Sei sulla pagina 1di 11

eBOOK

OS ANJOS
E A BÍBLIA
Pr. Cpl. Edmar R. S. Mota
1. INTRODUÇÃO:

SUMÁRIO 1.1. OS ANJOS DO SENHOR


1.2. OS ANJOS CAÍDOS (DEMÔNIOS)
2. QUANTO A NATUREZA:
2.1. SÃO SERES CRIADOS
2.2. SÃO SERES ESPIRITUAIS:
DÚVIDAS FREQUENTES
2.3. SÃO SERES SOBRE-HUMANOS:
3. QUANTO A CLASSIFICAÇÃO:
3.1. CLASSES – REPRESENTAÇÕES:
3.2. TIPOS:
4. QUANTO A SEU CARÁTER:
5. QUANTO A SUA OBRA:
OUTROS CITAÇÕES DE ANJOS NA BÍBLIA:
6. SATANÁS
6.1. NOMES QUALIFICATIVOS
6.2. QUANTO AO SEU CARÁTER
6.3. QUANTO AS SUAS ATIVIDADES
6.4. QUANTO AO SEU DESTINO
1. INTRODUÇÃO:
1.1. ANJOS DO SENHOR:
▪ A palavra hebraica usada no AT para anjo é mal’ak, que significa
“mensageiro” ou “representante”.
▪ No latim é angelus e no grego ággelos (ἄγγελος), ambos com o mesmo
significado mensageiro.
▪ A palavra anjo(s) aparece cerca de 3.000 (combinada) na Bíblia.
▪ Seu trabalho é referenciado cerca de 150 vezes.
▪ São mencionados em 34 livros da Bíblia (em pouco metade dos livros).
▪ A palavra grega para anjo mais frequentemente usada no NT é ángelos, a
qual aparece 175 vezes.

1.2. ANJOS CAÍDOS (DEMÔNIOS):


▪ No NT a palavra grega para demônio é daimonion ou daimonia.
▪ São anjos caídos perversos que trabalham ao lado de Satanás desde o princípio com a finalidade de
destruir a humanidade e afastá-la de Deus.
▪ São seres sobrenaturais como os anjos, de forma que se pode esperar que tenham os mesmos
atributos que os outros anjos.
▪ No VT demônios são retratados como deuses dos idólatras.
▪ Sl 106:37 - “demais disto, sacrificaram seus filhos e suas filhas aos demônios”.
▪ A palavra hebraica é sedîm.
▪ Dt 32:17 - “sacrifícios oferecem aos demônios, não a Deus...”; a deuses que
não conheceram, a deuses que surgiram recentemente, a deuses que os
seus antepassados não adoraram.
▪ Outra palavra hebraica usada era s’îrîm (da raiz s’îr, bode). Associação com
os Sátiros da mitologia que se pareciam com o deus grego Pan.
▪ 2 Cr 11:15 - “nomeando seus próprios sacerdotes para os altares idólatras e
para os ídolos que haviam feito em forma de bodes e de bezerros”.

2. QUANTO A NATUREZA:
2.1. SÃO SERES CRIADOS:
▪ Cl 1:16 - “Porque Nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis,
sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades; tudo foi criado por ele e para
ele”.
▪ Todos os anjos foram criados de uma só vez.
▪ Ne 9:6 - “Só tu és Senhor; Tu fizeste o céu, o céu dos céus, e todo o seu exército, a terra e tudo quanto
nela há, os mares e tudo quanto neles há, e Tu os guardas com vida a todos; e o exército dos céus Te
adora”.
▪ É impossível fixar o tempo em que foram criados, mas a resposta de Deus à Jó declara que os anjos
foram criados antes de todas as coisas (Jó 38:4,7).

3
2.2. SÃO SERES ESPIRITUAIS:
a) SÃO IMORTAIS:
▪ Como Deus, são espíritos (sem matéria).
▪ Lc 20:35 - “mas os que forem havidos por dignos de alcançar o mundo vindouro, e a ressurreição
dentre os mortos, nem hão de casar, nem ser dados em casamento; (36) porque já não podem mais
morrer; pois são iguais aos anjos, e são filhos de deus, sendo filhos da ressurreição”.
b) SÃO SERES PESSOAIS:
▪ Têm intelecto, emoções e vontade.
▪ Eles se alegram (logo, devem se entristecer também) com a criação de Deus e com o pecador que se
arrepende.
▪ Lc 15:7 - “digo-vos que assim haverá alegria no céu por um pecador que se arrepende, mais do que
por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento”.
▪ Possuem sabedoria e podem discernir entre o bem e o mal (2Sm 14:17-20).
▪ Anseiam em compreender o plano de Deus da redenção completo.
▪ 1 Pe 1:12a - “...Eles ministravam estas coisas que agora vos foram anunciadas por aqueles que, pelo
Espírito Santo enviado do céu, vos pregaram o Evangelho; para as quais coisas os anjos desejam bem
atentar”.
▪ Não são mediadores da salvação.
c) NÃO POSSUEM GÊNERO:
▪ Na maioria das vezes os anjos são sempre descritos como varões, porém na realidade eles não têm
sexo, ou seja não podem se reproduzir (Mc 12:25).
▪ A quantidade de anjos não se altera.
d) SÃO NUMEROSOS:
▪ Não é possível determinar quantas destas criaturas de Deus foram criadas.
▪ A Bíblia se refere aos anjos por meio de números metafóricos, indicando grande quantidade, mas em
nenhuma parte há um número exato.

▪ Hb 12:22 - “mas chegastes ao Monte Sião, e à cidade do Deus


vivo, à Jerusalém celestial, e aos muitos milhares de anjos”.
▪ Mt 26:53 - “mais de doze legiões de anjos...” Legião romana:
entre 3.000 a 12.000 soldados. Jesus falou de cerca de 1000.000
anjos prontamente disponíveis para vir ao seu socorro.
DÚVIDAS FREQUENTES:
QUAL É A HABITAÇÃO DOS ANJOS?
▪ Os anjos habitam nas esferas celestiais (Mc 13:32).
▪ Paulo escreveu: Gl 1:8a - “mas, ainda que nós mesmos ou um anjo vindo do céu...”
▪ Podemos afirmar que o céu espiritual encontra-se habitado por inumeráveis exércitos de anjos.
E A HABITAÇÃO DOS ANJOS CAÍDOS?
▪ Jd 1:6 - “e aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação,
reservou na escuridão e em prisões eternas até ao juízo daquele grande dia; (7) assim como Sodoma e
Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que, havendo-se entregue à fornicação como aqueles, e ido
após outra carne, foram postas por exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno” .
▪ Este e outros textos bíblicos nos levam a deduzir que há 02 classes de demônios:
a) Anjos caídos que se rebelaram contra Deus seduzidos por Satanás e continuam atuando até os dias de
hoje.
▪ 1Jo 5:19b - “...o mundo inteiro jaz no maligno” - Satanás e seus anjos se encontram no planeta terra, só
que numa dimensão espiritual. Por isto, não os vemos.
b) Anjos que cometeram um pecado muito grave. Foram presos até o Dia do Julgamento.
▪ Teriam se misturado com mulheres gerando uma raça de seres malignos - Combatida no AT, antes e
depois do Dilúvio.
▪ 2Pe 2:4 - “Porque se Deus não poupou a anjos quando pecaram, mas lançou-os no inferno, e os
entregou aos abismos da escuridão, reservando-os para o juízo”.

4
QUAL É A APERÊNCIA DOS ANJOS?
▪ Podem assumir a forma de corpos humanos, tornando-se visíveis (Gn 19:1-3).
▪ Aparecem em diferentes tamanhos. Alguns têm o tamanho dos humanos, enquanto outros são
enormes.
▪ Ap 10:2 - “e tinha na sua mão um livrinho aberto. E pôs o seu pé direito sobre o mar, e o esquerdo
sobre a terra”;
▪ Não aparecem na Bíblia anjos com aparência de crianças (Cupidos, Querubins, retratados como bebês
nus e de cabelos encaracolados).
▪ Pessoas não viram anjos.

DEVEMOS ORAR P/ OS ANJOS?


▪ Não se deve adorar os anjos, nem lhes dirigir oração.
▪ Ap 19:10 - “e eu lancei-me a seus pés para o adorar; mas ele disse-me: olha não faças tal; sou teu
conservo, e de teus irmãos, que têm o testemunho de Jesus. adora a Deus; porque o testemunho de
Jesus é o Espírito de Profecia”.

2.3. SÃO SERES SOBRE-HUMANOS:


a) NÃO SÃO ONIPOTENTES:
▪ 2Pe 2:11 - “Enquanto os anjos, sendo maiores em força e poder, não pronunciam contra eles juízo
blasfemo diante do Senhor”.
▪ Sl 103:20 - “Bendizei ao Senhor, vós anjos seus, poderosos em força, que cumpris as suas ordens,
obedecendo à voz da sua Palavra!”
▪ Anjos e demônios têm poder limitado.
▪ Eles lutam contra os anjos maus.
▪ Ap 12:7 - “e houve batalha no céu; Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão, e batalhavam o
dragão e os seus anjos”.
▪ Um dia seremos alçados a uma posição superior à dos anjos.
▪ 1Co 6:3 - “Não sabeis vós que havemos de julgar os anjos? quanto mais as coisas pertencentes a esta
vida?”.
b) NÃO SÃO ONISCIENTES:
▪ Mesmo que os anjos tenham muito mais conhecimento sobre o mundo espiritual do que nós, eles não
sabem todas as coisas.
▪ Mt 24:36 - “mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai”.

5
c) NÃO SÃO ONIPRESENTES:
▪ Não estão limitados ao espaço/tempo.
▪ Só podem estar em um lugar de cada vez.
▪ Possuem espantosa velocidade no deslocamento dos céus para a terra, podendo fazê-lo
instantaneamente.
▪ Mt 26:53 - “ou pensas tu que eu não poderia agora orar a meu Pai, e que ele não me daria mais de
doze legiões de anjos?”.
▪ São incorpóreos, entretanto podem ostentar forma corpórea que pode tocar e ser tocada, bem como
alimentar-se.alguns recebem dons estranhos (capacitação sobrenatural): ler a sorte, força sobrenatural,
etc.
▪ Enganam, influenciam e levam as pessoas a pecar.
▪ Gn 19:3 - “e porfiou com eles muito, e vieram com ele, e entraram em sua casa; e fez-lhes banquete, e
cozeu bolos sem levedura, e comeram”.
▪ Os demônios podem tomar posse de uma pessoa. Inclusive até mais de um demônio (Mc 16:9).
▪ Procuram imitar a obra de Deus - possessão demoníaca.
▪ Podem possuir animais para cumprir seus intentos perversos.
▪ Mt 8:31 - “e os demônios rogavam-lhe, dizendo: se nos expulsas, manda-nos entrar naquela manada de
porcos”.
▪ Alguns recebem dons estranhos (capacitação sobrenatural): ler a sorte, força sobrenatural, etc.
▪ Ef 6:11 - “Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas
ciladas do Diabo”.

3. QUANTO A CLASSIFICAÇÃO:
3.1. CLASSES – REPRESENTAÇÕES:
▪ A Bíblia especifica certas classes de anjos.
▪ Representações principais de supremacia entre os anjos: Tronos, Principados, Autoridades e Poderes.
▪ Ef 3:10 - “para que agora, pela igreja, a multiforme sabedoria de Deus seja conhecida dos Principados e
Potestades nos céus, (11) segundo o eterno propósito que fez em Cristo Jesus Nosso Senhor”.

6
a) Tronos (do grego Tronoi) significa “Assento de honra", utilizado por alguém poderoso.
▪ A palavra refere-se a tronos humanos e celestiais.
▪ Não se pode afirmar que posição ocupa numa hierarquia, mas sem dúvida, mostra que é um posto de
autoridade.
▪ Em Ap 4:4 - Tronos ao redor do trono de Deus.
▪ Pérgamo é chamada de Trono de Satanás.
▪ Ap 2:13 - “...e reténs o meu nome, e não negaste a minha fé, ainda nos dias de Antipas, minha fiel
testemunha, o qual foi morto entre vós, onde Satanás habita”.
b) Principados (grego Archai) significa “autoridades” e “governos”.
▪ Pode significar “Esfera de influência" de vários poderes espirituais.
▪ Possivelmente, refere-se a poderes espirituais que exercem domínio ou influência sobre vastas regiões
celestes.
▪ Cl 2:15 - “e, tendo despojado os poderes e as autoridades, fez deles um espetáculo público, triunfando
sobre eles na cruz”.
c) Potestades (grego Exousiai) refere-se a poderes mundanos e em algumas passagens adquire uma
conotação espiritual.
▪ Em muitas passagens bíblicas, o termo “Potestades” vem citado depois da palavra “Principados”, o que
pode indicar uma hierarquia ou até uma extensão de domínio inferior.
3.2. TIPOS:
a) ANJOS:
▪ A Bíblia está repleta de relatos sobre os anjos e suas atribuições: louvar a Deus, guerrear ao lado do
povo de Deus, guardar a nação de Israel, trazer recados de Deus, dentre outras.
▪ O único nome de anjo é Gabriel.
▪ A palavra Gabriel vem do hebraico “Gabriy'el", que quer dizer “Guerreiro de Deus"
ou “Homem de Deus", provindo da junção de “Geber", “Homem Forte" ou
“Guerreiro" e “El”.
▪ É o anunciador das grandes mensagens de Deus para a humanidade.
▪ Apareceu a Daniel para explicar a visão de um carneiro e um bode (Dn 8:16) e a
profecia das setenta semanas (9:21).
▪ No Novo Testamento, apareceu durante a anunciação do nascimento de João
Batista e de Jesus Cristo (Lc 1:19).
b) ARCANJOS:
▪ A palavra Arcanjo é de origem grega e significa o principal entre os anjos. O prefixo “Arc”, nos sugere
tratar-se de um anjo chefe, principal e poderoso.
▪ Aparece somente duas vezes nas Escrituras Sagradas, uma em Jd 1:9, e outra no texto em 1 Ts 4:16.
▪ O único arcanjo referenciado pela Bíblia é Miguel, cujo nome significa “Aquele que é semelhante a
Deus“.
▪ Jd 1:9 - "mas o arcanjo Miguel, quando contendia com o Diabo, e disputava a
respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição contra ele;
mas disse: O Senhor te repreenda".
▪ Em Dn 10:13 Miguel é chamado “Um dos primeiros príncipes”, dando a entender
que existem outros como ele.
▪ Em Ap 12:7-9 Miguel e um exército de anjos lutam contra o Diabo e seus anjos e
os derrotam.
▪ O livro de Tobias menciona Rafael, o qual teria sido enviado por Deus para curar a
cegueira de Tobias.
▪ No outro livro apócrifo de Esdras, Uriel também é chamado de Arcanjo.

7
c) SERAFINS:
▪ A palavra hebraica para Serafim é “Saraph", que significa Serpente que Queima ou Serpente Ardente ou
ainda, Consumir com Fogo (Is 6:2).
▪ Parecem ter um ministério de adoração constante ao Senhor.
▪ São os anjos mais próximos de Deus que todos os outros, pairando sobre seu trono, habitando em meio
à sua santidade.
d) Querubins:
▪ No hebraico, é pronunciado “kerub" e significa guardar ou cobrir. Com funções principais de guardiães,
os querubins aparecem em vários textos bíblicos.
▪ Criaturas viventes – outro título que representa esta classificação de anjos manifestando a plenitude da
vida divina, sua atividade incessante e permanente participação na adoração a Deus.
▪ Guardiões do Jardim do Éden, quando por causa do pecado, Deus expulsou o homem do Paraíso.
▪ Arca da Aliança - Dois querubins, em puro ouro, tinha a função de proteger os objetos em seu interior
(Êx 25:18-22)
▪ Lúcifer era um querubim antes da queda que o transformou em Satanás (Ez 28).
▪ Em Ez 10:1,8 são descritas como características dos Querubins: Criaturas aladas, de terem mãos como
que de homens, de serem os sustentadores do Trono de Deus e de serem criaturas extremamente
poderosas.

4. QUANTO A SEU CARÁTER:


a) OBEDECEM A VONTADE DE DEUS:
▪ Cumprem seus encargos sem questionar ou vacilar.
▪ Sl 103:20 - “Bendizei ao Senhor, todos os seus anjos, vós que excedeis em força, que guardais os seus
mandamentos, obedecendo à voz da sua palavra".
b) SÃO SÁBIOS:
▪ 2Sm 14:20 - Para mudar o aspecto deste caso foi que o teu servo Joabe fez isto; porém sábio é meu
Senhor, conforme à sabedoria de um anjo de Deus, para entender tudo o que há na terra.
▪ Não podem discernir nossos pensamentos.
c) SÃO MANSOS:
▪ Não injuriam os seus opositores.
▪ 2Pe 2:11 - “Enquanto os anjos, sendo maiores em força e poder, não pronunciam contra eles juízo
blasfemo diante do Senhor".
▪ Jd 1:9 - “mas o arcanjo Miguel, quando contendia com o Diabo, e disputava a respeito do corpo de
Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição contra ele; mas disse: o Senhor te repreenda".
d) SÃO SANTOS:
▪ Sendo separados por Deus e para seus. São “Santos Anjos”.
▪ 1 Ts 3:13 - “para confirmar os vossos corações, para que sejais irrepreensíveis em santidade diante de
nosso Deus e pai, na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo com todos os seus santos".

5. QUANTO A SUA OBRA:


a) SÃO AGENTES DE DEUS:
▪ São executores dos pronunciamentos de Deus.
▪ Mc 13:26 - “e então verão vir o Filho do Homem nas nuvens, com grande poder e glória".
▪ 27. “e ele enviará os seus anjos, e ajuntará os seus escolhidos, desde os quatro ventos, da extremidade
da terra até a extremidade do céu".

8
b) SÃO MENSAGEIROS DE DEUS:
▪ Por meio deles Deus envia:
▪ Anunciações: Lc 1:11-20; Mt 1:20,21.
▪ Advertências: Mt 2:13: Hb 2:2.
▪ Instruções: Mt 28:2-6.
▪ Encorajamento: At 27:23.
▪ Revelações: At 7:53; Gl 3:19.
c) SÃO SERVOS DE DEUS:
▪ São enviados para:
▪ Sustentar (Mt 4:11; Lc 22:43).
▪ Preservar (Gn 16:7; Êx 23:20).
▪ Resgatar (Nm 20:16; Sl 34:7).
▪ Interceder (Zc 1:12; Ap 8:3,4).
▪ Para servir aos justos depois da morte (Lc 16:22).
d) MINISTRADORES:
Hb 1:14 - “não são todos eles espíritos ministradores, enviados para servir a favor dos que hão de herdar a
salvação?".
e) GUARDAS DO POVO DE DEUS:
Sl 34:7 - “O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra".
f) APLICADORES DOS JUIZOS DIVINOS:
2Rs 19:35 - “sucedeu, pois, que naquela mesma noite saiu o anjo do senhor, e feriu no arraial dos assírios
a cento e oitenta e cinco mil deles: e, levantando-se os assírios pela manhã cedo, eis que aqueles eram
todos cadáveres".

OUTROS CITAÇÕES DE ANJOS NA BÍBLIA:


a) ANJOS DAS NAÇÕES:
▪ O livro de Dn 10:13,20, parece nos ensinar que cada nação tem seu anjo protetor, o qual se interessa
pelo bem-estar dela.
▪ O ensino acima também serve para os anjos maus – Demônios Territoriais (Ef 3:10; Cl 2:15; Ef 6:12).
b) O ANJO DO SENHOR:
▪ Distingue-se dos demais anjos. É-lhe atribuído o poder de perdoar pecados e recusar perdão (Êx
23:21).
▪ O nome de Deus está nele, ou seja seu caráter revelado está nele (Êx 23:20,23; Is 63:9).
▪ Em Josué 5:13 a 6:3 a Bíblia menciona que o Anjo do Senhor aceitou a adoração de Josué.
▪ Um anjo comum não admitiria ser adorado, como pode bem ser visto nas passagens em Ap 19:10 e
22:8-9.
▪ Por estas razões entende-se que o Anjo do Senhor seja o Jesus em várias de suas manifestações antes
do seu nascimento como homem.
c) ANJO DA GUARDA:
▪ Proclamada como verdade pelo IV Concílio de Latrão, 1215.
▪ Tomás de Aquino formulou detalhada teoria sobre eles. O anjo-da-guarda, ou
anjo custódio, seria uma entidade atribuída a cada cristão no momento do
batismo com a missão de acompanhá-lo e protegê-lo durante toda a vida.
▪ Segundo outra tradição, o anjo da guarda é confiado individualmente a cada
pessoa ao nascer, protegendo-a do mal até onde a ordem divina o permita,
fortalecendo corpo e alma e inspirando-a à prática das boas ações (Mt 18:10 e
. At 12:5).
▪ Não há respaldo bíblico para tal doutrina, mas existe sim anjos que servem por
ordens de Deus àqueles que estão aqui executando as boas obras, que Deus
preparou para que andassem nelas.

9
▪ Não temos um anjo da guarda. Temos anjos que guardam todos os cristãos fiéis.
▪ A Bíblia afirma que Deus envia seus anjos para nos proteger.
▪ Sl 91:11-12: “aos seus anjos dará ordens a teu respeito, para que te guardem em todos os teus
caminhos. Eles te sustentarão em suas mãos, para não tropeçares nalguma pedra”.

6. SATANÁS:
▪ Antes de sua queda, ocupava um lugar especial entre os querubins.
▪ Ez 28:14 - “eu te coloquei com o querubim da guarda; estiveste sobre o monte santo de Deus; andaste
no meio das pedras afogueadas”.

6.1. NOMES QUALIFICATIVOS:


a) DIABO:
▪ Transliteração do gr. "diabolos" acusador, difamador, caluniador.
▪ É utilizado em passagens onde percebemos ações de engano, tentação e armadilhas.
▪ Demonstra também um caráter dominado pelo ódio e desprezo, que se satisfaz ao envergonhar a Deus.
b) SERPENTE (Ap 20:2):
▪ As serpentes são traiçoeiras e hábeis em se esconder. Assim também é o Diabo,
escondendo seu letal veneno, inoculado em suas vítimas.
▪ Satanás nunca mostra que o caminho sugerido por ele, leva a destruição, e se não
houvesse a interferência de Cristo, certamente estariam perdidas.

c) DRAGÃO (Ap 12:3-17):


▪ O NT registra este nome por 12 vezes e simbolicamente significa o furor maligno de Satanás.
▪ Transparece também o caráter de alguém que quer destruir e aterrorizar os servos de Deus como um
monstro sem piedade.
d) PRÍNCIPE DOS PODERES DO AR:
▪ Seu domínio no ar é invisível e envolve o mundo, tal como o ar nos rodeia, atingindo todos os homens
sem exceção.
▪ Ef 2:1 - “ele vos vivificou, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados, (2) nos quais outrora
andastes, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que
agora opera nos filhos de desobediência”.
e) PRÍNCIPE DESTE MUNDO (Jo 16:11):
▪ Esta nomenclatura coloca Satanás como “Governante", possuindo autoridade sobre o nosso mundo.
▪ Deus tem domínio total da situação, entretanto permite com restrições a atuação de Satanás, ou seja,
dentro de certos limites.
f) MENTIROSO E PAI DA MENTIRA:
▪ Desde o Jardim do Éden, Satanás mente com sutileza e frieza.
▪ Na verdade, ele é um mestre na arte de enganar e não há limites, nem escrúpulos e nem pudores, para
alcançar seus obscuros e maléficos propósitos.

6.2. QUANTO AO SEU CARÁTER:


a) É PRESUNÇOSO:
Mt 4:4 - “mas Jesus lhe respondeu: está escrito: nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que
sai da boca de Deus. (5) então o Diabo o levou à cidade santa, colocou-o sobre o pináculo do templo”.
b) É ORGULHOSO:
1 Tm 3:6 - “Não neófito, para que não se ensoberbeça e venha a cair na condenação do Diabo”.

10
c) MALIGNO:
Jó 2:4 - “então Satanás respondeu ao Senhor: pele por pele! tudo quanto o homem tem dará pela sua
vida”.
d) ASTUTO:
Gn 3:1 - “ora, a Serpente era o mais astuto de todos os animais do campo, que o senhor Deus tinha feito.
e esta disse à mulher: é assim que Deus disse: não comereis de toda árvore do jardim?”.
e) ENGANADOR:
Ef 6:11 - “Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes permanecer firmes contra as ciladas do
Diabo”.

6.3. QUANTO AS SUAS ATIVIDADES:


a) PERTURBA A OBRA DE DEUS:
1 Ts 2:18 - “Por isso bem quisemos uma e outra vez ir ter convosco, pelo menos eu, Paulo, mas Satanás
no-lo impediu”.
b) OPÕE-SE AO EVANGELHO:
Mt 13:19 - “Ouvindo alguém a palavra do reino, e não a entendendo, vem o maligno, e arrebata o que foi
semeado no seu coração; este é o que foi semeado ao pé do caminho”.
c) DOMINA, CEGA, ENGANA E LAÇA OS ÍMPIOS:
2Co 4:4 - “Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não
resplandeça a luz do Evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus”.
e) PODEMOS RESISTÍ-LO:
Tg 4:7 - “Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao Diabo, e ele fugirá de vós”.
f) SEM A PERMISSÃO DE DEUS, NÃO PODE MATAR, AFLIGIR OS CRENTES:
Jó 1:16 - “Estando este ainda falando, veio outro e disse: fogo de Deus caiu do céu, e queimou as ovelhas
e os servos, e os consumiu, e só eu escapei para trazer-te a nova.
então será solto por pouco tempo, durante o qual tentará frustrar os propósitos de Deus aqui na terra (Ap
20:7-8).
“por fim, ele e seus anjos serão lançados no lago de fogo (Ap 20:10), seu destino final, onde serão
atormentados para todo o sempre”.

Pr. Edmar Roberto dos S. Mota


https://predmar.wordpress.com/
emota59@yahoo.com.br

BIBLIOGRAFIA:
BÍBLIA SAGRADA
99 Perguntas Sobre Anjos, Demônios e Batalha Espiritual – B. J. Oropeza (Ed. Mundo Cristão)
Orixás, Caboclos e Guias – Edir Macedo – (Ed. Unipro)

11