Sei sulla pagina 1di 1

Ao final do período medieval a sociedade europeia estava passando por um

período de transição. Novos costumes estavam surgindo, as pessoas já


começavam a pensar de forma diferente, a forma de viver estava mudando e
alguns hábitos medievais estavam sendo deixados para trás. Começaram a
surgir as cidades, a vida no campo não era tão atrativa, as pessoas queriam
morar nas cidades. Assim as cidades foram se desenvolvendo e crescendo até
chegar no que são hoje.
Algumas dessas cidades importantes se encontram na Itália. Lá não só era um
período de transição, como estava começando a surgir o Renascimento, o que
influenciou ainda mais na mudança das cidades. Essas cidades, às vezes, são
chamadas de cidades renascentistas e algumas das principais são: Siena,
Florença e Veneza. Se localizam na região norte da Itália e foram e ainda são
muito importantes e conhecidas.
Essas cidades apesar de surgirem mais ou menos no mesmo período e de
suas semelhanças têm suas características próprias e forma de organização e
funcionamento. Siena era uma cidade mais harmoniosa, as pessoas possuíam
seus bens e se respeitavam. Era comandada por burgueses e tinham uma
visão mais voltada para o povo e não os aristocratas. Apesar disso ainda
haviam desigualdades.
Florença já era uma cidade governada por uma família, os Médici. Apesar de
serem uma família de burgueses, ganharam muita força e comportavam-se
como nobres. A cidade Florença foi um dos lugares mais prolíficos da Itália no
que se diz a arte. Além disso era uma das cidades mais poderosas da época,
tendo influência em diversos setores.
Por último temos Veneza, talvez a mais conhecida das três. A locomoção pela
cidade era através de barcos por canais. A cidade se localiza mais próxima do
Oriente e logo havia uma grande concentração de comerciantes e de
especiarias e temperos. A cidade apesar de ser bem poderosa sofria de
diversos problemas como crimes, falta de água e um odor ruim.
A arte tinha diversos propósitos na época, como mostrar o cotidiano e ensinar
como é o exemplo de Siena, onde tinham pinturas que mostravam o efeito de
um bom e mau governo. Em Florença as artes enaltecem a poderosa família
Médici, como em pinturas em que os comparam aos Três Reis Magos. E em
Veneza vemos obras glorificando seres divinos como São Marcos que era o
protetor da cidade.
Essas cidades tiveram importância fundamental para o desenvolvimento da
cultura ocidental. Nelas as artes como as ciências estavam em constante
evolução. Além disso, elas influenciaram para organização de outras cidades e
marcaram um período.