Sei sulla pagina 1di 3

ESCOLA SUPERIOR DA AMAZÔNIA

CURSO DE BIOMEDICINA

GESTÃO EM SAÚDE

ATIVIDADE

ADRIA MIQUELY ALVES DIAS

BÉLEM- PA

2019
Atividade de Gestão em Saúde

Questão 1- Se você efetuar uma contratação de gestor área da saúde, quais seriam
as principais observações que você faria para o exercício de sua função?
RESPOSTA: Observar a liderança, autoconfiança, responsabilidade no cargo,
dinamismo, controle e avaliação, a interação do gestor com os demais órgãos
governamentais executivos, mais do que um administrador, o gestor do SUS é a
“autoridade sanitária” em cada esfera de governo, cuja ação política e técnica devem
estar pautadas pelos princípios da reforma sanitária brasileira. O desempenho depende
de conhecimentos, habilidades e experiências no campo da gestão pública e da gestão
em saúde. As suas funções podem ser definidas como um conjunto articulado de saberes
e práticas de gestão necessária para a implementação de políticas na área da saúde, que
devem ser exercidas de forma coerente.

Questão 2- O SUS é norteado por 3 princípios. Quais são esses princípios, e como
eles são aplicados na prática? Efetue uma análise das vantagens e obstáculos desses
princípios em ordem prática.
RESPOSTA: São os três princípios doutrinários que conferem legitimidade ao SUS,
como a universalidade, integralidade e a equidade. A universalidade está ligada à
garantia do direito a saúde por todos os brasileiros, sem acepção ou discriminação, de
acesso aos serviços de saúde oferecidos pelo SUS, ele é extremamente relevante para a
consolidação da democracia, pois, partir de então, não apenas as pessoas com carteira
assinada (ligadas à previdência) poderiam contar com tais serviços, mas toda a
população. A integralidade parte da ideia que existe várias dimensões que são
integradas envolvendo a saúde dos indivíduos e das coletividades, assim o SUS procura
ter ações continuas no sentido da promoção, da proteção, da cura e da reabilitação. O
objetivo da equidade, é diminuir desigualdade, mas isso não significa que a equidade
seja sinônimo de igualdade, ela é a garantia a todas as pessoas, em igualdades de
condições, ao acesso às ações e serviços dos diferentes níveis de complexidade do
sistema, então o que determinara as ações será a prioridade epidemiológica e não o
favorecimento, investindo mais onde a carência é maior.

Questão 3- Na sua avaliação, quais são os principais impactos que o mercado


privado sofreu com a implantação da lei N° 9.656/98? Quais foram os 65 ganhos e
obstáculos para os clientes e prestadores de serviços?
RESPOSTA: Essa lei regulamenta os planos privados de assistência à saúde no Brasil,
houve avanços expressivos na garantia de atendimento aos beneficiários de planos de
saúde, com ênfase no compromisso com a qualidade dos serviços prestados, a lei
possibilitou mudanças estruturais profundas no setor, que refletiram diretamente na
ampliação da assistência à saúde, foram definidos os períodos de carência, os reajustes
passaram a ter critérios de controle, além da proibição dos limites quanto à internação
dos beneficiários da rescisão unilateral dos contratos e da possibilidade de seleção dos
beneficiários quanto ao risco, garantindo acesso amplo aos planos de saúde.