Sei sulla pagina 1di 243

Manual Lantek 28

Cut Plus
Sumário

1. Apresentação …………………………………………………………………………….. 2
2. Introdução ………………………………………………………………………………… 5
3. Instalação …………………………………………………………………………………. 6
Pré-requisitos para Instalação do Software Lantek ………………………………………..………. 6
Iniciando a Instalação ……………………………………………………………………………. 7
Instalação Individual ……………………………………………………………………………... 12
Instalação Cliente ………………………………………………………………………………... 20
Instalação do SQL Management ………………………………………………………………….. 26
Instalação da Wibu Key Network Protection (Licença Flutuante) …………………………………… 36
Adicionar e Remover Programas …………………………………………………………………. 43
Desinstalação do SQL Express 2005 ……………………………………………………………... 46
Abrindo o Lantek ………………………………………………………………………………… 48
3. Comunicação …………………………………………………………………………….. 51
Comunicação via DNC …………………………………………………………………………… 51
Comunicação via WLTCOM ……………………………………………………………………… 65
4. Como criar uma base de dados ………………………………………………………. 68
5. Configurando o Lantek …………………………………………………………………. 79
Criando Materiais ………………………………………………………………………………... 79
Criando Chapas …………………………………………………………………………………. 81
Instalando e Configurando Máquinas ……………………………………………………………... 83
6. CAM ………………………………………………………………………………………… 94
Criar Trabalho …………………………………………………………………………………… 95
Configurando os campos da tela trabalho ………………………………………………………… 96
Explorador de trabalhos ………………………………………………………………………….. 98
Importar Peças …………………………………………………………………………………... 102
Cadastrar um novo material ……………………………………………………………………… 103
Visualização dos arquivos importados ……………………………………………………………. 105
7. Módulo de desenho ……………………………………………………………………... 109
Geometria ……………………………………………………………………………………….. 110
Edição …………………………………………………………………………………………... 117
Utilidades ……………………………………………………………………………………….. 122
Cotas ……………………………………………………………………………………………. 129

2
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Agregar …………………………………………………………………………………………. 133
Copiar …………………………………………………………………………………………… 139
8. Compactado e Acabado ………………………………………………………………… 144
Inserir chapa …………………………………………………………………………………….. 145
Inserir peça ……………………………………………………………………………………… 147
Apagar ………………………………………………………………………………………….. 152
Colisão ………………………………………………………………………………………….. 153
Nesting Automático ………………………………………………………………………………. 153
Niveis de Otimização …………………………………………………………………………….. 165
Ferramentas de Compactação …………………………………………………………………… 169
Tecnologias de Corte …………………………………………………………………………….. 176
Maquinagem …………………………………………………………………………………….. 190
Relatório de Processos …………………………………………………………………………... 198
Importar Nesting …………………………………………………………………………………. 199
9. Multimaçarico …………………………………………………………………………….. 204
10. Corte Comum …………………………………………………………………………… 206
11. Listagens ………………………………………………………………………………… 215
12. Exportar e Importar Nesting ………………………………………………………….. 216
13. Processos ……………………………………………………………………………….. 218
14. Exportando um Trabalho no Lantek ………………………………………………… 230
15. Backup da Base de dados ……………………………………………………………. 232
16. Passo a passo …………………………………………………………………………... 234
17. Bibliografia ……………………………………………………………………………… 242

3
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
1. Apresentação
Lantek

A Lantek é uma empresa especializada em software dirigido ao setor de chapas, cuja missão
principal é o serviço integral às necessidades do cliente.

A Lantek foi fundada em 1986 e, a partir desse momento, não deixou de crescer por todo o mundo
até chegar à posição de líder mundial em software CAD/CAM para máquinas de oxicorte, plasma, laser, jato
d’água e punção, e pioneira no desenvolvimento de soluções para softwares de gestão.
Durante todos estes anos a Lantek esteve em contato permanente com os clientes. Esta relação
estreita serviu para que os programas da Lantek cobrissem as necessidades de todo o tipo de empresa que
trabalha com chapas. Já são mais de 8200 empresas em 90 países que utilizam o Lantek no seu trabalho
diário.
A Lantek possui delegações nos Estados Unidos, Alemanha, França, Itália, Coreia, Bélgica, Reino
Unido, Japão, França, Espanha, Argentina e uma ampla rede de distribuidores espalhada por todo o mundo.

SKA

A SKA oferece software para projetos mecânicos e elétricos, geração de programas CN para
manufatura e gerenciamento de dados de produtos, desenvolvidos por empresas líderes mundiais em seus
segmentos. Reconhecida por sua solidez e pelo crescimento constante, desde 1989 realiza implantações de
sucesso em indústrias dos mais diversos portes e segmentos.

4
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Formada por um time de mais de 90 profissionais
experientes e com sede localizada em São Leopoldo,
RS, possui escritórios em Caxias do Sul-RS, Joinville-
SC, Curitiba-PR, São Paulo-SP, Santa Bárbara
d’Oeste-SP e Belo Horizonte-MG.

Missão:
Fornecer software e serviços eficazes para engenharia e manufatura, comprometidos com o sucesso de
nossos clientes.

5
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
2. Introdução

A utilização de um sistema de Manufatura Auxiliada por Computador (CAM - Computer-Aided


Manufacturing) para programar as máquinas CNC pode reduzir o tempo de produção e chegada do produto
ao mercado, eliminar o risco de erros de programação e melhorar drasticamente a produtividade.
Apesar dos avanços da tecnologia de manufatura, a programação manual de uma moderna
máquina de corte de chapas pode ser um processo lento, ineficiente e potencialmente incorreto.
Um sistema CAM para chapas metálicas ajudará no desenvolvimento de estratégias e operações
para o melhor aproveitamento do material, redução do tempo de corte e gerenciamento.
O Lantek é uma solução CAD e CAM para corte e puncionamento de chapas metálicas. Líder de
mercado, o Lantek possui interface inteligente e fácil de usar. As ferramentas avançadas do software
melhoram a qualidade do corte e aumentam a produtividade das máquinas, independente da tecnologia
utilizada - oxicorte, plasma, laser, jato d'água, puncionadeira ou guilhotina. Através de suas
capacidades dinâmicas de nesting, o Lantek otimiza a utilização do material, trazendo agilidade e economia
ao processo de corte de chapas e puncionamento.
Composto por diferentes módulos, proporciona grande flexibilidade e performance máxima,
automatizando tarefas, reduzindo erros de programação e gerando programas CNC de forma rápida e
precisa. Além de ser totalmente integrado aos principais sistemas CAD do mercado, o Lantek possibilita a
gestão de produção e processos através de integração com o ERP das empresas.

6
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
3. Instalação

Pré-requisitos para Instalação do Software Lantek

Hardware

• Processador com no mínimo 2 GHz


• Mínimo de 1GB de memória RAM no computador
• Para o Flex3D Unfolding e Flex3D 5X, os mesmos pré-requisitos acima são necessários
• Mínimo de 1GB de espaço em disco para todos os produtos da empresa Lantek
• Unidade para leitura de DVD

Software

• Windows NT/2000/XP/Vista (NT 4.0 Terminal Server não é suportado)


• Service Pack 6 ou superior quando usar Windows NT
• Direitos de administrador para instalar e utilizar o software
• Configuração TCP/IP para configuração de cliente
• Internet Explorer 6 ou superior

7
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Iniciando a Instalação

O Lantek pode ser instalado individualmente e em rede (servidor/cliente), de acordo com a


necessidade do cliente.
Ao inserir o CD, a tela abaixo será reproduzida automaticamente.

Nela, podem-se verificar as novidades do software, guia de instalação, acessar o site da Lantek,
explorar o CD e fazer a instalação do software.
Ao clicar em Install software, a seguinte tela aparecerá.
Selecionar a linguagem desejada e clicar em Aceptar.

8
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Colocar o nome da empresa e o número de série que está na chave que acompanha o Lantek, com
letras Maiúsculas. Clicar em Seguinte para continuar.

9
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Ler com atenção e clicar em Seguinte:

Ler com atenção, marcar o item Aceito o termo de contrato de licença e clicar em Seguinte:

10
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Selecionar o local em que o Lantek será instalado e clicar em Seguinte (recomendamos deixar o
caminho default da instalação):

11
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Selecionar o grupo de programas a ser criado. Recomenda-se aceitar a sugestão do Lantek. Clicar
em Seguinte:

12
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
A partir deste ponto, deve-se optar pelo método de instalação:

Instalação Individual

Lantek e Banco de Dados são instalados em um computador local. Instalação recomendada para
computadores que não estão conectados à rede.
Marcar a opção Individual e clicar em Seguinte:

13
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Marcar a opção Metric (unidade de medida) e clicar em Seguinte:

Deixar marcadas apenas as opções Expert e WOS e clicar em Seguinte (Obs: a opção Servidor
da base de dados deve ser desabilitada):

14
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Clicar em Install para que o SQL comece a ser instalado:

A seguinte mensagem será visualizada:

15
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Clicando em Next, os componentes do SQL são instalados automaticamente:

16
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Clicar em Seguinte:

17
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Surgirão as seguintes opções, em que poderemos observar:

Opções para criação da base de dados :

Para isto, basta clicar em Create database

18
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Aguardar a mensagem:

Clicar em OK:

Opções de configuração:

19
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Clicar em Close:
A instalação do Lantek será encerrada.
Após esses passos, deve-se instalar o SQL Express (ver cápitulo de Instalação da SQL
Express).

20
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Instalação cliente

Esse tipo de instalação é recomendado para situações em que o Banco de Dados fica armazenado
no servidor e os clientes acessam-no.
Esse tipo de instalação deverá ser realizado por um técnico especializado da SKA.

Para executar uma Instalação Cliente, é necessário haver uma Instalação Server.

Para fazer a instalação Server, seguir os passos da Instalação Individual e, dentro de Select
Installation Type, escolher Server.
Após instalado o Servidor, repetir na máquina cliente os passos até a seguinte tela:

Habilitar a opção Cliente e clicar em Procurar para selecionar o computador em que está
instalado o Banco de Dados (Server). Clicar em Seguinte para aceitar.

21
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Após selecionar o computador, clicar em OK.

Marcar a opção Metric (unidade de medida) e clicar em Seguinte:

22
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Deixar marcadas apenas as opções Expert e WOS e clicar em Seguinte (Obs: a opção Servidor
da base de dados deve ser desabilitada):

23
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Clicar em Seguinte:

24
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Surgirão as seguintes opções, nas quais poderemos observar:

Opções para criação da base de dados:

25
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Opções de configuração:

Clicar em Close.
A instalação do Lantek será encerrada.

26
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Instalação do SQL Server 2005 Management Studio

Executar o arquivo sqladmin_32.ex no diretório Commom\Tools\SQL Server 2005 Management


Studio no DVD de instalação, conforme imagem abaixo:

Final da instalação:

27
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Configurações do SQL Server 2005 Management Studio

Abrir o Management Studio no menu Iniciar > Programas > Microsoft SQL Server 2005 > SQL
Server Manangement Studio Express, conforme imagem abaixo:

Em Server name, procurar o servidor (que será o NOME_DO_COMPUTADOR), colocar o login


'sa' , digitar a senha Lantek27, inserida anteriormente, e clicar em Connect, conforme imagem abaixo:

28
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
O Management Studio irá abrir como a imagem abaixo:

29
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Na pasta Security > Logins, clicar com o botão direito do mouse no usuário sa e clicar em
Propriedades:

30
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Desmarcar o campo Enforce password policy, apagar Password e Confirm password e clicar
em OK:

Clicar em Yes:

Fechar o Management Studio.

OBS: o procedimento de instalação do SQLEXPRESS deve ser executado somente se o


computador que será o servidor do banco de dados trabalhará com o Lantek (servidor e cliente).

31
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Configurações para o SQL Server 2005 nas instalações em rede

Menu: Iniciar >> Todos os programas >> Microsoft SQL Server 2005 >> Configuration Tools
>> SQL Server Surface Area Configuration.

Clicar na opção Surface Area Configuration for Services and Connections.

32
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Clicar no ícone Remote Connections:

Selecionar Local and remote connections e Using both TCP/IP and named pipes:

Clicar em OK para finalizar:


Reinicie o servidor para validar as operações acima.
33
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Menu Iniciar >> Todos os programas >> Microsoft SQL Server 2005 >> SQL Server
Management Studio Express:

Clicar na opção Connect:

Clicar com o botão direito do mouse sobre (nome do servidor) e Restart o serviço.

34
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Clicar na opção YES:

35
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
O SQL Server Management Studio Express irá reiniciar automaticamente.

36
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Instalação da Wibu-Key Network Protection (licença em rede)

Quando se trata de uma instalação em que a licença é flutuante, ou seja, a Hard Lock fica fixa em
um servidor e vários clientes podem acessá-la “dependendo do número de liceças”, a instalação acontece
da seguinte maneira:

Instalação no Servidor

Habilitar o ícone Servidor de rede através do caminho abaixo:

Na barra de tarefa das janelas, você começará um ícone novo:

Ao clicar com o botão direito do mouse sobre o ícone, deve-se habilitar a opção Inicializar como
Service.

NOTA IMPORTANTE: Este programa do servidor deve funcionar todo o tempo em seu computador de
servidor se você quiser que todos os computadores acessem a sua chave da rede.

37
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Feito isso, vá ao menu Iniciar e clique em Painel de Controle para selecionar a Wibu-Key:

38
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Selecionar a aba da rede do controle do Wibu-Key e o subsistema de WkLAN com o mouse.
Clicar na seta superior até que o WkLAN se transforme no primeiro da lista de todos os subsistemas
disponíveis. Desmarque o restante dos subsistemas.
Clicar em Procurar para encontar o servidor da Wibu-Key.

39
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Escolher o servidor na caixa de texto da lista de usuários de WkLAN e selecioná-lo através da tecla
da adição:

Clicar em OK para fechar o applet do Wibu-Key.

40
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Instalação Cliente

No computador do cliente, deve-se repetir o passo citado anteriormente. Vá ao menu Iniciar e clique
em Painel de Controle para selecionar a Wibu-Key:

41
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Selecione a aba da rede do controle do Wibu-Key e o subsistema de WkLAN com o mouse.
Clique na seta superior até que o WkLAN Subsystem se transforme no primeiro da lista de todos os
subsistemas disponíveis. Desmarque o restante dos subsistemas.
Clicar em Procurar para encontar o servidor da Wibu-Key.

42
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Escolher o servidor na caixa de texto da lista de usuários de WkLAN e selecioná-lo através da tecla da
adição:

Clicar em OK para fechar o applet do Wibu-Key.

43
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Adicionar/Remover Programas

Para iniciar a desinstalação completa do Lantek 2008, deve-se inserir o DVD no drive.

O Lantek deverá iniciar a instalação automaticamente. Caso não ocorra, execute o arquivo
setup.exe no DVD.

Escolha o idioma e clique em Aceitar, conforme imagem abaixo:

Digite o nome da empresa, número do serial (este número encontra-se na hardware lock) e clique
em Seguinte:

44
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Marcar a opção Remover e clicar em Seguinte :
Observação: Se clicar em Reinstalar, a instalação repetirá a última instalação que foi realizada no
computador.

Se você clicou em Adicionar/Retirar programas, a janela abaixo, para seleção dos programas para
adicionar ou remover, é mostrada. Para acrescentar novos componentes, escolher entre as opções não
marcadas. Se um programa que está marcado permanecer marcado, nada acontecerá.

Ao clicar em Retirar todos , todos os programas serão removidos.

45
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Clicar em Sim para desinstalar o Lantek:

Depois de processada a desinstalação, clicar em Concluir :

46
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Desinstalação do SQL Express (SQL 2005)

Executar o aplicativo para desinstalar o SQL (UninstallServer.exe).

Surgirá uma janela informando os aplicativos que serão desinstalados.


Clicar em Desinstalar :

Clicar em Sim para confirmar a desinstalação.

47
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Clicar em Encerrar para concluir a desinstalação.

Nota: O desinstalador SQL deve ser solicitado ao suporte da SKA.

48
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
OBS: Os procedimentos descritos a partir deste ponto devem ser executados somente se o
computador que será o servidor do banco de dados trabalhará com o Lantek (servidor e cliente).

Abrindo o Lantek

Atenção: Certificar-se de que a chave de hardware que acompanha o CD de instalação esteja


devidamente conectada.
Colar na pasta C:\Lantek\Expert\ o arquivo Expert.key. Caso não possua este arquivo, solicitá-lo
à SKA. Sem este arquivo, o Lantek não funciona!

Abrir o Lantek pelo atalho Lantek Expert:

Na janela de ligação, clicar em Administrador:

Clicar em Ficheiro > Chave de acesso so servidor de base de dados:

49
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Clicar em Seguinte:

Marcar a opção O servidor de base de dados está noutra máquina. No campo abaixo, digitar
NOME_DO_COMPUTADOR e clicar em Seguinte, conforme imagem:

Clicar em Terminar (Obs: lembre-se de que, para o usuário sa, a senha é em branco):

50
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
51
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
4. Comunicação

Comunicação via DNC

Este programa foi feito para poder administrar automaticamente os programas gerados através do
Lantek para o controle numérico (CN) e é válido para qualquer máquina que seja capaz de enviar e receber
programas.

É imprescindível que a máquina possa enviar programas, já que primeiro precisa enviar ao
computador um programa que identifique o número do CNC que o computador precisa enviar para a
máquina.

O programa está preparado para administrar quatro linhas de comunicações (COM1 a COM4) em
função da sua disponibilidade no PC.

Normalmente, a comunicação é realizada pelo fornecedor da maquina ou técnico da SKA,


servindo este capítulo como material de apoio ao usuário após o curso.

Quando a comunicação ocorrer através do DNC, o


comando numérico é quem realiza a busca do arquivo
CNC no computador. Para que esta funcione, basta
executar o arquivo do DNC correspondente à
máquina. Este criará um ícone junto ao relógio do
sistema operacional.

Existem no Lantek os seguinte tipos de DNC, contidos na pasta EXPERT da instalação do


sistema:
• DNCBURNY.exe
• DNCESAB.exe
• DNCFANUC.exe
• DNCHY200.exe
• DNCLINK.exe
• DNCMCS.exe
• DNCMESER.exe
• DNCRASK.exe
• DNCSTD.exe
• DNCSUTER.exe

52
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Deve-se saber qual o tipo de comunicação que a máquina em questão usará.

Para as máquinas com comando BURNY, utiliza-se o arquivo DNCBURNY.exe.

Parâmetros de comunicação:

Contêm o tipo de comunicação que máquina utilizará. Basta que os parâmetros de comunicação
estejam corretos para que se estabeleça a comunicação.

Os parâmetros de comunicação normalmente são oriundos dos manuais da máquina, devendo estar
configurados de forma idêntica no sistema DNC.

Os principais parâmetros são:

• Porta (COM 1 ou 2 ou 3 ou 4)
• Velocidade
• Comprimento de palavra
• Paridade
• Bits stop
• Delay

Menu de configuração

1. Com o botão direito do mouse, clique sobre o ícone na barra de


tarefas. O menu da aplicação aparecerá com as opções detalhadas abaixo.

Reiniciar 2. Esta opção para a aplicação de comunicação e inicia o serviço novamente.


Todas as comunicações serão interrompidas durante este processo.

Configurar 3. Esta opção abre a janela de configurações da comunicação.

Visualizar 4. Esta opção abre a janela da aplicação de comunicação para monitoramento,


conforme descrito na seção 3.

Parar, 5. Esta opção para a comunicação, descrita na seção 3.


Pausar,
Avançar
Iniciar

Sempre 6. Esta opção mantém a janela da aplicação de monitoramento sempre visível.


visível

53
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Fechar 7. Esta opção fecha a aplicação bem como interrompe todas as comunicações do
momento. Para reiniciá-la, execute o procedimento descrito na seção 2.

54
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Configurações básicas de comunicação

8. Esta caixa de diálogo é


usada para configurar a
velocidade e o padrão de
comunicação dos
arquivos.

Nome 9. Nome que identifica esta configuração, normalmente com referência à


máquina.
10. Quando executando múltiplas comunicações na aplicação (comunicando com
mais de uma máquina), este nome aparecerá quando o mouse estiver sobre o
ícone da aplicação na barra de tarefas.

Porta 11. Esta é a porta de comunicação (Porta COM) utilizada por esta configuração.

Velocidade 12. A velocidade utilizada para comunicação.

Paridade 13. A paridade da comunicação.

Comprimento 14. Comprimento da palavra, normalmente 7 ou 8.


palavra

Bits stop 15. Intervalo entre palavras, normalmente 1 ou 2.

Delay (ms) 16. Esta opção permite que você atrase o processo de comunicação para a
máquina. Isto será necessário para as máquinas que estão utilizando
hardwares de comunicação mais antigos que não possuem um buffer FIFO ou
nas situações em que o software não está configurado para utilizá-lo.

Extensão 17. A extensão dos arquivos NC gerados pelo Lantek.

Diretório 18. O diretório em que são gravados os arquivos NC.

Change CNC Esta opção não é mais utilizada.

Carregar 19. Carregar uma configuração salva, arquivos com extensão .cfg.
configuração..

Guardar 20. Salvar uma configuração em arquivos .cfg.


configuração..

Mais… 21. Opções avançadas de configuração da comunicação. Estas opções serão


detalhadas nos procedimentos posteriores.

55
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Outro item que é fundamental para que a comunicação seja estabelecida é a forma como o
programa foi gerado, isto é, como foram interpretados os pontos para o comando numérico pelo CNC. Cada
máquina possui um determinado pós-processador que gera o arquivo CNC, e este deve estar de acordo
com a mesma. Caso contrário, a comunicação não funcionará.
Configuração da guia Geral

i. Na guia
Geral,
podemos
configurar
o controle
de fluxo.
ii. O fluxo de
controle
identifica a
comunicaç
ão entre os
dispositivo
s, para que
os dados
possam
seguir a
partir de
um
dispositivo
para outro
com as
eventuais
perdas
devido aos
buffers.

Xon/Xoff b. Este é conhecido como software de controle de fluxo.

XON i. O caractere ASCII usado pela máquina.

XOFF ii. O caractere ASCII usado pela máquina. Em alguns casos, você pode
estar transmitindo para a máquina com um formato tipo de N, 8,1 (sem
paridade), mas a máquina está transmitindo em caractere Xoff com
paridade ímpar. Se isto acontecer, você deve acrescentar a 8ª Bit e
adicionar 128 para o padrão de caracteres de 19 fazendo este 147.

RTS CTS iii. Este habilitará as linhas do hardware de leitura para enviar e limpar,
garantido o controle de fluxo enviado.
iv. Utiliza os pinos 4 RTS e CTS 5 no conector DB25.
v. Utiliza os pinos 7 RTS e CTS 8 no conector DB9.

DSR DTR c. Hardware adicional de controle de fluxo de linhas normalmente não utilizadas
ao PC final, mas geralmente necessitam ser ligadas juntas em uma máquina
NC.
i. Utiliza a ponte 6-8-20 no conector DB25. 8 DCD, 20 DTR e 6 DSR.
ii. Utiliza a ponte 1-4-6 no conector DB9. 1 DCD, 4 DTR e 6 DSR.

Texto final d. Aqui temos a opção de colocar uma palavra para permitir que os dados em
do um arquivo de texto poderão ser divididos em vários arquivos, para que eles

56
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
programa possam ser enviados para a máquina como programas individuais. Os atrasos
de comunicações serão utilizados mesmo que seja enviado somente um
arquivo de texto. Este é utilizado se um terceiro pedido for usado para criar
um arquivo, com mais de programa NC, no mesmo arquivo.

57
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Configuração da transmissão para a máquina

22. Esta guia é para


configurações de
formato e
informações
avançadas de
protocolo.

Formato 23. Este é dividido em duas seções de caracteres. “Início” permitirá que a
aplicação reconheça que está prestes a receber um nome de arquivo
“CNC” para enviar para a máquina e, em seguida, o caractere que irá
encerrar a comunicação do arquivo.

Início/Fim (leitura do 24. Esta opção permite ao usuário enviar um arquivo após a leitura de um
ficheiro) caractere de início, e terminar o envio após a leitura de um caractere
de fim.

Início/Fim 25. Esta opção permite o envio de um caractere definido antes de enviar
(transmissão do o conteúdo do ficheiro. Antes de terminar o arquivo, o DNC irá enviar
ficheiro) um caractere final.

Exemplo:
Início Leitura: M30
Fim Leitura: M80
Início Transmissão: (INIT)
Fim Transmissão: (END)

Conteúdo do Arquivo:
// Este é o arquivo de teste
// data:...
M30
X890.Y710
X800.Y700
G71
M80
XXXXXX

Transmissão:

58
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
(INIT)
M30
X890.Y710
X800.Y700
G71
M80
(END)

Tempo (ms.) Este valor (10,000 = 10 segundos) irá definir um atraso após o pedido de
necessário pôr o envio do arquivo que deve ser recebido. Depois de ter terminado a contagem,
control em recepção será enviado o arquivo para a máquina.

Aplicar o delai entre Se vários arquivos estão sendo enviados, o tempo será aplicado antes de
ficheiros cada arquivo enviado.

Ficheiro a enviar Você define um arquivo de texto a ser enviado para a máquina caso o
quando o que se arquivo solicitado não seja encontrado. Este deve estar em um formato que a
solicita não existe máquina possa ler e que o operador possa entender. Normalmente se utiliza
uma mensagem no arquivo informando que este não foi encontrado.

59
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Parâmetros auxiliares de transmissão

Esta guia define as


configurações adicionais
das comunicações, com
parâmetros avançados de
saída.

Enviar por linhas 26. Você tem a opção de aplicar um tempo de espera para a saída,
em milissegundos. O atraso será aplicado após cada linha
enviada.

Enviar por blocos Similar a enviar por linhas, mas você pode especificar um tempo
que será aplicado depois de um número de caracteres.

Início bloco 27. Você pode especificar um caractere que define o início do
bloco.

Final bloco Você pode especificar um caractere que define o final do bloco.

Gerar sempre o fim de linha 28. Quando um arquivo é recebido de uma máquina, o fim de linha
standard (13 10) só pode ser um 10 (avança linha). Porém, quando este retornar
para a máquina, pode ser necessário 10 (avanço de linha) e 13
(retorno). Esta opção irá enviar LF CR sempre no final de cada
linha.

Em maiúsculas 29. Esta opção irá converter caracteres alfabéticos de minúscula


para maiúscula. Isso é útil para máquinas que somente podem
ler caracteres maiúsculos. Desta forma, não será necessário
modificar o código CNC.

Em minúsculas 30. Exatamente o oposto do item acima.

Elimina caractere Esta opção permitirá que dados sejam apagados. Para remover um
caractere ASCII específico de transmissão, você deve digitar o valor
ASCII e selecionar Adicionar. Este será acrescentado na lista de
conversão de caracteres.

Substitui caractere Esta opção permitirá que um caractere seja modificado por outro.
60
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Esta opção é útil para a mudança de caracteres que foram enviados
para uma máquina CNC. “Por exemplo, sobre o comando Fanuc, este
muitas vezes possui o número do programa como “:1234", mas quando
você enviá-lo de volta precisa de ser "O1234" Você pode converter o
caractere ASCII para ":" (58) para "O" (79)”.

61
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Configurar a recepção da máquina

Nesta guia temos as


opções para definir o
formato de como enviar um
arquivo a partir da máquina
para o computador.

Formato Este é dividido em duas seções de caracteres. “Início” permitirá que


a aplicação reconheça que está prestes a enviar um arquivo “CNC” de
volta para o computador e, em seguida, o caractere que irá encerrar a
comunicação do arquivo.

Início/Fim Você pode utilizar esta opção para especificar os dados de início e
fim de um arquivo. Você tem duas opções. Uma para definir o caractere
que inicia a recepção e outra para o caractere que define o final da
recepção do arquivo.
Caractere ASCII Você pode especificar um caractere pelo seu valor ASCII para o
início e o fim do arquivo

Texto i. Você pode especificar um conjunto de caracteres.

Tempo (ms.) necessário para Este é o atraso esperado, em milissegundos, entre o pedido do
enviar o programa desde o arquivo a ser enviado a partir da máquina e o arquivo NC seguinte.
controle. Este método é usado em conjunto com o tempo limite. Se o
processo demorar a enviar um arquivo a partir da máquina, você poderá
definir o tempo limite mais elevado, mas se ocorrer um erro quando
estiver recebendo um arquivo, você terá de esperar este tempo para a
aplicação voltar.

Time Out (ms.) Este é o tempo de espera durante o recebimento, se nada for
recebido, a aplicação aguarda este tempo para encerrar.

Fim de linha Esta é a string que define o início de uma nova linha. Neste
exemplo, o caractere LF (10) é usado.

Gerar sempre o fim de linha Esta opção habilitará que o padrão final da linha seja utilizado pelo
standard (13 10) PC. Este método é usado em conjunto com a opção Fim de linha.

Sobrescrever ficheiros b. Esta é a opção para sobrescrever o arquivo caso ele já


exista.

62
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Configurar o diretório de transmissão

Esta guia é para obter


uma listagem de diretório
do PC e enviá-la para a
máquina em um formato
que esta possa entender.

Formato É dividido em duas seções de caracteres: "início” permitirá que a aplicação


(i) entenda que está prestes a receber um caminho (DIR) para enviar o seu conteúdo
para a máquina e, em seguida, um caractere que irá encerrar o caminho.

Ficheiro modelo O usuário deve definir o modelo de arquivo para enviar o conteúdo para o
diretório da máquina. Para cada arquivo no diretório desejado (a extensão destes
arquivos deve ser a mesma que foi selecionada no início deste procedimento), uma
linha será enviada para a máquina com o modelo definido em função formato (""):
o%n -> Número do arquivo
(Digitando %04n, o sistema força escrever um número com 4 dígitos)
o%s -> O nome do arquivo sem extensão

Exemplo Caso a configuração indica o conteúdo de C:\Lantek\teste\, em que existem os


seguintes arquivos armazenados:

Será enviado o conteúdo da seguinte forma:


%
N000100066
N000200073
N000300074
N9990M30
%

63
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Ao executar qualquer comunicação remota, é sempre aconselhável seguir este padrão:

1. Estabelecer comunicações da máquina para o PC (no momento em que você terá de usar o
WLTCOM.EXE). Quando o arquivo que você espera receber está correto, você deve possuir a taxa de
transmissão e tipo de parâmetros corretos.
2. Enviar um arquivo na máquina utilizando a ferramenta manual na opção DNCSTD.EXE. É melhor usar o
arquivo que você recebeu a partir da máquina. Como este é um programa que foi executado na máquina,
não deve haver problemas com o código NC. Isto irá confirmar que você tem a configuração correta no
DNC.
3. Criar um novo programa na máquina e tentar editá-lo. Isto irá confirmar a forma como o cabeçalho deve
ser.
4. Configurar as opções remotas e tentar fazer a comunicação.

Cuidados:

Máquina PC > CN CN > PC DIR

Todos os controles Fanuc, Mazak L32 e Trumpf (INcnc) (OUTcnc) (DIRdir)


CC200 e de qualquer outra máquina que tem
uma opção de comentário e um teclado
alfanumérico
Todas as outras máquinas que não podem ter Xcnc.0 Ycnc.0 Zcnc.0
um comentário.

Notas!

Todas as instalações novas devem ser feitas com cabos de cinco vias blindados.

A blindagem deve ser aterrada somente na máquina para evitar a diferença de tensão.

Instalações de Plasma devem ser feitas através de RS422 ou RS485. Isso irá proteger a comunicação
dos ruídos elétricos e eletrônicos que podem danificar as portas RS232.

Distâncias superiores a 15m podem requerer outros drives ou soluções de rede.

Rede de soluções via TCP/IP RS232, RS422, RS485 estão disponíveis e são de fácil gerenciamento.
Este tipo de instalação tem revelado um custo mais robusto em comparação à instalação de portas
COM’s.

Cabos de categoria cinco (cabos de telefone ou rede) devem ser evitados em comunicações RS232,
RS422 e RS485, pois são propensas a danos no ambiente de fabricação.

Qualquer dúvida quanto à comunicação, deve-se:


1. Verificar os parâmetros na máquina de corte;
2. Verificar se os parâmetros do software de comunicação estão idênticos aos da máquina;
3. Verificar as portas da saída do computador;
4. Verificar as portas de recepção da máquina;
5. Verificar se o programa está correto;
6. Verificar se o cabo de comunicacão está correto;

64
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
7. Verificar o micromodem;
Caso algum destes itens acima não estiver de acordo, a comunicação não será estabelecida.
Em caso de dúvidas, entrar em contato com o suporte técnico da SKA (suporte@ska.com.br)
e/ou com o fabricante da máquina.

65
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Comunicação via WLTCOM
Este programa foi feito para administrar manualmente os programas de controle numérico.
O programa está preparado para administrar quatro linhas de comunicações (COM1 a COM4) em
função da sua disponibilidade no PC.
A comunicação realiza-se linha a linha não podendo fazer a transferência de dados mais de uma
linha simultaneamente.
Normalmente, a comunicação é realizada por um técnico especializado da SKA, servindo este
capítulo como material de apoio ao usuário após o curso.

As opções disponíveis no programa Wltcom


são as seguintes:
• Transmitir programas para o controle
numérico;
• Receber programas do controle
numérico;
• Configurar diferentes linhas de
comunicações;

Transmitir programas :
Esta opção permite selecionar o diretório que contém o programa que se deseja transmitir ao
controle numérico. Para isto, no menu Comunicações escolha a opção Transmitir. A seleção realiza-se
através do ícone standard do Microsoft Windows para abrir um arquivo. Transmite-se o arquivo utilizando a
configuração de linha que estiver ativa. Em qualquer momento, o usuário pode cancelar o processo de
transmissão pressionando a tecla <ESC>. É necessário que a máquina esteja no modo de espera para
receber o programa. Cada máquina tem uma forma específica para isto.

Receber programas :
Esta opção permite selecionar o diretório no qual se deseja salvar o programa que é enviado do
controle numérico ao computador. Para isto, no menu Comunicações, escolha a opção Receber. A seleção
é feita a partir do ícone standard do Microsoft Windows para abrir um diretório. Recebe-se o arquivo
utilizando a configuração de linha que estiver ativa. Em qualquer momento, o usuário pode cancelar o
processo de recepção pressionando a tecla <ESC>.

66
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Configurar diferentes linhas de
comunicação:
Esta opção permite gerar a configuração de
linha para as diferentes máquinas que temos
criadas no sistema e selecionar qual destas
configurações está ativa. Para isto, no menu
Comunicações escolha a opção Configurar.
O programa visualizará a caixa de diálogo ao
lado.

Configurar máquina

Selecionar a máquina cuja linha de comunicações deseja configurar na lista de máquinas e, a


seguir, clicar no botão Configurar; ou simplesmente fazer um clique duplo com o mouse sobre a máquina
desejada.

Selecionar máquina ativa

Selecionar a máquina da lista de máquinas cuja configuração deseja ativar e pressionar o botão

“UP”

Parâmetros de comunicação:

Os parâmetros de comunicação normalmente são obtidos no manual da máquina de corte,


devendo estar configurados de forma idêntica no sistema WLTCOM.
Os principais parâmetros são:

• Porta (COM 1 ou 2 ou 3 ou 4) • Paridade


• Velocidade • Bits stop
• Comprimento de palavra • Delay

Para acessar estes parâmetros,


basta clicar no menu
Comunicações, Configurar.
Surgirá a seguinte tela:

67
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Outro item que é fundamental para que a
comunicação seja estabelecida é a forma com
que o programa foi gerado, isto é, como foram
interpretados os pontos para o comando
numérico pelo CNC. Cada máquina possui um
determinado pós-processador que gera o
arquivo CNC, e este deve estar de acordo com
a mesma, caso contrário, nem mesmo a
comunicação funcionará.

Qualquer dúvida quanto à comunicação, deve-se:


1. Verificar os parâmetros na máquina de corte;
2. Verificar se os parâmetros do software de comunicação estão idênticos aos da máquina;
3. Verificar as portas da saída do computador;
4. Verificar as portas de recepção da máquina;
5. Verificar se o programa está correto;
6. Verificar se o cabo de comunicacão está correto;
7. Verificar o micromodem;
Caso algum dos itens acima não estiver de acordo, a comunicação não será estabelecida.
Em caso de dúvidas, entrar em contato com o suporte técnico da SKA (suporte@ska.com.br)
e/ou com o fabricante da máquina.

68
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
4. Como criar uma Base de Dados
Abrir o Lantek pelo atalho Lantek Expert CAM ;

Clicar em Administrador
Para criar a nova base de dados, entrar em Ficheiro > Nova bese de dados > Blank database…,
conforme imagem abaixo:

69
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Clicar em Seguinte:

70
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Marque a opção O servidor de base de dados está noutra máquina. No campo abaixo, digite
NOME_DO_COMPUTADOR e clique em Seguinte, conforme imagem abaixo (Obs: lembrar que, para o
usuário sa, a senha é em branco):

Digite o nome com que deseja chamar a base de dados. Certifique-se de que o caminho da pasta
da base de dados está correto (o caminho por default deveria ser C:\Lantek\Database) e clique em
Seguinte:

71
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Clicar em Seguinte:

72
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Clicar em Seguinte:

Aguarde a criação da Base de Dados :

73
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Após a criação da Base de Dados, clique em Fechar:

Para conectar-se à base criada, acessar Ficheiro > Ligar, conforme imagem abaixo:

74
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Clicar em Detalhes para expandir a janela e entrar em Parâmetros de ligação:

Na guia Base de dados, marcar a opção O servidor de base de dados está noutra máquina.
Abaixo, digitar NOME_DO_COMPUTADOR e, no campo Nome da base de dados, selecionar a base de
dados criada anteriormente :

75
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Na guia Unidades organizacionais, selecione ment e clique em OK :

Na janela de ligação, clicar em OK;

76
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Abrir o Lantek pelo atalho Lantek Expert CAM;

Ao iniciar ao Lantek, tem-se tambem a opção de importar um trabalho:

Atenção: Caso o idioma de


instalação escolhido tenha sido
o Português, porém os menus
e comandos aparecerem em
Inglês ou outro idioma, entrar
em contato com o suporte da
SKA (suporte@ska.com.br).
Para facilitar o suporte, o
arquivo iExpert.cfg, localizado
na pasta C:\Lantek\Expert,
pode ser enviado anexo. Ou
pode-se alterar o idioma,
conforme descritivo abaixo:

Clicar em Utilidades, Importar: trabalho

ou no segundo ícone da direta.

Importante: Nunca renomear o


Certificar-se de que a opção Import esteja Marcada. computador. Caso isto for feito, o
Lantek deixará de funcionar e precisará
ser reinstalado.

77
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Quanto ao número de Bases de Dados a
serem criadas, somente uma é
necessária. Porém, quando houver
necessidade, novas bases de dados
podem ser criadas.

Escolher um nome, selecionar ficheiro e pode-se tambem marcar


a opção “Selecionar as máquinas a importar”.
Selecionar o arquivo BackupOF.bck salvo
em um destino escolhido pelo cliente.

Clicar Ok para aceitar.

Uma mensagem de Alerta é mostrada, solicitando que o computador não seja desligado neste momento.

78
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Clicar no primeiro ícone da
direita, chamado Ligar-se para
que possamos nos conectar à
base de dados recém criada.

Clicar em Ok para confirmar.

79
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
5. Configurando o Lantek
Criando Materiais

Dentro do Lantek, o ícone Materiais permite acrescentar materiais de uso corrente da empresa.

Ao clicar em Materiais, a caixa de diálogo acima é mostrada. O Lantek


possui materias pré-definidos, porém o seu uso não é obrigatório
(conforme imagem ao lado).

80
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Para acrescentar um
material, clicar em Add e
uma nova caixa de diálogo
será mostrada. Nesta caixa,
colocar o Nome do material
(Name), Densidade
(Density), Resistência
(Strenght), Preço (Price) e
clicar em Ok. O único campo
de preenchimento obrigatorio
é Nome. Os demais campos
podem ser preenchidos
conforme a necessidade.
Usar ponto no lugar de
vírgula.

Após clicar em Ok, o


material é
acrescentado à lista
de materiais. Novos
materiais podem ser
acrescentados
conforme a
necessidade.

Caso queira acrescentar um material já existente, do O material escolhido será acrescentado à lista de
Lantek, selecionar o material desejado e clicar na materiais.
opção em destaque acima.

81
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Para modificar um material ou informação contida
neste, selecioná-lo e clicar em Edit (conforme
imagem ao lado). Após modificação, clicar em Ok
para confirmar.

Clicar em Ok na caixa de diálogo principal para sair de Materiais.

Criando Chapas

Este tópico está ligado ao que costumamos chamar de gerenciamento de estoque. Caso a empresa não
trabalhe com gerenciamento de estoque de chapas, esta é uma oportunidade para implantar um controle.
Para criar uma nova chapa basta clicar no ícone Chapas dentro do Lantek.

Nesta tela é possivel criar, apagar e até mesmo modificar dados das chapas, controlando assim a
quantidade de chapas existentes em estoque.

82
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Na tela de criação, podemos observar que é obrigatório preencher os campos Referência,
Comprimento, Largura, Material, Espessura e Quantidade.

Criada a chapa, basta clicar em OK.


A chapa também pode ser criada no módulo de compactação como veremos adiante.
Além disso, caso a empresa não trabalhe com sistema de gerenciamento de chapas, ou não
utilize os recursos do Lantek para este fim, o campo quantidade pode ser preenchido com 32000
chapas. Desta forma, não há necessidade de acrescentar novas chapas (por um longo período), à
medida que estas estão sendo utilizadas.
A SKA recomenda e incentiva o uso do controle de estoque de chapas do Lantek, sendo este um
dos itens abordados em treinamento.

83
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Instalando e Configurando Máquinas

Dentro do Lantek, o ícone Máquinas permite acrescentar a(s) máquina(s) da empresa.

Ao clicar em Máquinas, uma caixa de diálogo é mostrada. Na imagem acima, ainda não temos
máquinas cadastradas, logo a tela fica em branco. Para acrescentar uma nova máquina, clicar em
Nova...

84
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Em seguida, clicar em Instalar
máquinas.

Selecionar a(s) máquina(s) disponível na empresa e clicar no ícone em destaque


Para este exemplo, acima.
utilizaremos a máquina
Clicar em Ok para confirmar
Lantek laser.

Sempre escolher a
máquina correta, na lista
ao lado. Em caso de
dúvidas, consultar a SKA
(suporte@ska.com.br).

Caso contrário, o CNC


não vai ser gerado e a
mensagem “Erro de
Proteção” pode ser
mostrada, indicando que
a máquina escolhida não
está de acordo.

85
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Máquina é aquela escolhida na
Caixa de diálogo anterior.

Nome é aquele que será mostrado,


podendo ser renomeado conforme
a necessidade.

Clicar em Ok para confirmar.

Após instaladas as máquinas desejadas, estas precisam ser configuradas: velocidade de corte, tipo
de corte, qualidade, ataques, pontes, etc.

Para tanto, clicar em


Utilidades>Máquinas.

86
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Selecionar Máquina e clicar em Configurar.

A lista de configurações
disponíveis é mostrada,
conforme imagem ao
lado.

É dividida em: Máquina,


Sistema e Pós-
Processador.

Selecionar um item da
lista e fazer as
alterações necessárias.

CNC

87
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Pedir referência do CNC: Podem-se selecionar as seguintes opções:
Não, onde o Lantek irá gerar o CNC de acordo com a configuração de Gerais
de Inicialização.
Só se a chapa for nova e o ficheiro já existir.
Só se a chapa for nova
Sempre

Nome do CNC igual a Part Number

Directório dos ficheiros CNC: configura o diretório onde será salvo o arquivo do CNC.

Extensão dos ficheiros CNC: configura a extensão com a qual será salvo o arquivo CNC.

Gerais de Inicialização

Selecionando a aba Sistemas>


Gerais de inicialização> Geral,
temos as seguinte opções:

Executar todos os rápidos com


o cabeçote em cima.
Habilitada esta opção, é executado
todo movimento “rápido” com o
cabeçote da máquina em cima.
Desabilitada, podemos trabalhar
com o cabeçote em cima somente
no início da peça ou tambem com
o cabeçote sempre baixo.

Obs: Verificar se a máquina possui


tal recurso. Mais utilizado em
máquinas Laser.

Visor óptico: esta opção é usada


para máquinas que têm a
possibilidade de fazer a medição
da chapa por pontos, para um
possível reposicionamento da
chapa na mesa.

Iniciar contador de CNCs: Ajusta


o contador para o seu valor
mínimo.

Mínimo: PartNo: determina o


valor mínimo para o contador de
CNCs.

Máximo: PartNo: determina o


valor máximo para o contador de
CNCs.

88
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Passo de referência: determina o
valor de avanço do contador.

Texto Prévio: acrescenta um texto


antes do PartNo

Gerais das Chapas Estado da Chapa: Determina a qualidade do estado da chapa, sendo
que 1 é completamente plano e 9 é completamente irregular. Esta
Determina valores para margem das configuração determina o comportamento da velocidade de
chapas. aproximação de um cabeçote ou punção, evitando colisões.

Anti-riscos: quando habilitado, movimentos rápidos são feitos com a


caneta a uma altura maior que o determinado.

Determina o ponto de inicialização.


Quando for selecionada uma chapa do banco de dados, além do
Clicar sobre o canto desejado para
material e espessura, comprimento máximo e mínimo e largura
selecionar.
máxima e mínima são verificadas, para que seja selecionada uma
chapa que não ultrapasse os valores determinados.

Detemina os
valores X e Y para as coordenadas do
ponto de inicialização. Normalmente, este
valor é 0.

89
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Raio do cortador: permite configurar o raio do cortador, de acordo com tabelas específicas da máquina,
fornecidas pelo fabricante.

Raio de ativação: permite determinar um raio de folga para ativação (Piercing). Este raio pode ser
conferido e, caso o raio de ativação interfira com o raio de ativação mais próximo, uma mensagem é
mostrada.

Determina o tipo de corte a ser feito.

Modo de compensação: Define a forma como serão tratados os cantos de uma chapa.

Pedir estes dados ao inicializar: Quando selecionar inicializar , a tela Parâmetros de Corte será
mostrada, permitindo configurar outros valores para o corte (ver capítulo sobre Maquinagem).

Valores dos Ataques

Configura os valores de entrada e saída para os ataques,


sendo que D são as distâncias, A são os ângulos e R são
os raios. S é a distância da folga (Gap) entre a entrada e a
saída.

Angulo em círculos: Quando em 0, o ataque será colocado


em um quadrante e, caso não seja possível colocá-lo
neste quadrante, o próximo será selecionado (0, 90, 180 e
270). Se especificado outro valor, como por exemplo 30
graus, o ataque será colocado em um quadrante. Caso
não seja possivel colocar neste quadrante, o próximo

90
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
ponto será a 30 graus (60, 90, 120...).

Cortar o contorno: Quando selecionado, o caminho de


corte é feito imediatamente após o ataque ser colocado.

Valores das Amarrações

Configura os valores das amarrações, sendo D a


distância da amarração. A é o angulo e Raio
corresponde a um raio de entrada e saída que pode ser
configurado. S é a distância entre a entrada e a saída
(Gap).

Ângulo em círculos: Quando em 0, o ataque será


colocado em um quadrante e, caso não seja possível
colocar neste quadrante, o próximo será selecionado (0,
90, 180 e 270). Se especificado outro valor, como por
exemplo 30 graus, o ataque será colocado em um
quadrante. Caso não seja possível colocar neste
quadrante, o próximo ponto será a 30 graus (60, 90,
120...).

91
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Valores dos Anéis
Permite configurar os valores para os Anéis, sendo que
r corresponde a raio ou distância, conforme a escolha.

Raios: permite configurar diferentes raios para os


cantos.
Ângulo máximo limita o comprimento máximo de um
raio, em graus

Há tambem o parâmetro (Ângulo límite (Z)) para


estabelecer um limite para “matar” as arestas:
Selecionando as opções incluídas no grupo (w-z), se
realizará a ação para todos os ângulos que se
enquadram na condição:
Ángulo máximo (W) < Ángulo < Ángulo límite (Z)

92
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Valores das pontes

Distância entre entrada e saída das pontes (Gap) é


determinada no campo a. Comprimento máximo é a
distância entre as peças e numero máximo é o número
de pontes, máximo, que serão colocadas entre peças.

Área das peças: determina a área minima e máxima das


peças em que serão aplicadas as pontes.

Em cantos: coloca a ponte nos cantos, unindo duas


peças, conforme imagem abaixo.

Ajuste: pode-se ajustar as pontes do lado esquerdo ou


direito das peças.

Pós-processador

Permite acesso a opção Gerais, onde são configuradas


as informações referentes ao pós-processador,
conforme proximo tópico.

93
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Geral

Tolerância da máquina: Tolerância com a qual a máquina trabalha. É importante estar configurada
corretamente, caso contrário, a máquina pode trabalhar de forma inadequada.

Ficheiro específico do pós-processador, tabelas tecnológicas, cálculo de tempos e cálculo de custos


somente devem ser editados por pessoal autorizado. Estes arquivos influenciam diretamente a
funcionalidade da máquina.

94
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
6. CAM

Neste ambiente, todos os trabalhos são gerados: escolha de chapas, material, componentes,
ataques, etc; sendo que a etapa final é criar o arquivo CNC que será transferido para a máquina na qual
será realizado o corte.

95
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Criar Trabalho

Ao abrir o módulo CAM do Lantek, o primeiro passo é criar um novo trabalho ou abrir um trabalho
existente.

Para iniciar um novo trabalho, clicar em Trabalhos e


escolher a opção Novo...

A imagem a seguir será mostrada.

Trabalho

Os campos referentes a
trabalho podem ser
preenchidos conforme a
necessidade ou
característica de trabalho
de cada empresa, sendo
que o campo Nome é de
preenchimento obrigatório.

Os demais campos são


customizáveis, podendo
ser modificados conforme a
necessidade de cada
empresa. Para configurar,
ver o procedimento abaixo.

Quando criar um novo


trabalho, será gerada uma
referência automática na
base de dados. Ver mais
no tópico de Explorador de
Trabalhos.

Obs: Os trabalhos com o


mesmo nome sob a
mesma referência não
poderão ser criados,
embora o nome sob
referências diferentes
possa ser repetido. Esta
regra igualmente será
aplicada para as
referências na base de
dados.

Dentro de Informação da
ordem podem ser
colocadas observações
referentes ao trabalho.

Clicar em Ok para

96
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
confirmar.

Configurando os campos da tela Trabalho

Para configurar os campos na tela Trabalho, conforme a


necessidade de cada empresa:

Dentro de Lantek, em Utilidades, selecionar a opção


Sistema.

Em seguida, selecionar a opção Identificadores.

97
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Modificar os campos conforme a necessidade.

98
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Explorador de Trabalhos

É um sistema de gerência dos trabalhos em que os trabalhos contidos na base de dados poderão ser
organizados em uma estrutura sob a forma de árvore em um painel dentro do módulo CAM.

O usuário poderá ativar a visualização deste painel no módulo CAM através do menu Ver>Explorardor
de trabalhos.
Entre as opções que o menu de um trabalho na árvore oferece, o usuário será capaz de abrir, exportar,
cortar, eliminar, mudar o nome e ver ou modificar suas propriedades.

99
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Para uma Base de Dados na árvore, ao clicar com o botão da direita, as opções são: compactar e
expandir, criar um novo trabalho ou uma pasta (o que permite ter trabalhos com mesmo nome em pastas
diferentes) e procurar.

A opção de procura realiza-se selecionando diferentes critérios. Existem duas opções:

Busca Simples: Realiza a busca pelo nome do trabalho.

100
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Busca Avançada: Permite introduzir parâmetros adicionais, tais como nome do trabalho, referência, data
de criação dos trabalhos, dados do usuário, máquina e espessura, assim como a seleção de trabalhos para
orçamentação.

101
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
102
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Voltando ao CAM
Importar peças

Após iniciar um novo trabalho, selecionar a opção Importar para escolher


os componentes que serão importados para o Lantek.

Selecionar o tipo de peça a ser


importada. Para o exemplo,
importaremos um Ficheiro DXF.

Observação: Quando uma peça já foi


importada, ela pode ser escolhida
dentro da base de dados (Peças da
base de dados).

Observar o diretório em que estão


armazenadas as peças que serão
importadas.

Selecionar a(s) peça(s).

Clicar em Ok para confirmar.

103
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Ao clicar em Ok, a tela ao
lado é mostrada.

Referência: Um código que


identifica o componente.

Máquina: Máquina
selecionada.

Material: selecionar um
material cadastrado. Caso
não haja o material
desejado, um novo material
pode ser cadastrado. Ver
procedimento para
cadastrar um material.

Espessura: corresponde à
espessura do componente.

Quantidade: corresponde
ao numero de peças que
serão colocadas em uma
chapa.

Clicar em Ok para
confirmar

Observação: Todas estas informações podem ser modificadas posteriormente.

Cadastrar um novo material

Existem várias formas de cadastrar um novo material. O procedimento abaixo pode ser usado a partir
da tela de importação de peças.

Selecionar a opção Novo...

Outra opção é pelo ícone de materiais existente na


área de trabalho, como foi mostrado anteriormente.

104
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Preencher o campo Nome com o nome que
identifica o Material dentro da empresa.

Preencher o campo Densidade de acordo com a


densidade específica do Material. Esta densidade
será utilizada para o cálculo de peso, portanto é
importante que o valor preenchido esteja correto.

Preço e Resistência podem ser preenchidos


conforme a necessidade.

Clicar em Ok para confirmar.

O material passa a constar na lista de materiais.

Após importar um componente, este aparece disponível na lista de peças, confome figura abaixo.

105
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Visualização dos arquivos importados

Ver permite organizar a visualização dos arquivos importados (peças) ou chapas.

Modo peças, Ícones grandes, mostra as peças conforme imagem abaixo:

Modo peças, Ícones pequenos, mostra as peças conforme imagem abaixo:

Modo peças, Lista, mostra as peças conforme imagem abaixo:

106
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Modo Peças, Detalhes, mostra as peças conforme imagem abaixo:

Modo chapas, Ícones grandes, mostra as peças conforme imagem abaixo:

Modo chapas, ícones pequenos, mostra as peças conforme imagem abaixo:

Modo chapas, Lista, mostra as peças conforme imagem abaixo:

Modo chapas, Detalhes, mostra as peças conforme imagem abaixo:

107
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Modo figuras apresenta a mesma visualização de Modo peças.

Para alterar as informações referentes a um componente,


clicar com o botão direito do mouse sobre o componente e
escolher a opção Propriedades...

108
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
A imagem abaixo é mostrada, permitindo modificar as informações conforme a necessidade.

109
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
7. Módulo de Desenho

No Lantek é possível desenhar a geometria que se deseja cortar, não sendo necessários
programas adicionais de desenho.
Dentro de CAM, selecionar o ícone Desenho, conforme imagem abaixo.

Ao clicar em Desenho, este é aberto com um formato semelhante ao da imagem abaixo.

110
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Geometria

Dentro do Módulo de Desenho, temos o menu Geometria, o qual, de


acordo com a ferramenta escolhida, permite desenhar as formas
básicas que irão compor o desenho.

O menu Geometria também está disponível em forma de ícones:

A descrição detalhada de cada ícone aparece abaixo.

Observação: Alguns ícones podem aparecer desabilitados.

111
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Observações Gerais.

Para colocar uma medida desejada, por exemplo,


10.5mm, escolher um comando de desenho, como
Segmento (ver lista abaixo) e clicar em um número
(neste caso 0). Este será o ponto de partida, de
acordo com as Coordenadas. 0 para X e 0 para Y.

Para desenhar o segmento de 10.5mm, após colocar


os dois 0 (X e Y), clicar em OK e, então, clicar em 1 e
digitar o valor 10.5 para X e 0 para Y. Desta forma,
uma linha horizontal será desenhada, com 10.5mm de comprimento. Esta regra se aplica à grande maioria dos
comandos.

Observar também que no canto inferior esquerdo da tela aparece descrito o que deve ser feito quando
selecionado um comando.

Coordenadas Absolutas Cartesianas

Uma coordenada absoluta possui somente um ponto de referência, o chamado ponto 0. Tudo o que é
desenhado tem como referência este ponto.

Para desenhar um retângulo de 100mm de comprimento por 45mm de altura, utiliza-se a seguinte
lógica:

Ponto inicial X0 Y0
X100 Y0
X100 Y45
X0 Y45
Ponto Final X0 Y0

Coordenadas Incrementais Cartesianas

Para coordenadas Incrementais Cartesianas, todo ponto é um ponto de referência do qual se pode
partir, sendo seu valor inicial 0.

Para desenhar um retângulo de 100mm de comprimento por 45mm de altura, em qualquer lugar do
espaço, utiliza-se a seguinte lógica:

Ponto inicial Onde se encontra o cursor


X100 Y0
X0 Y45
X-100 Y0
Ponto Final X0 Y-45

112
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Pontos: podem ser colocados quando há Entre as opções de pontos, estão: Pontos, Afastado, Rodado,

necessidade de referência, ou alguma Simétrico e Projetado, conforme barra de opções abaixo:

característica do desenho. Também pode ser


usado para determinar um ponto de marcação
ou puncionado.

Segmentos: permite desenhar uma linha. Entre as opções de segmentos, estão: Dois Pontos, Ponto e
tangente, Tangente a dois, Paralelo a distância, Paralelo por
ponto, Perpendicular por ponto e Perpendicular e distância,
conforme barra de opções abaixo:

Entre as opções de linhas, estão: Ponto, Deslocado, Rodado,


Linhas: permite desenhar uma ou mais
Simétrico, Projetado, Arco e Fechar, conforme barra de opções
linhas em sequência. O comando somente é
abaixo.
interrompido quando Esc é pressionado.

Entre as opções de arcos, estão: 3 pontos; 2 pontos e centro;


Arcos: permite desenhar arcos.
centro, início e abertura; redondo; 2 pontos e raio; raio e
ângulos; centro, início e comprimento; 2 pontos da diagonal;
Discretrizado; Segmento e raio; Arco contínuo, conforme barra
de opções abaixo.

Entre as opções de arcos, estão: Centro e raio; Centro e ponto;


Círculos: permite desenhar círculos em
3 pontos; 2 tangentes e raio; Concêntrico; 3 tangentes; 1
qualquer ponto ou com a ajuda de geometrias
tangente e centro; 2 pontos e raio; 1 tangente, 1 ponto e raio;
auxiliares, tais como retas e pontos.
2 tangentes e 1 ponto; Diferença; 1 Tangente e 2 pontos; Arco
de círculo; Canto; 2 Pontos de diagonal; Centro e diâmetro,
conforme barra de opções abaixo.

113
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Retas: permite desenhar retas contínuas, Entre as opções de retas, estão: Ponto e ângulo; 2 Pontos;

auxiliares na criação de geometrias diversas. Horizontal; Vertical; Paralela a uma distância; Paralela por
ponto; Perpendicular por ponto; 1 tangente e 1 ponto; 2
tangentes; Simétrica; 1 tangente e 1 ângulo; Bissetriz;
Mediatriz; Segmento de Reta; Ponto e ângulo com reta,
conforme barra de opões abaixo.

Paralela a uma distância pode ser utilizado como Offset.


Entre as opções de quadrados, estão: Extremidade e Centro,
Quadrados: permite desenhar quadrados.
conforme barra de opções abaixo.

Retângulos: permite desenhar retângulos. Entre as opções de retângulos, estão: Extremidade; Centro; 2
pontos, conforme barra de opções abaixo.

Entre as opções de Polígonos, estão: Comprimento de Lado;


Polígonos: permite desenhar polígonos,
Círculo Inscrito; Círculo circunscrito, conforme barra de opções
tais como pentágonos (5 lados), hexágonos (6
abaixo.
lados), heptágonos (7 lados), octógonos (8
lados), etc.

Retângulos modificados: permite


Entre as opções de retângulos modificados, estão: Extremidade;
desenhar retângulos cujas extremidades
Centro; 2 Pontos, conforme barra de opções abaixo.
possuem raios, chanfros ou recortes, conforme
escolha.

114
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Após selecionar uma das opções, uma nova janela é mostrada, na
qual é possível determinar o dimensional do retângulo e escolher o
tipo de modificação a ser feita.

Ranhuras lineares: permite desenhar


oblongos, conforme a necessidade. Entre as opções de ranhuras lineares, estão: Ponto Inicial e
ângulo; Ponto do meio e ângulo; 2 pontos; Ponto inicial e
ângulo; Ponto do meio e ângulo; 2 pontos, conforme barra de
opções abaixo.

Ranhuras circulares: permite desenhar


Entre as opções de ranhuras circulares, estão: Extremidades e
ranhuras circulares.
centro; Extremidade, centro e ângulo; Extremidades e raio;
Centro e ângulo inicial e de abertura, conforme barra de opções
abaixo.

Polis

115
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Esta opção permite extrair uma polia. O sistema irá pedir centros e
raios do círculo até que o primeiro centro do círculo esteja estalado
outra vez.

Ovais : permite criar Ovais. Determinar primeiramente a distância entre centros. Ângulo de
Inclinação, caso houver. Raio Grande da Oval e, por último, Raio
Menor da Oval

Após determinar o centro e o ângulo (caso houver), digitar o


Elipses: comando utilizado para criar
comprimento maior do eixo da elipse, digitar o comprimento menor
elipses.
do eixo da elipse e o número de tramos da elipse (usar valores
como 500).

Offset: permite criar uma geometria


Ao selecionar a geometria da qual se deseja fazer Offset, o modo
semelhante à selecionada, porém maior ou
de compensação precisar ser informado. Após escolher, clicar em
menor, conforme a necessidade. Offset não
OK para confirmar.
tem tradução para o português, sendo
necessário comprender o seu conceito.

Círculo marcado com vermelho é o resultado


de um Offset a partir do círculo marcado com
azul.

116
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Fitting: permite criar curvas ajustadas a
uma determinada geometria já existente.

Após selecionar a geometria e confirmar, uma nova janela será


aberta, na qual temos as seguintes opções: Por pontos, Alisar:
com esta opção, o usuário pode configurar os seguintes
parâmetros: Número mínimo de elementos, número máximo de
elementos, raio máximo e tolerância, muito utilizada após importar
ou desenhar peças com um número alto de tramos. Fazer
tangente: com esta opção, o usuário pode configurar os seguintes
parâmetros: Erro angular mínimo admitido, Erro angular máximo
admitido, Tolerância do erro do raio e Tolerância de erro de
posicionamento. Alisar e fazer tangente: esta opção inclui todos
os parâmetros de Alisar e Fazer tangente.

Apagar Geometria possui, ainda, seleção de Pontos;


Apagar Geometria: permite apagar uma ou
Segmentos; Arcos; Círculos; Retas.
mais geometrias, conforme a necessidade.
Comportamento de seleção igual ao do
Apagar, descrito no capítulo Apagar.

117
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Edição

O menu Edição possui todas as ferramentas


necessárias para modifcar uma geometria já
desenhada, tais como copiar, mover, cortar.

A barra de ferramentas Edição não está disponível,


sendo necessário criar uma barra de ferramentas nova,
dentro de Utilidades, Personalizar. Ver capítulo sobre
personalização de menus e barras de ferramentas.

Observação
Conforme as geometrias desenhadas ou que se deseja
modificar, ícones da barra de ferramenta edição podem
aparecer desabilitados.

Anular: desfaz a última operação. Pode ser acionado


várias vezes, desfazendo várias etapas do trabalho.
Apagar Geometria possui, ainda, Seleção de Pontos;

Apagar Geometria: permite apagar uma ou mais Segmentos; Arcos; Círculos; Retas.

geometrias, conforme a necessidade. Comportamento


de seleção igual ao do Apagar, descrito no capítulo
Apagar.

Selecionar primeiro a linha para onde será estendido

Alongar Elementos: Estende uma linha (referência), depois, selecionar a linha a ser estendida.

Antes do comando:

118
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Juntar Elementos: Une duas linhas, seccionando a
mesma, quando necessário.

Depois do comando:

Entre as opções de Cortar Elementos, estão: Quebrar;

Cortar Elementos: corta linhas que se cruzam ou as Cortar 1; Cortar vários; Juntar; Eliminar Partes;

une, conforme a necessidade. Pontes; União; Subtração; Intersecção; Encurtar-


Alongar; Juntar e Arredondar; conforme barra de
opões abaixo.

Ao selecionar o canto a ser chanfrado, a seguinte caixa


de diálogo aparece, na qual o valor do chanfro deve ser
digitado. Restringir proporções mantém os dois
valores iguais.
Chanfros em cantos: coloca chanfros em cantos.

Ao selecionar o canto a ser arredondado, a seguinte


Arredondar Cantos: coloca raios em cantos. caixa de diálogo aparece, na qual o valor do raio deve
ser digitado.

119
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Entre as opções de Decotes, estão: Decote 1, Decote
2...até o Decote 12; conforme barra de opões abaixo.
Decotes: coloca formas geométricas em linhas,
simplificando o trabalho.

Ao escolher uma forma geométrica na barra de opções Nos decotes, Restringir proporções mantém os dois
ao lado, uma nova caixa de diálogo será mostrada, na valores iguais.
qual o dimensional da forma geométrica deve ser Exemplos de Decotes aplicados:
determinado, como no exemplo:

É necessário informar o ponto inicial e o ponto final dos


Mover: move de posição os itens selecionados. itens selecionados. Além de mover, este comando lhe
dá a opção de rotacionar e fazer simetria.

Esticar: aumenta uma geometria. Pode ser informado


valor numérico para aumentar ou diminuir a geometria.

Escolher uma das opções para rotacionar, sendo que a


primeira opção rotaciona a partir de um ponto, a
segunda rotaciona considerando o centro da geometria
Rodar: rotaciona os itens selecionados. É necessário
como ponto de rotação e a terceira rotaciona através de
informar um ponto de rotação.
um ponto e uma linha de referência.

120
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Escalar: permite aumentar de escala os itens
selecionados, sendo possível aplicar um fator de escala
diferente para X e Y.

Agregar: permite aproximar geometrias, sendo que o


valor de aproximação pode ser definido.

Por ser um comando de extrema importância,


descreveremos o seu funcionamento em um capítulo à
parte. Ver capítulo sobre Agregar.

Simetria: faz um espelhamento dos itens selecionados

Copiar: copia os itens selecionados.

Por ser um comando de extrema importância,


descreveremos o seu funcionamento em um capítulo à
parte. Ver capítulo sobre Copiar.

Quebrar peças: divide uma determinada geometria em


um número determinado. Exemplo:
Geometria, antes de aplicar o comando Quebrar
peças:

121
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Geometria, após aplicar o comando Quebrar peças,
em partes iguais, número de partes 3:

Transformar decotados: Desenha uma linha de


corte tendo por referência um determinado recorte.
Utilizado em máquinas combinadas, nas quais o corte
pode ser feito com laser (por exemplo), em vez de se
utilizar a puncionadeira.

Exemplo: Após selecionada a geometria, linhas de


corte foram aplicadas.

Alterar coordenadas: move o sistema de


coordenadas para outro ponto, conforme a
necessidade.
Entre as opções de alterar coordenadas, estão: Mover
Antes de mover o sistema de coordenadas
para um ponto; Rodar com base num elemento;
Rodar um Ângulo; Simetria Eixo X; Simetria Eixo Y;
Simetria Eixo XY; Estabelecer; Restaurar; conforme
Após mover o sistema de coordenadas
barra de opões abaixo.

122
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Utilidades

Dentro de Utilidades está disponível uma série de


ferramentas.

A barra de ferramentas Utilidades não está disponível,


sendo necessário criar uma barra de ferramentas nova,
dentro de Utilidades, Personalizar. Ver capítulo sobre
personalização de menus e barras de ferramentas.

Observação:
Conforme as geometrias desenhadas ou que se deseja
modificar, ícones da barra de ferramenta Utilidades
podem aparecer desabilitados.

Textos: permite escrever um texto. A fonte


pode ser modificada, bem como a orientação
(ângulo de inclinação). Escrever no campo
Texto o conteúdo desejado.

Quando Vectorizar está ativado, o texto é


transformado em vetores, sendo que Número
de trechos para as curvas Bezier é o número
de vetores nos quais serão transformados os
raios. Quanto maior o número, melhor a
qualidade, porém maior o tamanho do
programa CNC.

123
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Vectorizar textos: Transforma um
determinado texto existente em vetores, sendo
que Número de trechos para as curvas
Bezier é o número de vetores nos quais serão
transformados os raios. Quanto maior o
número, melhor a qualidade, porém maior o
tamanho do programa CNC.

Entre as opções de linhas estão: Cota 1; Cota 2; Cota 3; Cota 4;


Cota 5; Cota 6; Cota 7; Semiautomático; Automático; Apagar;
Configuração; Mudar dados; Modificar cotas; Explorar cotas,
conforme barra de opções abaixo.

Para maiores informações sobre cotas, ver capítulo sobre o


assunto.
Observação: Alguns ícones podem aparecer desabilitados.

Cotas: Permite acrescentar cotas a um


determinado desenho ou Nesting (chapa).

124
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Tempos e custos: permite obter informações sobre a área total de corte, tempo de corte e custo de corte. É
importante que todas as informações necessárias
estejam configuradas.

Área: Retângulo, Exterior e Real referem-se à


forma como o calculo é realizado, sendo que
Retângulo é a área do retângulo mínimo, Exterior
é a área total com furos e Real é a área total real,
sem furos.

Distâncias e ângulos: permite obter de forma rápida a informação referente a uma distância qualquer.

Ângulo formado por três pontos: permite obter de forma rápida a informação sobre um ângulo através de
três pontos.

Verificar peça: verifica uma geometria e se esta tem


pontos abertos.

Na imagem ao lado é possível informar como a geometria


deverá ser analisada.

125
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Após clicar em OK, Verificar peça retorna as
informações referentes à geometria.

Caso haja contornos abertos, pode-se optar por


fechá-los automaticamente ou corrigir eventuais
falhas, sendo que Por pontos nos contornos
abertos coloca pontos azuis nos contornos abertos
para identificá-los e fechar manualmente com linhas
ou arcos.

Ver geometria: Retorna as informações referentes a uma ou mais geometrias, tais como distâncias e perímetro
total.

Comparar geometrias: Compara duas geometrias e indica as diferenças entre elas. Selecionar uma geometria
primeiro e depois, outra. As diferenças são mostradas em verde. Este comando é aplicado principalmente para verificar
as diferenças quando um projeto sofre alteração. Não havendo alterações nos componentes selecionados, não é
necessário refazer programas, salvar arquivos, etc.

126
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Definir limites...: Define um limite, através de linhas rosadas, em que pode ser desenhada uma determinada
geometria. Quando acionado comandos de Zoom, linhas limítrofes desaparecem. Estas são somente para informação
temporária.

Ver estado do sistema...: Estado actual mostra as configurações


referentes a unidades de medidas, raio do cortador, compensação e
velocidades.

Verificar o maquinado retorna as informações sobre quais geometrias


têm maquinado e quais não têm (corte), modificando as cores destas.
Com maquinado, cinza; sem maquinado, vermelho.

Estado actual: Estado actual mostra as configurações referentes a unidades de medidas, raio do cortador,
compensação e velocidades.

Verificar o maquinado: Verificar o maquinado retorna as informações sobre quais geometrias têm maquinado
e quais não têm (corte), modificando as cores destas. Com maquinado, cinza; sem maquinado, vermelho.

Seleccionar máquina...: Determina a máquina na qual se vai


trabalhar.

Orifícios de ventilação: Informação disponível no Módulo de Caldeiraria.

127
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Entre as opções para Macros estão: Abrir, Guardar,
Macros de maquinagem: Permite salvar uma Macro Guardar Como e Apagar.
com uma determinada sequência de corte, conforme a
necessidade. Ao salvar a Macro, um ponto de referência
e um nome devem ser informados.

Para utilizar novamente a informação (em um novo


desenho), dentro de Maquinagem, selecionar a opção
Importar e Macro da mecanização. Geometria(s) e
sequência de corte são inseridas no desenho.

128
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Personalizar: Permite criar barras de ferramentas com as informações desejadas ou teclas de atalho.

Para criar uma nova barra de ferramentes, clicar em Nova e nomeá-la, conforme a necessidade. Em seguida,
acrescentar as ferramentas, selecionando-as no menu à esquerda e jogando-as para a direita.

Para criar um novo atalho, selecionar no menu da esquerda a função para a qual se quer criar um novo

atalho e, no lado direito da tela, determinar qual a tecla ou teclas que servirão de atalho. 129
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Cotas

Cotas: Permite acrescentar cotas a um determinado desenho ou Nesting (chapa).

Cota 1: coloca cotas horizontais.

Cota 2: coloca cotas verticais.

Cota 3: coloca cotas alinhadas.

Cota 4: coloca cotas em raios.

Cota 5: coloca cotas em diâmetros.

Cota 6: cota o ângulo de abertura de um determinado


raio, sendo necessário especificar primeiro o centro, o
ponto de início e o ponto final.

Cota 7: cota o ângulo entre duas retas.

130
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Semiautomático: coloca cotas horizontais, verticais,
em raios e cantos, sem precisar chamar outro comando
de cota.

Automático: coloca cotas automaticamente.

Apagar cotas: permite apagar uma ou mais cotas,


conforme a necessidade. Comportamento de seleção
igual ao do Apagar, descrito no capítulo Apagar.

131
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Configuração: permite modificar o formato das cotas, bem como as informações que estas contêm.

Fonte configura o tipo de letra e o tamanho.

Número de decimais no texto é o número de casas


após a virgula.
Sem decimais para cotas exatas: é possível
configurar a utilização ou não de decimais nas cotas
com medidas exatas.

132
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Textos automáticos permite colocar sufixos ou
prefixos (Antes ou Depois) para as cotas lineares, de
raio, diâmetro e ângulo.

As dimensões referentes às linhas de chamadas, flexa


e cotas podem ser determinadas através dos valores a,
b, c, d.

Quando ativado,
torna as
dimensões das cotas dependentes do tamanho da
geometria, de acordo com as opções ao lado.

Cotar automaticamente: define as regras de cotagem automática.

Vertical (Incrementais ou Absolutos) e Horizontal (Incrementais ou Absolutos) define as regras a


serem aplicadas às cotas.

Mudar dados: Altera as informações contidas dentro de


Configuração, atualizando automaticamente as
informações, após clicar em OK.

133
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Modificar cotas: Quando selecionada uma cota, após
clicar neste comando, a sua posição pode ser
modificada.

Tamanho das cotas: Permite editar valores das cotas.

Restrições Cotas: Esta ferramenta permite ao usuário


uma maior flexibilidade e controle do detalhamento das
geometrias no módulo de desenho, configurando suas
restrições geométricas e parâmetros auxiliares,
conforme imagem.

Explorar cotas: Explode as cotas, transformando-as


em linhas.

Na imagem ao lado, dentro do retângulo vermelho, está


um exemplo de cota explodida.

Agregar

Agregar: permite aproximar geometrias, sendo que o valor de aproximação pode ser definido. Entre as
opções de agregar, estão:

Esta opção permite aproximar duas geometrias cujas linhas estão paralelas.

134
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Após selecionar a geometria (retângulo em linhas
verdes), selecionar a geometria de origem (linha
marcada com vermelho) e a geometria de destino (linha
marcada com azul).

A geometria superior será aproximada da geometria


inferior.

Ao clicar sobre a geometria de destino, a distância entre as


geometrias deve ser informada. Para este exemplo, usaremos
15mm. Clicar em OK para confirmar.

Resultado final.

Esta opção permite aproximar duas geometrias cujas linhas estão perpendiculares.

135
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Após selecionar a geometria (retângulo em linhas
verdes), selecionar a geometria de origem (linha
marcada com vermelho) e a geometria de destino (linha
marcada com azul).

A geometria superior será aproximada da geometria


inferior.

Ao clicar sobre a geometria de destino, a distância


entre as geometrias deve ser informada. Para este
exemplo, usaremos 10mm. Clicar em OK para
confirmar.

Resultado final.

Esta opção permite aproximar duas geometrias, alinhando uma das linhas em 0 e a outra conforme
medida desejada.

136
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
A geometria superior será aproximada da geometria Após selecionar a geometria (retângulo em linhas
inferior. verdes), selecionar a geometria de origem (linha
marcada com vermelho) e a geometria de destino (linha
marcada com azul).

Ao clicar sobre a geometria de destino, a distância


entre as geometrias deve ser informada. Para este
exemplo, usaremos 20mm. Clicar em OK para
confirmar.

Resultado final.

Esta opção permite aproximar duas geometrias através de pontos.

137
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Após selecionar a geometria (círculo em linha verde),
A geometria superior será aproximada da geometria
selecionar a geometria de origem (ponto próximo,
inferior.
marcada com vermelho) e a geometria de destino
(ponto próximo, marcada com azul).
Após selecionar a geometria (círculo em linha verde),
selecionar a geometria de origem (ponto próximo,
marcada com vermelho) e a geometria de destino A geometria superior será aproximada da geometria
(ponto próximo, marcada com azul). inferior.

Ao clicar sobre a geometria de destino, a distância entre


as geometrias deve ser informada. Para este exemplo,
usaremos 0mm. Clicar em OK para confirmar.

Resultado final.

Esta opção permite aproximar duas geometrias, alinhando com duas referências.

138
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Após selecionar a geometria (círculo em linha verde),
selecionar a geometria de origem (ponto próximo,
marcada com vermelho) e a geometria de destino
(ponto próximo, marcada com azul).

A geometria circular será aproximada da geometria


inferior.

Ao clicar sobre a geometria de destino, a distância entre as geometrias deve ser informada. Para este
exemplo, usaremos 0mm. Clicar em OK para confirmar.

Resultado final.

Esta opção permite aproximar duas geometrias, alinhando com um ponto projetado.

139
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Após selecionar a geometria (com arredondamento, em
linha verde), selecionar a geometria de origem (ponto
próximo, marcada com vermelho) e a geometria de
destino (ponto próximo, marcada com azul).

A geometria com arredondamento será aproximada da


geometria inferior.

Resultado final.

Copiar

Copiar: copia os itens selecionados.

Entre as opções de copiar, estão: Copia de um ponto para outro, permitindo


que medidas sejam informadas.

Copia de um ponto para outro, múltiplas


vezes, permitindo que medidas sejam
informadas.

140
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Copia de um ponto para outro, de forma
ordenada, podendo ser informado o número
de repetições (n), o ângulo de inclinação (a)
e a distância entre centros (d).

Copia de um ponto para outro, de forma ordenada, rotacionando a geometria selecionada,


podendo ser informado o número de repetições (n), o ângulo entre as repetições (a) e se a
geometria é rotacionada de acordo com o arco ou permanece no seu alinhamento original (sim ou
não).

Copia de um ponto para outro, de forma


ordenada, no eixo X (d1 e n1) e Y (d2 e n2),
sendo possível informar o número de
repetições para o eixo X e Y (n1 e n2), o ângulo de
inclinação (a) e a distância entre centros para o eixo X e
Y (d1 e d2).

141
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Copia a geometria selecionada, abrindo uma
janela com o mouse. Distância entre
geometrias precisa ser informada.

Copia a geometria selecionada, clicando em um ponto distante, que representa a posição final
das cópias. Distância entre geometrias precisa ser informada.

Exemplo:
Dentro do círculo vermelho está o ponto
informado como sendo posição final.
Geometrias são reposicionadas dentro
desta área, com uma distância de 10mm
entre si, conforme determinado na pergunta
anterior.

Copia determinada geometria, tendo como limites um contorno fechado. Clicar sobre os pontos amarelos
das setas para desmarcar sentidos. Clicando sobre o ponto central, copia-se para todos os lados.

142
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Tecnologia

No módulo de Desenho, dentro de Tecnologia, Tecnologia de Corte.

Tecnologia de Corte permite acrescentar Marcação, Textos a serem


cortados ou então selecionar geometrias que não serão cortadas. Abaixo
segue a descrição de cada ícone e sua aplicação.

Marcação: Podemos acrescentar quatro tipos de


marcação, conforme imagem ao lado. Verificar com um
Técnico da SKA qual a melhor opção de Marcação
para a sua máquina.

Corte: Usado em máquinas laser e em alguns modelos de máquinas


plasma, serve para atribuir diferentes qualidades de corte ao processo, que
devem ser configuradas nas tabelas de tecnologia.

Textos Marcados: Utilizado para escrever um texto a


ser marcado, em que podemos definir o Tamanho,
Orientação e Tecnologia de marcação.

Ainda podemos definir a Separação automática entre


caracteres, Separação horizontal entre caracteres e
a Espessura do texto.
Pode-se também trabalhar com textos contínuos. Após
habilitada a opção “Texto contínuo”, o mesmo fica
conforme o exemplo abaixo:

143
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Textos Escritos: permite escrever textos
especiais. Aplicado para máquinas que
possuem marcação por jato de tinta.

Não cortar: como o próprio nome diz, ao selecionar uma determinada geometria, esta não será cortada. A
linha fica com a cor azul não aparece no Compactado e Acabado.

Microcorte: permite acrescentar microcortes às peças para


manter estas presas à chapa após o corte. Selecionar a
posição onde o microcorte será colocado.

Dinâmica: permite atribuir diferentes tecnologias por seleção de janela. Clicar em


um ponto e abrir uma janela selecionando as geometrias desejadas.

Apagar: Apaga a Tecnologia de corte aplicada. Clicar em apagar e selecionar as tecnologias desejadas.

144
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
8.Compactado e Acabado
Selecionar a opção Compactado e Acabado para aplicar as tecnologias de corte (ataques, pontes,
caminhos, etc.). A imagem abaixo aponta o Compactado e Acabado.

No Lantek é importante compreendermos a linha título. Expert é tipo de Lantek, Compactado


Acabado é o ambiente no qual estamos, LANTEK_28 é a base de dados na qual estamos trabalhando,
Trabalho27 é o trabalho récem-criado e no qual estamos, Lantek Cut Iso é a máquina e A36-0,8000 é o
material e espessura.

145
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Inserir Chapa

Dentro de Compactado e Acabado, a primeira


informação a ser configurada é Chapas, selecionando
Nova.... A imagem abaixo é mostrada.
Observar que a chapa que criamos anteriormente
(para efeito de aprendizagem) está disponível. Caso
todas as chapas da empresa já tenham sido
cadastradas, não é necessário clicar em Criar...,
apenas em OK.

Selecionar a opção Criar...

146
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Dentro de Criação e actualização de chapas:
Referência é o código que identifica a chapa dentro da empresa.
Comprimento e Largura, os respectivos dimensionais destas chapas.
Espessura está de acordo com as peças que se deseja cortar, não podendo ser modificada.
Quantidade, o número de chapas disponíveis em estoque.
Dados de utilizador podem ser preenchidos conforme a necessidade.

Clicar em OK para confirmar.

Observar que, quando em Compactado e Acabado, ao acrescentar uma nova chapa, a espessura
já aparece preenchida. Isto acontece porque, no trabalho que criamos, estamos na chapa de
0,800mm. Ao abrirmos outra chapa, de outra espessura, o valor será trocado para a espessura
correspondente.

147
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Chapa cadastrada aparece na lista, conforme imagem acima. Clicar em OK para confirmar.

Chapa inserida dentro do Compactado e Acabado. Observar que a chapa possui uma borda, conforme
configurado em Gerais das Chapas.

Inserir peça

Para inserir um componente na chapa, clicar sobre o componente desejado na Lista de peças e
148
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
posicioná-lo sobre a chapa, na quantidade desejada.

Demais componentes podem ser inseridos. Ao inserir os componentes, a barra de ferramentas é


mostrada, conforme imagem abaixo.

À medida que os componentes são inseridos,


quantidades mostradas no canto superior esquerdo
são modificadas. Número em preto designa
quantidade de componentes a serem inseridos.
Número em vermelho designa quantidade de
componentes já inseridos.

149
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
No momento em que inserimos um
componente, componentes iguais já inseridos e
componentes da Lista de peças aparecem na
cor magenta, para melhor identificação.
Além disso, ao clicarmos em um componente na
chapa, demais componentes iguais serão
mostrados na cor magenta.

A cor de identificação pode ser modificada. Dentro de CAM, Utilidades, Sistema, Configurar:
Desenho e Compactação, Cores, escoher a opção Peça ativa na lista de Peças. Modificar a
cor clicando sobre ela no menu mostrado. Clicar em OK para confrmar.

É possivel preencher as peças com cores através do ícone visualização especial, deixando as peças
com cores distintas, facilitando assim sua identificação na chapa.

A barra de ferramentas permite uma série de


variações ao inserir um componente,
conforme descrições a seguir.

Ângulo de Rotação (Ctrl+E): Permite determinar um ângulo de rotação para o componente a ser
inserido.

Rodar+ (Ctrl+Q): Rotaciona o componente no sentido anti-horário com o valor determinado em Ângulo
de Rotação.

150
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Rodar- (Ctrl+W): Rotaciona o componente no sentido horário com o valor determinado em Ângulo de
Rotação.

Rodar de um ângulo (Ctrl+T): Rotaciona conforme ângulo determinado na caixa de diálogo mostrada
ao clicar no comando. Imagem abaixo.

Utilizar o sinal negativo ( – ) para girar no sentido


horário.

Ao clicar em OK, componente será rotacionado.

Rodar 1 grau (Ctrl+1): Rotaciona o componente 1 grau.

Rodar 5 graus (Ctrl+5): Rotaciona o componente 5 graus.

Rodar 10 graus (Ctrl+0): Rotaciona o componente 10 graus.

Rodar 30 graus (Ctrl+3): Rotaciona o componente 30 graus.

Rodar 45 graus (Ctrl+4): Rotaciona o componente 45 graus.

Rodar 90 graus (Ctrl+9): Rotaciona o componente 90 graus.

Sentido (Ctrl+D): determina o sentido de giro. Ver imagem abaixo.

Positivo: componentes são rotacionados no sentido anti-horário,


quando um dos ícones Rodar X graus é selecionado.

Negativo: componentes são rotacionados no sentido horário,


quando um dos ícones Rodar X graus é selecionado.

Simetria X (Ctrl+A): Componentes são espelhados, tendo como base o eixo X.


151
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Simetria Y (Ctrl+S): Componentes são espelhados, tendo como base o eixo Y.

Ângulo de rotação (Ctrl+F): Define um ângulo de passagem para o Retângulo mínimo.

Retângulo mínimo (Ctrl+G): Componente é rotacionado para a posição de seu retângulo mínimo.

Deslocar (Ctrl+C): Ao clicar em deslocar, ícones de deslocamento linear são mostrados, confome
imagem abaixo.

Valor do deslocamento (Ctrl+R): determina o valor do


deslocamento linear.

Esquerda (Alt+Left): desloca o componente para a esquerda, conforme valor determinado em Valor do
deslocamento.

Em cima (Alt+Up): desloca o componente para cima, conforme valor determinado em Valor do
deslocamento.

Em baixo (Alt+Down): desloca o componente para baixo, conforme valor determinado em Valor do
deslocamento.

Direita (Alt+Right): desloca o componente para a direita, conforme valor determinado em Valor do
deslocamento.

Esquerda-final (Ctrl+Left): desloca o componente para a esquerda, até o limite possível.

Em cima-final (Ctrl+Up): desloca o componente para cima, até o limite possível.

Em baixo-final (Ctrl+Down): desloca o componente para baixo, até o limite possível.

152
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Direita-final (Ctrl+Left): desloca o componente para a direita, até o limite possível.

Terminar: Insere o componente.

Apagar

Dentro de Compactação encontra-se a opção Apagar,


que permite retirar componentes inseridos na chapa.

Ao clicar em Apagar, a seguinte barra de ferramentas é


mostrada:

Elemento: Retira um ou mais componentes selecionados individualmente.

Janela Captura: Retira os componentes abrangidos pela janela.

Trama: Retira os componentes abrangidos pelas linhas da trama.

Todo: Retira todos os componentes.

153
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Inverter a seleção: Inverte a seleção. Exemplo: componentes selecionados permanecem e elementos
não selecionados são retirados.

Validar: Confirma a retirada de componentes.

Ao selecionar um componente ou mais, os seguintes ícones são habilitados:

Peças iguais: permite retirar todos os componentes iguais aos selecionados.

Peças iguais e com o mesmo ângulo: permite retirar todos os componentes iguais aos selecionados,
porém que estejam na mesma posição de rotação dos componentes selecionados.

Colisão

Tem-se a opção de visualizar o arraste da peça com controle de colisão, permitindo fazer o nesting
das peças nas zonas possíveis. Ao mover a peça, ela se adapta ao contorno das outras e aparece um ícone
dizendo se é possivel ou não colocar a peça na posição desejada.

Nesting Automático

O ato de “arranjar” as peças na chapa se chama Nesting, do Inglês, onde a tradução literal é
aninhar. Como a tradução não é a mais adequada, pois não possuímos um equivalente para a palavra
Nesting, manteremos o nome em Inglês neste manual.
Neste mesmo manual, já vimos como fazer o Nesting manualmente. Agora, veremos as
ferramentas disponíveis para fazer um Nesting automático. Essas ferramentas estão no menu
Compactação ou ainda na barra de ferramentas posicionada do lado esquerdo da tela (posição padrão da
instalação).
154
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Antes de começarmos a trabalhar com as ferramentas para execução do nesting, torna-se
necessário entendermos o conceito da divisão por subtrabalhos no Lantek.
Quando importamos peças para um trabalho, podemos importar peças com diferentes
materiais, espessuras ou ainda máquinas diferentes. Levando isto em consideração, o Lantek separa
automaticamente estas peças, agrupando-as por material, espessura e máquina. Estes agrupamentos são
feitos através dos subtrabalhos. Exemplo: Durante a importação de algumas peças, importamos as peças
DXFPAR0109 e DXFPART2 com espessura 0,8mm, material A36 e máquina White Martins ProCut/Burny.
Em seguida, importamos as peças DXFPAR10 e DXFPAR0108 com mesmo material e máquina, porém
espessura de 2mm e também importamos a peça DXFPAR11 com o mesmo material e espessura das
peças DXFPAR10 e DXFPAR0108, porém selecionamos uma outra máquina, a máquina Amada LC-3015-
FO.

O nosso trabalho de exemplo ficará da


seguinte forma:

155
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Quando
acessamos o
Compactado e
Acabado,
verificamos que
na lista de peças
não aparecem
todas as peças
importadas.

Isto acontece devido aos diferentes materiais, espessuras e máquinas selecionados durante a
importação. O software faz esta separação automática para evitar que peças com espessuras, materiais ou
máquinas diferentes sejam colocadas na mesma chapa. Para visualizar com qual material, máquina e
espessura estamos trabalhando, ou seja, para identificar qual subtrabalho está ativo, basta observarmos a
barra superior da janela do Compactado e Acabado, conforme indicado abaixo.

Há no Lantek o Explorador de ninhadas, que permite navegar através de uma árvore por distintos
subtrabalhos, nestings e peças de um trabalho. De um jeito rápido, permite visualizar chapas ativas, assim
como informações relevantes sobre as peças que estão em cada chapa.

A informação sobre subtrabalhos, nestings e peças está representada de três formas: mediante sua
posição na árvore, ícone e o texto referente a cada elemento.
• Posição: Os elementos que se mostram no nível 1 na árvore são sempre subtrabalhos (por exemplo,
White Martins ProCut/Burny-A36-2.0000), os de nível 2 são chapas (0002 3000.000x1500.000) e os de nível
3 são peças (DXFPAR0108, 9).
Ícones: ícones de subtrabalhos:
O trabalho não está ativo.
O trabalho está ativo.
Ícones de nesting:

156
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Em desenho.
Disponível.
Finalizado.
Os ícones das peças são os mesmos que aparecem na lista de peças:
Existem peças pendentes a “aninhar”.
Todas as peças estão aninhadas.
Peça bloqueada por estar com contornos abertos.
Peça bloqueada.
Peça bloqueada por ser irregular.
Foram colocadas mais peças que as existentes.

Texto:
Os subtrabalhos mostram informações sobre máquina, material e espessura.
Os nestings mostram o nome da chapa utilizada, sua dimensão e, se existir, o número de chapas
iguais entre parênteses. Quando se modifica um nesting, ele aparecerá com um asterisco, assim como o
subtrabalho a que pertence.
As peças mostram seu nome e o número de peças colocadas na chapa.

Ou ainda, para alternar entre os subtrabalhos, basta acessar o menu Subtrabalhos > Abrir. Desta forma,
serão listados todos os subtrabalhos existentes.

157
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Tela para seleção de um subtrabalho

Também é possível avançar ou retornar, entre os subtrabalhos, acessando respectivamente o menu


Subtrabalhos >> Seguinte e Subtrabalhos >> Anterior.

Agora que já vimos como o Lantek faz a divisão por subtrabalhos, podemos começar a trabalhar
com as ferramentas para execução do nesting. Se observarmos, veremos que quando não estamos com
nenhuma chapa no nosso ambiente de trabalho, somente algumas ferramentas estarão ativas. Isto porque
estas ferramentas irão buscar automaticamente uma chapa já cadastrada no Lantek, enquanto que para
utilizar as outras ferramentas, precisaremos estar com uma chapa já no ambiente de trabalho ou ainda
precisaremos de algumas peças já “arranjadas” na chapa.

Fazer tudo: Esta opção seleciona uma chapa cadastrada no banco de dados do Lantek e faz o nesting
automaticamente. A chapa selecionada automaticamente será sempre a chapa que apresentar o melhor
aproveitamento, ou seja, menor perda de material ao executar o nesting com as peças disponíveis. Além de
fazer o nesting automático, esta opção também coloca as entradas de corte (ataques) e gera o acabamento
(corte) automaticamente. Esta opção executará todas essas operações em todos os subtrabalhos e
selecionará quantas chapas forem necessárias de maneira que todas as peças sejam colocadas na(s)
chapa(s), ou seja, não fique nenhuma peça pendente, desde que a quantidade de chapas no banco de
dados seja suficiente.
Para quem optar por utilizar esta opção tambem configura-la, acessando:

158
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Selecionando a opção “Fazer tudo/Compactação Automática”, teremos acesso a esta tela de
configuração, onde:

Nível de cálculo: Define o nível de otimização para a compactação automática.


Buscar o melhor formato de chapas: Como dito anteriormente, essa opção é responsável por
selecionar automaticamente a chapa que apresentar o melhor aproveitamento, ou seja, menor perda de
material ao executar o nesting com as peças disponíveis. Mas funciona seguindo alguns parâmetros
habilitados na parte de Ordem das chapas.
Ordem das chapas: Busca o melhor formato de chapas considerando as opções de maior a menor, de
menor a maior ou por prioridade.
159
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Rendimento mínimo para eliminar cada peça: Caso a chapa apresente um rendimento menor do que
o configurado, como no exemplo, 70%, o Lantek não executará o nesting.
Módulo de cálculo do rendimento mínimo: Faz o cálculo da compactação de acordo com a área real,
área do exterior, área do retângulo ou a área do retângulo total das peças.

Observação: Como vimos, ao utilizar esta opção, poderemos ter mais de uma chapa dentro de um
subtrabalho. Para alternar entre as chapas, as quais estariam sendo utilizadas, basta clicar sobre a chapa
na árvore do explorador de ninhadas.

Ou também acessar o menu Chapas > Ir para.

Tela para seleção de uma chapa já trabalhada

160
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Subtrabalho ativo: Executa as mesmas funções que o comando Fazer tudo, porém somente no
subtrabalho que está ativo, ou seja, somente será feito o nesting e gerado o acabamento das peças que
tenham o mesmo material, espessura e máquina do subtrabalho ativo.

Resultado após utilizar o comando Fazer tudo ou Subtrabalho ativo

Unitária: Esta opção cria uma chapa com o tamanho do retângulo maior da peça, ficando esta ajustada ao
tamanho da chapa. Após clicar no comando Unitária, devemos clicar na peça, a qual desejamos criar esta
chapa unitária, na lista de peças. Após selecionar a peça, será apresentada a seguinte tela:

161
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Nesta tela podem ser definidas
margens para a chapa que será
criada, assim como as demais
informações e as dimensões da
chapa equivalem às dimensões
do retângulo externo da peça
selecionada.
Quando trabalhamos com esta
opção, não é selecionada
nenhuma chapa já cadastrada
no banco de dados do Lantek.
Esta opção cria uma nova
chapa, sendo que podemos escolher se esta chapa será criada no banco de dados. Para que essa chapa seja
criada no banco de dados, devemos habilitar a opção Criar a chapa na base de dados.

Resultado após utilizar o comando Unitária

162
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Observação: Quando utilizamos esta opção, a quantidade de peças é zerada, constando apenas a
informação da quantidade de chapas a serem cortadas (quantidade de peças = quantidade de chapas).

Nesting de uma peça: Esta opção seleciona automaticamente uma chapa já cadastrada, sendo que a
chapa selecionada será a chapa que melhor se ajustará toda a quantidade de uma peça somente. Quando
clicamos em Nesting de uma peça, precisamos selecionar uma peça na lista de peças, a qual desejamos
ajustar a sua quantidade em uma chapa.

Resultado após utilizar a opção Nesting de uma peça

As opções que veremos a seguir tornam-se disponíveis somente quando já estamos com
uma chapa selecionada no ambiente de trabalho.

163
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Uma Chapa: Com esta opção, o software fará o nesting automático de todas as peças, visando obter o
melhor aproveitamento da chapa selecionada.

Nesting utilizando uma chapa

164
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Uma Janela: Essa ferramenta permite fazer um nesting determinando uma região da chapa através de
uma janela. Quando clicamos nesta opção, é apresentada a tela abaixo:
Tipo: Todas: O nesting será feito com todas as peças
disponíveis na lista de peças. Seleção de uma peça: O
nesting será feito com a peça selecionada. Para selecionar
a peça, basta clicar nela na lista de peças. Compactação:
Retangular: O sistema fará o nesting calculando o
retângulo externo de cada peça. Irregular: O sistema fará
o nesting baseando-se na geometria real da peça.
First Point: Esta opção configura como será indicado o
primeiro ponto da janela. Primeiro ponto: O usuário
deverá indicar o primeiro ponto da janela. Canto da
chapa: O primeiro ponto será o canto inferior esquerdo da
chapa, bastando ao usuário indicar o segundo ponto da janela. Canto do encaixe: O primeiro ponto
será o canto configurado em compactação automática, bastando ao usuário indicar o segundo ponto
da janela.
Ajustar a chapa à janela: Com esta opção habilitada, a chapa se ajustará ao tamanho da janela
especificada.

165
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Nesting utilizando uma janela

Semiautomático: Esta ferramenta funciona como uma espécie de passo-a-passo da opção Uma Chapa. Ao
clicar nesta opção, o software irá automaticamente colocar uma peça na chapa. Para continuar adicionando
peças na chapa, basta repetir a operação.

Colocar: Funcionamento semelhante ao Semiautomático. A diferença entre as duas ferramentas é que, na


primeira, o software escolhe a peça a ser adicionada na chapa, enquanto que na segunda o usuário precisa
selecionar a peça que será adicionada, clicando nela na lista de peças.

Níveis de Otimização

Ao utilizar as ferramentas para compactação automática, caso o nesting não atenda às


necessidades, há a possibilidade de configurar parâmetros que influenciam no comportamento do algoritmo
e parâmetros gerais de cada máquina, selecionando ou criando níveis de otimização, como mostram as
telas a seguir:

166
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Acessando o menu Utilidades >> Configurar, teremos acesso à tela de Compactação Automática.

Escolha um nível de otimização:

167
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Acessando a tela de níveis de otimização, é possível configurar a precisão, módulos, ângulos de
rotação das peças, testes regulares e nesting em horizontal e vertical.

Pode-se também acessar essa configuração em CAM / Utilidades / Máquinas / Configurar / Sistema
/ Compactação automática – Geral.

168
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Na execução do nesting automático, aparecerá o que chamamos de barra de progresso. Os dados
desta janela podem ser distintos se executar o nesting de uma única chapa ou utilizar o comando Fazer
tudo. No primeiro campo aparecem somente os dados da chapa em que está sendo feito o nesting. O
segundo campo mostra uma barra de progresso de todas as chapas realizadas até o momento. Esta
execução pode ser interrompida a qualquer momento clicando no botão Parar.

Observação: As opções que veremos a seguir, além de já termos selecionado uma chapa,
precisaremos ter algumas peças na chapa para podermos utilizá-las.

169
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Ferramentas de Compactação

Módulos: Esta opção é utilizada para criar “blocos” com algumas peças já encaixadas, para em seguida
podermos fazer o nesting com esses blocos. Esses blocos seriam um conjunto de peças.
Ao clicar em Módulos, aparecerá a tela
ilustrada ao lado (na imagem ao lado já
temos criados dois módulos para
exemplificar). Criar: Opção utilizada para
criar módulos. Para criá-los, precisamos
selecionar as peças, já colocadas na chapa,
que farão parte do módulo. Apagar: Apaga
o módulo selecionado. Bloquear: Bloqueia
o módulo selecionado. Estando bloqueado,
ele não será adicionado à chapa.
Explodir: Explode (“desmonta”) um módulo
já criado. Para isto, precisamos escolher
qual módulo desejamos explodir, sendo que
este já deve ter sido adicionado à chapa.
Colocar: Coloca o módulo selecionado automaticamente na chapa. Introduzir: Permite colocar o módulo
selecionado manualmente na chapa. Semiautomático: O software escolherá o módulo que será colocado
automaticamente na chapa.

Observação: Após colocar um módulo na chapa, não será possível apagar uma peça individualmente se o
usuário não explodir o módulo.

Deslocar: Com esta ferramenta é possível movimentar uma ou mais peças após já ter sido realizado o
nesting.

Com o Deslocar, temos todas as ferramentas de rotação e simetria que temos quando estamos
realizando um nesting manual, porém com o Deslocar podemos fazer com mais de uma peça
simultaneamente.

Agregar: Esta ferramenta permite unir uma ou mais peças, especificando um caminho e a distância
entre elas.

170
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Esta opção une as peças selecionadas como “origem” às peças selecionadas como
“destino” de forma paralela.

Seleção das peças Seleção do elemento de origem Seleção do elemento


de destino

Distância entre os elementos

Resultado

Esta opção une as peças selecionadas como “origem” às peças selecionadas como “destino” de
forma perpendicular.

Seleção das peças Seleção do elemento de origem Seleção do elemento de destino

Distância entre os elementos

171
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Resultado

Esta opção é uma mistura entre as duas opções anteriores. Além de fazer ao mesmo tempo a
união paralela e perpendicular das peças, será feita a união da área superior-inferior ou esquerda-
direita da peça “origem” com a área superior-inferior ou esquerda-direita da peça “destino”.

Seleção das peças Seleção do elemento de origem Seleção do elemento de destino

Distância entre os elementos

Resultado

Com esta opção o usuário pode fazer a união de duas peças, mas, ao invés de selecionar dois
lados, devem ser selecionados dois pontos.

172
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Seleção das peças Seleção do elemento de origem Seleção do elemento de destino

Distância entre os elementos

Resultado

Esta opção permite unir uma peça circular a peças que são perpendiculares. Isto pode ser feito
estabelecendo os elementos iniciais e finais.

Seleção das peças Seleção do elemento de origem Seleção do elemento de destino

Seleção do elemento tangente Resultado

Esta opção permite unir duas peças através do “canto imaginário” do menor retângulo de uma
peça, com um ponto especificado na segunda peça.

173
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Seleção das peças Seleção do ponto de “destino” Resultado

Ajustar: Esta opção move todas as peças colocadas na chapa para um canto da chapa, canto este indicado
pelo usuário.

Antes Depois

Copiar: Com esta opção é possível copiar peças já arranjadas na chapa. Ao clicar no comando Copiar, o
usuário deverá selecionar as peças que deseja copiar. Esta cópia pode ser determinada de três formas:
Janela, Múltipla e Quadrícola.

174
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Janela: O usuário abre uma janela com o mouse e o software faz o cálculo de quantas cópias serão feitas,
respeitando a área da janela criada. Trabalhando com a opção Janela, ainda temos as seguintes opções:
Visualizar: Se habilitado, o software mostra uma pré-visualização do resultado final da cópia durante a
abertura da janela. Cópia por retângulos: Se
habilitado, a distância entre as cópias é calculada
entre o retângulo mínimo de cada peça.
Separação horizontal: Distância entre as cópias
horizontais.
Separação vertical: Distância entre as cópias
verticais.
Copiar com a tecnologia da peça na chapa: Se
habilitado, as tecnologias (ataques, anéis, etc.)
aplicadas nas peças selecionadas também são
copiadas, caso as peças selecionadas tenham
tecnologias aplicadas.
Copiar com o mecanizado da peça na chapa: Se habilitado, as peças são copiadas com o acabamento
(corte), caso o mesmo já tenha sido gerado.

Múltipla: O usuário faz as cópias manualmente, ou seja, clicando nas peças selecionadas e indicando
com o mouse as posições das novas cópias.

175
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Mesa: O usuário indica o número de cópias na horizontal e vertical, a direção em que serão feitas as cópias e
a distância entre elas.

Cópia por retângulos: Se habilitado, a distância entre as cópias é calculada entre o retângulo mínimo de
cada peça.
Cópias em horizontal: Número de cópias na horizontal.
Cópias em vertical: Número de cópias na vertical.
Separação horizontal: Distância entre as cópias horizontais.
Separação vertical: Distância entre as cópias verticais.
Copiar com a tecnologia da peça na chapa: Se habilitado, as tecnologias (ataques, anéis, etc.) aplicadas
nas peças selecionadas também são copiadas, caso as peças selecionadas tenham tecnologias aplicadas.
Copiar com o mecanizado da peça na chapa: Se habilitado, as peças são copiadas com o acabamento
(corte), caso o mesmo já tenha sido gerado.
Apresentar: Ao clicar nesta opção, é mostrada uma pré-visualização das cópias na chapa antes que o
usuário confirme o comando.

Observação: Caso o usuário indique um número de cópias maior que o número total de peças, o software
respeita a quantidade de peças e não faz o número de cópias especificado.

Recompor: Apaga todo o acabamento de uma chapa. Na caixa de diálogo abaixo, escolher Sim.

176
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Tecnologias de Corte

Após inseridos os componentes, conforme a necessidade, deve-se


colocar os ataques. Para isto, clicar em Tecnologia e selecionar
Ataques, onde aparecem os ícones relacionados a ataques.

Outra opção é clicar em Ver > Barras de ferramentas e selecionar


a barra de ferramentas correspondente a Ataques. Ela então é
mostrada, conforme imagem abaixo:

Observação: Alguns ícones podem aparecer desabilitados.

Ataque 1: Entrada e saída perpendicular.

Ataque 2: Entrada perpendicular e saída em ângulo.

Ataque 3: Entrada perpendicular e saída em arco.

Ataque 4: Entrada em ângulo e saída perpendicular.

177
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Ataque 5: Entrada e saída em ângulo.

Ataque 6: Entrada em ângulo e saída em arco.

Ataque 7: Entrada em arco e saída perpendicular.

Ataque 8: Entrada em arco e saída em ângulo.

Ataque 9: Entrada e saída em arco.

Ataque 10: Entrada e saída posicionados através de


um canto de um componente.

Ataque 11: Entrada e saída em arco, com retas de


prolongamento.

Ataque 12: Entrada e saída em semicírculo, com


retas de prolongamento.

Ataque 13: Entrada e saída posicionadas através de


um canto. Entrada e saída perpendiculares entre si.

178
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Caso os cantos tenham 90 graus, entrada e saída
acompanham as arestas.

Ataque 14: Entrada e saída posicionados através de


um canto. Entrada e saída perpendiculares entre si.
Caso os cantos tenham 90 graus, entrada e saída
acompanham as arestas.
Para utilização deste ataque deve ser configurada a
opção “ataque especial para orifícios circulares” no
ícone de “configuração” dos ataques.

Ataque dinâmico: Permite posicionar


dinamicamente o ataque.

Automático: Coloca todos os ataques


automaticamente.

179
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Semiautomático: Permite selecionar uma das
opções ao lado e aplicar os ataques.

Apagar: Permite apagar um ou mais ataques,


conforme a necessidade. Comportamento de seleção
igual ao do Apagar, descrito no capítulo Apagar.

Configuração: Chama a caixa de diálogo de


configuração dos ataques.

Configuração do automático: Permite configurar os


ataques automáticos. Ver capítulo sobre
configurações dos automáticos.

Deslocar ponto de entrada ou saída: Permite


deslocar o ponto de entrada ou saída, selecionando-
os e os movimentando para o local desejado.

180
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Colocar a saída como entrada: Permite colocar a
saída de corte junto à entrada.

Colocar o ataque em bissector: Coloca a entrada e


a saída, juntos, em bissector.

Substituir a entrada arco tangente por dois


De Para
segmentos

Adicionar elemento: Adiciona linhas na entrada


e/ou saída de corte.

Resultando em:

181
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Configuração do Automático

Quando em Automático, a zona de preferência para o


posicionamento dos ataques pode ser determinada
escolhando uma das opções de zona para furos (orifícios) e
peças.

Quando ? estiver selecionado, o automático posiciona o


ataque da melhor forma possível.

Aqui é possível aplicar, para um tipo de


geometria, um determinado ataque, para
o qual o automático dará preferência de
uso.

Para isto, escolher a geometria, como na


Para geometrias irregulares, o Automático dará preferência para a
imagem ao lado, onde é furos e clicar
primeira opção de ataque e, caso esta não seja possível, a segunda e,
em Modificar....
se esta não for possível, colocará a terceira opção de ataque.

182
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Exemplo de
Exemplos de ataques para geometrias
geometrias e
irregulares.
ataques.

Após clicar em Modificar..., selecionar nas opções da


imagem ao lado um tipo de ataque preferencial. Como
exemplo, foi selecionado Entrada e Saída Perpendicular
(Ataque 1).

Desta forma, sempre que o Automático for


selecionado, quando houver furos, nestes serão
colocados ataques do tipo Entrada e Saída
Perpendicular (Ataque 1).

Valores do comprimento (D), raio (R) e ângulo (A)


podem ser modificados conforme a necessidade.

Estes campos
determinam os valores
mínimos das arestas
dos componentes ou
ângulos mínimo/máximo
Exemplo: Comprimento mínimo é 5. Se houver uma aresta com 4 no local onde deve onde podem ser
ser posicionado o ataque, o sistema não colocará o ataque e procurará uma outra posicionados os
aresta onde o comprimento seja maior que 5 e então colocará o ataque. ataques.

Testar a
sobreposição. Se
houver sobreposição
(ataque sobre ataque,
ataque sobre arestas,
etc.), o sistema pode
comportar-se de
formas diferentes.
183
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Várias formas de No exemplo ao lado, Encurtar foi
configuração podem selecionado e um valor de
ser selecionadas. encurtamento das linhas do
ataque, de 10%, foi determinado.

Anéis podem ser colocados em componentes para


evitar cantos arredondados ou perda de corte nos
cantos, conforme necessidade.

Para isto, clicar em Tecnologia e selecionar Anéis,


onde aparecem os ícones relacionados a anéis.

Outra opção é clicar em Ver > Barras de ferramentas


e selecionar a barra de ferramentas correspondente a
Anéis. Ela é mostrada conforme imagem abaixo.

Observação:
Alguns ícones podem aparecer desabilitados.

Anel 1: Anel segmentado, composto de retas.

Anel 2: Anel “Looping”, composto de arco. Uso


preferencial deste anel, pois gera menor desgaste da
máquina por não possuir movimentos bruscos.

Semiautomático: Permite selecionar um


componente, ou mais, conforme a necessidade, e
aplicar o mesmo tipo de anel.

184
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Apagar: Permite apagar um ou mais anéis,
conforme a necessidade. Comportamento de
seleção igual ao do Apagar, descrito no capítulo
Apagar.

Configuração: Permite configurar o comprimento do


anel ou raio (r), conforme a necessidade.

Amarrações podem ser colocadas em componentes


para evitar a deformação destes, quando houver pouca
área de sustentação ou os componentes possuírem um
comprimento elevado.

Para isto, clicar em Tecnologia e selecionar


Amarrações, onde aparecem os ícones relacionados a
amarrações.

Outra opção é clicar em Ver > Barras de ferramentas


e selecionar a barra de ferramentas correspondente a
Amarrações. Ela é mostrada conforme imagem abaixo.

Observação:
Alguns ícones podem aparecer desabilitados.

185
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Amarração 1: Coloca a amarração nos cantos do
componente, com entrada e saída paralelas.

Amarração 2: Coloca a amarração nos cantos do


componente, com entrada e saída perpendiculares
às arestas do componente.

Amarração 3: Coloca a amarração nas arestas do


componente, em um ponto a ser escolhido, com
entrada e saída paralelas.

Amarração 4: Coloca a amarração nas arestas do


componente, em um ponto a ser escolhido, com
entrada e saída em ângulo, podendo este ser
configurado.

Amarração 5: Coloca a amarração nas arestas do


componente, em um ponto a ser escolhido, com
entrada em ângulo e saída perpendicular.

Amarração 6: Coloca a amarração nas arestas do


componente, em um ponto a ser escolhido, com
entrada perpendicular e saída em ângulo.

Automático: Coloca as amarrações de forma


automática.

186
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Semiautomático: Coloca as amarrações de forma
semiautomática, podendo ser determinada a posição
(Meio, Extremo ou Ponto marcado) e em quais
peças fazer.

Clicar em OK para confirmar.

Apagar: Permite apagar uma ou mais amarrações,


conforme a necessidade. Comportamento de
seleção igual ao do Apagar, descrito no capítulo
Apagar.

Configuração: Permite configurar os valores de


Entrada e Saída dos ataques, tais como
comprimento (D), ângulo (A), raio e distância da
garganta (S) (distância entre entrada e saída).

Ângulo em círculos configura a prioridade de


colocação da amarração em círculos, sendo que
quando o valor for 0, o primeiro ponto será o
quadrante a 0 graus. Se não for possível, o ponto
seguinte será a 90 graus, depois 180 graus e por
último 270 graus.

Configuração do Automático: Permite configurar Ver capítulo sobre Configuração do Automático.


os valores de colocação automática das amarrações.

Deslocar o ponto de entrada ou de saída: Permite


deslocar o ponto de entrada e/ou saída, conforme a
necessidade.

187
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Transformar a geometria: Transforma a amarração
em “parte da geometria”.

Configuração do Automático

Configurações das amarrações automáticas permitem configurar o ângulo em círculos, distância


entre amarrações, bem como todos os valores referentes à Entrada e Saída. Estas configurações, quando
modificadas, aplicam-se a todos os tipos de amarrações, ou seja, Amarração 1, Amarração 2, etc. não são
tratadas de forma individual, com valores individuais para cada uma delas.
Observar Distância entre amarrações, configuração utilizada para determinar a distância mínima entre
uma amarração e a seguinte.

188
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Pontes podem ser colocadas em componentes para
diminuir o tempo de pré-aquecimento, consumo de gás e
paradas para reposicionamento das canetas.

Para isto, clicar em Tecnologia e selecionar Pontes, onde


aparecem os ícones relacionados a pontes.

Outra opção é clicar em Ver > Barras de ferramentas e


selecionar a barra de ferramentas correspondente a
Pontes. Ela é mostrada conforme imagem a seguir.

Observação:
Alguns ícones podem aparecer desabilitados.

Ponte 1: Ponto com cruzamento de cortes.

Ponte 2: Ponte interrompida, mantendo uma ligação entre os componentes.

Automático: Permite colocar pontes automaticamente, quando possível.

Semiautomático: Permite colocar as pontes em uma região selecionada,


indicando o lado direito ou esquerdo da peça.

Apagar: Permite apagar uma ou mais pontes, conforme a necessidade.


Comportamento de seleção igual ao do Apagar, descrito no capítulo Apagar.

189
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Configuração: A distância mínima entre “entrada” e “saída” da
ponte é definida por a. Comprimento máximo é a distância de um
componente para outro. Número máximo determina o número
limite de pontes por componente.
Área das peças determina um valor mínimo e máximo para
aplicar pontes nos componentes.
Em cantos: Quando habilitado, coloca as pontes nos cantos,
conforme imagem abaixo.
Tipo: Pode ser livre ou ortogonal, configurado conforme a
necessidade.

190
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Maquinagem

Após colocar os Ataques e demais tecnologias de corte necessárias, a maquinagem pode ser feita.
Maquinagem consiste em determinar os movimentos de corte e movimentos rápidos da chapa que se
deseja cortar. Então, podemos resumir que Maquinagem é cortar o Nesting.

Maquinagem pode ser acessado de duas formas.

A primeira, pelo menu suspenso, conforme imagem ao


lado, e a segunda, através da barra de ferramentas
chamada Acabamento, conforme imagem abaixo.

Após clicar no primeiro ícone, chamado Inicializar,


demais ícones são ativados.

Na configuração de máquinas, foram especificados pelo usuário os dados que deseja personalizar
posteriormente. Esses dados aparecem integrados, onde o usuário poderá navegar por abas com os botões
“anterior” e “seguinte” ou na árvore posicionada na parte esquerda da janela. A qualquer momento o usuário
poderá concluir a configuração de inicialização clicando no botão “finalizar”.

191
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Ao clicar em Inicializar, a tela Gerais de inicialização é uma das telas que aparece, onde é possível
modificar o PartNo. (número do programa CNC que será chamado na máquina). Clicar em OK para aceitar.

Após clicar em OK, o ponto de inicialização é colocado, conforme configuração prévia. A partir deste
ponto, os movimentos de corte serão feitos.

192
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Acabamento

Inicializar: Determina o ponto de partida para realização dos cortes. Ver


capítulo sobre Configurações, Ponto de Carga.

Rápidos: Coloca os movimentos rápidos, caracterizados por linhas verdes


tracejadas, conforme configuração.

Movimentos: Coloca os movimentos de corte, caracterizados por linhas


vermelhas cheias, conforme configuração.

Contornos: Coloca os movimentos rápidos e de corte. Das opções


disponíveis, descreveremos as que mais se destacam:
Contornos manuais: Coloca os movimentos selecionando uma ou mais

193
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
linhas e definindo o ponto inicial e o ponto final do corte, conforme perguntas
que aparecem no canto inferior esquerdo da tela. Contornos automáticos:
Coloca os movimentos selecionando o que se deseja cortar, por exemplo,
pode-se selecionar uma peça, porém ignorar o furo que ela contém, ou até
mesmo definir a sequência de furos. Contornos em modo contínuo: Reduz
o número de entradas de corte na peça, se deslocando com maçarico ligado
de um ataque até o outro. Peças: Coloca os movimentos selecionando as
peças na sequência que se deseja cortar a chapa. Ao selecionar a peça,
orifícios são selecionados e os movimentos de corte são aplicados a toda a
peça. Ciclos automáticos em entradas: Faz primeiro as furações (entradas
de corte de todas as peças de uma chapa) para depois realizar o corte.
Todos os orifícios: Coloca os movimentos de corte em todos os orifícios,
ignorando os contornos externos. Todo corte: Coloca os movimentos
automaticamente, em uma sequência pré-configurada.

Ciclo simples: Cria apenas pontos com o início de corte (abertura do corte)
de maneira livre, ou seja, não há a necessidade de respeitar a geometria de
uma peça.

Ciclo linear: Mesmo princípio de funcionamento do “ciclo simples”.


Clicando no ícone, aparecem as seguintes opções:

Ponto inicial e distância: Pode-se determinar o ponto inicial e informar os


dados para que seja feita uma cópia em linha, conforme imagem ao lado.

Extremidades e número de pontos: Seleciona duas extremidades e indica


o número de ciclos dentro desta área delimitada pelos pontos.

Distância entre dois pontos: Deve-se escolher o primeiro ponto, o


segundo ponto e o ponto de chegada, conforme as informações no canto
inferior esquerdo.

194
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Ciclo circular: Mesmo princípio de funcionamento do “ciclo simples”.
Clicando no ícone, aparecem as seguintes opções:

Centro e ângulos: Pode-se determinar somente o ponto inicial e informar os


dados para que seja feita uma cópia circular, conforme imagem ao lado.

Centro e ponto inicial: Determina-se o ponto central e o ponto inicial, além


de informar os dados de ângulo e número de ciclos a serem feitos na forma
circular.

Distância entre dois pontos: Deve-se escolher o primeiro ponto, o


segundo ponto e o ponto de chegada, conforme as informações no canto
inferior esquerdo.

Arco: Clique na opção e escolha um arco auxiliar, definindo também o


número de ciclos.

Ciclo em rede: Mesmo princípio de funcionamento do “ciclo simples”.


Clicando no ícone, aparecem as seguintes opções:

Canto e números: Pode-se determinar o ponto inicial e informar os dados


para que seja feita uma cópia retangular, conforme imagem ao lado.

Canto e distâncias: Deve-se escolher o primeiro ponto, o segundo ponto e


o ponto de chegada, conforme as informações no canto inferior esquerdo.

Ciclo irregular: Mesmo princípio de funcionamento do “ciclo simples”,


porém, podemos determinar geometrias (nesse caso pontos, caso os
mesmos sejam criados nas peças) ou selecionar as entradas de corte

195
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
(ataques).

Importar: Esta opção permite importar peças sem precisar sair do


compactado e acabado.
Importar peças pendentes da lista de ordens: Permite importar peças, de
mesmo material, espessura e máquina, que ficaram pendentes em outros
trabalhos.
Importar peças da base de dados: Permite importar qualquer peça
existente no banco de dados. Esta assumirá o material e a espessura ativos
no subtrabalho para o qual está sendo importada.

Automática: Coloca todos os movimentos de forma automática, em uma


sequência pré-configurada.

Observação: Para iniciar a maquinação não é obrigatório clicar


primeiro no ícone Inicializar, uma vez que as opções existentes no
ícone contorno e a opção Automático já mostram o ponto de carga e
abrem as opções de inicialização.

196
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Alterar: Comandos utilizados para modificar um acabamento já gerado. Das
opções disponíveis, descreveremos as que mais se destacam:

Ordenar a mecanização: Utilizado para reordenar a ordem de execução do


corte.
Modificar os dados de inicialização das máquinas: Utilizado para
modificar alguns parâmetros utilizados para a geração do programa, tais
como o número do programa CNC, o raio do cortador (kerf), ponto de carga,
etc.
Tratamento de subrotinas: Utilizado para criar cópias de um acabamento
já gerado. Indicado para máquinas que trabalham com subprogramas
(subrotinas), pois reduz o tamanho do arquivo CNC gerado pelo Lantek.
Modificar a compensação: Utilizado para modificar compensação do corte
(kerf) para controle (máquina) ou sistema (Lantek). Essa opção muda a
compensação de todo o corte.
Modificar a compensação de um contorno: Utilizado para modificar
compensação do corte (kerf) para controle (máquina) ou sistema (Lantek).
Essa opção permite modificar apenas a compensação do contorno
selecionado.

Apagar instruções: Apaga o acabamento (corte) gerado. O acabamento


pode ser apagado por completo (todo o acabamento), contorno por contorno
(acabamento por escolha), peça por peça (mecanizado das peças
selecionadas) ou linha por linha (maquinação por seleção da geometria). Se
selecionarmos a “instrução atual”, será apagado o último comando
utilizado para geração de acabamento.

197
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Depois de feita a maquinação, é possível ver a simulação das peças a serem cortadas através da
tecla F11.
Na tela aparecerá uma janela flutuante, conforme abaixo:

Essa janela pode ser acoplada a uma das quatro laterais da vista principal.

Essa janela também pode ser acessada na tela Compactado e Acabado pelo ícone:

Dentro de Compactado e Acabado, temos acesso ao módulo de Desenho (ícone em destaque na imagem
abaixo).

198
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Relatório de Processo

Ao clicar no ícone Vista Preliminar, o Lantek abre o Relatório de Processos, onde temos todas as
informações necessárias para a perfeita execução do trabalho, tais como nome do trabalho, número do
CNC, nome e quantidade de chapas, máquina, material e aproveitamento da chapa, entre outras.

Observação: Podem ser acrescentados e/ou alterados campos do Relatório de Processos. Para
isso, consultar o pessoal especializado da SKA.

199
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Importar Nesting

Existe a possibilidade de exportar uma lista de nestings a partir de uma base de dados existente até um
diretório selecionado. Para isso, deve-se executar os seguintes passos no módulo Compactado e Acabado:

Aparecerá a tela abaixo, onde deve-se selecionar a chapa que se deseja exportar e clicar em OK.

200
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Os itens são exportados para o diretório selecionado, conforme imagem abaixo:

Machines: Neste diretório encontra-se toda a estrutura criada ao exportar as máquinas dos
nestings correspondentes.
Nestings: Encontram-se os ficheiros .bmp, .chp e .mec de cada um dos nestings exportados.
Products: Encontram-se as informações de cada um dos produtos exportados, ficheiros .bmp e
.mec.
EXPORTNEST.NXP: Este ficheiro contém toda a informação necessária sobre máquinas, materiais,
chapas, produtos e nestings para poder realizar a importação.
Após exportado o nesting desejado, ele pode ser importado em um outro trabalho ou até mesmo em
outra base de dados.

201
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Selecionar o arquivo EXPORTNEST.NXP.

Após selecionado o arquivo .NXP, aparecerá a tela “Importar encaixes”, onde pode-se criar trabalho,
importar configuração da máquina, verificar o material a ser utilizado – podendo criar um novo material se
este não existir na base de dados – e analisar o produto a ser importado, podendo criar uma nova referência
se este já existir na base de dados.

202
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Em seguida aparecerá uma janela com os dados da máquina importada.

203
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Uma vez terminado o processo de importação de nestings da base de dados, o sistema abre
automaticamente o módulo de compactação com o trabalho importado. Com esta ação, o usuario poderá
ver os nestings importados e gerar os arquivos CNC para cada um dos nestings.

204
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
9. Multimaçarico
É possível configurar, no Lantek, o uso de dois, três ou mais maçaricos, conforme a necessidade.

Para isto, dentro de CAM, clicar em Máquinas > Configuração > Dados de multimaçarico para
acessar as configurações dos maçaricos.

Número de maçaricos determina a


quantidade de maçaricos de que a máquina
dispõe.

Neste quadro é possível determinar quais


características que cada maçarico dispõe:
Chanfrar, Cortar, Marcação e Puncionagem.

Determina em qual posição está o maçarico principal (mestre). Em cima ou


embaixo.

205
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Distância mínima entre maçaricos e distância
máxima entre maçaricos. Estes limites
determinam os limites de nesting dentro de
Compactado e Acabado.

Rodar peças de acordo com multimaçarico,


quando habilitado, permite que as peças
sejam rotacionadas para um melhor nesting no
sentido dos maçaricos.

Quando Ver a configuração em “Fazer tudo” não estiver marcada, é necessário entrar em CAM >
Compactado e Acabado > Chapas > Multimaçarico...

...pelo ícone:

...ou até pelo atalho Ctrl+M, que possibilita acesso rápido à tela de multimaçarico, onde se pode alterar
a quantidade de maçaricos, dentro de Compactado e Acabado.

206
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
10. Corte Comum
Dentro de Compactado e Acabado > Utilidades >
Configurar..., temos acesso às configurações de
Parâmetros de Corte Comum.

Inicialmente, corte comum está


desabilitado, conforme mostra a
imagem ao lado, podendo ser
habilitado conforme vemos a seguir:

Somente faz corte comum entre duas peças.

Permite configurar a entrada de corte


quando se trabalha com corte comum.

207
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Modo de execução define a ordem de corte. Adição para corte comum habilita a possibilidade de fazer nesting.
Quando não estiver habilitada, o nesting para corte comum deve ser feito manualmente.
Compensação do Sistema determina se a compensação não vai ser feita, se vai ser feita somente na linha do
corte comum ou em todos os contornos das peças.
Ilhotas: Cortar primeiro apenas as peças dentro das ilhotas faz primeiro o corte dentro de todos os furos. Cortar
primeiro todas as ilhotas faz o corte comum de todas as peças dentro de furos e furos.

Somente faz corte comum entre várias


peças. É permitido inverter contornos
habilita a possibilidade de inverter de
horário para anti-horário, ou de anti-
horário para horário, conforme a
necessidade. Adição para corte comum
habilita a possibilidade de fazer nesting.
Quando não estiver habilitada, o nesting
para corte comum deve ser feito
manualmente. Compensação do
Sistema determina se a compensação
não vai ser feita, se vai ser feita somente
na linha do corte comum ou em todos os
contornos das peças.
Ilhotas: Cortar primeiro apenas as
peças dentro das ilhotas faz primeiro o
corte dentro de todos os furos. Cortar
primeiro todas as ilhotas faz o corte
comum de todas as peças dentro de furos
e furos.

Feita a configuração, na tela de Compactado e Acabado aparecerá o ícone de corte comum que poderá ser
habilitado a qualquer momento pelo usuário.

Corte Comum em Grelha

Corte comum refere-se a cortar simultaneamente duas peças, deslocando-se apenas uma vez
entre elas, e grelha são intersecções de linhas verticais e horizontais.

Para utilização do corte comum de uma grelha deve estar habilitada a opção de corte comum entre
208
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
várias peças, seguindo os passos:

Dentro do módulo Compactado e Acabado, selecionar:

209
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
O ícone de corte comum é habilitado no Compactado e Acabado, podendo ser desabilitado a
qualquer momento.

210
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Selecionar a chapa a ser utilizada e clicar no ícone de compactação uma chapa.

Clicar no ícone Contornos na barra Maquinagem e selecionar a opção Corte Comum de uma
Grelha.

211
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Selecione as peças a maquinar:

212
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Definir os parâmetros de início de corte na horizontal e vertical e selecionar a opção de cortar as
ilhotas antes do corte comum.

213
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Clicar em F11 para ver a simulação.

214
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Ilhotas
Observa-se que o deslocamento se iniciará pelas ilhotas, cortando todas para depois iniciar o corte
vertical+horizontal ou como selecionar o cliente.

215
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
11. Listagens

Listagens têm a finalidade de gerar relatórios para controle de chapas e retalhos utilizados no
trabalho ativo. Gera também uma listagem de protocolo de peças utilizadas no trabalho, apresentando
dados de metro de corte peso real das peças, além de etiquetas para retalhos, chapas e peças.
Para visualizar as listagens, basta seguir os passos abaixo ou clicar no ícone Listagem.

Ao escolhar a listagem desejada, basta clicar em Apresentar para visualizá-la.

216
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
12. Importar e Exportar Nesting

Importar.../Exportar...: (imagem a seguir) recurso acrescentado, que permite fazer o


reaproveitamento de uma chapa (ou mais, conforme desejado). Para fazer este reaproveitamento,
precisamos primeiro exportar o nesting que se deseja reaproveitar.

Ao clicar em Exportar..., é necessário informar uma Referência, sendo que Referência é um


código qualquer, usado somente para armazenar temporariamente as informações de exportação (ver
imagem abaixo).

Após clicar em OK, a exportação está concluída. Precisamos então importar


o nesting, mudando os dados desejados (normalmente a máquina).

217
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Ao clicar em Importar..., a seguinte caixa de diálogo é mostrada:

Importar ninhadas armazenadas importa somente o que foi exportado. Importar ninhadas da
base de dados importa nestings armazenados na base de dados, sendo que podemos filtrar mostrando os
nestings que contenham peças do trabalho no qual estamos (Only nestings with parts of the job), e ainda
filtrar escolhendo os que contenham pelo menos uma (At leas one) ou Todas. Podemos ainda Eliminar a
maquinação existente ou Regenerar. Add/Import parts adiciona ou importa peças que não estão
disponíveis, e quando não há chapas suficientes em estoque, Add/Create Sheets é ativado. Clicar em OK
para confirmar.

218
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
13. Processos

Processos é um sistema CAM especialmente criado para automatizar a programação de corte de


chapas. O sistema permite que o usuário execute as seguintes tarefas:
• Importar os componentes que serão cortados (importa formatos DWG, DXF, etc.)
• Importar figuras de outros sistemas por meio de arquivos ASCII
• Definir a forma dos componentes que serão cortados
• Automaticamente gerar componentes de caldeiraria com dobras, uniões, terminações, etc.
• Fazer o nesting de todos os componentes na chapa, manualmente ou automaticamente, e gerar a
sequência de corte para cada um
• Imprimir listas padrão ou customizadas
• Exportar os resultados para formato DXF, tabelas ASCII, etc.
• Gerar programas CNC automaticamente para transmitir para a máquina

Este manual não busca explicar tudo sobre processos, e sim mostrar os principais comandos para o
Departamento de Informática para que este possa interligar os sistemas da empresa com o Lantek.

Observação: Algumas opções explicadas neste manual podem aparecer desabilitadas.

Acessar Processos

Dentro do Lantek temos uma opção


chamada Processos, que pode ser
localizada através do ícone ao lado.

Ao clicar em Processos, entramos neste módulo, onde temos as seguintes opções em destaque:

219
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Trabalhos: Permite criar um trabalho para
onde serão importadas as peças.

Importador de ficheiros DXF: Seguindo um


padrão (descrito logo abaixo), podemos
importar peças e colocá-las no trabalho ativo.

Abrir módulo de compactação e


maquinagem, Realizar todo o trabalho de
compactação, Guardar todas as chapas e
Imprimir todas as chapas são itens
autoexplicativos, realizandos as tarefas que os
títulos sugerem.

Para criar um Processo, devemos executar os seguintes passos:

1. Criar um trabalho

Ao clicar em Criar um
trabalho, a tela ao lado é
mostrada, sendo que os
campos podem ser
preenchidos conforme a
necessidade.

Observar que Nome é a ordem


de fabricação ou nome do
trabalho, ou qualquer código
de uso da empresa.

220
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Demais campos não precisam
ser preenchidos.

Clicar em OK para finalizar.

A seguinte linha é acrescentada, com as informações preenchidas acima:

2. Importar arquivos DXF

Ao clicar em Importar
arquivos DXF, selecionar a
pasta que contém o arquivo
*.lst (para este exemplo,
chamado de Arquivo.lst).

Para configurar o arquivo lst,


ver informações abaixo:

Ao clicar em Open, linha com o arquivo é acrescentada:

Clicar em OK para finalizar:

221
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Nova linha é acrescentada.

Para configurar um arquivo LST, observar:

3. Com o Notepad, criar um arquivo com o nome desejado e salvar com a extensão lst.

4. Dentro do arquivo, acrescentar a seguinte linha (sendo que a linha abaixo é descritiva).

"Ref" NBono "Ped" "Prod" "" "Maq" "Mat" Esp Cant [Priority] "Fich" "Idf1..3" "Idfx1..5" ["Rotations"] Par1..n

• Em que temos cada item da linha descrito abaixo:

Ref Nova referência para a peça a ser importada.


Nbono Não utilizado (to 0).
Ped Não utilizado (to "").
Prod Não utilizado (to "").
Maq Nome da máquina (nome da máquina definido no Lantek, "" utiliza o padrão para o módulo de
importação).
Mat Nome do material ("" utiliza o padrão para o módulo de importação).
Esp Espessura (Valor da espessura, i.e. 0.8).
Cant Quantidade.
Priority Prioridade da folha. Se não definido, o valor será 0.
Fich Nome da peça, com caminho incluído.
Idf1..3 Três identificações principais para a peça (i.e. cliente, número da ordem e número do plano).
Idfx1..5 Cinco campos de identificação secundária (ver "Mais…" dentro de propriedades, i.e. comissão,
prazo de entrega, etc.).
IsCat Colocar 1 se a peça é um catálogo. Colocar 0 se não for um catálogo.
Price Preço do catálogo.
Rotations Rotações que são permitidas na peça. Os primeiros cinco dígitos se referem a rotações normais,
e os próximos cinco dígitos se referem a rotações simétricas. Se o primeiro dígito de cada rotação for 1,
rotações para 0º graus são permitidas. Os próximos se referem a 90º, 180º, 270º e às outras rotações
respectivamente. Os últimos dois dígitos apontam se é uma peça de preenchimento e se é para preencher
furos.

• Exemplo para peças a serem importadas (DXF)


DXF Nº1" 0 "" "" "" "Lantek Cut Iso…" "ST37" 0.8 5 "c:\lantek\expert\dxf\dxfpart1.dxf" "customer"
"order number" "plan number" "commission" "delivery time" "supplier" "transporter" "comment"
• Ou

222
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
"DXF Nº1" 0 "" "" "" "" "" 0.8 5 "c:\lantek\expert\dxf\dxfpart1.dxf" "" "" "" "" "" "" "" "" 1 3500
"111010001111"
• Ou
"304050" 0 "" "" "" "White Martins / Vision ANC 401" "A36" 2 5 "D:\Alexandre LANTEK\Processos –
Exemplo\304050.DXF" "Cliente" "OF" "" ""
"607080" 0 "" "" "" "White Martins / Vision ANC 401" "A36" 3 10 "D:\Alexandre LANTEK\Processos –
Exemplo\607080.DXF" "Cliente" "OF" "" ""

Arquivos a serem
importados

Atenção: Qualquer erro de digitação no Notepad, incluindo espaços desnecessários, irá causar um
erro de importação. Quando isto ocorrer, revisar a linha digitada e caminhos especificados. Também
garantir que existam chapas e materiais cadastrados no sistema, caso contrário, incluir o cadastro
no Processo.

Podemos ainda utilizar um arquivo do Excel, *.xls.

Configuração do Formato de Arquivo *.xls:

Valores Padrão. Estes valores serão utilizados se não especificados no arquivo *.xls.

D001 : Quantidade de peças


D006 : Máquina
D007 : Material
D008 : Espessura
D009 : Prioridade
D010 : Nome do arquivo DXF (Caminho incluído)
D011 : idf1
D012 : idf2
D013 : idf3
D014 : idfx1
D015 : idfx2
D016 : idfx3
D017 : idfx4
D018 : idfx5
D019 : 0 Rotação Normal ON/OFF
D020 : 90 Rotação Normal ON/OFF
D021 : 180 Rotação Normal ON/OFF
D022 : 270 Rotação Normal ON/OFF
D023 : Outra Rotação Normal ON/OFF
223
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
D024 : Rotação Simétrica 0 ON/OFF
D025 : Rotação Simétrica 90 ON/OFF
D026 : Rotação Simétrica 180 ON/OFF
D027 : Rotação Simétrica 270 ON/OFF
D028 : Outra Rotação Simétrica ON/OFF
D029 : Preencher ON/OFF
D030 : Preencher furos ON/OFF

Folha do Microsoft Excel


A001 : Nome da folha
A002 : Começar linha com informação

Para cada valor, seu número de coluna precisa ser definido. Qualquer informação pode ser
evitada utilizando o caracter “-“, caso contrário, o valor padrão será utilizado.

Por exemplo:

B000 A
B001 C
B003 -

B000 : Coluna Nova Referência para a peça a ser importada (Precisa ser definido. Não pode ser utilizado
o valor padrão.)
B001 : Coluna Quantidade de peças
B006 : Coluna Máquina
B007 : Coluna Material
B008 : Coluna Espessura
B009 : Coluna Prioridade
B010 : Coluna Nome do Arquivo DXF
B011 : Coluna idf1
B012 : Coluna idf2
B013 : Coluna idf3
B014 : Coluna idfx1
B015 : Coluna idfx2
B016 : Coluna idfx3
B017 : Coluna idfx4
B018 : Coluna idfx5
B019 : Coluna 0 Rotação Normal ON/OFF
B020 : Coluna 90 Rotação Normal ON/OFF
B021 : Coluna 180 Rotação Normal ON/OFF
B022 : Coluna 270 Rotação Normal ON/OFF
224
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
B023 : Coluna Outra Rotação Normal ON/OFF
B024 : Coluna Rotação Simétrica 0 ON/OFF
B025 : Coluna Rotação Simétrica 90 ON/OFF
B026 : Coluna Rotação Simétrica 180 ON/OFF
B027 : Coluna Rotação Simétrica 270 ON/OFF
B028 : Coluna Outra Rotação Simétrica ON/OFF
B029 : Coluna Preencher ON/OFF
B030 : Coluna Preencher furos ON/OFF

Informação Auxiliar:
C001 : [ON/OFF] Terminar quando coluna de referência for NULL.
C002 : Texto para terminar. Quando o processo encontra este texto na coluna de referência, ele termina.
C003 : [ON/OFF] Termina quando a coluna de Quantidade for 0.
C004 : Quantidade para terminar. Quando o processo encontra este número na Coluna Quantidade, ele
termina.

Informação Geral:
L000 : Tipo LST (Precisa ser 4 = arquivos DXF)
L001 : Arquivo LST
L002 : Último arquivo *.xls carregado

3. Compactação e maquinagem

Atenção! Esta etapa é opcional!

Dentro de COMPACTAÇAO E MAQUINAGEM,


selecionar as opções desejadas. Após seleção,
teremos:

225
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
4. Executar

Ao clicar em Executar (conforme figura abaixo)...

...teremos como resultado:

Subtrabalhos Chapas

226
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Impressão dos arquivos

5. Salvar Processo

Para finalizar, salvar o processo


com um nome, para que possa ser
reutilizado conforme a necessidade.

Impressão em Lote

Através de Processos, podemos também imprimir todas as chapas de um trabalho. Para isto, basta ter
um trabalho e chapas com o nesting.

Dentro do trabalho desejado, clicar


em Processos.

227
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Dentro de Processos,
Compactação e Maquinagem,
escolher as opções Abrir o
módulo de compactação e
maquinagem e depois escolher
Imprimir todas as chapas.

Observar a ordem de escolha


dos itens. Abrir primeiro, depois
imprimir.

Impressão dos arquivos

Salvar Processo
Para finalizar, salvar o processo de impressão com
um nome, para que possa ser reutilizado conforme
a necessidade, em outros trabalhos.

Observar que o Processo é uma ordem de


execução e para impressão esta ordem pode ser
reutilizada em diferentes trabalhos.

O arquivo de Processo tem extensão *.prc.

Todo o Processo controlado por um arquivo *.prc

Para facilitar o trabalho com Processos e integrá-lo com os sistemas da empresa, podemos gerar um
arquivo *.prc que, ao ser executado, realiza todos os trabalhos.
Exemplo de um arquivo *.prc:
0 FILEPROLT 8.02
3 1 "Exemplo de trabalho" "SKA" "Sem numero" "" "" "Sem data prevista" "Este trabalho é um exemplo." 0 0

228
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
35 1 "D:\Alexandre LANTEK\Processos\Arquivo.lst"
23
24 1
26 1

Para compreendermos melhor, vamos explicar cada linha do exemplo e sua utilização:

1. Cabeçalho do Arquivo
Todos os arquivos devem começar com a seguinte linha: 0 FILEPROLT 8.01

2. Criar e abrir uma ordem de fabricação


Formato da Instrução: 3 0|1 “Ref” “Id1” “Id2” “Id3” “Id4” “Id5” “Infor” NumAut Exist
Onde:
0|1 Manual (0) ou Automático (1). Modo Manual mostra a caixa de diálogo do Lantek Expert para criar a
nova ordem.
Ref Nome ou referência da Ordem de Fabricação. Apenas no automático.
Id1..5 Cinco campos de identificação para as Ordens de Fabricação: Clientes, Número da Ordem, Número
do Plano, Comissão e Prazo de entrega. Modo automático apenas.
Infor Texto do campo Ordem da Informação. Apenas no automático.
NumAut Se colocado 1, uma terminação numérica é acrescentada ao nome da ordem. Caso contrário,
colocar 0. Apenas no automático.
Exist Se colocado 1, um erro ocorre se uma ordem com esta referência já existir. Caso contrário, colocar 0.
Apenas no automático.
• Exemplo:
3 0 "" "" "" "" "" "" "" 0 0
• Ou:
3 1 "ORDER Nº1" "Customer" "Order number" " Plan number" "Commission"
"Delivery time" "Order information" 1 1

3. Importar DXF
Formato da Instrução: 35 0/1 "< nome do arquivo que contém as peças DXF>"

• Exemplo:
35 0 "" Manual
• Ou
35 1 "c:\lantek\expert\prc\ filename.lst" Automatic

4. Abre o Compactado e Acabado


Formato da Instrução: 23
229
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
5. Faz todo o trabalho de nesting e acabamento
Formato da Instrução: 24 Machining
Machining: Se colocado 1, faz o acabamento também. Caso contrário, colocar 0.
Nota: O Módulo de Nesting precisa ser aberto para chamar esta função, caso contrário, um erro ocorre.
• Exemplo:
24 0
• Ou
24 1

6. Salva todos as chapas


Formato da Instrução: 26 Print
Print: Se colocado 1, imprime todas as chapas enquanto salva. Caso contrário, colocar 0.
Nota: O Módulo de Nesting precisa ser aberto para chamar esta função, caso contrário, um erro ocorre.
• Exemplo:
26 0
• Ou
26 1

Observar que ainda precisamos de um arquivo *.lst contendo informações sobre os arquivos
a serem importados e o local onde eles se encontram.

230
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
14. Exportando um Trabalho no Lantek
É possivel exportar um trabalho de chapas do armazenado no Lantek para que outra pessoa que
não possua esta base possa trabalhar com ela.
Inicie o Lantek e clique no botão CAM.
Com isso, abriremos o modo de Ordens do Lantek.
Escolha o menu TRABALHOS>> EDIÇÃO.

Aparecerá a seguinte tela:

231
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Selecione o trabalho em questão e clique em EXPORTAR.

Indique o diretório de destino. Procure sempre digitar um nome de diretório que não exista. O
Lantek criará o diretório indicado. No exemplo abaixo, será criado o diretório ORDEM.

Aguarde enquanto o sistema exporta os arquivos e configurações:

Localize pelo Windows Explorer o diretório que foi indicado. Dentro dele há duas novas pastas
(BackupOF e FilesCfg) e um arquivo BackupOF.bck.

A ordem já foi exportada; nestes arquivos estão as configurações de máquina e as peças contidas
na ORDEM.

232
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
15. Backup da Base de dados

Primeiramente, é necessário parar o Servidor da Base de Dados (SQL 2005), que está localizado
em Iniciar > Configurações > Painel de controle> Ferramentas administrativas > Serviços. O serviço
terá o nome de “SQL Server (Nome_da_instância)” ou então somente “MSSQLSERVER”, como mostra a
figura abaixo. Obs: O nome da instância pode ser visto abrindo o Manangement Studio em Iniciar >
Programas > Microsoft SQL Server 2005 > SQL Server Manangement Studio Express.

Para parar o serviço, selecione “SQL Server (Nome_da_instância)” ou “MSSQLSERVER”


(dependendo da sua instalação) e clique em Parar (Stop).

No diretório C:\Lantek, copiar a pasta DataBase.


Os arquivos devem ser copiados para uma unidade da rede ou gravados em CD para
posterior recuperação. Jamais manter o backup no computador em que está instalado o Lantek.
Após feita a cópia, deve-se iniciar o Servidor de Banco de Dados novamente – “SQL Server

233
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
(Nome_da_instância)” ou “MSSQLSERVER” (dependo da sua instalação) – e clicar em Iniciar (Start).

234
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
16. Passo-a-passo
Este passo-a-passo tem por finalidade ajudá-lo a criar um trabalho. Observar que o aproveitamento
da chapa pode variar de acordo com os componentes escolhidos.

1. Iniciar o Lantek
Na área de trabalho, clicar sobre o ícone do Lantek, inicializando o software.

A tela inicial do Lantek deve aparecer.

2. Criar um trabalho
Clicar no ícone em destaque (Nova) e colocar um nome para o trabalho (cliente, ordem de fabricação,
etc.).

235
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Clicar em OK para confirmar.

3. Importar peças
Clicar no ícone Importar para importar as peças desejadas. Para este exemplo, usaremos peças do
Lantek.
Escolher o tipo de arquivo, normalmente DWG
(desenhos do AutoCAD) ou DXF e clicar em OK.
Escolher o diretório onde os arquivos estão localizados, clicando em...

...e apontar o caminho, conforme imagem abaixo. Clicar em Escolher para confirmar.

236
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Escolher os seguintes componentes, entre os listados
(imagem ao lado). Clicar em OK para confirmar.

Certifique-se de que Critérios esteja desmarcado.

Ao importar, as seguintes informações devem ser


preenchidas,...

...sendo que a quantidade é 10 para todos os


componentes (neste exemplo), e o material e a
máquina podem ser escolhidos conforme material e
máquina disponíveis na empresa.

4. Compactado e Acabado
Clicar em Compactado e Acabado, conforme imagem abaixo.

Dentro de Compactado e Acabado, clicar em Fazer Tudo.

237
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
Fazer Tudo coloca a chapa e os componentes, fazendo o aproveitamento da chapa. Como resultado,
temos (ver imagem a seguir):

238
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
...em que as linhas vermelhas são o movimento de corte e as linhas verde-tracejadas são os
movimentos rápidos (deslocamento entre peças).

Dentro de Chapas, Ir Para... podemos ir para outras chapas. Estas são criadas quando uma única
chapa não é suficiente para todas as peças que selecionamos. Clicar em OK para confirmar.

239
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
5. Simulação
Ao clicar em F11, podemos simular o deslocamento de corte. Observar que a velocidade de corte não
pode ser maior que 90%. Se este valor estiver acima de 90% ou a simulação não estiver ocorrendo,
mudar este valor dentro de Ver > Velocidade de simulação.

6. Salvar
Após simular, clicar em Salvar. Ao salvar, o código CNC é gerado.

240
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
7. Imprimir folha de processo

Ao clicar em Imprimir,

a folha ao lado é impressa


com todas as informações
sobre o trabalho a ser
executado.

241
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
8. Ver CNC (Opcional)
G100G90
M69
Clicando em Chapas > Ver CNC, M105
poderemos verificar o programa gerado. G101 X1137.30 Y-120.10
M106
M91
G42 D2.00
M70
G101 X1142.20 Y-125.00
G101 X1427.40 Y-410.20
G101 X1427.40 Y-150.00
G101 X1416.70 Y-150.00
G102 X1402.50 Y-135.70 I1416.70 J-135.70
G101 X1402.50 Y-125.00
G101 X1142.20 Y-125.00
G101 X1137.20 Y-125.00
M71
M69
M105
G101 X1084.50 Y-135.70
Ver exemplo de uma parte de um M106
programa ao lado. G42 D1.00
M70
G101 X1084.50 Y-124.80

Com isto terminamos um programa. Agora, basta o operador da máquina chamar o programa e
executá-lo.

242
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br
17. Bibliografia

http://www.ska.com.br/
http://www.lantek.es/
http://pdmworks.ska.com.br/pdmworksenterpriseweb/Client.asp?config=Suporte
DVD Lantek 28.00
Manual Lantek Cut V25

243
SKA - Automação de Engenharias
(51) 3591-2900 | 0800 510 2900
ska@ska.com.br