Sei sulla pagina 1di 3

DIP 2019 Coreia do Norte

Apocalipse 2.10b “Seja fiel até a morte, e eu lhe darei a coroa da vida

“Quanto maior a escuridão, mais fácil é identificar a luz” Ir. André portas abertas.

Introdução:

1. Apresentação do DIP

2. Apresentação do País

3. Apresentação do Estudo de hoje

Na aula de hoje nós estaremos divididos em duas igrejas: Na igreja primitiva e na igreja que existe na Coreia do Norte atual. Nosso objetivo é perceber paralelos existentes entre essas duas igrejas e a partir disso retirar algumas lições para a nossa própria vida hoje. O estudo está dividido em 5 pontos.

a. Situação (qual a situação das duas igrejas?)

b. Origem (Como começa a perseguição nessas igrejas?)

c. Reação (Quais as suas reações diante da perseguição?)

d. Resultados (Qual a consequência da perseguição para elas?)

e. Lições (O que podemos aprender com ele e com tudo o que passam?)

A. SITUAÇÃO

i. A IGREJA PRIMITIVA

a. As doutrinas que os apóstolos trouxeram para a igreja primitiva entraram em conflito com algumas autoridades religiosas judaicas. Isto levou à expulsão dos cristãos das sinagogas. O livro de Atos registra o martírio dos líderes cristãos, como Estêvão e Tiago Zebedeu. A partir daí o cristianismo adquiriu uma identidade distinta do judaísmo rabínico.

b. Abrir a bíblia em Atos 2

i. O Espírito Santo foi dado aos discípulos, que: “começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito os capacitava” (2.4).

ii. Isto levou a muitas conversões: “naquele dia houve um acréscimo de cerca de três mil pessoas” (2.41).

iii. Eles faziam tudo “louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo” (2.47).

iv. “Os apóstolos realizavam muitos sinais e maravilhas entre o povo” (5.12).

v. “Em um número cada vez maior

vi. Resumindo: A igreja crescia.

ii. A IGREJA DA COREIA DO NORTE

criam no Senhor e eram acrescentados” [à igreja] (5.14).

a. Ler 2 Tm 3.12

b. Diferente da igreja primitiva, a igreja norte-coreana vive tempos difíceis, muito difíceis.

c. A Coreia é uma terra governada por uma série de brutais ditadores, um país que ameaça o mundo inteiro com seu arsenal nuclear, uma série de líderes imprevisíveis que bloquearam várias administrações dos EUA. Atualmente governada por Kim Jong-un, a Coreia do Norte também tem um dos mais sombrios registros contra os direitos humanos na era moderna. Para os cristãos, a vida cotidiana é uma luta os cristãos são forçados a cultuar clandestinamente, ou nas poucas igrejas controladas pelo Estado (que não são igrejas reais), disponíveis para adoração pública.

d. Se forem pegos, os cristãos podem ser presos e mortos. Existem dezenas de milhares de cristãos em prisões

ou campos de detenção e trabalhos forçados ou em aldeias prisionais de tortura, onde muitos estão sofrendo sob condições inimagináveis. De acordo com um relatório especial da ONU de 2014, “o Estado [norte-coreano] considera a propagação do cristianismo uma ameaça” e trata seus adeptos como terroristas.

B. ORIGEM

I. A IGREJA PRIMITIVA

a. Ler At 5.17

b. As autoridades (tanto civis quanto religiosas) “ficaram cheias de inveja” (Atos 5.17).

c. Crentes sendo presos (Atos 5.18-19).

d. Crentes sendo interrogados (Atos 5.27).

e. Foram proibidos de pregar (Atos 5.28 e 5.40)

II.

A IGREJA DA COREIA DO NORTE

a. A origem da coreia do Norte

i. A pergunta que fica é: o que aconteceu antes de 9 de setembro 1948 (ano da proclamação da independência da coreia do norte)? Como funcionava a igreja antes disso?

1. Como em qualquer outro pais, para se ter uma ideia, o fundador do regime, Kim II-sung, falecido em 1994, foi criado por seus avós, que eram crentes, não só isso, mas diáconos na igreja. Os pais dele também eram cristãos comprometidos. O pai, Kim Hyong-jik, não simpatizava com o comunismo porque os comunistas não aceitavam o amor e os direitos iguais do cristianismo. A igreja protestante Chilgol em Pyongyang é dedicada à sua mãe, Kang Pan-sok, cujo nome significa pedra. O nome dela vem do apóstolo Pedro, que foi nomeado Cefas (pedra) por Jesus.

2. Como é que tendo sido criado em um ambiente cristão, ele pôde cometer tantos atos contra os direitos humanos e até mesmo perseguir a igreja de Cristo? Um dos fatores que talvez explique isso seja o fato de que um de seus primeiros e mais fortes oponentes tenham sido os cristãos. Houve vários confrontos entre grupos prós e anticomunistas, sendo que os cristãos lideravam a maioria das atividades anticomunistas na época. No final, Kim Il-sung ganhou a batalha e muitos líderes cristãos foram presos e outros executados mesmo antes de 1948.

3. A partir de então, os cristãos da Coreia do Norte tinham três opções: se tornar comunista e abandonar a fé cristã, se tornar um mártir ou fugir para a Coreia do Sul. Cerca de 1,5 milhão de norte-coreanos fugiram em segurança para a Coreia do Sul entre 1946 e 1953, entre os quais havia muitos cristãos. Mesmo assim, nem Kim Il-sung nem seus sucessores obtiveram êxito na tentativa de varrer o cristianismo da Coreia do Norte. Para os cristãos, comemorar os 70 anos da Coreia do Norte é comemorar a resiliência da igreja de Deus e agradecer a ele por

seus olhos estarem sempre sobre essa nação.

ii.

O

cristianismo já foi muito prospero na coreia, sua capital já foi apelidada de Jerusalém do oriente

os Japoneses dominavam o país e os cristãos acabaram se tornando representação do nacionalismo

norte-coreano. Mesmo a contragosto dos líderes japoneses o cristianismo prosperou, missionários fundaram instituições de ensino. Porém quando o país se torna independente e se liga ao comunismo,

o

cristianismo passa a ser visto como uma ameaça e os crentes passam mais duramente perseguidos.

iii.

Durante a Guerra da Coreia (1950-53) muitos cristãos fugiram e depois da guerra, dezenas de milhares de cristãos foram mortos, presos ou banidos para áreas remotas. O resto da igreja foi para o subsolo, cultuar em cavernas e lugares escondidos.

C.

REAÇÃO

I. A IGREJA PRIMITIVA

a. Desde o início os cristãos foram sujeitos a várias perseguições. Mas, não deixaram de crer e professar sua fé mesmo sofrendo prisões, torturas e morte. Tinham profundo compromisso com Deus e com o próximo. A manifestação extraordinária de Deus estava presente na vida da igreja. Os primeiros cristãos esperavam todos os dias a volta de Jesus. Viveram olhando para o alto, de onde vinha o socorro (Salmos 121.1). Não amaram o presente século, nem o mundo, mas a Deus acima de tudo. Deram suas vidas pelo bom testemunho do

Evangelho e foram “fiéis até a morte” Apocalipse 2.10b

O mundo não era digno deles.

b. FIDELIDADE: “É preciso obedecer antes a Deus do que aos homens(Atos 5.29)

c. CONFIANÇA: “alegres por terem sido considerados dignos de serem humilhados por causa do Nome” (Atos

5.41)

II. A IGREJA DA COREIA DO NORTE

a. Ler Mt 10:21

b. Os cristãos da Coreia do Norte têm reagido à perseguição assim como os cristãos da igreja primitiva. Eles têm sofrido prisões, torturas e até a morte, mas não abrem mão da sua fé em Jesus. A igreja cresce silenciosa, experimenta milagres e o poder de Deus. Dá bom testemunho do que tem aprendido.

d.

Logo, uma comunidade de cristãos surgiu ali. Eu tentei ensiná-los o que eu sabia. Talvez não fosse o suficiente,

e eu não possuía uma Bíblia. Eu só podia compartilhar os versículos que havia decorado. Reuníamo-nos em

lugares secretos e cantávamos hinos bem baixinho. Eu sentia paz, apesar das circunstâncias, e não temia mais

a morte.

D. RESULTADOS

i. A IGREJA PRIMITIVA

a. Ler Atos 5.42 Nada pode parar a igreja de Jesus

b. Testemunho de Crisostomo

i. Foi levado ao imperador que fez diversas ameaças para que ele abandonasse a fé. Ameaçou deportá- lo, ameaçou mata-lo, ameaçou confiscar seus bens e ameaçou afasta-lo de todos aqueles que ele

Não

não podes confiscar meus bens,

Não podes me afastar dos meus amigos, porque tenho um amigo

amava. Sua resposta foi “Majestade, não podes me banir, pois o mundo é a casa do meu Pai

podes matar-me, pois minha vida está guardada com Cristo em Deus

pois meus tesouros estão nos céus

nos céus que disse: “De maneira alguma te deixarei, jamais o abandonarei””

1. Que testemunho, nada pode seduzir um cristão que realmente confia em Deus.

ii. A IGREJA DA COREIA DO NORTE

a. Assim como a igreja primitiva, a igreja na Coreia do Norte não para. Num país governado por paranoia

Ditatorial, onde todos os cidadãos têm a obrigação de reverenciar seus líderes, os cristãos continuam orando

e crendo secretamente. A visão comunista daquele país coloca o cristianismo como um inimigo, mas, mesmo

assim, a igreja segue crescendo.

b. Embora a pressão aos cristãos aconteça em um nível muito elevado em todas as esferas da vida, eles não

negam a fé quando descobertos. Quem entra para a família cristã sabe que deve fazer isso em sigilo. Família, vizinhos e até mesmo os melhores amigos não podem descobrir que alguém se converteu a Cristo, e se isso acontecer, a pessoa passa a ser perseguida, hostilizada e pode até mesmo ser presa pelas autoridades.

c. Para ser crente na coreia do norte você precisa estar disposto a perder sua terra, perder seus bens, perder

Apesar de tudo isso, a igreja cresce. Se

todos que você ama, sofrer fisicamente e até mesmo morrer

tivéssemos acesso ouviríamos muitos testemunhos semelhantes ao de Crisostomo.

d. Com base em informações de dentro do país, a Portas Abertas estima uma média entre 200.000 e 400.000 cristãos. Quaisquer que sejam as estatísticas usadas, todas mostram que a igreja doméstica parece estar

inativa, porém cresce firme na fé.

E. LIÇOES

i. O testemunho dessas igrejas deve nos encorajar

ii. O testemunho dessas igrejas deve nos despertar para ajuda-los

a.

Orando

b.

Sendo voluntários

c.

Espalhando essas informações

d.

Doando

e.

E

se Deus te chamar: Vá!