enfermagem
para todos os pacientes da unidade. Este sistema de distribuição é considerado inseguro, mas
o seu uso é recomendável nos estabelecimentos de saúde.

c) as prescrições verbais são inaceitáveis, mesmo em situações de urgência/emergência,


devendo ser escritas no formulário de prescrição sempre antes da administração do
medicamento.

d) para garantir que os erros de administração de medicamentos sejam totalmente abolidos,


deve-se seguir os nove “certos” para administração de medicamentos: paciente certo,
medicamento certo, via certa, hora certa, dose certa, registro certo, ação certa, forma certa e
resposta certa.

e) a lista de medicamentos potencialmente perigosos ou de alta vigilância que constam na


relação de medicamentos padronizados da instituição de saúde deve ser divulgada, indicando
as doses máximas, a forma de administração, a indicação e a dose usual. As doses devem ser
conferidas com dupla checagem na fase dos cálculos para prescrição e análise farmacêutica da
prescrição para dispensação.