Sei sulla pagina 1di 20

1

UNIVERSIDADE NORTE DO PARANÁ

_________________________________________________

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO


PEDAGOGIA

ESTER ALVES VIRGOLINO

RELATÓRIO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO I – EDUCAÇÃO


INFANTIL

Cametá-Pa
2018
2

ESTER ALVES VIRGOLINO

Relatório de Estágio apresentado ao Curso


Pedagogia da UNOPAR - Universidade Norte do
Paraná, para a disciplina de Estágio Curricular
Obrigatório – Educação Infantil
Orientador: profª. Ma. Lilian Amaral da Silva Souza
Tutor eletrônico: Rozangela E. da Silva

Tutor de sala: Wilmenson Alfaia Moreira

Cametá-Pa
2018
3

SUMÁRIO
INTRODUÇÃO ..................................................................................................................... 3
CARACTERIZAÇÃO DO CAMPO DE ESTÁGIO .......................................................... 4
DIÁRIOS DE OBSERVAÇÃO DE CAMPO ...................................................................... 5
PLANOS DE AULA PARA REGÊNCIA ........................................................................... 6
DIÁRIOA DE REGÊNCIA. ................................................................................................. 7
CONSIDERAÇÕES FINAIS ................................................................................................ 8
REFERENCIAS .................................................................................................................... 9
4

1 INTRODUÇÃO

O presente relatório refere-se ao estágio Curricular Obrigatório I- Educação Infantil


de observação e interveção do curso de Pedagogia da UNOPAR - Universidade Norte do
Paraná, Polo Univesitário de Cametá, sob orientação da professora Ma. Lilian Amaral da
Silva Souza realizado na Escola Municipal de ensino Infantil Professora Alice Igreja no
municipio de Limoeiro do Ajuru/PA.

A realização do estágio na Educação Infantil é primordial para o conhecimento e o


primeiro contato com o inicio da aprendizagem, na qual as crianças estão começando o
conhecimento e entendendo o porquê e as formas de como todas as principais formas de
aprendizagem.

Uma atividade de que pode trazer imensos


benefícios para a aprendizagem, para a melhoria
do ensino e para o estagiário, no que diz respeito
à sua formação, certamente trará resultados
positivos, além de estes tornarem-se ainda mais
importantes quando se tem consciência de que as
maiores beneficiadas serão a sociedade e, em
especial, a comunidade a que se destinam os
profissionais egressos da universidade. (TRACZ
e DIAS, 2006, p. 2)

Esse relatório tem como objetivo apresentar o resultado diagnóstico/estudo do


primeiro estágio na educação infantil, iniciou-se no dia 06 setembro e finalizado no dia 04 de
outubro de 2018. A escola é um espaço de construção dialógica e reflexiva, permitindo que as
questões do dia a dia possam encontrar soluções viáveis no âmbito escolar. Para Guerra
(1995) o estágio supervisionado consiste em teoria e prática tendo em vista uma busca
constante da realidade para uma elaboração conjunta do programa de trabalho na formação do
educado. Ou seja, trona-se uma etapa imprescindível para o profissional estar apto a exercer
sua função como educador.
2 CARACTERIZAÇÃO DO CAMPO DE ESTÁGIO
5

A escola municipal de ensino infantil Professora Alice Igreja. , localizada Rua Nilo
Fayal s\n bairro cuba, na cidade de Limoeiro do Ajuru- PA no prédio que pertencia ao antigo
grupo escolar Coronel Novaes no ano de 2006.
A E.M.E. I Professora Alice Igreja tem 17 salas, atualmente funciona com um número
de 276 alunos. Quanto a estrutura física, possui 09 salas de aulas, 1 diretoria, 1 secretaria
pedagógica, 1 sala da brinquedoteca, 1cozinha, 1 sala de leitura, 02 banheiros (feminino e
masculino separados) . A mesma tem boa iluminação é bem ventilada, apresenta ótima
limpeza. O número de alunos na sala observada, tem no total 19 alunos.
O professor responsável pelo estágio poderá fazer dessas experiências um excelente
material de estudo, analisando e fazendo leitura, e relacionando-a com as diversas historias
narradas, além de planejas ações de intervenção pedagógicas afim de propiciar possíveis
mudanças no quadro educacional. Andrade (2005, p.2) revela que “Com a teoria como
referencia, a pratica como referencia o professor deve procurar o real que se apresenta
diferente a cada dia” o autor acrescenta ainda que,

Não é suficiente, para o professor, saber os


conteúdos dos manuais e dos tratados; conhecer
as teorias da aprendizagem ; as técnicas de
manejos de classe e de avaliação; saber cor a
cronologia dos acontecimentos educativos;
nomear as diversas pedagogias da historia.
(ANDRADE, 2005, p1)

Deve adquiram certo saberes, presentes, em geral, nas matérias te escolares,


participando, além disso, da educação no sentido mais amplo, preparando-o para a vida
em sociedade.

DIÁRIOS DE OBSERVAÇÃO DE CAMPO

Diário de Instituição: E.M.E.I Professora Alice igreja


6

observação Data: 11, 12, 13, 14, 17 e 18 de Setembro de 2018


nº Local: Limoeiro do Ajuru
(1, 2, 3, 4, 5, 6) Hora de início/término da aula: 14:00 as 18:00hs
Professor(a) regente: Lucia Pantoja
Nível/Ano: Educação Infantil- JARDIM II
Estagiário (a): Ester Alves Virgolino

As aulas observadas apresentaram diferentes metodologias todas voltadas para um


melhor processo de ensino e aprendizagem, fazendo com que as crianças tenham melhor
conhecimento e entendimento do assunto estudado diariamente.
A escola apresenta uma rotina diária estabelecida e sistematizada pelos professores.
Desta forma, os horários de entrada e saída dos alunos são bem flexível, pois as rotinas
desses alunos são bem diversificado, sendo assim os horários para brincadeiras e intervalos
são bem organizados. As crianças realizam atividades no caderno, tem o horário de leitura,
brincadeiras, etc. a professora faz somente uma atividade em cada dia para as crianças,
fazendo com que elas não fiquem sobrecarregadas.
As metodologias usadas pelos professores facilitam as aulas de coordenação motora e
exercício de aprendizagem. As brincadeiras de roda, as músicas motivam para a leitura e
estimulam a aprendizagem do aluno. As aulas observadas tinham como conteúdo os
seguintes: sílabas complexas CRA,CRE, CRI, CRO, CRU numeral 40 e 41; Ação do dia
arvore ao ar livre; Noções de conjunto; Noções de tabelas e gráficos, e sílabas complexas
DRA, DRE, DRI, DRO, DRU na qual só observei uma turma do Jardim II.

3.1 ELABORAÇÃO DO TEXTO SOBRE A TEMÁTICA QUE IRÁ FUNDAMENTAR


OS 6 PLANOS DE AULA E 4 hs.

TEMA HIGIENE CORPORAL NA EDUCAÇÃO INFANTIL

O professor tem mais uma tarefa para desempenhar; ensinar o tema sobre a higiene é
muito importante, ainda mais no início da educação infantil. A escola possui um papel
fundamental no ensino da higiene pessoal principalmente em comunidades mais carentes em
que o tema nem sequer é comentado. Os cuidados de higiene pessoal são essenciais, pois
evitam que micróbios e outros seres vivos, como vermes, penetrem no nosso corpo e nos
causem doenças. É por meio desta higiene que ficamos fortes e saudáveis. É muito importante
para a saúde do corpo manter a higiene, sendo assim, é preciso cuidar melhor do seu corpo
para evitar males maiores em sua saúde. Existem algumas recomendações para mantermos
7

uma boa higiene. Tendo consciência da importância da nossa higiene corporal para prevenção
de doenças e nosso bem-estar, devemos procurar cumprir os requisitos para passarmos o
nosso dia-a-dia da melhor maneira possível. Fazendo isso, estaremos livres de doenças que
nos deixem indispostos para realização de nossas atividades, tanto no trabalho quanto fora. De
acordo com Libâneo “o planejamento escolar é uma tarefa docente que inclui tanto a previsão
das atividades didáticas em termos de organização e coordenação em face dos objetivos
propostos, quanto a sua revisão e adequação no decorrer do processo de ensino”.

PLANOS DE AULA PARA REGÊNCIA

PLANO DE AULA 01

NOME DA ESCOLAE.M.E.I Professora Alice igreja


Diretor (a): Egiane Godinho da Veiga
Professor Regente: Lucia Pantoja
Nível: Educação Infantil-Jardim II
Período: 10/09/2018 á 27/09/2018
Número de alunos: 19 Alunos
Data: 19/09/2018

TEMA: silabas complexas CR.


OBIJETIVO
Ao termino da aula, o aluno será capaz de
 Reconhecer sílabas complexas.
 Desenvolver a linguagem escrita e oral.
 Incentivar a leitur
8

CONTEÚDO:
 Ler um pequeno texto com as sílabas complexas CR.
 A partir da leitura explicar para os alunos a importância de conhecer cada família silábica.
 Após a explicação os alunos irão fazer uma pequena atividade de pintura, para identificar as letras.

METODOLOGIA

Será feita através de roda de conversa musicas, atividades praticas, atividades de escrita e colagem.

RECURSOS

Papel impresso, giz de cera, E.V.A, cola, tesoura e caneta, livros didáticos, cartolina e recorte e colagem.

AVALIAÇÃO
O alunos serão avaliados mediante a observação constante, interesse e participação em todas atividades proposta.

REFERENCIAS: Jakievicius, Mônica Vida no jardim / São Paulo 2002.


9

PLANO DE AULA 02

NOME DA ESCOLA E.M.E.I Professora Alice igreja


Diretor (a): Egiane Godinho da Veiga
Professor Regente: Lucia Pantoja
Nível: Educação Infantil-Jardim II
Período: 10/09/2018 á 27/09/2018
Número de alunos: 19 Alunos
Data: 20/09/2018

TEMA : numeral 40 e 41.



OBIJETIVOS:
Ao término da aula, o aluno será capaz de:
 Identificar os numerais.
 Estabelecer relação\correspondência de números e quantidade.
 Estimular atenção e raciocínio.

CONTEUDO
 Conversar com os alunos a respeito da importância do dia da árvore.
 Saber identificar vários tipos de árvores.
 Através do livro “vida na floresta” serão explicadas aos alunos como devemos cuidar das plantas.
 Em seguida realizar as atividades que foram elaboradas junto com as crianças.

METODOLOGIA
Será feita através de musicas explorando os numerais a serem com as crianças, em seguida teremos as
atividades que foram elaboradas junto com as crianças.
10

RECURSOS:
Lápis comum, Papel impresso, giz de cera, E.V.A, cola, tampinha de garrafa pet tesoura e caneta, livros
didáticos, cartolina e recorte e brinquedos.

AVALIAÇÃO:
Os alunos serão observados no decorrer dos procedimentos de ensino, respeitando a individualidade, as
limitações e o tempo de aprendizagem de cada um.

REFERENCIAS
PERES, Thalita Carlos Moreno Tomé. Vamos Brincar de Amarelinha? Portal do Professor.

PLANO DE AULA 03

NOME DA ESCOLA: E.M.E.I Professora Alice igreja


Diretor (a): Egiane Godinho da Veiga
Professor Regente: Lucia Pantoja
Nível: Educação Infantil-Jardim II
Período: 10/09/2018 á 27/09/2018
Número de alunos: 19 Alunos
Data: 21/09/2018

TEMA : Ação do dia da árvore.

OBIJETIVOS

Ao término da aula, o aluno será capaz de:


 Conscientizar da importância das arvores para nossa vida.
 Reconhecer as partes das plantas.
11

 Despertar a consciência ecológica.

CONTEUDO
Fazer uma leitura sobre o dia da arvore, explicando para as crianças .
Faz uma atividade de pintura identificando as partes das arvores. domésticos
......... .Finalizando com música, dança e teatro
METODOLOGIA
Será feita através de conversa, passeio aos redores da escola , Explicar às crianças como se planta uma
árvore, em seguida escolher um lugar ,apropriado e plantar juntamente com elas sementes ou mudas de
árvores.
RECURSOS
Papel crepom , Giz de cera, E.V.A, cola, Tesoura e Caneta, Jogos educativos, Recortes de figuras.

AVALIAÇÃO:
Se dará pelo entrosamento e pela participação dos alunos nas atividade

REFERENCIAS:
VALADARES, Solange. ARAÚJO, Solange. Alfabetização divertida – Belo Horizonte: Fapi, 2002.

PLANO DE AULA 04

NOME DA ESCOLA: E.M.E.I Professora Alice igreja


Diretor (a): Egiane Godinho da Veiga
Professor Regente: Lucia Pantoja
Nível: Educação Infantil-Jardim II
Período: 10/09/2018 á 27/09/2018
Número de alunos: 19 Alunos
Data: 24/09/2018
12

TEMA : Noções de conjuntos.

OBIJETIVOS
Ao termino da aula, o aluno será capaz de:
 Identificar tipos conjunto.
 Demostrar interesse em sentir capaz de relacionar o que é conjunto.
 Construir o conceito de conjunto.

CONTEUDO
 Conhecer os diferentes tipos de conjunto.
 Diferenciar.
 Fazer colagem com as crianças com os conjuntos pedidos.

METODOLIGIA
Será feita através de roda de conversa, estabelecendo regras de conjunto, como identificar os mesmo.
Exploração de objetos, confecções de murais, atividades de colagem, pintura e coordenação motora .

RECURSOS

Papel impresso, giz de cera, E.V.A, cola, tesoura e caneta.

AVALIAÇÃO:

O desenvolvimento da criança será focalizado em seus múltiplos aspectos, desenvolvimento este que é
pessoal e cujo ritmo deve ser respeitado.
13

REFERENCIAS

Jakievicius, Mônica Vida no jardim / São Paulo 2002.

PLANO DE AULA 05

NOME DA ESCOLA: E.M.E.I Professora Alice igreja


Diretor (a): Egiane Godinho da Veiga
Professor Regente: Lucia Pantoja
Nível: Educação Infantil-Jardim II
Período: 10/09/2018 á 27/09/2018
Número de alunos: 19 Alunos
Data: 25/09/2018
Tema da aula: Noções de tabelas e gráficos

OBIJETIVOS:

Ao termino da aula, o aluno será capaz de


 Observar informações em gráficos e tabelas.
 Identificar o gráfico.
 Analisar a informação transmitida por meio de gráfico e de tabela.

CONTEUDO
 Reconhecer os conjuntos.
 Identificar os numeros.
 A partir de leitura do texto, os alunos iram identificar os primeiros tipos de conjunto.

METODOLOGIA

 Será feita através de roda de conversa, exploração de objetos, confecções de murais,


atividades de colagem, pintura e coordenação motora .
14

RECURSOS:

 Papel cartão, rótulos , papel sufi, Giz de cera, E.V.A, cola, Tesoura e caneta, Jogos e
recreação
AVALIAÇÃO:
Avaliação será através da participação, criatividade e desenvolvimento de cada criança.
REFERENCIA
Valadares, Solange; Rogéria Araújo. Alfabetização divertida Belo Horizonte Fapi, 2002

PLANO DE AULA 06

NOME DA ESCOLA: E.M.E.I Professora Alice igreja


Diretor (a): Egiane Godinho da Veiga
Professor Regente: Lucia Pantoja
Nível: Educação Infantil-Jardim II
Período: 10/09/2018 á 27/09/2018
Número de alunos: 19 Alunos
Data: 26/09/2018
TEMA : numerais 42 e 43

OBIJETIVOS:

Ao termino da aula, o aluno será capaz de


 Identificar os numerais.
 Estabelecer relação\correspondência de números e quantidade.
 Estimular atenção e raciocínio.
15

CONTEUDO
 No primeiro momento conversar com os alunos sobre os meios de transportes.
 Desenhar na lousa os meios de transportes.
 Fazer um mural.
 Fazer uma atividade de pintura e produzir barquinhos de papel
METODOLOGIA
 Será feita através de musicas explorando os numerais a serem com as crianças, em seguida
teremos as atividades que foram elaboradas junto com as crianças.

RECURSOS:
 Papel impresso, Giz de cera, Cola branca, Cartolina
AVALIAÇÃO:
A avaliação será observada cada aluno como se desenvolve no decorrer da aula.

Referências:
Jakievicius, Mônica. Vida na Floresta - São Paulo: 1999.

DIÁRIO DE REGÊNCIA
Diário de Regência N° 01

Escola: E.M.E.I. Professor Alice Igreja


Data: 27/09/2017
Local: Limoeiro do Ajuru
Hora de Inicio/Término da Aula: 14:00 ás 18:00
Professora da sala: Lucia Pantoja
Nível/Série: Educação Infantil-Jardim II
16

Número de Alunos: 19

Chegando à escola cumprimentamos os funcionários e a professora regente, seguimos


para a sala de aula, na qual esperamos todos os alunos chegarem para começar a aula. Iniciou-
se a aula com a oração, que e a rotina estabelecida pelo professor. A turma e composta por 19
alunos onde a faixa etária são de 05 a 06 anos de idade.
O conteúdo foi repassado conforme o plano de aula que foi elaborado pelos
professores, com o objetivo de conhecer a silaba complexa cra, cre, cri, cro, cru e suas
representações. Quero enfatizar que essa turma tem muita facilidade de aprendizagem.

Diário de Regência N° 02

Escola: E.M.E.I. Professor Alice Igreja


Data: 28/09/2017
Local: Limoeiro do Ajuru
Hora de Inicio/Término da Aula: 14:00 ás 18:00
Professora da sala: Lucia Pantoja
Nível/Série: Educação Infantil-Jardim II
Número de Alunos: 19
Chegando à escola cumprimentamos os funcionários e a professora regente, seguimos
para a sala de aula, chegarem para começar a aula. Iniciou-se a aula com a oração e com a
música, depois seguiu para a chamadinha e leitura dos numerais e das formas e cores,
seguindo da leitura das vogais, sempre junto com musiquinhas de cada vogal lido, após as
17

leituras começou a atividade sobre os numerais 40 e 41dia falando sobre a importância de


conhecer os números e depois de conversar com as crianças passamos para uma atividade
com os numerais, na qual interagimos e deixando as crianças escreverem os numerais, onde
podemos perceber como estão sua caligrafias e seus conhecimentos sobre a contagem dos
numerais em estudo.

Diário de Regência N° 03

Escola: E.M.E.I. Professor Alice Igreja


Data: 21/09/2018
Local: Limoeiro do Ajuru
Hora de Inicio/Término da Aula: 14:00 ás 18:00
Professora da sala: Lucia Pantoja
Nível/Série: Educação Infantil-Jardim II
Número de Alunos: 19

Iniciou-se a aula com a oração e com a música, depois seguiu para a chamadinha e
leitura dos numerais e das formas e cores, seguindo da leitura das vogais, sempre junto com
musiquinhas de cada vogal lido, após as leituras começou a atividade sobre o dia da arvore,
na qual falamos sobre a importância das arvores em nossas vidas, desenhos animados e por
todos os lugares da vida por onde andam, levando a criança a possuir um caráter de
identificação de suas vivências pessoais e sociais.

Diário de Regência N° 04

Escola: E.M.E.I. Professor Alice Igreja


Data: 24/09/2018
Local: Limoeiro do Ajuru
Hora de Inicio/Término da Aula: 14:00 ás 18:00
Professora da sala: Lucia Pantoja
Nível/Série: Educação Infantil-Jardim II
Número de Alunos: 19
18

Seguiu a aula com a oração e com a música, depois seguiu para a chamadinha e leitura
dos numerais e das formas e cores, seguindo da leitura das vogais, sempre junto com
musiquinhas de cada vogal lido, após as leituras começou a atividade sobre noções de
conjunto na qual podemos proporcionar as crianças o conhecimento de como formar um
conjunto, mostrando dentro do ambiente e a sua volta o que conjunto, fizemos colagens e
pinturas com diferentes tipos de conjunto.

Diário de Regência N° 05

Escola: E.M.E.I. Professor Alice Igreja


Data: 25/09/2018
Local: Limoeiro do Ajuru
Hora de Inicio/Término da Aula: 14:00 ás 18:00
Professora da sala: Lucia Pantoja
Nível/Série: Educação Infantil-Jardim II
Número de Alunos: 19

Chegando à escola cumprimentamos os funcionários e a professora regente, seguimos


para a sala de aula, chegarem para começar a aula. Seguiu a aula com a oração e com a
música, depois seguiu para a chamadinha e leitura dos numerais e das formas e cores,
seguindo da leitura das vogais, sempre junto com musiquinhas de cada vogal lido, após as
leituras começou a atividade sobre Noções de tabelas e gráficos , explicando e dando
exemplos prévio dos alunos na leitura e interpretação de gráficos e tabelas, fizemos uma
atividade com a informação transmitida por meio de gráfico e de tabela, finalizamos com
brincadeiras para estimular o aluno a utilizar gráficos e tabelas .

Diário de Regência N° 06

Escola: E.M.E.I. Professor Alice Igreja


Data: 04/10/2018
Local: Limoeiro do Ajuru
Hora de Inicio/Término da Aula: 14:00 ás 18:00
Professora da sala: Lucia Pantoja
Nível/Série: Educação Infantil-Jardim II
19

Número de Alunos: 19

Chegando à escola cumprimentamos os funcionários e a professora regente, seguimos


para a sala de aula, Seguiu a aula com a oração e com a música, depois seguiu para a
chamadinha e leitura dos numerais e das formas e cores, seguindo da leitura das vogais,
sempre junto com musiquinhas de cada vogal lido, após as leituras começou a atividade sobre
os numerais 42 e 43 na qual primeiro conferimos de 0 a 43, seguindo escrevendo na lousa os
numerais , depois dessa atividade fomos para o intervalo e quando voltamos fizemos uma
atividade de pintura, na qual tinham que pintar só os que eram os numerais 42 e 43 .
Mostramos para os alunos como explorar e reconhecer os números para quantificar números
de 0 a 43.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Após o término desse estágio é possivel perceber que a educação de nossa escola
passa por momento de ações inovadoras no prcesso metodológicos de ensino-aprendizagem
na pedagogia prosposta por Paulo Freire em que visa a interdisciplinaridade e a valorização
dos saberes e a cultura de cada educando.

Esse estágio foi instrumento de aquisição de um mundo novo, num ponto de vista
crítico e esclarecedor. Na qual vivenciamos experiências inovadoras, que nos trouxeram a
realidade da educação, e do sistema escolar, e também me possibilitou relembrar o tempo que
estudei na comunidade e me fez lembrar-se das dificuldades que enfrentei para terminar meu
ensino básico. Essa vivência contribuiu bastante para nossa formação profissional e pessoal,
nos ajudando como desempenhar esse papel.
Portanto, o papel do professor abrange mais do que a rotina de sala de aula, mas
completa-se pelo cuidado do professor em relação ao seu aluno. Partindo desta ideia, é
possível perceber a necessidade de o professor ter um olhar zeloso sobre cada criança, um
olhar que o acompanhe em casa, nos corredores da escola e principalmente dentro da sala de
20

aula. Para tanto, é necessário que haja envolvimento, afeto, dedicação, pois somente assim
formar-se-á cidadãos mais reflexivos que contribuirão para uma sociedade melhor. O
educador tem de estar consciente que vai trabalhar com crianças, pois seus atos podem refletir
no comportamento infantil. Lembrar que a ausência de carinho, afetividade, reflete uma
imagem negativa.

REFERÊNCIAS

ANDRADE, Arnon Mascarenha de Andrade. O Estágio Supervisionado e a Práxis Docente.


In: SILVA Lucia Santos Ferreira da. ( ORG.) Estágio Curricular : Contribuições para o
Redimensionaento de sua Prática. Natal: EdUFRN, 2005. Disponivel em:
www.educ.ufrn.br\arnon\estagio.pdf: acesso em 04 de outubro de 2018.

LIBÂNEO, José Carlos. Didática/José Carlos Libâneo-São Paulo: Cortez, 1994 –(coleção
magistério ,2° grau. Serie formação do professor

LIBÂNEO, José Carlos. Pedagogia e Pedagogos, para quê? São Paulo: Cortez, 1999.

JAKIEVICIUS, Mônica. Vida nos rios. São Paulo, 2003.


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ. Biblioteca Central. Normas para
apresentação de trabalhos. 2. ed. Curitiba: UFPR, 1992. v. 2.

VALADARES, Solange/ ARAÚJO,Rogéria. Alfabetização divrtida: Belo Horizonte, Fapi,


2002.