Sei sulla pagina 1di 32

SISTERHOOD

O Conselho das Anciãs das 13 Luas

Ebook
Autora: Soraya Mariani
OS SONHOS DE UMA CONTADORA DE HISTÓRIAS
DE CABELOS TRANÇADOS

Sonhos se repetiam: sonhava com velhas, com avós e seus xales bordados e
repletos de adornos, muitas mulheres em círculos que me convidavam para
dançar, fogueiras, tambores, cantos, lobos, ursos e tartarugas. Nesta época
morava no fundo do quintal da casa de minha avó.

Fui crescendo, amadurecendo e os sonhos continuaram, com alguns novos


símbolos, o número 13, cantos que eu muitas vezes acordava cantarolando,
cristais coloridos, danças em círculo, cores - principalmente o laranja, velhas
contando histórias e meus cabelos sendo trançados!

Acredito verdadeiramente na teoria da sincronicidade, termo estabelecido


por C. G. Jung para descrever coincidências entre o nosso mundo íntimo e
acontecimentos externos.

Sincronicidade com o surgimento inesperado e providencial de uma pessoa,


uma circunstância, um livro importante... Tudo isso costuma, ao meu ver,
resultar em excelentes oportunidades. Tudo no Universo desenrola-se
perfeitamente de forma perfeita, trazendo um significado para vida.
Foi quando em 1999 recebi o livro da Mirella Faur “O Anuário da Grande Mãe”
e meus sonhos repetitivos começaram a ter sentido ao ler sobre a “Lenda das
Treze Matriarcas – Mães/Avós dos Clãs Originais”.

Encantei-me com a lenda que conta que a muitos anos atrás, depois da
destruição do primeiro mundo do amor pelo fogo, a Mãe Cósmica se
compadeceu e Manifesta na Avó Lua e na Mãe Terra encaminhou treze
mulheres para o Planeta Terra.

http://bit.ly/conselhodas13ancias 02
Cada uma dessas mulheres de um povo, de uma etnia, de uma história e elas
cruzaram desertos, planícies, montanhas para se encontrarem em um grande
Conselho e trocarem saberes e rituais sobre o sagrado feminino para que
houvesse a cura, o amor a sustentação , a realização do sonho sagrado do
Profundo Mistério e principalmente para retornar à SISTERHOOD – A
Irmandade de Todas as Mulheres na Terra.

Aí eu pensei:
“Então é isso! Eu devo ter alguma missão com isso”:
A busca e o fortalecimento desta Irmandade.

Percebi que aquelas mães, avós com que vinha sonhando e os símbolos -
tartaruga, escudos circulares, pedras, as cores, etc - deviam estar me
chamando para isso. E se você está fazendo esta leitura agora , é porque elas
também estão te chamando!

Toda jornada começa com um chamado!


Algo que acontece dentro de nós e rompe com todas as nossas certezas e
mesmo que não sabendo o que vamos encontrar, se romper com o medo do
desconhecido, conseguimos então atravessar um portal.

As 13 avós trazem as chaves desse portal.


Por meio de seus ensinamentos.
Pra isso, é preciso poder reconhecer a “simplicidade desta profundidade”.

Há muito o que aprender para tornar-se sabedoria ao longo de uma jornada: é


essencial abrir-se ao novo e paralelamente estar disposta a abrir mão de
muitas crenças para que algo transformador possa verdadeiramente
acontecer.

http://bit.ly/conselhodas13ancias 03
Muitas vezes para aprender o novo é preciso desaprender o antigo, rever
crenças que impedem o nosso caminhar com mais leveza e conectar-se com
algo tão simples e ao mesmo tempo tão profundo como os ensinamentos do
Conselho das 13 Mães Ancestrais.

Tudo isso eu fui descobrindo enquanto mais e mais sincronicidades aconteciam


e caíam nas minhas mãos e na minha frente, estudiosos e aprofundadores
como Jamie Sams, SylvieShining, e Inaia Onawa.

Jamie Sams com sua farta bibliografia, em especial seu livro: The 13 Original
Clan Mothers – em que fez uma compilação da sabedoria tradicional nativa de
seu povo, relacionado às 13 Mães das Origens, 13 Avós Nativas, 13
Ensinamentos. Através deste livro eu tive maior clareza dessa aprendizagem,
trazendo foco e precisão para transmissão deste conhecimento. Essa
publicação trouxe um conteúdo riquíssimo à transmissão dessa sabedoria.

Sylvie Shining, uma Mulher Medicina que esteve na Cirandda da Lua – Espaço
de Desenvolvimento Humano, Bem-Estar, Arte e Cultura que idealizei e
coordenei por quatorze anos e que tive o prazer de receber e vivenciar com ela
e um circulo de Mulheres até a 6 Lua.

E Inaiá Onawa , mulher medicina que me iniciou na Tradição dos Cabelos


Trançados. Inaiá Onawa que hoje vive na África servindo a crianças, também
realiza jornadas iniciáticas das Avós Ancestrais pelo mundo.

Fui atrás de tudo que pudesse ler, mas não tem muita coisa escrita, não tem
quase nada. Então comecei a praticar a Medicina Tiyoweh – ( que significa
“acalmar a mente”, permanecer em silencio e abrir o coração para assim
conseguir receber a presença genuína dos ensinamentos sutis do Clã das
Mães Ancestrais).

http://bit.ly/conselhodas13ancias 04
Fui praticando durante o período menstrual, tempo de descanso – e comecei a
criar, a escrever, a canalizar – a canalizar do meu jeito, fui criando forma de me
aprofundar na Roda de Medicina, com vivências, meditações e atividades de
arte terapia, dança sagrada, cantos.

Fui fazendo os rituais, chamando pela energia delas e a me aprofundar, a


construir o escudo delas. Ao mesmo tempo em que aprendia, sentia
necessidade de dividir esse xale de sabedoria com outras mulheres.

Então dei uma formação em 2012 na Cirandda da Lua e não parei mais, até
hoje facilito formações do Conselho das Anciãs das 13 Luas. A força delas é tão
potente que senti de ancorá-las como Guardiãs Espirituais do “Encontro
Mundial de Círculo de Mulheres” – Movimento anual que idealizei e sou
produtora que une palestrantes de diversos lugares do Brasil e do mundo para
o desenvolvimento e redespertar da nossa força feminina essencial.
Em 2019 já teremos o sexto Encontro.

Depois de muitos anos nesta jornada, sabendo que ainda tenho muito a
aprender; conseguimos eu e Mariana Milani – Ilustração – publicar
oficialmente o 1º Oráculo das 13 Anciãs ® e já tivemos várias tiragens com
1.600 Oráculos caminhando pelo Planeta Terra.

Lembro que em todas as Jornadas que focalizei, no trabalho de conclusão,


nasceram alguns oráculos e acredito que tenham outros, afinal essa “medicina”
é urgente; mas conseguimos publicar, registrar e oferecer isso a nı́vel mundial
e somos gratas imensamente a cada uma das Avós de Medicina por essa
maestria.

http://bit.ly/conselhodas13ancias 05
A nossa iniciação como Mulheres Sagradas é buscar percorrer o Caminho das
13 Luas, vivenciando cada uma das medicinas, e após a gente ter percorrido
os 13 ciclos de transformação o nosso próximo passo é criar os novos mapas
de vida para a humanidade, ensinando como utilizar a nossa criatividade como
curandeiras curadas, sem desperdiçar a nossa força criativa por nada nem
ninguém, essa força linda desse profundo feminino existente em nós, vivendo
com fluidez com leveza, com a máxima, com a impecabilidade da palavra, com
eficiência sentindo e expressando alegria dos nossos corações.

Fui – e sigo hoje – me transformando com a medicina das 13 Avós.


E espero que você também reconheça vários dons e heranças
ancestrais divinas que carrega em si!

Empoderar-se é um processo emancipatório onde o indivı́duo dá poder à si


próprio para viver a vida conforme seus valores.

Na Cura de Todas as Relações


Assim falei,
Soraya Mariani
Uma Contadora de Histórias
Clã dos Lobos da Tradição Cabelos Trançados

http://bit.ly/conselhodas13ancias 06
“Disse a anciã curandeira da alma:
Não doem as costas, doem as cargas.
Não doem os olhos, dói a injustiça.
Não dói a cabeça, doem os pensamentos.
Não dói a garganta, dói o que não se expressa ou
se exprime com raiva.
Não dói o estômago, dói o que a alma não digere.
Não dói o fígado, dói a raiva contida.
Não dói o coração, dói o amor.
E é precisamente ele, o amor mesmo, quem
contém o mais poderoso remédio.”

Hermana Águila – Ada Luz Márquez

http://bit.ly/conselhodas13ancias 07
SISTERHOOD
O Conselho das Anciãs das 13 Luas

“A antiga tradição oral da Irmandade Original foi transmitida a Jamie Sams,


integrante do “Clã dos Lobos”, por duas anciãs - Cisi Laughing Crow e Berta Broken
Bowl - da tribo Kiowa em 1970, para que ela aprendesse, praticasse e divulgasse
esse legado ancestral”.

Mulheres Sagradas.
Com amor, respeito e reverência lhes apresento este Círculo de
Medicina

O espírito Antigo do Conselho das Anciãs - Sonhadoras das 13 Luas transmite


para todas as mulheres a sua medicina, os seus dons, suas visões e seus
ensinamentos, unindo a Irmandade de Mulheres em uma só, honrando os
ciclos de fertilidade, sonhando e rezando juntas, celebrando e reverenciando
o seu Ser Sagrado, despertando os sonhos de toda a raça humana através
dos mistérios do Profundo Feminino.

O Conselho das Anciãs das 13 Luas traz conhecimentos originários das antigas
Tradições Norte-Americanas para compreensão profunda sobre as questões
existenciais do feminino, envolvendo as atitudes e comportamento da mulher
perante a sociedade contemporânea.

Os conhecimentos desvelados do Conselho das Anciãs das 13 Luas são


transmitidos oralmente por mulheres que perpetuaram a linhagem espiritual,
em benefício da preservação e da continuidade da vida, mantendo o equilíbrio
das Leis Sagradas Universais para a sobrevivência harmônica da raça humana.

http://bit.ly/conselhodas13ancias 08
Florescendo na Sabedoria da Mãe Doadora, as mulheres desenvolvem os
talentos de mãe, amiga, mulher, companheira, amante e artista, colocando
estes dons a serviço de todas suas relações, permitindo a manifestação do
Espírito Vivo da Criação.

Elas carregam em seu corpo celular toda a história planetária em comunhão


intrínseca com suas funções biológicas e naturais em um movimento cíclico de
13 luas.

Os ensinamentos passados no grupo de formação do Conselho das Anciãs das


13 Luas são módulos interconectados que se completam, abarcando a
pluralidade da expressão humana, ultrapassando qualquer condição limitadora
e instituindo um caminho de auto realização.

Favorecendo a transformação pessoal, através de símbolos e conscientização


reativa das memórias incitando cada mulher a tornar-se consciente de si mesma
e de suas próprias necessidades cotidianas, atendendo-as e unificando as partes
fragmentadas de seu ser, atuando com inteligência emocional, eficiência e
equanimidade na sociedade em que vivemos.

Atualmente este conhecimento é difundido em diversos países, gerando uma


audiência cada vez maior, em diferentes classes sociais, grupos culturais e
religiosos, fazendo com que cada mulher iniciada e formada, esteja pronta para
liderar e guiar outros grupos.

Uma Jornada Transformadora que oferece guiança sobre as Leis Universais


revela atributos femininos que cada mulher contém em si e nos reconecta
com a Fonte – a Chama Eterna do Puro Amor.

Vamos Juntas?

Pela Cura de Todas as Relações!


Assim falei,
Soraya Mariani

http://bit.ly/conselhodas13ancias 09
A LENDA E O LEGADO DA MULHER
ANCESTRALIDADE E CONTEMPORANEIDADE

Quando curamos a nós mesmas, outros serão curados.


Quando nutrimos nossos sonhos, damos nascimento aos
sonhos da humanidade.
Quando nos guiamos pelos aspectos amorosos da Mãe Terra,
nos tornamos as férteis, doadoras de vida, Mães da Força
Criativa.
Quando honramos nossos corpos, nossa saúde e nossas
necessidades emocionais, damos espaço para surgirem os
nossos sonhos.
Quando falamos a verdade para nossos corações curados,
permitimos que a vida abundante continue no nosso Planeta
Mãe.

Jamie Sams

http://bit.ly/conselhodas13ancias 10
Ao longo dos tempos, entre os Kiowa, Cherokee, Iroquois, Sêneca e em várias
outras tribos nativas norte-americanas, as anciãs contavam e ensinavam, nos
"Conselhos de Mulheres" e nas "Tendas Lunares", as tradições herdadas de
suas antepassadas. Dentre várias dessas lendas e histórias, sobressai a lenda
das "Treze Mães das Tribos Originais".

Conta-se que há milhares e milhares de anos a Terra vivia uma abundância


primordial. Esse tempo era chamado, pelas Avós, de Primeiro Mundo do Amor.
A tribo da Terra, chamada de Seres Humanos, não tinha nenhuma separação
entre os sexos, pois os consideravam como iguais. Todas as suas necessidades
eram bem atendidas até que a ganância mudou a órbita do planeta.

Porém, mesmo vivendo em plena harmonia, surgiu, uma pequena semente de


ganância que se plantou nas mentes e corações dos seres humanos. Essa
semente germinou à medida que os homens começaram a tirar o ouro do ventre
da terra, pois eles acreditavam que fosse a própria Luz do Pai Sol materializada
e que quem possuísse mais dessa luz teria mais poder e reinaria sobre os outros.

O desejo de poder e de dominação apoderou-se dos humanos. Não mais havia


harmonia entre as raças. Atos de violência começaram a proliferar, uns contra
os outros e contra os animais. Queimavam-se florestas inteiras e envenenavam-
se as águas, até que a Terra foi completamente destruída, consumida pelo fogo.
Mas essa destruição trouxe também purificação e, para que uma nova
humanidade pudesse renascer e recuperar o equilíbrio perdido, a Mãe Terra
concedeu o amor, o perdão e a compaixão, resguardados nos corações das
mulheres.

http://bit.ly/conselhodas13ancias 11
Assim, durante o ciclo de um ano, 13 aspectos da totalidade da sabedoria da
Mãe Terra foram trazidos para o mundo visível com a ajuda da Avó Lua. A cada
lua cheia, a luz prateada da Avó Lua tecia seus fios e materializava uma mulher,
uma Mãe do Clã. Cada uma delas detinha um conhecimento particular, um
ensinamento especial para ser transmitido aos filhos e filhas da Terra. Elas
criaram uma irmandade que trabalhou com a mais pura dedicação para devolver
às mulheres a força do amor e o bálsamo da compaixão. A Casa da Tartaruga,
como foi chamado o conselho das Mães dos Clãs, compartilhava sua sabedoria
para a cura da Terra, da alma das mulheres e para o restabelecimento do
equilíbrio entre todos os seres
.
O treze é o número da transformação e das lunações ao longo de um giro da
Mãe Terra ao redor do Vovô Sol. Depois de cumprirem sua missão, elas voltaram
para o ventre da Mãe Terra. Deixaram registrada toda sua sabedoria em 13
crânios de cristal de quartzo que foram guardados em locais sagrados de
diversos pontos do mundo.

Por meio dos laços de sangue dos ciclos lunares, as 13 Anciãs criaram uma Irmandade que
une todas as mulheres e visa a cura da Terra, começando com a cura das pessoas.

Somente curando a si mesmas é que as mulheres poderão curar os outros. Apenas


honrando seus corpos, suas mentes e suas necessidades emocionais, as mulheres terão
condições de realizar seus sonhos.

O Legado da Mulher será então plenamente recuperado – Vida, Unidade e Igualdade para
toda a Eternidade.

O Conselho das Anciãs das 13 Luas fala com todos os Filhos da Terra e suavemente sussurra
estas palavras, que o Grande Mistério colocou dentro da Chama Eterna do Amor:

“VOCÊ É, no momento em que decide SER.”

http://bit.ly/conselhodas13ancias 12
1ª LUNAÇÃO – JANEIRO:
“A GUARDIÃ DAS RELAÇÕES” RAIO LARANJA

A primeira lunação é Aquela que fala com todos os seres, a Mãe da Natureza.
A guardiã do aprendizado da verdade, do tempo e das estações. Associada a
cor laranja, que representa eterna chama do amor existente em toda a criação.
Ela nos ensina o nosso parentesco com todos os seres da criação e a
necessidade de honrar a verdade de cada ser, respeitando os direitos de todas
as formas de vida e a abrir o coração. A sua sabedoria está na sintonia com os
ritmos da vida e no uso dos quatro elementos para alcançar o equilíbrio.

http://bit.ly/conselhodas13ancias 13
2 ª LUNAÇÃO – FEVEREIRO:
“A GUARDIÃ MEMÓRIA PLANETÁRIA” RAIO
CINZA

A segunda Lunação é a Guardiã da Sabedoria, Mãe da amizade, da unidade


planetária e protetora das tradições sagradas e das memórias da terra. Ela tem
uma grande conexão como Povo das Pedras, pois esses têm registrado todas
as experiências já vividas pela Mãe Terra.
Ela nos ensina a respeitar e honrar a verdade de todas as formas de vida. Tece
a habilidade de “honrar a Verdade”, e esse talento se aplica para o caminho do
auto-conhecimento e do auto-desenvolvimento pessoal
Em sua sabedoria, compreende que existe verdade em todas as formas de vida.
Sua cor cinza representa imparcialidade, amizade e a aceitação da presença e
verdade alheia, sem querer impor nossos próprios pontos de vista, valores e
conceitos.

http://bit.ly/conselhodas13ancias 14
3ª LUNAÇÃO – MARÇO
“A GUARDIÃ DA JUSTIÇA E IGUALDADE” RAIO
MARROM

A terceira lunação é a Guardiã da Justiça, a Mãe da Verdade e da Compaixão.


Aquela que avalia a verdade e nos ensina a como aceitar a verdade a vibrar no
positivo e não no negativo usando os princípios da Lei Divina: ação e reação, e
o reconhecimento da nossa força e fraqueza, focalizando as qualidades e
possibilidades para expandir a nossa essência.
Sua cor marrom, que representa o solo fértil da Mãe Terra e a conexão da Terra
com as leis divinas.

http://bit.ly/conselhodas13ancias 15
4ª LUNAÇÃO – ABRIL
“A GUARDIÃ DA VISÃO” RAIO TONS PASTÉIS

A quarta lunação é a Mãe das Visões, aquela que vê a verdade em tudo e


enxerga longe, a Guardiã das Profecias. É a que guia os espíritos durante os
sonhos e as viagens astrais e ensina como compreender os símbolos das visões
e os sinais que a vida apresenta.
Ajuda o buscador a desenvolver a visão interna e avaliar as oportunidades e
opções através da intuição. Embarcar na viagem interior, superar o medo pela
confiança.
Ela nos ensina a ver a Verdade em todas as dimensões, dentro de todos os reinos
através de sonhos, intuições, impressões e profecias, despertando a nossa
visionária interna
As Cores pastéis, representam a projeção da verdade em todos os matizes.

http://bit.ly/conselhodas13ancias 16
5 ª LUNAÇÃO – MAIO
“GUARDIÃ DO SILÊNCIO” RAIO PRETO

A quinta lunação é Guardiã do Silêncio, a Mãe da Quietude, Aquela que ouve


a verdade e escuta as mensagens e que manifesta e incorpora o silêncio do
Profundo feminino.
Ela nos ensina a ouvir a verdade para manifestar o sonho, a como manifestar
/ entrar/ acessar a calma e na quietude para ouvir/escutar as verdades que
moram no silencio, para ouvir as mensagens da natureza, dos espíritos, dos
Mestres, dos homens, dos nossos corações.
Precisamos ouvir os pontos de vista de todos para aprender e progredir,
discernindo a verdade das mentiras criadas como defesas.
Sua cor preta, representa a busca de respostas e o silêncio necessário para
encontrá-las.

http://bit.ly/conselhodas13ancias 17
6ª LUNAÇÃO – JUNHO
“A GUARDIÃ DAS HISTÓRIAS” RAIO VERMELHO

A sexta lunação é a Mãe da Fala. Aquela que fala a verdade, a Contadora de


Histórias que curam.
Ela nos ensina a falar sempre com o coração, dizer a verdade, mas com amor e
sem e sem incluir nossas projeções pessoais e os julgamentos, a usar a alegria,
a brincadeira e o humor para nos libertarmos dos medos, a equilibrar o sagrado
com o profano, preservar a sabedoria dos ancestrais e a tradição oral.
Sua cor é a vermelha, a cor do sangue, que contém no DNA a sabedoria do
legado ancestral.

http://bit.ly/conselhodas13ancias 18
7ª LUNAÇÃO – JULHO
“A GUARDIÃ DO AMOR INCONDICIONAL E DA
SEXUALIDADE SAGRADA” RAIO AMARELO

A sétima lunação é a Mãe do Amor. Aquela que ama a verdade em todas as


manifestações da vida. A Guardiã da Sexualidade Sagrada.
Ela nos ensina o amor e a compaixão em todas as manifestações da vida (nosso
corpo, nossos prazeres, respirar, comer, andar, brincar, trabalhar, amar,
dançar). A sétima Lua cria a habilidade de “amar a Verdade” em todas as coisas,
e em primeiro lugar, amar a Verdade que está dentro de cada um de nós.
Sua cor amarela (associada ao Avô Sol), que ama todos os filhos igualmente,
sem julgar seus comportamentos e permitindo que eles passem pelas lições da
vida arcando com as conseqüências dos seus erros ou escolhas prejudiciais.

http://bit.ly/conselhodas13ancias 19
8ª LUNAÇÃO – AGOSTO
“A GUARDIÃ DA CURA” RAIO AZUL

A oitava lunação é a Mãe da Intuição, dos Ritos de Passagem, protetora dos


Mistérios da Vida e da Morte. A Mulher de Medicina que guia e cura o espírito
de todos os seres vivos, a Guardiã que Cura as feridas do corpo e da alma
Ela nos ensina como servir a verdade através das nossas habilidades de cura,
dos conhecimentos do reino das plantas, honrando os ciclos da vida de
nascimento, morte e renascimento.
Sua cor azul representa intuição, verdade, harmonia, água e emoções.

http://bit.ly/conselhodas13ancias 20
9ª LUNAÇÃO – SETEMBRO
“A GUARDIÃ DOS SONHOS E PROJETOS
FUTUROS” RAIO VERDE

A oitava lunação é a Mãe da Vontade, a Guardiã das Gerações Futuras e dos


Sonhos, a Mulher do Sol Poente.
Ela nos ensina a viver a verdade e está sentada no oeste, direção do Principio
Feminino, onde aprendemos a ouvir a nossa intuição e a mergulhar com
confiança nas partes mais profundas do nosso ser. A nona Lua oferece o
presente “da Missão de Vida”, resgatando a “Verdade interior”, ensinando
através de vivências verdadeiras, como influenciá-la e preservá-la em benefício
das gerações futuras.
Sua cor é o verde, que representa a verdade.

http://bit.ly/conselhodas13ancias 21
10ª LUNAÇÃO – OUTUBRO
“ GUARDIÃ QUE TECE A TEIA” RAIO ROSA

A décima lunação é a Mãe da Criatividade. A Guardiã da Força Criativa.


É Aquela que tece a teia e que nos ensina a desenvolver as nossas habilidades
e materializar os nossos sonhos, destruindo as limitações, saindo da estagnação.
Quando seguimos os passos necessários para trazer nossos sonhos para a vida,
ela nos mostra como usar a força de vida encontrada nos quatro elementos:
ar, terra, agua e fogo. ‘Tecendo a Teia’, como a Avó Aranha que tece a teia do
universo, nos ensina como tecer a teia das nossas experiências. É para esse Clã
de Mães que nos voltamos quando necessitamos tornar nossos sonhos em
realidade. Dar nascimento aos nossos sonhos implica no desejo de criar, decidir
faze-lo e agir nesse sentido usando o fluxo da força da vida para fazê-lo nascer
no mundo real.

Sua cor é o rosa, que é


a cor da criatividade.

http://bit.ly/conselhodas13ancias 22
11ª LUNAÇÃO – NOVEMBRO
“A GUARDIÃ DA LIDERANÇA E PROTETORA DOS
NOVOS CAMINHOS ” RAIO BRANCO

A décima primeira lunação é a Mãe da Beleza. Aquela que caminha com


verdade, altivez e firmeza. A Guardiã da Liderança.
Ela nos ensina sobre a perseverança, a inovação e a abertura de novos
caminhos, como sermos responsáveis por nós mesmas, honrando a medicina
do "Walk your Talk"- de caminhar a nossa fala, a termos orgulho das nossas
realizações, afirmar nossa auto-estima, criar nossa reputação pela nossa
integridade e conhecimento. Traz novas idéias aos caminhos e verdades dos
ancestrais. É a criadora da tradição da Tenda da Lua.
Sua cor é o branco, falando do uso adequado da vontade e autoridade e o lema
é ‘pratique aquilo que fala’.

http://bit.ly/conselhodas13ancias 23
12ª LUA:
“ A GUARDIÃ QUE LOUVA”
RAIO PURPURA

A décima segunda lunação é Mãe da Coragem. Aquela que louva a verdade e


ensina a gratidão. A Guardiã da Abundância, das cerimônias e da magia.
Ela nos ensina a agradecer e celebrar todas as conquistas da vida, criando
abundância através da arte do dar e receber. A décima segunda Lua traz o
talento de “agradecer a Verdade”, gratidão pela aprendizagem, pelos desafios
e agradecendo por tudo que recebemos, expressando os nossos sentimentos
criando Espaços Sagrados de Cerimônias e de cura na intenção de doar e receber
as lições de abundâncias generosas da vida.
Sua cor é o púrpura, representando a cura e a gratidão.

http://bit.ly/conselhodas13ancias 24
13ª LUNAÇÃO:
“A GUARDIÃ DOS CICLOS DE TRANSFORMAÇÃO
E SENHORA DA MUDANÇA ” CORES
CRISTALINAS LUMINOSAS

A terceira lunação é Mãe da Transformação. Aquela que se torna a visão e


ensina a mudança. A Guardiã dos Ciclos de Transformação.
Essa Lua nos ensina a honrar os processos de mudança e ciclos de
transformação que nos levam a evolução espiritual, compreendendo nossa
essência como extensão do Grande Mistério.

http://bit.ly/conselhodas13ancias 25
A guardiã do Arco íris nos oferece o o presente de “se tornar a Verdade”, que
é o ciclo de transformação. A natureza regeneradora dos ciclos das 13 Luas
muda para um novo começo, um novo passo indo em direção ao próximo ciclo
de crescimento. Desses ciclos de Verdade, o Conselho das Anciãs das 13 Luas
teceu a herança da Sisterhood – Irmandade das Mulheres, reforçando em cada
uma, a sua missão de viver.

Ela é a síntese das qualidades das outras 12 Mães, mais do que a soma de todas
elas, é aquela que realiza sua Orenda (missão espiritual) e cria um Sistema de
Saber. Ela ensina como passar através das lições e mudanças para evoluir
espiritualmente, sem nos deixar desviar pelas ilusões, buscando sempre a
realização da essência do Ser.

Representada pelas cores cristalina e luminosa, como os raios lunares e o brilho


dos crânios de cristal.

A canção de inteireza que ‘Torna-se sua Visão’ cantou, nos


lembra que:
“nós somos –o que decidimos ser.”

http://bit.ly/conselhodas13ancias 26
MEDITAÇÃO PARA ACESSAR
O CONSELHO DAS ANCIÃS 13 LUAS

http://bit.ly/conselhodas13ancias 27
MEDITAÇÃO PARA ACESSAR CONSELHO DAS ANCIÃS 13 LUAS

Sente-se confortavelmente, sozinha ou em grupo, respire profundamente e


evoque a Presença do Conselho das 13 Mães/Avós Originais.
Transporte-se mentalmente para uma planície longínqua.
Ande devagar por entre os arbustos e diferente tipos de cactos, nascendo do
chão pedregoso.
O ar está calmo, o silêncio quebrado apenas pelo canto de alguns pássaros.

Veja o Sol se pondo, colorindo o céu nos mais variados tons de dourado e
púrpura. No meio dos arbustos, você enxerga uma construção rudimentar, meio
enterrada no chão, lembrando o casco de uma tartaruga.
Ao redor, há um círculo de treze índias, algumas idosas, outras jovens, vestidas
com roupas e xales coloridos e enfeitadas com colares e pulseiras de prata,
turquesa e coral.
A mais idosa bate um tambor, as outras cantarolam uma canção que lhe parece
familiar. Uma delas lhe faz sinal para que você se aproxime e você a segue
respeitosamente.
Sabendo que chegou à Casa do Conselho, onde receberá apoio e orientação,
você entra na estranha construção de teto, por uma abertura, descendo por
uma escada rústica de madeira.
Ao descer a escada, você se percebe dentro de uma Kiva, a câmara sagrada de
iniciação dos povos nativos. As paredes estão decoradas com treze escudos,
cada um decorado de maneira diferente, com penas, símbolos, conchas e fitas
coloridas. O chão de terra batida está coberto de ervas cheirosas e algumas
esteiras de palha trançada.
No fundo da Kiva, você vê duas pequenas fogueiras, cuja fumaça sai por duas
aberturas no teto. Esses fogos cerimoniais representam os dois mundos – o
material e o espiritual – e as aberturas representam os canais ou “antenas ”
que permitem a percepção dos planos sutis.
A fumaça representa o caminho pelo qual os pedidos de auxílio e as preces são
encaminhados para o Grande Espírito.

http://bit.ly/conselhodas13ancias 28
● No centro, perto de um caldeirão, está sentada a Anciã que você veio
procurar.
● Ajoelhe-se e exponha-lhe seu problema.
● Ouça, então, sua orientação sábia ecoando em sua mente.
● Peça, em seguida, que ela toque seu peito, acendendo assim o terceiro fogo,
a Chama Eterna do Puro Amor de seu próprio coração.
● Sinta o calor de sua benção curando antigas feridas e dissolvendo todas as
dores, enquanto a chama lhe devolve a coragem, a força, a fé e a esperança.
●Agradeça à Anciã pela dádiva que lhe devolveu seu dom inato e comprometa-
se a restabelecer os vínculos com a SISTERHOOD - Irmandade das Mulheres,
lembrando e revivendo a sabedoria ancestral.
●Despeça-se e volte pelo mesmo caminho, tendo adquirido uma nova
consciência e a certeza de que jamais estará só, pois a Anciã da Lunação de
seu nascimento a apoiará e guiará sempre.

Meditação de Mirella Faur – Adaptada por Soraya Mariani

http://bit.ly/conselhodas13ancias 29
FACILITADORA: SORAYA MARIANI

SOBRE:

Medicine Woman, Psicoterapeuta, Moon Mother, Educadora, Autora,


Womb Keeper e Guardiã da Medicina das Mães dos 13 Clãs Originais (13
Avós).
Idealizadora da Cirandda da Lua, da Universidade Sagrado Feminino,
Encontro Mundial Círculo de Mulheres e da primeira Formação de Guardiãs
de Círculos de Mulheres.
Co-autora dos livros Cirandda da Lua – Uma Colcha de Retalhos, e Sob a
Tenda Vermelha.
Graduada em artes, psicologia, pedagogia e antroposofia. Pós-graduada
em psicopedagogia, psicologia Junguiana e arteterapia.
Agrega à sua metodologia diversas técnicas holísticas, sabedorias
ancestrais e abordagens que fazem parte de sua formação integral.
Com mais de 20 anos de experiência, facilitadora de formações, jornadas
e workshops no Brasil e na Europa. Com atendimentos individuais e em
grupo, coordena o projeto “Empodere- SEr Mulher”, focado no Resgate da
Essência e Sabedoria Feminina - no empoderamento, autoconhecimento
e na Jornada da Heroína da mulher contemporânea.

Como psicóloga, Coach e consteladora sistêmica atende homens e


mulheres em busca de autoconhecimento, fortalecimento do poder pessoal,
direcionamento e elaboração de estratégias e metas para realização de
sonhos, uma vida plena e realizações sem limites.

http://bit.ly/conselhodas13ancias 30
CONTATOS:

Saiba mais sobre a Cirandda da Lua:


http://www.ciranddadalua.com.br/

Saiba mais sobre Encontro Mundial:


https://www.encontromundialdemulheres.com/

Pagina oficial: Soraya Mariani - Love, Dance, Healing, Service


https://www.facebook.com/sorayamariani.oficial/

Para mais informações ou inscrições entrar em contato pelo:


Telefone: (11) 97322 - 4547
E-mail: contato@ sorayamariani.com.br

BIBLIOGRAFIA:
The 13 original Clan Mothers – Jamie Sams
O Anuário da Grande Mãe – Mirella Faur
Cı́rculos Sagrados para Mulheres Contemporâneas – Mirella Faur
As Cartas do Caminho Sagrado – Jamie Samns

IMAGENS:
Imagens das 13 Anciãs - Por Luciana Pereira

http://bit.ly/conselhodas13ancias 31
FORMAÇÃO GUARDIÃS DO
CONSELHO DAS ANCIÃS DAS 13 LUAS

Uma Jornada Transformadora


que oferece guiança sobre as Leis Universais,
revela atributos femininos que cada mulher contem em si
e nos reconecta com a Fonte – a Chama Eterna do Puro Amor.

Método Soraya Mariani

Para mais informações ou inscrições clique AQUI!

http://bit.ly/conselhodas13ancias 32

Interessi correlati