Sei sulla pagina 1di 3

©

MINISTERIO PUBLICO FEDEjtAL PROCUjtADORIA-GEniAL DA REPÚBLICA EXCELENTkgIMO gEUUOP eOUgELUEIP0 ATAVIO LUIZ .-P
MINISTERIO PUBLICO FEDEjtAL
PROCUjtADORIA-GEniAL DA REPÚBLICA
EXCELENTkgIMO gEUUOP eOUgELUEIP0 ATAVIO LUIZ
.-P
RODRleUK JÚNIOR DO eONgELHO NACIONAL DO MINlgTÊRIO
PÚBLICO - eNMP.
Reel8mação Díecipnnar n' 1.00644/201g'-70
Reel8mação Díecipnnar n' 1.00644/201g'-70
MOACIR eUIMARÃEg MORAlg FILHO, gubproeurador- Ceral da República, noe autor da Reclamação Díeeiplínar em
MOACIR eUIMARÃEg MORAlg FILHO, gubproeurador-
Ceral da República, noe autor da Reclamação Díeeiplínar em referência, vem,
à l)reeença de V. Exa., expor e ao final requerer o eeguínte.
1.
A Reelarnação Díeciplínar encontra-ee em face de exame
parente à eorregedoría do eNMP, Conforme parecer anexado àe fle., juntado
em 26 düsetembrode 2019.

©

© MINISTERIO PUBLICO FEDEjiAL PROCUliADO]UA-GEniAL DA REPUBLICA matéria que eueeitaeontrovéreíaeíudiciaíe, uma
MINISTERIO PUBLICO FEDEjiAL PROCUliADO]UA-GEniAL DA REPUBLICA matéria que eueeitaeontrovéreíaeíudiciaíe, uma vêz
MINISTERIO PUBLICO FEDEjiAL
PROCUliADO]UA-GEniAL DA REPUBLICA
matéria que eueeitaeontrovéreíaeíudiciaíe, uma vêz que ae denúncias veiculadas
pela média pela Conduta do membro do MP e geue auxilíaree, não foram apuradas
no âmbito da eorregüdoría que generalizou em parecer prévio tape açõag-para
Concluir pelo arquivamento da reclamação.
9.
A matéria publicada pela Revíeta Vela, revelando deelaraçõeedo
üx-Procurador Rodrígo Janot com relação ao geu intuito de aegaeeinaro Mínietro
(filmar Mendeedo supremo Tribunal Federalé a eonfíeeãoespontâneade uma
Cogitaçãoque, emborapoemaescaparda reeponeabílídadecriminal, fica fora do
âmbito da recponeabnidadeadrnínigtFativadígeíplínare Civil.
4.
A caeeaçãode apoeentadoríapode ge impor decorrenteda
./
üpuração de fatos por ente Orgão externo do MP, razão pela qual o eublícant
requer a furtada aoe autor da notária divulgada na RevíetaVela e no Jorrar
vetado de gão Paulo anexos, a fim de que o procedimento gela Convertidoem
diligência para apuração dog fatos pela eorregedoría Nacional.
5.
A confíggão do ex-Procurador-Geral, que ge dieeearmado dentro
do supremo Tribunal Federal, obÍetívando aggageínarum de eeug Mínígtroe é fato
/
relevante que merece coneíderaçãode parte deeeeOrgão eorreíeíonal, além de
outros fatos que Íá foram obÍeto deeea Reclamação e que nãJ{Àllghlglg ger
2 de

©

MINISTÉRIO PUBLICOFEDERAL PROCURADORIA-GERALDA REPtJBLICA oeobertadoe pela ineíndícabNidade Diante do exposto,
MINISTÉRIO PUBLICOFEDERAL
PROCURADORIA-GERALDA REPtJBLICA
oeobertadoe pela ineíndícabNidade
Diante
do
exposto,
bnlgndu
l
Jnatéria
íornalíetíea
elülâs
nglé119s,requero
reelamantege digne V.Exa de
, que pretendepublicarum
livro,
provavelmente para cair
do oetraeíemo, eom
aeugaçõeg eupoetamente
falaeíoeae contra o Mfnietro, pretendendo angariar com lego, lucro na venda deeee
livro, a eueta de fatos cobre oe quasenão tomou qualquer providência com relação
üo acusador, envolvendo eítuaçõee deeagradáveíeContra gua filha.
Pede deferimento
Braeílía-DF,27 deeeternbrode2019
Braeílía-DF,27 deeeternbrode2019
gubproeurador-Geral da República
gubproeurador-Geral da República

MOACIR eUIMARÃK MORAlg FILHO

da República MOACIR eUIMARÃK MORAlg FILHO Doeumentoe Anexos: - Matériasdivulgadasna RevíetaVela; -
Doeumentoe Anexos: - Matériasdivulgadasna RevíetaVela; - MatériasdivulgadasnoJorrar Eletâdodegão Paulo
Doeumentoe Anexos:
- Matériasdivulgadasna RevíetaVela;
- MatériasdivulgadasnoJorrar Eletâdodegão Paulo
3 de3
3 de3