Sei sulla pagina 1di 40

(PARTE II)

APLICAÇÕES USANDO O PROGRAMA ORCAD

SEEL - Semana de Engenharia Elétrica da UFC 2015 PET- Programa de Ensino Tutorial Ministrante do Curso: Prof. René Pastor Torrico Bascopé

2.1. Circuitos RC e RL

Geração de uma nova folha de desenho do circuito de simulação. Uma vez dentro do Orcad, dar um click em File/New/Project.

Uma vez dentro do Orcad, dar um click em File/New/Project. Fig. 1 Ao dar um click

Fig. 1

Ao dar um click em Project aparece a tela mostrada na Fig. 2. Na mesma deve ser colocado um nome relacionado ao circuito, neste caso foi dado “CircuitosRLC” e será arazenado na pasta C:\Departamento_DEE\PET_DEE\Curso_Orcad.

arazenado na pasta C:\Departamento_DEE\PET_DEE\Curso_Orcad. Fig. 2. Ao dar um click em OK na Fig. 2, e

Fig. 2.

Fig.3. Sem mexer em nada na Fig. 3, dar um click novamente em OK ,

Fig.3.

Sem mexer em nada na Fig. 3, dar um click novamente em OK, e logo aparecerá a tela da Fig. 4.

novamente em OK , e logo aparecerá a tela da Fig. 4. Fig. 4. Na Fig.

Fig. 4. Na Fig. 4 dar dois clicks simultâneos em circuitosrlc.dsn, logo aparecerá a Fig. 5.

em circuitosrlc.dsn , logo aparecerá a Fig. 5. Fig. 5. A seguir, na Fig. 6 dar

Fig. 5.

A seguir, na Fig. 6 dar dois clicks simultâneos em SCHEMATIC1 e aparecerá PAGE1.

Fig. 6. Logo aparecerá a página para começar a desenhar o circuito como mostrada na

Fig. 6.

Logo aparecerá a página para começar a desenhar o circuito como mostrada na Fig. 7.

para começar a desenhar o circuito como mostrada na Fig. 7. Fig. 7. Se a página

Fig. 7.

Se a página é limitada em espaço para desenhar o circuito de simulação, o tamanho pode ser adicionado entrando em Options/Schematic Page Properties mostrado na Fig. 8.

Fig.8. Dar um click em Schematic Page Properties e aparecerá a tela mostrada na Fig.

Fig.8.

Dar um click em Schematic Page Properties e aparecerá a tela mostrada na Fig. 9. Por default esta marcado o tamanho A, e como mostra a Fig. 9 é mudada ao tamanho C onde a folha é maior. Logo, apertar o botão OK.

C onde a folha é maior. Logo, apertar o botão OK . Fig. 9. Desenhar o

Fig. 9. Desenhar o circuito na página como mostra a Fig. 10. É necessário colocar uma referência de terra, caso contrario o circuito não simula. Também certifique se que todo os componentes estão conectados.

Fig. 10. Depois de desenhar o circuito, ir para PSpice/ New Simulation Profile e proporcionar

Fig. 10.

Depois de desenhar o circuito, ir para PSpice/ New Simulation Profile e proporcionar um nome ao arquivo de simulação como mostra a Fig.11. Esclareço que pode ser adotado o mesmo nome do arquivo do circuito adotado ou diferente.

o mesmo nome do arquivo do circuito adotado ou diferente. Fig. 11. Dando um click em

Fig. 11. Dando um click em New Simulation Profile aparecerá a tela da Fig. 12. Então, preencher o nome do arquivo de simulação, neste caso foi optado o mesmo nome “CircuitosRLC”, e a seguir dar um click em Create.

Fig. 12. Começar a preencher os parâmetros de simulação, uma primeira a preencher é Analysis

Fig. 12. Começar a preencher os parâmetros de simulação, uma primeira a preencher é Analysis. No lado esquerdo onde aparece a janela Analysis type: deixar “Time Domain (Transient)” que significa que a simulação será feita no domínio do tempo. No lado direito marcar Skip; no Maximum step size colocar 1us, que corresponde ao passo de cálculo; preencher o momento em que vai começar a salvar os dados de simulação Start saving data after; e o momento em que vai finalizar a simulação Run to time. O preenchimento é mostrado na Fig. 13.

Run to time . O preenchimento é mostrado na Fig. 13. Fig. 13. Seguindo a sequência,

Fig. 13.

Seguindo a sequência, passar para Configuration Files, na mesma não deve ser preenchido nada, como mostra a Fig. 14. Logo passar para Options.

Fig. 14. Em Options , recomendasse preencher (ABSTOL) e (ITL4), mudar, de 1.0p para 1.0u,

Fig. 14. Em Options, recomendasse preencher (ABSTOL) e (ITL4), mudar, de 1.0p para 1.0u, e de 10 para 100, como mostra a Fig. 15.

, recomendasse preencher (ABSTOL) e (ITL4), mudar, de 1.0p para 1.0u, e de 10 para 100,

Fig. 15.

Na sequência, em Data Collection, pode ser selecionado as opções mostradas na Fig. 16. Da maneira que esta selecionado, é possível colher todas as tensões e correntes nos componentes mesmo não marcados, e potência somente nos marcados. A ponteira de tensão pode ser colocada em qualquer lugar do nó do componente, a ponteira de corrente deve ser colocada exatamente no terminal do componente, e a ponteira de potência deve ser colocada encima do componente.

de potência deve ser colocada encima do componente. Fig. 16. Finalmente, em Probe Window pode ser

Fig. 16. Finalmente, em Probe Window pode ser deixado por default ou marcar em during simulation, implica que pode ser observada a simulação durante o processo, como mostra a Fig. 17. Logo dar um click em OK e esta pronta para simular o circuito.

durante o processo, como mostra a Fig. 17. Logo dar um click em OK e esta

Fig. 17.

Logo ir para a opção PSpice e dar um click em Run como mostra a Fig. 18.

PSpice e dar um click em Run como mostra a Fig. 18. Fig. 18. Na barra

Fig. 18. Na barra de ferramentas aparecem as ponteiras de tensão, corrente e potência. Entre as ponteiras de tensão, há uma simples que permite mostrar em relação ao terminal de terra como mostrado na Fig.19 pelas cores azul e vermelho. Para observar a corrente colocar a ponteira junto ao nó do componente como mostrada na mesma figura pelas cores amarelo e verde.

corrente colocar a ponteira junto ao nó do componente como mostrada na mesma figura pelas cores

Fig. 19.

Quando é simulado o circuito, todas as formas de onda vêm juntas e se torna confuso identificar. Para organizar podem ser colocadas duas ou mais janelas simultâneas usando Add Plot to Window como mostra a Fig. 20 e Fig. 21 e organizar as formas de onda.

simultâneas usando Add Plot to Window como mostra a Fig. 20 e Fig. 21 e organizar

Fig. 20.

simultâneas usando Add Plot to Window como mostra a Fig. 20 e Fig. 21 e organizar

Fig. 21.

2.2. Circuito Retificador de Onda Completa com Filtro Capacitivo

Gerar uma nova folha de desenho do circuito de simulação como mostra a Fig. 22. Uma vez dentro do Orcad, dar um click em File/New/Project, logo, seguir os passos da Fig. 1 à Fig. 6 da aplicação N o 1.

os passos da Fig. 1 à Fig. 6 da aplicação N o 1. Fig. 22 Desenhar

Fig. 22

Desenhar o circuito na página como mostra a Fig. 23. É importante colocar uma referência de terra, caso contrario o circuito não simula. Também certificasse que todo os componentes estão conectados.

certificasse que todo os componentes estão conectados. Fig. 23. Depois de desenhar o circuito, ir para

Fig. 23.

Depois de desenhar o circuito, ir para PSpice/ New Simulation Profile e proporcionar um nome ao arquivo de simulação como mostra a Fig. 24. Esclareço que pode ser adotado o mesmo nome do arquivo do circuito adotado ou diferente.

Fig. 24. Dando um click em New Simulation Profile aparecerá a tela da Fig. 25.

Fig. 24.

Dando um click em New Simulation Profile aparecerá a tela da Fig. 25. Então, preencher o nome do arquivo de simulação, neste caso foi optado o mesmo nome “Retificador01”, e a seguir dar um click em Create.

“Retificador01”, e a seguir dar um click em Create . Fig. 25. Começar a preencher os

Fig. 25.

Começar a preencher os parâmetros de simulação, uma primeira a preencher é Analysis. No lado esquerdo onde aparece a janela Analysis type: deixar “Time Domain (Transient)” que significa

que a simulação será feita no domínio do tempo. No lado direito marcar Skip; no Maximum step size colocar 1us, que corresponde ao passo de cálculo; preencher o momento em que vai começar a salvar os dados de simulação Start saving data after; e o momento em que vai finalizar a simulação Run to time. O preenchimento é mostrado na Fig. 26.

Run to time . O preenchimento é mostrado na Fig. 26. Fig. 26. Seguindo a sequência,

Fig. 26.

Seguindo a sequência, passar para Configuration Files, na mesma não deve ser preenchido nada, como mostra a Fig. 27. Logo passar para Options.

Configuration Files , na mesma não deve ser preenchido nada, como mostra a Fig. 27. Logo

Fig. 27.

Em Options, recomendasse preencher (ABSTOL) e (ITL4), mudar, de 1.0p para 1.0u, e de 10 para 100, como mostra a Fig. 28.

de 1.0p para 1.0u, e de 10 para 100, como mostra a Fig. 28. Fig. 28.

Fig. 28. Na sequência, em Data Collection, pode ser selecionado as opções mostradas na Fig. 29. Da maneira que esta selecionado, é possível colher todas as tensões e correntes nos componentes mesmo não marcados, e potência somente nos marcados. A ponteira de tensão pode ser colocada em qualquer lugar do nó do componente, a ponteira de corrente deve ser colocada exatamente no terminal do componente, e a ponteira de potência deve ser colocada encima do componente.

colocada exatamente no terminal do componente, e a ponteira de potência deve ser colocada encima do

Fig. 29.

Finalmente, em Probe Window pode ser deixado por default ou marcar em during simulation, implica que pode ser observada a simulação durante o processo, como mostra a Fig. 30. Logo dar um click em OK e esta pronta para simular o circuito.

um click em OK e esta pronta para simular o circuito. Fig. 30. Logo ir para

Fig. 30.

Logo ir para a opção PSpice e dar um click em Run como mostra a Fig. 31.

simular o circuito. Fig. 30. Logo ir para a opção PSpice e dar um click em

Fig. 31.

Na barra de ferramentas aparecem as ponteiras de tensão, corrente e potência. Entre as ponteiras de tensão, há uma simples que permite mostrar em relação ao terminal de terra, e outra é diferencial que permite mostrar a tensão entre dois terminais do componente como temos mostrado na Fig. 32 pelas ponteiras na cor azuis e vermelhas.

na Fig. 32 pelas ponteiras na cor azuis e vermelhas. Fig. 32. Quando é simulado o

Fig. 32. Quando é simulado o circuito, todas as formas de onda vêm juntas e se torna confuso identificar como mostra a Fig. 33. Para organizar podem ser colocadas duas ou mais janelas simultâneas usando Add Plot to Window como mostra a Fig. 34 e organizar as formas de onda.

ou mais janelas simultâneas usando Add Plot to Window como mostra a Fig. 34 e organizar

Fig. 33.

Fig. 34.

Fig. 34.

2.3. Levantamento da Curva do Diodo de Silício

Montar o circuito para levantar a curva do diodo D1. Neste caso a fonte de tensão varia de 0V a 10V, e o diodo sob teste apresenta uma corrente máxima de 200mA, desta maneira, o valor da resistência do resistor R1 deve ser estimado relacionando 10V com 200mA, assim, a resistência deve ser maior ou igual que 50como mostra a Fig. 35.

deve ser maior ou igual que 50  como mostra a Fig. 35. Fig. 35. Uma

Fig. 35.

Uma vez desenhado o circuito, procurar o menu PSpice e dar um click em New Simulation Profile como mostra na Fig. 36.a e Fig.36.b.

procurar o menu PSpice e dar um click em New Simulation Profile como mostra na Fig.

Fig. 36.a

Fig. 36.b. Na sequência aparece a tela para proporcionar o nome aos resultados da simulação,

Fig. 36.b.

Na sequência aparece a tela para proporcionar o nome aos resultados da simulação, neste caso foi preenchido o nome “Curvas_Diodo02”. Posteriormente dar um click no botão Create da Fig.

37.

dar um click no botão Create da Fig. 37 . Fig. 37. A continuação aparece à

Fig. 37.

A continuação aparece à tela mostrada na Fig. 38, onde devem ser preenchidos os parâmetros passo a passo.

Fig. 38. Na opção Analysis escolher DC Sweep e preencher as variáveis necessárias do jeito

Fig. 38.

Na opção Analysis escolher DC Sweep e preencher as variáveis necessárias do jeito que mostra a Fig. 39.

Na opção Analysis escolher DC Sweep e preencher as variáveis necessárias do jeito que mostra a

Fig. 39.

Na Configuration Files deixar do jeito que aparece por default como mostra a Fig. 40.

do jeito que aparece por default como mostra a Fig. 40. Fig. 40. No menu Options

Fig. 40. No menu Options recomenda-se mexer somente (ABSTOL) e (ITL4) que são parâmetros de simulação. Os mesmos já foram mudados de 1.0p para 1.0u, e de 10 para 100, tal como mostra a Fig. 41.

de simulação. Os mesmos já foram mudados de 1.0p para 1.0u, e de 10 para 100,

Fig. 41.

Logo mudar para Data Collection onde aparece a tela mostrada na Fig. 42. Da maneira como foi selecionado é possível observar tensão e corrente em todos os componentes, e o resto das medições nada. A seleção depende do tipo de aplicação.

medições nada. A seleção depende do tipo de aplicação. Fig. 42. Seguindo a sequência de preenchimento,

Fig. 42. Seguindo a sequência de preenchimento, passar para a opção Probe Window e marcar como esta selecionado na Fig. 43.

a sequência de preenchimento, passar para a opção Probe Window e marcar como esta selecionado na

Fig. 43.

Para simular ir ao menu PSpice, selecionar Run e dar um click como mostra a Fig. 44. Antes da simulação colocar a ponteira de tensão e corrente encima do diodo D1. A ponteira de corrente sempre deve ser colocado no terminal anodo do componente.

sempre deve ser colocado no terminal anodo do componente. Fig. 44. Logo aparecem as formas de

Fig. 44. Logo aparecem as formas de onda da corrente e tensão no diodo D1 como mostra a Fig. 45.

do componente. Fig. 44. Logo aparecem as formas de onda da corrente e tensão no diodo

Fig. 45.

Para traçar a curva de corrente através do diodo em função da tensão sobre o diodo (I(D1) versus V(D1:1)), é necessário mudar a escala horizontal. Para isso dar dois clicks encima dos números da escala horizontal e aparecerá a tela mostrada na Fig. 46.

escala horizontal e aparecerá a tela mostrada na Fig. 46. Fig. 46. Logo dar um click

Fig. 46. Logo dar um click em Axis Variable e aparecerá a tela mostrada na Fig. 47. A seguir selecionar V(D1:1) que corresponde a tensão sobre o diodo.

e aparecerá a tela mostrada na Fig. 47. A seguir selecionar V(D1:1) que corresponde a tensão

Fig. 47.

Finalmente dar duas vezes OK na sequência e aparecerá a Fig. 48 que corresponde a curva característica do diodo sob análise. Neste caso foi apagado a curva correspondente a tensão sobre o diodo V(D1:1), basta marcar no pé do eixo horizontal de apertar o botão DELETE do computador.

tensão sobre o diodo V(D1:1), basta marcar no pé do eixo horizontal de apertar o botão

Fig. 48.

2. 4. Levantamento da Curva do Transistor Bipolar de Junção (TBJ)

Montar o circuito para levantar a curva característica do TBJ 2N2222 do tipo npn. Neste caso a fonte de tensão V1 varia de 0V a 30V com incrementos de 0.01V, e a fonte de tensão V2 varia de 0V a 10V com incrementos de 1V (a ideia é traçar 10 curvas). O circuito de teste é mostrado na Fig. 49.

10 curvas). O circuito de teste é mostrado na Fig. 49. Fig. 49. A seguir entrar

Fig. 49.

A seguir entrar no menu PSpice, dar um click no New Simulation Profile e proporcionar um nome à simulação, que pode ser o mesmo do circuito. Neste caso foi preenchido o nome “Curvas_TBJ02”. Posteriormente dar um click no botão Create mostrado em Fig. 50.

foi preenchido o nome “Curvas_TBJ02”. Posteriormente dar um click no botão Create mostrado em Fig. 50

Fig. 50.

Na opção Analysis escolher DC Sweep e preencher as variáveis necessárias do jeito que mostra a Fig. 51.a e a Fig. 51.b.

DC Sweep e preencher as variáveis necessárias do jeito que mostra a Fig. 51.a e a

Fig. 51.a.

DC Sweep e preencher as variáveis necessárias do jeito que mostra a Fig. 51.a e a

Fig. 51.b.

Na Configuration Files deixar do jeito que aparece por default e não mexer nada, como mostra a Fig. 52.

por default e não mexer nada, como mostra a Fig. 52. Fig. 52. No menu Options

Fig. 52. No menu Options recomenda-se mexer somente (ABSTOL) e (ITL4) que são parâmetros de simulação. Os mesmos já foram mudados de 1.0p para 1.0us, e de 10 para 100, tal como mostra a Fig. 53.

para 1.0us, e de 10 para 100, tal como mostra a Fig. 53. Fig. 53. Logo

Fig. 53. Logo mudar para Data Collection onde aparece a tela mostrada na Fig. 54. Da maneira como foi selecionado, é possível observar tensão e corrente em todos os componentes, e o resto das medições nada. A seleção depende do tipo de aplicação.

Fig. 54. Seguindo a sequência de preenchimento, passar para a opção Probe Window e marcar

Fig. 54. Seguindo a sequência de preenchimento, passar para a opção Probe Window e marcar como esta selecionado na Fig. 55.

a sequência de preenchimento, passar para a opção Probe Window e marcar como esta selecionado na

Fig. 55.

Para simular ir ao menu PSpice, selecionar Run e dar um click como mostra a Fig. 56.a e a Fig. 56.b. Antes da simulação colocar a ponteira de tensão e corrente no terminal coletor do transistor

Q1.

de tensão e corrente no terminal coletor do transistor Q1. Fig. 56.a. Fig. 56.b. Logo aparecem

Fig. 56.a.

e corrente no terminal coletor do transistor Q1. Fig. 56.a. Fig. 56.b. Logo aparecem as formas

Fig. 56.b.

Logo aparecem as formas de onda da corrente de coletor e tensão coletor-emissor como mostra a Fig. 57.

Fig. 57. Para traçar a curva de corrente de coletor em função da tensão coletor-emissor

Fig. 57.

Para traçar a curva de corrente de coletor em função da tensão coletor-emissor é necessário mudar a escala horizontal. Para isso dar dois clicks encima dos números da escala horizontal e aparecerá a tela mostrada na Fig. 58.

Para isso dar dois clicks encima dos números da escala horizontal e aparecerá a tela mostrada

Fig. 58.

Logo dar um click em Axis Variable e aparecerá a tela mostrada na Fig. 59. A seguir selecionar V(R1:1) que corresponde a tensão coletor-emissor do TBJ.

V(R1:1) que corresponde a tensão coletor-emissor do TBJ. Fig. 59. Finalmente dar duas vezes OK na

Fig. 59. Finalmente dar duas vezes OK na sequência e aparecerá a Fig. 60 que corresponde as curvas características do TBJ 2N2222 do tipo npn. Apagar a curva correspondente à tensão coletor- emissor V(R1:1) que aparece na Fig. 59.

TBJ 2N2222 do tipo npn. Apagar a curva correspondente à tensão coletor- emissor V(R1:1) que aparece

Fig. 60.

2. 5. Resposta em Frequência de Filtro Passivo e Filtro Ativo de Primeira Ordem (Traçar Diagrama de BODE)

Usando File/New/Project do editor de circuitos do ORCAD, desenhar os filtros passivo e ativo como mostrado na Fig. 61.

os filtros passivo e ativo como mostrado na Fig. 61. Fig. 61. Uma vez desenhado o

Fig. 61. Uma vez desenhado o circuito, passar para a fase de simulação do mesmo. Então, ir para o menu PSpice/New Simulation Profile e proporcionar um nome que pode ser igual ao gerado para editar os circuitos. O procedimento é mostrado na Fig. 62.

um nome que pode ser igual ao gerado para editar os circuitos. O procedimento é mostrado

Fig. 62.

Dando dois clicks em New Simulation Profile, logo aparece a tela mostrada na Fig. 63 onde deve ser colocado o nome do arquivo de simulação, que neste caso foi, (Filtro_Passivo_Ativo01). Posteriormente dar um click e Create.

Posteriormente dar um click e Create. Fig. 63. Após um click em Create , aparece a

Fig. 63. Após um click em Create, aparece a tela mostrada na Fig. 64 com Analysis type na opção por default para fazer análises no domínio do tempo. Só que diagrama de BODE é feito no domínio da frequência. Para conhecimento, um diagrama de BODE apresenta dois gráficos uma de GANHO em (decibéis) em função da frequência em (Hz); e a outra de FASE em (graus ou radianos elétricos) em função da frequência em (Hz).

da frequência em (Hz); e a outra de FASE em (graus ou radianos elétricos) em função

Fig. 64.

Neste caso, para traçar gráficos no domínio da frequência, mudar na opção Analysis type para AC Sweep/Noise como mostra a Fig. 65. Fazendo uma breve descrição, deixar o eixo horizontal na opção logarítmica e em décadas, a frequência variará de 1 Hz a 50 kHz com armazenamento de 200 pontos por década.

1 Hz a 50 kHz com armazenamento de 200 pontos por década. Fig. 65. O resto

Fig. 65.

O resto das opção do Simulation Settings deve ser preenchido como explicado como explicado em exemplos anteriores, e a sequência é mostrada na Fig. 66, Fig. 67, e Fig. 68, respectivamente.

explicado em exemplos anteriores, e a sequência é mostrada na Fig. 66, Fig. 67, e Fig.

Fig. 66.

Fig. 67. Fig. 68. Ir para o menu PSpice e rodar a simulação, para isso

Fig. 67.

Fig. 67. Fig. 68. Ir para o menu PSpice e rodar a simulação, para isso basta

Fig. 68.

Ir para o menu PSpice e rodar a simulação, para isso basta dar um click e Run, como mostra a Fig. 69.

Fig. 69. Uma vez simulado colocar as ponteiras de tensão na saída e na entrada

Fig. 69.

Uma vez simulado colocar as ponteiras de tensão na saída e na entrada no circuito do filtro passivo, como mostra a Fig. 70.

no circuito do filtro passivo, como mostra a Fig. 70. Fig. 70. Posteriormente, por default aparece

Fig. 70. Posteriormente, por default aparece somente uma janela, porém o diagrama de BODE é formado por dois gráficos GANHO e FASE. Então, ir ao menu Plot no editor de simulação e dar um click em Add Plot to Window. Logo aparecerá como mostra a Fig. 71, onde a tensão de saída é V(C2:1) e a tensão de entrada V(R5:1).

Fig. 71. Já que o ganho é expresso em DB, ir ao menu Traces do

Fig. 71. Já que o ganho é expresso em DB, ir ao menu Traces do editor de simulação e procurar Add Trace e dar um click na mesma e aparecerá a tela mostrada na Fig. 72. Logo, na opção Functions or Macros procurar a função DB( ), e dentro do parêntese relacionar a saída com a entrada e apertar em OK, e a curva de GANHO esta feita.

DB( ) , e dentro do parêntese relacionar a saída com a entrada e apertar em

Fig. 72.

Para traçar a curva de FASE, de maneira similar, ir ao menu Trace e procurar Add Trace, e em Functions or Macros selecionar P( ), e dentro do parêntese relacionar a tensão de saída e a tensão de entrada.

relacionar a tensão de saída e a tensão de entrada. Fig. 74. Logo, apertando o botão

Fig. 74.

Logo, apertando o botão OK, resulta o gráfico do diagrama de BODE como mostrada na Fig. 75. Assim a curva azul (superior) é o GANHO em DB (decibéis), e a curva verde (inferior) em GRAUS elétricos.

75. Assim a curva azul (superior) é o GANHO em DB (decibéis), e a curva verde

Fig. 75.

O procedimento para traçar o diagrama de BODE do filtro ativo, é similar que para o filtro passivo. O circuito de simulação e o diagrama de BODE são mostrados na Fig. 76 e na Fig. 77, respectivamente.

de BODE são mostrados na Fig. 76 e na Fig. 77, respectivamente. Fig. 76. Fig. 77.

Fig. 76.

de BODE são mostrados na Fig. 76 e na Fig. 77, respectivamente. Fig. 76. Fig. 77.

Fig. 77.

OBRIGADO PELA ATENÇÃO A TODOS.