Sei sulla pagina 1di 5
Aluno(a): Universidade Estadual Vale do Acaraú Prof. Leandro Mendonça 1º Lista de exercícios de cinética

Aluno(a):

Universidade Estadual Vale do Acaraú Prof. Leandro Mendonça

1º Lista de exercícios de cinética e eletroquímica.

* Esta lista de exercícios é uma cortesia e apenas um material para fixação dos

conteúdos abordados em sala de aula, não sendo obrigado o professor a colocar questões desta em suas avaliações.

* Esta lista pode não conter todos os detalhes de todos os assuntos abordados em

sala, para tal, faz-se necessário que o aluno assista as aulas e estude nos materiais

indicados.

* A resolução destes exercícios não substitui o estudo, aprofundamento e resolução

de exercícios em livros. ------------------------------------------------ // -- // --------------------------------------------------

1 – Qual o objetivo da cinética química? Em que ela se diferencia da termodinâmica?

2 – O que são catalisadores? Pesquise exemplos de catalisadores utilizados na industria

química.

3 – Explique o conceito de velocidade de reação química. Explique a diferença entre velocidade média e velocidade instantânea.

4 – Qual é a unidade de velocidade na S.I.? cite unidades alternativas.

5 – Explique o conceito de lei de velocidade. Dê exemplos.

6 – Em um gráfico de concentração em função do tempo, por que é observado um decaimento exponencial e não linear?

7 – Por que na escrita da variação da concentração em função do tempo para os reagentes utilizamos um sinal de negativo e para os produtos não utilizamos?

8 – O que significa ordem de reação? Cite exemplos.

9 – Podemos deduzir a ordem de uma reação com base na estequiometria da reação global? Explique.

10 – Qual a diferença entre molecularidade e ordem de reação?

11 – O que significa reação elementar?

12 – Explique por que são raras as reações com molecularidade três, e praticamente

inexistentes as reações com molecularidade maior que três.

13 – Defina cinética homogênea e heterogênea.

14 – Explique o conceito de meia-vida.

15 – De quais parâmetros dependem as meia-vida de uma reação de ordem zero, primeira ordem e segunda ordem? Explique.

16 – O que é mecanismos de reação?

17 – O que é etapa lenta ou determinante?

18 – O que são intermediários de reação? Dê exemplos.

19 – A substituição nucleofílica de haletos de alquila (RX + OH - ROH + X - , X= F,

Cl, BR, I) pode ocorrer por dois mecanismos:

a. SN1, que ocorre em duas etapas:

RX R + + X -

R + + OH - ROH

(lenta)

(rápida)

b. SN2, que ocorre em uma única etapa:

RX + OH - ROH + X -

Em cada mecanismo, identifique os reagentes, produtos e intermediários de reação. Qual a molecularidade de cada etapa? Propona uma lei de velocidade para cada mecanismo. Qual é a ordem de reação em cada mecanismo?

20 – Para uma reação N 2(g) + 3H 2(g) 2NH 3(g) , se d[NH3]/dt = 0,00480 mol L -1 s -1 ,

determine os valores de d[N2]/dt e d[H2]/dt. Qual é a velocidade da reação?

21 – Considere os dados da Tabela 1. Faça uma nova coluna, calculando o ln[N 2 O 5 ] em

cada tempo. Considere a equação: ln[N 2 O 5 ]= ln[N 2 O 5 ] 0 – 2kt, por meio da regressão linear, determine a constante de velocidade da reação. Tabela 1. Variação da concentração de N 2 O 5 com o tempo, a 25 ºC

Tempo (s)

Tempo (h)

[N 2 O 5 ] (mol m -3 )

ln[N 2 O 5 ] (mol m -3 )

0

0

1000,0

 

10000

2,8

707,5

 

20000

5,6

500,6

 

30000

8,3

354,2

 

40000

11,1

250,6

 

50000

13,9

177,3

 

60000

16,7

125,4

 

70000

19,4

88,7

 

80000

22,2

62,8

 

90000

25,0

44,4

 

100000

27,8

31,4

 

22 – Calcule a meia-vida para uma reação, A + B produtos, de primeira ordem, cuja

constante de velocidade seja k= 0,028 min -1 . De que forma será afetado o resultado se a

concentração inicial de um dos reagentes dor dobrada? Explique.

23 – Calcule a constante de velocidade para uma reação química de primeira ordem cujo

tempo de meia-vida seja igual a 10hs. 24 – Para uma reação química A + B C + D, a lei de velocidade é: v=

k([A] 1/2 [B])/[C] 2 . Determine o que ocorre com o valor da velocidade da reação quando:

a

– A concentração de A for quadruplicada.

b – A concentração de B for triplicada

c

– A concentração de C for dobrada

d – A concentração de D for triplicada.

25 – Uma reação química de primeira ordem A C + D possui constante de velocidade

k= 0,015 min -1 . Quanto tempo levará para a concentração de A diminuir de 0,0056 mol

L -1 para 0,0028 mol L -1 ?

26 – Uma reação química A + B produtos possui os dados cinéticos abaixo.

Determine a ordem de reação e a constante de velocidade.

T (min)

0,0

1,0

2,0

3,0

4,0

5,0

6,0

7,0

8,0

[A] mol L -1

1,0

0,9

0,8

0,7

0,6

0,5

0,4

0,3

0,2

27 – Uma reação química 2A + B produtos possui os dados cinéticos abaixo.

Determine a ordem de reação e a constante de velocidade.

T (min)

0,0

1,0

2,0

3,0

4,0

5,0

6,0

7,0

8,0

[A] mol L -1

1,0

0,82

0,67

0,55

0,45

0,37

0,30

0,25

0,20

28 – Uma reação química A + B produtos possui os dados cinéticos abaixo.

Determine a ordem de reação e a constante de velocidade.

T (min)

0,0

1,0

2,0

3,0

4,0

5,0

6,0

7,0

8,0

[A] mol L -1

1,0

0,91

0,83

0,77

0,71

0,67

0,63

0,59

0,56

29 – Demonstre que a equação ln[A] = ln[A] 0 – akt (equação integralizada da lei de

velocidade de primeira ordem) é um caso particular da equação ln([A]-[A] eq ) = ln([A] 0 - [A] eq ) – (K d + K i )t (equação integralizada para reações reversíveis de primeira ordem)

30 – Considere as reações competitivas: A B e A C. Faça um esboço das

concentrações de [A], [B] e [C], em função do tempo. Considere as seguintes situações:

kb= 0,1 kc e kb= 10 kc

31 – Considere as reações consecutivas: A B C. Faça um esboço das

concentrações de [A], [B] e [C], em função do tempo. Considere as seguintes situações:

kb= 0,1 kc e kb= 10 kc

32 – Considere as reações C A B. Sabendo que [A] 0 = 0,0189 mol L -1 , kc=

1,2x10 -4 min -1 e kb= 8,2x10 -6 s -1 . determine [A], [B] e [C] após 8 minutos de reação.

33 – Considere as reações A B C. Sabendo que [A] 0 = 0,0921 mol L -1 , kc=

2,1x10 -4 min -1 e kb= 3,3x10 -6 s -1 . determine [A], [B] e [C] após 300 segundos de reação.

34 – Para uma reação química A + B produtos, medimos as velocidades iniciais –

d[A]/dt para as seguintes concentrações iniciais de A. O que se pode concluir sobre a ordem de reação, em relação a A? Explique.

[A] 0 / mol L -1

0,600

1,200

1,800

0,300

–d[A]/dt / mol L -1 s -1

0,050

0,100

0,150

0,025

35 – Para a mesma reação química anterior, A + B produtos, mediram-se as

velocidades iniciais –d[B]/dt para as seguintes concentrações iniciais de B. O que se

pode concluir sobre a ordem de reação, em relação a B? Explique.

[B] 0 / mol L -1

0,5000

1,0000

1,5000

0,2500

–d[B]/dt / mol L -1 s -1

0,0500

0,2000

0,4500

0,0125

36 – Com base nas respostas obtidas para as 2 questões anteriores, escreva a lei de

velocidade para a reação química A + B produtos.

37 – Para uma reação química A + B produtos, determinaram-se as meias-vidas T 1/2

para diversas concentrações iniciais de A. Baseado nos dados, faça um gráfico de lnT 1/2 em função de ln[A] 0 e determine a ordem da reação em relação a A e o Valor da

constante de velocidade. Dica:

2

(

n

1)

1

ln

T

1/2

=

ln

(

n

1).

.

a k

+

(1

n

)ln[

A

]

0

38 – Para uma reação química A + B produtos, obtiveram-se dados da variação da

constante de velocidade com a temperatura. Faça um gráfico de ln k em função de 1/T e

calcule a energia de ativação e o fator de freqüência.

k / 10 15 s -1

6437

6679

6767

6851

6930

7006

T / K

273

298

308

318

328

338

39 – Defina energia de ativação.

40 – Explique como a teoria das colisões explica as variações na velocidade das reações

quanto à mudanças em: a) Temperatura; b) concentração; c) pressão; d) regioseletividade da reação.

41 – Explique por que o metabolismo dos organismos dos animais de sangue frio, ou

seja, aqueles cuja temperatura corporal segue a temperatura do ambiente, torna-se mais

lento nos dias frios.

42 –As constantes de velocidade para a reação de segunta ordem 2ICl + H 2 I 2 + 2HCl

são 0,163 e 0,348 L mol -1 s -1 , a 503 e 513 K, respectivamente. Determine a energia de

ativação e o fator pré exponencial para essa reação.

43 – A energia de ativação para a reação gasosa 2HI H 2 + I 2 é 182 kJ mol -1 . A

constante de velocidade a 700ºC é 1,57 x 10 -3 L mol -1 s -1 . Determine a constante de

velocidade a 600ºC.

44 – A velocidade de certa reação química a 100C é quatro vezes mais rápida que a

30ºC. Estime a energia de ativação para a reação.

45 – Uma reação química de primeira ordem possui k=3,2x10 -2 s -1 , a 550ºC e k= 9,3x10 -

2 , a 575ºC. Determine a energia de ativação.

46 – Explique o significado da lei de distribuição de Maxwell-Boltzmann.

47 – Discuta o conceito de fator estérico.

48 – Discuta o significado de estado de transição. Procure por exemplos.

49 – De que forma a teoria do estado de transição explica o fator estérico?

50 – O que é um catalisador? Dê exemplos.

51 – O catalisador afeta a constante de equilíbrio de uma reação? Explique.

52 – Diferencie catalise homogênea de catalise heterogênea.

53 – Quais os tipos mais comuns de catalise homogênea?

54 – O que é um inibidor? Dê exemplos?

55 – No que um inibidor difere de um catalisador?

56 – Por meio de gráficos de energia por andamento de reação, apresente diferentes

formas de atuação de um catalisador e de um inibidor em uma reação. Explique os

diferentes comportamentos no gráfico.

57 – Os seguintes dados cinéticos foram obtidos para a reação A + B + C Produtos.

foram obtidos para a reação A + B + C → Produtos. (a) Escreva a lei

(a) Escreva a lei de velocidade da reação. (b) Qual é a ordem da reação? (c) Determine, a partir dos dados, o valor da constante de velocidade; (d) Use os dados para predizer a velocidade de reação do experimento 5

58 – Para uma dada reação com cinética de primeira ordem a 25 ºC, a concentração do

reagente é reduzida para metade do seu valor inicial após 90 min. A 45 ºC, esta redução ocorre depois de 18 min. Determine (a) o tempo necessário para que a concentração inicial caia 20% à 25ºC; (b) o tempo necessário para que a concentração inicial caia 20% a 45ºC. Comente a diferença.

59 – A cinética de acetilação da quitina foi estudada em um laboratório de polímeros,

obtiveram como resultado os dados presentes na tabela abaixo. (a) (1,6 pontos) determine a ordem da reação. (justifique numérica e graficamente) (b) (1 pontos) Sabendo que o produto deve ser tirado para filtragem após uma concentração observada de 9,5 mol L -1 , determine o tempo necessário para a mudança no processo, Justifique numericamente.

T (h)

0,0

24

48

72

96

120

144

168

[Qac] mol L -1

1,00

1,14

1,32

1,56

1,92

2,50

3,57

6,25

60 – Em um gráfico de concentração do reagente em função do tempo, por que é

observado um decaimento exponencial quando a reação não é de ordem zero?

61 – Desenvolva matematicamente a equação integralizada para uma reação de 1ª

ordem do tipo V= k[A]

62 – Considere as reações competitivas da espécie A tornando-se B e C. Sabendo que

[A] 0 = 0,1501 mol L -1 , kc= 8,2x10 -3 min -1 e kb= 1,8x10 -4 min -1 . Determine [A], [B] e [C] após 1800 segundos de reação.

63 – Uma reação do tipo A B foi estudada em duas temperaturas distintas,

obtiveram-se os dados presentes na tabela a baixo.

 

T = 300 K

   

T = 350 K

 

Tempo

0

60

120

180

Tempo

0

60

120

180

(seg)

(seg)

[A] (M)

2,718

2,226

1,822

1,492

[A] (M)

2,718

2,014

1,492

1,105

Sabendo que a reação é de primeira ordem, determine: (a) As constantes de velocidade para a reação nas duas temperaturas (b) Qual o valor do fator de freqüência da reação. (c) qual a energia de ativação do processo?

64 – Os seguintes dados cinéticos foram obtidos para a reação A + B + C Produtos.

Exp

[A]

[B]

[C]

Vel inicial

1 2,0

2,0

2,0

15

2 4,0

2,0

2,0

30

3 2,0

6,0

2,0

225

4 4,0

6,0

4,0

450

5 0,5

0,7

2,5

??

(a) Escreva a lei de velocidade da reação. (b) Qual é a ordem da reação? (c) Determine,

a partir dos dados, o valor da constante de velocidade; (d) Use os dados para predizer a velocidade de reação do experimento 5

65 – Cite exemplos de reações de cinética homogênea e reações heterogêneas.

66 – Cite exemplos de catalisadores e inibidores biológicos.

67 – Considere as reações consecutivas para a formação do CO 2 .

1: C (s) + ½ O 2(g) CO (g) 2: CO (g) + ½ O 2(g) CO 2(g)

Sabendo que [C] 0 = 0,498 mol L -1 , k1= 1,2x10 -4 min -1 e k2= 2,8x10 -5 min -1 . Determine [C], [CO] e [CO 2 ] após 3600 segundos de reação.

68 – Você como química responsável pelo tratamento de um aquífero, determina que

existe uma quantidade muito grande um fármaco na água, devido a quantidade e a falta de seletividade, resta apenas esperar para que o composto venha a se decompor. Proponha uma estratégia para estimar o tempo necessário para a reutilização do aquífero.

69 A cinética de degradação de um

fármaco foi estudada e obteve-se como resultado, os dados presentes na tabela abaixo. (a) determine a ordem da reação. (b) Considerando a concentração inicial

do fármaco como sendo 132 unidades mL -

1 , observou-se experimentalmente que, se

a concentração diminuir abaixo de 36

unidades mL -1 , este fármaco não será eficiente e não deverá ser consumido. Por estas informações e com o auxílio do gráfico, qual é o prazo de validade que deve ser estipulado para este fármaco a 25 ºC? Justifique numericamente.

para este fármaco a 25 ºC? Justifique numericamente. T (min) 0,0 1,0 2,0 3,0 4,0 5,0

T (min)

0,0

1,0

2,0

3,0

4,0

5,0

6,0

7,0

8,0

[A] mol L -1

1,0

0,82

0,67

0,55

0,45

0,37

0,30

0,25

0,20

70 – (a) Sabendo que o metabolismo de fármacos no organismo é uma conseqüência cinética,

discuta como o organismo pode criar resistência aos remédios utilizados por longos períodos. (b) Explique como a teoria das colisões explica as variações na velocidade das reações quanto à mudanças em: b.1) Temperatura; b.2) concentração; b.3) regioseletividade da reação.

71 – Considerando que apenas haverão colisões frontais paralelas aos carbonos

substituídos, indique o fator esférico para as moléculas: (a) clorobenzeno (b) 1,3

diclorobenzeno (c) 1,3,5 triclorobenzeno (d) 1,2,3,4,5,6 hexaclorobenzeno.

72 – Apresente um exemplo de como um catalisador por atuar sem promover eventuais

reações paralelas.